Em 10/08/1993: Varg assassinava Euronymous, em um episódio macabro do metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

O black metal norueguês surgiu no início dos anos 1990. O movimento, que revelou ao mundo bandas como MAYHEM, DARKTHRONE e EMPEROR, sempre foi cercado de muitas polêmicas, como igrejas incendiadas e o suicídio do vocalista Dead, que resolveu fazer jus ao seu apelido com um tiro na cabeça.

publicidade

A situação saiu do controle em 10 de agosto de 1993, quando Varg Vikernes, o homem por trás da banda BURZUM, assassinou Euronymous, guitarrista do MAYHEM e um dos personagens mais importantes da história do black metal. Varg, que havia tocado com Euronymous no MAYHEM, não tinha uma boa relação com seu ex- companheiro. Então, resolveu a sua desavença indo até a casa do guitarrista e o assassinando com golpes de faca. Alguns dias depois, Varg foi preso, sendo liberado após 16 anos.

publicidade

Em 10/08/1993: Euronymous é assassinado por Varg VikernesEm 10/08/1993
Euronymous é assassinado por Varg Vikernes

A história, que sem sombra de dúvidas é uma dos episódios mais macabros do heavy metal, até hoje é assunto entre os headbangers e já foi retratada em filmes e documentários, com destaque para "Lords of Chaos", lançado em 2018.

publicidade

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


G.G. Allin: o extremo dos extremosG.G. Allin
O extremo dos extremos

Rob Halford: Ninguém escolhe ser GayRob Halford
"Ninguém escolhe ser Gay"


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin