Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemAC/DC: Angus Young conta como é para ele o antes, o durante e o depois de um show

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemBenny Anderson toca música do Foo Fighters por ter visto Dave Grohl homenageando Abba

imagemRush: Geddy Lee comenta as dificuldades da gravação de "Hemispheres"

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe


Airbourne 2022

Varg Vikernes: reclamando de "Lords Of Chaos" e seu ator "judeu e gordo"

Por Igor Miranda
Fonte: YouTube / Ultimate Guitar
Em 28/01/19

O músico Varg Vikernes (Burzum) falou em seu canal no YouTube sobre o filme "Lords Of Chaos", que retrata os primórdios da cena black metal da Noruega. A produção, marcada para estrear em 8 de fevereiro nos Estados Unidos, é baseada no livro de não-ficção de mesmo nome, lançado em 1998.

Em seu comentário, transcrito pelo site Ultimate Guitar, Varg Vikernes faz alguns comentários a respeito do filme. Ele destaca, por exemplo, que o "ator judeu e gordo" que o interpreta (Emory Cohen) tem falas e atitudes que não retratam a realidade.

"Então, você assistiu a 'Lords of Chaos', filme que tem um ator judeu e gordo me interpretando. A propósito, sou escandinavo... o ator judeu e gordo diz coisas no filme que eu nunca falei. Recebeu coisas que eu nunca recebi. Fez coisas que eu nunca fiz. Fez coisas por razões que eu nunca tive. Conheceu pessoas que eu nunca ouvi falar", afirmou.

Segundo Vikernes, "o filme todo é inventado". "Se eles realmente pesquisaram sobre a história, eles devem ter ignorado tudo o que acharam e optaram por inventar uma história. Tudo nesse filme está errado", disse.

Varg apontou, então, duas fontes para que as pessoas conheçam a verdadeira história: as playlists em seu canal de YouTube e o documento de seu julgamento em 1993, em acusação por ter assassinado Euronymous (guitarrista do Mayhem). O músico do Burzum cumpriu pena por quase 16 anos, recebendo liberdade condicional em 2009. Segundo ele, o texto jurídico está disponível no tribunal de Oslo, na Noruega.

"Quando você percebe que esse filme é só um monte de porcarias inventadas, a sugestão é que você contemple um pouco sobre o conceito e entenda que não sou o único na história que foi exposto ao assassinato de personagens - uma arma comum usada por pessoas que não gostam de europeus. Sou um cara de família tradicional, que escreve livros sobre o politeísmo europeu, faz vídeos como youtuber e atua como designer de jogos RPG. Eles me difamam porque, mesmo após 26 anos de ameaças, perseguição, prisão e assédio, ainda me posiciono contra as mentiras deles", afirmou.

Veja o vídeo de Varg Vikernes (sem legendas):

"Lords Of Chaos" conta a história do Mayhem, mas a trajetória da banda se mistura diretamente com a cena black metal da Noruega. Em sinopse, é dito que o longa narra o desejo de Euronymous em "em criar o verdadeiro black metal norueguês": "Ele passa a montar estratégias publicitárias chocantes para trazer fama à banda. Porém, os limites entre show e realidade começam a se misturar e o excesso de violência choca a nação".

O longa-metragem tem produção de Jonas Åkerlund, que foi baterista do Bathory. Entre outros atores, fazem parte do elenco: Rory Culkin como Euronymous, Anthony De La Torre como Hellhammer, Emory Cohen como Varg Vikernes, Jack Kilmer (filho de Val Kilmer) como Yngve "Dead" Ohlin, Jonathan Barnwell como Necrobutcher, Wilson Gonzalez Ochsenknecht como Blackthorn, Andrew Lavelle como Fenriz e James Edwin como Manheim.

Assista ao trailer:

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Clássicos do black metal abandonam inverno e ganham versão surf pra curtir na praiaClássicos do black metal abandonam inverno e ganham versão surf pra curtir na praia

Mayhem: Euronymous era único do black metal que curtia música eletrônica, diz MortiisMayhem: Euronymous era único do black metal que curtia música eletrônica, diz Mortiis

Varg Vikernes: reclamando de "Lords Of Chaos" e seu ator "judeu e gordo"

Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.