Tori Amos: que continue sem se arrepender

Resenha - Unrepentant Geraldines - Tori Amos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Roberto Rillo Bíscaro
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Quando Tori Amos lançou Unrepentant Geraldines, em maio de 2014, fazia anos que não lançava material inteiramente inédito. O complexo Night of Hunters (leia resenha ao final desta) era baseado em composições de músicos eruditos. Antes houvera álbum de canções natalinas e depois de Night, um de releituras da própria Amos de sua obra, gravada com orquestra.

Unrepentant Geraldines poderia se chamar Unrepentant Tori Amos. A norte-americana não se arrepende do passado musical e continuou na idiossincrática trilha confessional com letras e interpretações rasgadas, do fundo das entranhas, como em Wild Way, baladaça ao piano que abre com a declaração: ”te odeio”.

Quando desvia para territórios meio country engraçadinhos como em Giant’s Rolling Pin ou Trouble’s Lament, Amos derrapa, porque qualquer uma poderia fazer essas faixas. Mas, apenas Amos e seletas como Kate Bush e Bjork têm talento para compor e cantar algo como Invisible Boy, encerramento do álbum, que, só com piano, é capaz de assombrar pelo resto da vida.

Vocais de sílfide ou náiade torturada ao som de denso ou delicado piano pontuam os momentos mais memoráveis de Unrepentant Geraldines, basta conferir Selkie, Oysters (aquele piano te faz lembrar o riff de teclado de Situation, do Yazoo?) ou Weatherman. O lado mais experimental desponta na ótima 16 Shades of Blue, granulada por barulhinhos eletrônicos. A filha Natasha, que já duetara com a mama em Night of Hunters, retorna com sua voz incrivelmente rica e quente em Promise, que apesar da marca d’água Amos balança a cabecinha para a sonoridade das cantoras pop de estirpe negra gritona, mas sem berros na faixa.

Que Amos jamais se arrependa de seu passado e continue se expondo tão maravilhosamente.
254 acessosTori Amos: impressionante jornada noite adentro

Tracklist:
America 4:12
Trouble's Lament 3:44
Wild Way 2:55
Wedding Day 3:44
Weatherman 4:41
16 Shades Of Blue 3:52
Maids Of Elfen-Mere 2:53
Promise 4:05
Giant's Rolling Pin 4:11
Selkie 4:05
Unrepentant Geraldines 6:57
Oysters 5:14
Rose Dover 3:56
Invisible Boy 4:58

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Tori Amos"


MetallicaMetallica
Rock In Rio explica pane que ocorreu durante o show

Dave MustaineDave Mustaine
A história por trás de "The Four Horsemen"

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Vocalista elege seus 5 álbuns preferidos

5000 acessosBandas extremas: 10 álbuns que causaram surpresa5000 acessosComo batizar a criança: os nomes de bandas mais estúpidos5000 acessosHalloween: dez clássicos do Heavy Metal para curtir a data4754 acessosTeoria musical: os elementos básicos de uma canção5000 acessosPalhetas: como fazer seu toque de guitarra ainda mais "metal"5000 acessosO Diabo é o pai do Rock

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Roberto Rillo Bíscaro é professor universitário e edita o Blog do Albino Incoerente desde 2009.

Mais matérias de Roberto Rillo Bíscaro no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online