RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemCinco curiosidades sobre "72 Seasons", o novo álbum do Metallica

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemRingo Starr recorda assédio a Yoko Ono após assassinato de John Lennon

imagemLed Zeppelin e a fala que Robert Plant tem vergonha mas não tem como apagar da história

imagemO dia que Ozzy Osbourne perguntou se Rafael Bittencourt estava chapado

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemMetallica: "A gente achava que essa coisa iria vazar. Não vazou, porra!"

imagemRafael Bittencourt revela qual será temática principal das letras do novo álbum do Angra

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemMetallica anuncia novo álbum, "72 Seasons", nova turnê e libera uma música nova

imagemMetallica anuncia turnê mundial com Pantera, Architects, Five Finger Death Punch e outros

imagemDe passagem por BH, David Vincent mostra seu reconhecimento pela Cogumelo Records

imagemOzzy Osbourne: a chocante e nojenta cena mostrada no filme do Motley Crue


Samael Hypocrisy
Stamp

Músicas imortais: "Heartwork" e a virada de mesa na carreira do Carcass

Por Mateus Ribeiro
Postado em 02 de novembro de 2022

O metal extremo começou a dar seus primeiros passos na segunda metade dos anos 1980, com bandas que faziam músicas capazes de machucar os ouvidos mais sensíveis, caso do Carcass. O grupo britânico era a perfeita representação da palavra desgraceira, como pode ser visto no título de seus dois primeiros álbuns, os assustadores "Reek Of Putrefaction" e "Symphonies Of Sickness".

Foto: Ester Segarra
Foto: Ester Segarra

Quem já ouviu os dois discos acima citados sabe que ouvir suas músicas é uma tarefa tão difícil quanto ler as letras "singelas" de músicas como "Genital Grinder", "Maggot Colony", "Exhume To Consume" e outras belezinhas.

A coisa começou a ficar diferente a partir de "Necroticism – Descanting The Insalubrious", terceiro disco do Carcass, que marca a estreia do guitarrista Michael Amott. Por incrível que pareça, a barulheira ignorante e desordenada dos primeiros trabalhos ganhou toques de melodia e até mesmo a voz de Jeff Walker se tornou mais "palatável" (para os padrões do metal extremo, obviamente).

Porém, a mesa virou de acordo mesmo em 1993, com o lançamento de "Heartwork", um dos primeiros discos da história do melodic death metal, estilo musical que na época, nada mais era do que um sonho distante.

O quarto álbum de estúdio do Carcass é surpreendente, técnico e prende o ouvinte do primeiro ao último segundo. A banda conseguiu, em cerca de cinco anos, deixar de fazer músicas quase inaudíveis para misturar peso, técnica e melodia, algo que parecia impossível quando os jovens rapazes estavam dando seus primeiros passos na música.

A faixa-título de "Heartwork" é uma perfeita representação do álbum, pois é bem construída, tem riffs e solos matadores, além de "pegar na veia" logo na primeira audição.Isso para não falar no excelente trabalho de bateria desempenhado por Ken Owen, que infelizmente, não toca mais por conta de sua saúde.

É impossível ouvir "Heartwork" e não começar a se interessar por Carcass, banda que tempos depois, enveredou por outros caminhos, mas isso é assunto para outro momento. A hora agora é de apertar o play e ouvir mais uma música imortal.


Músicas Imortais

Músicas imortais: "One", um dos maiores momentos da historia do metal

Músicas imortais: "Breaking The Law", um dos maiores clássicos do heavy metal

Músicas imortais: "Countdown To Extinction", um grito pela preservação do meio ambiente

Músicas imortais: "Diary Of A Madman", um momento épico do heavy metal

Músicas imortais: "The Wicker Man", o recomeço para o Iron Maiden

Músicas imortais: "Still Loving You", uma grande balada

Músicas imortais: "Carry On", uma das maiores músicas do metal nacional

Músicas imortais: "Electric Eye", um dos maiores símbolos do heavy metal

Músicas imortais: "Painkiller", uma das maiores pedradas da historia

Músicas imortais: "Master Of Puppets", uma música que sempre será atual

Músicas imortais: "Angel Of Death", a composição mais controversa do Slayer

Músicas imortais: "Forever Failure" liga Paradise Lost, Charles Manson e indenizações

Músicas imortais: "Slaughter The Martyr", o hino do Machine Head que já é um clássico

Músicas imortais: "Love Hurts", um dos covers mais famosos (e melancólicos) da história

Todas as matérias sobre "Músicas Imortais"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Death metal: Metal Hammer lista cinco álbuns essenciais para conhecer o estilo

Cinco bandas de heavy metal que ficaram paradas por um tempo e retomaram atividades

Parece que foi ontem: 10 discos de heavy metal que completarão 10 anos em 2023

Os 10 piores álbuns de grandes bandas, em lista da Revolver Magazine

Músicas imortais: "Heartwork" e a virada de mesa na carreira do Carcass

Metal extremo: 10 músicas que todos deveriam ouvir ao menos uma vez na vida

Spotify: a música mais tocada de 20 bandas de metal extremo

Underground?: em vídeo, dez vezes onde o metal invadiu a mídia tradicional

Babymetal: O "kawaii metal" que conquistou o planeta

Carcass: frontman defende Babymetal das críticas dos puristas

Legião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saída

Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos


Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.