Simon Reynolds: livro reúne artigos/entrevistas de crítico

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Genilson Alves
Enviar correções  |  Comentários  | 


Assim como muitos que escolheram ou se enveredaram pelo jornalismo, o estudante de História Simon Reynolds começou a carreira, em 1984, editando um fanzine. Em 1986, com apenas 23 anos, já escrevia para o Melody Maker, um dos principais semanários musicais britânicos, onde se destacou pelo estilo quase literário de suas análises, que mais aproximavam de um ensaio do que de uma simples resenha. Reynolds também é autor de livros considerados referenciais para o rock, como “Rip It Up and Start Again”, sobre o surgimento da cena pós-punk.
5000 acessosDeep Purple: a contestada entrevista na Globo em 20065000 acessosJoão Gordo: Crente? Vai tomar no cu quem tá acreditando!

“Beijar o Céu” (Conrad Editora) reúne alguns dos mais importantes escritos de Reynolds, entre artigos, críticas de álbuns e entrevistas, extraídos tanto do Melody Maker quanto de outros veículos por onde passou (incluindo grandes jornais, como The Guardian e NY Times), além de trechos de dois de seus livros (“Sex Revolts” e o supracitado “Rip It Up and Start Again”).

Sempre atento ao espírito de época, Reynolds conduz entrevistas históricas com Morrissey (então recém-lançado em carreira solo) e Radiohead (em que a banda conta detalhes da produção do álbum “Kid A”); aborda a cena de Seattle do início dos anos 90 (com destaque para a “rivalidade” entre Nirvana e Pearl Jam); e traça perfis quase psicológicos de artistas como Van Morrison e Siouxsie Sioux (Siouxsie and the Banshees).

A crítica de Simon Reynolds também se debruça sobre outros gêneros, como o hip-hop e, principalmente, a música eletrônica (faz, por exemplo, uma improvável associação entre a cultura rave e o Pink Floyd), antevendo o caldeirão de estilos que moldaria a sonoridade do início do século XXI.

Com prefácio do autor exclusivo para a edição brasileira, “Beijar o Céu” mostra que a crítica musical – em especial aquela dedicada ao rock – pode ser inteligente sem soar enfadonha ou pedante, mesmo que, num primeiro contato, cause estranhamento em leitores pouco acostumados a textos longos e mais elaborados.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Livros

Deep PurpleDeep Purple
A contestada entrevista na Globo em 2006

Ratos de PorãoRatos de Porão
João Gordo crente? Vai tomar no cu quem tá acreditando!

SlipknotSlipknot
Joey Jordison revela o verdadeiro motivo de sua saída

5000 acessosMetallica e Lady Gaga: veja a performance conjunta no Grammy5000 acessosVocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep5000 acessosZodíaco True: Os perfis de cada signo em versão Headbanger5000 acessosMegadeth: vídeo de "Poisonous Shadows" em 360º5000 acessosJoão Gordo: "Velho, o rock está morrendo!"5000 acessosMotorhead: veja foto de edição de homenagem da Jack Daniel's

Sobre Genilson Alves

Genilson Alves é jornalista e autor do blog Radio Sehnsucht.

Mais matérias de Genilson Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online