Resenha - Journey 2001 Live - Journey

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


Uma máquina bem azeitada, com perfeita sintonia. Este é o Journey de 2001. A banda foi formada nos anos 70 e de início tinha um pé no progressivo. Depois, com a entrada do carismático vocalista Steve Perry acabaria se tornando um dos ícones do chamado AOR (Adult Oriented Rock), o rock com toques pop, que alguns sarcasticamente chamam de "rock de cigarro", pois muitas marcas de cigarro já usaram em seus jingles músicas deste tipo de banda. Nada disso tira o mérito desta competentíssima banda, que executa com maestria seu rock, ora pesado, ora pop.

The Voice Senior: Uma incrível performance de "Don't Stop Believin'", do JourneyPoeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte

A banda perdeu Steve Perry por problemas de saúde em 1993, mas recrutou para seu lugar o Ex-Tyketto Steve Augerri, e também incluiu em suas fileiras o excelente batera Deen Castronovo (Ozzy Osbourne). Essa formação, somada ao guitarrista Neil Schon, o baixista Ross Valory e o tecladista Jonathan Cain, lançou em 2001 o cd "Arrival", obtendo boa repercussão, e emplacou uma tour muito bem sucedida, que culminou com a gravação deste show de Las Vegas, para lançamento em DVD/VHS.

O que dizer? São 20 músicas, 20 clássicos. A banda optou por limar músicas mais recentes e incluiu seus maiores sucessos, tocando apenas uma música do cd "Arrival", a rockeira "Higher Place", e uma música antiga do guitarrista Neil Schon, a excelente "La Raza del Sol". Ambas mantém o nível do show em alta, que já começa com o super sucesso "Separate Ways", passando pela mágica "Ask the Lonely". Destaques? Todas as músicas, com direito a empolgação geral em "Any Way You Want It", "Be Good to Yourself", "Wheel in the Sky" e a blueseira "Livin', Touchin', Squeezin'", além do excelente dueto vocálico de Augerri e Cain no final de "Don't Stop Believing", além das obrigatórias "Faithfully", "Escape" e "Send Her My Love". De cara um Showzaço!

A banda está em sua melhor forma. Castronovo detona na bateria, demonstrando intensa empolgação com batidas técnicas e massacrantes. O tecladista Jonathan Cain é um show à parte, com seus teclados bem colocados, dando o ar pop e às vezes progressivo que a banda precisa, além de tocar guitarra base em algumas faixas. Neil Schon dispensa comentários, puta guitarrista. Mas o destaque maior fica para Augerri, dono de uma voz maravilhosa e de um carisma contagiante. Ele tem o público nas mãos, e chega a irritar de tão tranqüilo que parece. Mas em sua tranquilidade ele manda no show. Steve Perry faz falta, e sempre fará, mas Augerri segura a onda numa boa.

O DVD é caprichado, com uma qualidade sonora fantástica e edição de imagens perfeita, pecando apenas por possuir poucos extras como bibliografia e álbum de fotos. Tudo isso é compensado pela qualidade do show, que contagia o público, às vezes deixando-o em êxtase. E o melhor, já está disponível em versão nacional.

OBRIGATÓRIO!

Detalhes do DVD:

Dolby Digital 5.1 Sound ou PCM Stereo
Menus Interativos
Acesso instantâneo às músicas
Biografia
Galeria de Fotos
Multi-Região - NTSC.

Músicas:

01 - Intro
02 - Separate Ways
03 - Ask The Lonely
04 - Guitar Solo
05 - Stone in Love
06 - Higher Place
07 - Send Her My Love
08 - Who's Crying Now
09 - Piano Solo
10 - Open Arms
11 - Fillmore Boogie
12 - All The Way
13 - Escape
14 - La Raza del Sol (Intro)
15 - La Raza del Sol
16 - Wheel in the Sky
17 - Be Good to Yourself
18 - Any Way You Want It
19 - Don't Stop Believing
20 - Lovin', Touchin', Squeezin'
21 - FaithFully




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Journey"


The Voice Senior: Uma incrível performance de Don't Stop Believin', do JourneyThe Voice Senior
Uma incrível performance de "Don't Stop Believin'", do Journey

Journey: o famoso erro geográfico em Don't Stop Believin'Journey
O famoso erro geográfico em "Don't Stop Believin'"

Blend Guitar: os dez álbuns de Rock mais vendidos nos EUABlend Guitar
Os dez álbuns de Rock mais vendidos nos EUA

Antes do Guitar Hero: os primeiros rockstars em video-gamesAntes do Guitar Hero
Os primeiros rockstars em video-games


Poeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer partePoeira
Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte

Milhões: Os eventos com maior público da história da músicaMilhões
Os eventos com maior público da história da música

Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Astros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?Astros mortos
Como estariam alguns se ainda estivessem vivos?

Nirvana: Kurt Cobain era meio pau no cu, diz produtorNirvana
"Kurt Cobain era meio pau no cu", diz produtor

O endereço do Rock: 8 locais imortalizados em músicas famosasO endereço do Rock
8 locais imortalizados em músicas famosas

Bruce Dickinson: o som do primeiro disco do Iron Maiden é uma merdaBruce Dickinson
O som do primeiro disco do Iron Maiden é uma merda


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClioIL