Tradução - Awake - Dream Theater

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Awake - Dream Theater

Traduzido por Vinicius Rezende

  | Comentários:
Imagem

6:00

(Samples from the film "The Dead", an
adaptation of James Joyce's short story
from his book)

"Six o'clock on a Christmas morning..."
"And for what?"
"Well, isn't it for the honor of God, Aunt Kate?"
"I know all about the honor of God, Mary Jane."

Six o'clock the siren kicks him from a dream
Tries to shake it off but it just won't stop
Can't find the strength
But he's got promises to keep
And wood to chop before he sleeps

I may never get over
But never is better than now
I've got bases to cover

He's in the parking lot
And he's just sitting in his car
It's nine o'clock but he can't get out
He lights a cigarette
And turns the music down
But just can't seem to shake that sound

Once I thought I'd get over
But it's too late for me now
I've got bases to cover

Melody walks through the door
And memory flies out the window
And nobody knows what they want
'til they finally let it all go

The pain inside
Coming outside

So many ways to drown a man
So many ways to drag him down
Some are fast and some take years and years
Can't hear what he's saying
When he's talking in his sleep
He finally found the sound
But he's in too deep

I could never get over
Is it too late for me now?
Feel like blowing my cover

Melody walks through the door
And memory flies out the window
And nobody knows what they want
'til they finally let it all go

But don't cut your losses too soon
'cause you'll only be cutting your throat
And answer a call while you still hear at all
'cause nobody will if you won't

(Samples from the film "The Dead",
an adaptation of James Joyce's short
story from his book)

"Six o'clock on a Christmas morning..."
"I know all about the honor of God, Mary..."
"I know all about the honor of God, Mary Jane."

6:00

(Diálogos retirados do filme “The Dead*”,
uma adaptação baseada no
conto de James Joyce)

"Seis horas numa manhã de Natal..."
"E para quê?"
"Bem, não é para a honra de Deus, Tia Kate?”
"Eu sei tudo sobre a honra de Deus, Mary Jane."

Seis horas e uma sirene o expulsa de um sonho
Tenta se livrar dela mas ela simplesmente não pára
Não consegue achar forças
Mas ele tem promessas a cumprir
E madeira para cortar antes de ir dormir

Eu posso nunca me recuperar
Mas nunca é melhor do que agora
Tenho bases para proteger

Ele está no estacionamento
Apenas sentado em seu carro
São nove horas, mas ele não pode sair
Ele acende um cigarro
E abaixa a música
Mas não é possível se livrar daquele som

Uma vez pensei que ia me recuperar
Mas é tarde demais para mim agora
Eu tenho bases para proteger

A melodia entra pela porta
E a memória voa pela janela
E ninguém nunca sabe o que quer
Até que finalmente tudo vai embora

A dor interior
Sendo liberada

Tantos meios de afogar um homem
Tantos meios de trazê-lo para baixo
Alguns são rápidos e outros levam anos e anos
Não dá pra ouvir o que ele diz
Quando ele fala durante o sono
Ele finalmente encontrou o som
Mas dorme profundamente

Eu posso nunca me recuperar
Seria tarde demais para mim agora?
Parece que estão revelando minha identidade

A melodia entra pela porta
E a memória voa pela janela
E ninguém nunca sabe o que eles querem
Até que eles finalmente deixam tudo pra lá

Mas não desista das suas perdas tão cedo
Pois você apenas estará cortando sua garganta
E atenda uma chamada enquanto você ainda ouve
Pois ninguém vai atender se você não o fizer

(Diálogos retirados do filme “The Dead”*,
uma adaptação baseada no conto de
James Joyce)

"Seis horas numa manhã de Natal..."
"Eu sei tudo sobre a honra de Deus, Mary..."
"Eu sei tudo sobre a honra de Deus, Mary Jane."

* The Dead = Filme lançado em 1987 dirigido por John Huston, com Anjelica Huston e Donal McCann nos papéis principais. No Brasil, o filme recebeu o título de “Os Vivos e os Mortos”.

Caught In A Web

Silence disguised
I watch you
Show me the hurt
That haunts you
Would you despise the thrill
If all you hide were mine?

I can't hold on any longer
These feelings keep growing stronger
Echoes that deafen the mind
Will bury my voice in their wake

Caught in a Web
Removed from the world
Hanging on by a thread
Spinning the lies
Devised in my head

I've seen the path
The one you take
Shows the truth
For you to make
This turn of phrase
We might not see
Is the thirst of desire
Found so easily

Try to push me around
The world some more
And make me live in fear
I bare all that I am made of now
Attractive I don't care
'Cause even when I danced with life
No one was there to share

Does this voice the wounds of your soul?
Does this voice the wounds of your soul?

Caught in a Web
Removed from the world
Hanging on by a thread
Spinning the lies
Devised in my head

Tried to live the life
You live and saw
It doesn't work for me
I bare all that I am made of now
Attractive, I can't be
Inside the Dance of Life is one
I'll never hold to me

You can't heal the wounds of my soul
You can't heal the wounds of my soul

Caught in a Web
Removed from the world
Hanging on by a thread
Spinning the lies
Devised in my head

Caught in a Web
Refused by the world
Hanging on by a thread
Spinning a cage
Denied and misread

Capturado Em Uma Teia

O silêncio disfarçado
Eu observo você
Mostre-me o ferimento
Que te assombra
Você desprezaria o arrepio
Se tudo que você escondesse fosse meu?

Eu não consigo esperar mais
Estes sentimentos continuam crescendo mais fortes
Ecos que ensurdecem minha mente
Vão enterrar minha voz em seu rastro

Capturado em uma Teia
Removido do mundo
Pendurado em uma corda
Girando as mentiras
Inventadas em minha cabeça

Eu vi o caminho
Aquele que você pega
Mostra a verdade
Para você fazê-la
Esta mudança de frase
Nós podemos não ver
É a sede do desejo
Encontrada tão facilmente

Tente me intimidar
Ao mundo um pouco mais
E faça-me viver no medo
Eu exponho tudo o que sou feito agora
Atraente, eu não ligo
Pois mesmo quando eu dancei com a vida
Ninguém estava lá para compartilhar

É esta voz as feridas da sua alma?
É esta voz as feridas da sua alma?

Capturado em uma Teia
Removido do mundo
Pendurado em uma corda
Girando as mentiras
Inventadas em minha cabeça

Tentei viver a vida (que)
Você vive e viu
Ela não funciona para mim
Eu exponho tudo o que sou feito agora
Atraente, não posso ser
Dentro da Dança da Vida é um
Nunca acreditarei em mim

Você não pode curar as feridas da minha alma
Você não pode curar as feridas da minha alma

Capturado em uma Teia
Removido do mundo
Pendurado em uma corda
Girando as mentiras
Inventadas em minha cabeça

Capturado em uma Teia
Recusado pelo mundo
Pendurado em uma corda
Girando numa gaiola
Negado e mal-interpretado

Innocence Faded

Animation
Breathes a cloudless mind
Fascination
Leaves the doubting blind
Until the circle breaks
And wisdom lies ahead
The faithful live awake
The rest remain misled

Some will transcend spinning years
One as if time disappears

Innocence faded
The mirror falls behind you
Trinity jaded
I break down walls to find you

Callow and vain
Fixed like a fossil, shrouding pain
Passionless stage
Distant like brothers
Wearing apathetic displays
Sharing flesh like envy in cages
Condescending
Not intending to end

Some will transcend spinning years
One as if time disappears

Innocence faded
The mirror falls behind you
Trinity jaded
I break down walls to find you

Beginnings get complicated
The farther we progress
Opinions are calculated
Immune to openness

Beyond the circle's edge
We're driven by her blessings
Forever hesitating
Caught beneath the wheel

Innocence faded
The mirror falls behind you
Cynically jaded
The child will crawl to find you.

A Inocência Desapareceu

Animação
Respira uma mente clara
Fascinação
Deixa o cego duvidoso
Até o círculo se romper
E a sabedoria está à frente
O fiel vive acordado
E o resto permanece mal-liderado

Alguns vão transcender girando os anos
Um outro, como se o tempo desaparecesse

A inocência desapareceu
O espelho cai atrás de você
Trindade saturada
Eu derrubo as paredes para te encontrar

Imaturo e vão
Rígido como um fóssil, dor envolvente
Palco sem emoções
Distantes como irmãos
Expressando indiferença
Dividindo a carne como inveja em gaiolas
Condescendente
Não planejando terminar

Alguns vão transcender anos que giram
Um, como se o tempo desaparecesse

A inocência desapareceu
O espelho cai atrás de você
Trindade saturada
Eu derrubo as paredes para te encontrar

Os começos tornam-se complicados
Conforme progredimos
Opiniões são calculadas
Imunes à sinceridade

Além da beira do círculo
Fomos levados pelas bênçãos dela
Para sempre hesitantes
Presos debaixo da roda

A inocência desapareceu
O espelho cai atrás de você
Cinicamente saturada
A criança irá rastejar para te encontrar

Erotomania

(Instrumental)

Erotomania

(Instrumental)

* Erotomania é um raro distúrbio psicológico no qual o doente tem a crença ilusória que outra pessoa o ama secretamente.

Voices

'Love, just don't stare'
He used to say to me
Every Sunday morning
The spider in the window
The angel in the pool
The old man takes the poison
Now the widow makes the rules

'So speak, I'm right here'
She used to say to me
Not a word, not a word
Judas on the ceiling
The Devil in my bed
I guess Easter's never coming
So I'll just wait inside my head

Like a scream but sort of silent
Living off my nightmares

Voices repeating me
'Feeling threatened?
We reflect your hopes and fears.'
Voices discussing me
'Others steal your thoughts
They're not confined
Within your mind.'

Thought disorder
Dream control
Now they read my mind on the radio
But where was the Garden of Eden?

I feel elated
I feel depressed
Sex is death, Death is sex
Says it right here on my Crucifix

Like a scream but sort of silent
Living off my nightmares

Voices protecting me
'Good behavior
Brings the Savior to his knees.'
Voices rejecting me
'Others steal your thoughts
They're not confined
Into your own mind.'

(Dialogue by rap artist Prix-mo reading from the
book "Cultural Revolution")

"I don't wanna be here, 'cause of my suffering,
'cause of my illness. Only love is worth having,
only love is what matters, loving every people
on equal terms. "
"You've got to know who you're
dealin' with because, like a stranger, a-heh,
just might come in through
here with a gun...
And then, what would you do? (Heh.)"
"Everything is immaterial..."
"'n' you know that reality is immaterial."
"This is not reality..."

I'm kneeling on the floor
Staring at the wall
Like the spider in the window
I wish that I could speak
Is there fantasy in refuge?
God in politicians?
Should I turn on my religion?
These demons in my head tell me to

I'm lying here in bed
Swear my skin is inside out
Just another Sunday morning

Seen my diary on the newsstand
Seems we've lost the truth
To quicksand
It's a shame no one is praying
'Cause these voices in my head
Keep saying...

'Love, just don't stare.'
'Reveal the Word when you're supposed to'
Withdrawn and introverted
Infectiously perverted
'Being laughed at and confused
Keeps us pleasantly amused
Enough to stay.'

Maybe I'm just Cassandra fleeting
Twentieth century Icon bleeding
Willing to risk Salvation
To escape from isolation

I'm witness to redemption
Heard you speak but never listened
Can you rid me of my secrets?
Deliver us from Darkness?

Voices repeating me
'Feeling threatened?
We reflect your hopes and fears.'
Voices discussing me
Don't expect your own Messiah
This neverworld which you desire
Is only in your mind.

Vozes

'Ame, não apenas olhe'
Ele costumava me dizer
Toda manhã de domingo
A aranha na janela
O anjo na piscina
O velho toma o veneno
Agora a viúva dita as regras

'Então fale, estou bem aqui'
Ela costumava me dizer
Nenhuma palavra, nenhuma palavra
Judas no teto
O Demônio em minha cama
Eu acho que a Páscoa nunca virá
Então apenas esperarei dentro da minha mente

Como um grito, mas de forma silenciosa
Vivendo fora dos meus pesadelos

Vozes me repetindo
'Sentindo-se ameaçado?
Nós refletimos seus medos e esperanças.'
Vozes me discutindo
'Outros roubam seus pensamentos
Eles não estão confinados
Dentro de sua mente.'

Desordem do pensamento
Controle do sonho
Agora eles lêem minha mente no rádio
Mas onde estava meu Jardim do Éden?

Eu me sinto orgulhoso
Eu me sinto deprimido
Sexo é Morte, Morte é Sexo
Diz bem aqui no meu crucifixo

Como um grito, mas de forma silenciosa
Vivendo fora dos meus pesadelos

Vozes me protegendo
'Bom comportamento
Faz o Salvador ajoelhar-se.'
Vozes me rejeitando
''Outros roubam seus pensamentos
Eles não estão confinados
Dentro de sua própria mente.'

(Diálogo do cantor de rap Prix-mo lendo o livro
“Revolução Cultural”)

"Eu não quero estar aqui, por causa do meu
sofrimento, pela minha doença. Só o amor vale
a pena ter, só o amor é o que importa, amando
cada pessoa de maneira igual."
"Você tem que saber com quem está lidando
porque, como um estranho, a-heh, poderia
simplesmente entrar
aqui com uma arma...
E aí, o que você faria? (Heh.)"
"Tudo é imaterial..."
"E você sabe que a realidade é imaterial."
"Esta não é a realidade..."

Estou ajoelhado no chão
Encarando a parede
Como a aranha na janela
Eu queria poder falar
Há fantasia no refúgio?
Deus entre políticos?
Devia eu depender da minha religião?
Estes demônios em minha cabeça dizem que sim

Estou aqui deitado em minha cama
Juro que minha pele está do avesso
Apenas outra manhã de Domingo

Vi meu diário na banca de jornal
Parece que perdemos a verdade
Para a areia movediça
É uma vergonha que ninguém está rezando
Pois estas vozes em minha cabeça
Continuam dizendo

'Ame, não apenas olhe.'
'Revele a Palavra quando lhe for pedido.'
Retraído e introvertido
Infecciosamente pervertido
‘Ser zombado e confundido
Nos mantém agradavelmente entretidos
O bastante para ficar.'

Talvez eu seja apenas uma Cassandra desaparecendo
O ícone do século vinte sangrando
Querendo arriscar a Salvação
Para escapar do isolamento

Eu sou uma testemunha à redenção
Ouvi você falar mas nunca prestei atenção
Você pode me libertar dos meus segredos?
Livrar-nos das Trevas?

Vozes me repetindo
'Sentindo-se ameaçado?
Nós refletimos seus medos e esperanças.'
Vozes me discutindo
Não espere seu próprio Messias
Este ‘mundo do nunca’ que você deseja
Está apenas em sua mente

The Silent Man

A question well served
'Is silence like a fever?'
'A voice never heard?'
'Or a message with no receiver?'

Pray they won't ask
Behind the stained glass
There's always one more mask

Has man been a victim
Of his woman, of his father?
If he elects not to bother
Will he suffocate their faith?

Desperate to fall
Behind the Great Wall
That separates us all

When there is reason
Tonight I'm Awake
When there's no answer
Arrive the Silent Man

If there is balance
Tonight He's Awake
If they have to suffer
There lies the Silent Man

Sin without deceivers
A God with no believers
I could sail by
On the Winds of Silence
And maybe they won't notice
But this time I think
It'd be better if I swim

When there is reason
Tonight I'm Awake
When there's no answer
Arrive the Silent Man
If there is balance
Tonight he's Awake
But if they have to suffer
There lies the Silent Man

O Homem Silencioso

Uma pergunta bem colocada
"É o silêncio como uma febre?'
'Uma voz nunca ouvida?'
'Ou uma mensagem sem receptor?'

Reze para que não perguntem
Atrás do vidro manchado
Há sempre mais uma máscara

Foi um homem vítima
De sua mulher, de seu pai?
Se ele decidir não perturbar
Sufocará a fé deles?

Desesperado para cair
Por trás da Grande Muralha
Que separa a todos nós

Quando há motivo
Esta noite eu estou Acordado
Quando não há resposta
Chega o Homem Silencioso

Se há equilíbrio
Esta noite ele está Acordado
Se eles têm que sofrer
Lá jaz o Homem Silencioso

Pecado sem impostores
Um Deus sem seguidores
Eu poderia velejar
Sobre os Ventos do Silêncio
E talvez eles não percebessem
Mas desta vez eu penso
Que será melhor se eu nadar

Quando há motivo
Esta noite eu estou Acordado
Quando não há resposta
Chega o Homem Silencioso
Se há equilíbrio
Esta noite ele está Acordado
Mas se eles têm que sofrer
Lá jaz o Homem Silencioso

The Mirror

Temptation-
Why won't you leave me alone?
Lurking every corner
Everywhere I go

Self Control-
Don't turn your back on me now
When I need you the most

Constant pressure tests my will
My will or my won't
My Self Control escapes from me still...

Hypocrite-
How could you be so cruel
And expect my faith in return?

Resistance-
Is not as hard as it seems
When you close the door

I spent so long trusting in you
I trust you forgot
Just when I thought I believed in you...

(Sample is Meryl Streep from
the film "Falling In Love".)
"What're you doing?
What're you doing?"

It's time for me to deal
Becoming all too real
Living in fear-
Why did you lie and pretend?
This has come to an end
I'll never trust you again
It's time you made your amends
Look in the mirror my friend

(Sample is Jeremy Irons from the film "Damage")
"That I haven't behaved as I should"

(Sample is Mary Beth from the film "Light Sleeper".)
"Everything you need is around you. The only
danger is inside you."

(Sample is Jeremy Irons from the film "Damage".)
"I thought you could control life
But it's not like that
There are things you can't control."

Let's stare the problem right in the eye
It's plagued me from coast to coast
Racing the clock to please everyone
All but the one who matters the most

Reflections of reality
Are slowly coming into view
How in the hell could you possibly forgive me?
After all the hell I put you through

It's time for me to deal
Becoming all too real
Living in fear-
Why'd I betray my friend?
Lying until the end
Living life so pretend
It's time to make my amends
I'll never hurt you again

O Espelho

Tentação-
Por que não me deixa em paz?
Espreitando em todo canto
Todo lugar que eu vou

Auto-Controle
Não me dê as costas agora
Quando eu mais preciso de você

Pressão constante testa meu querer
Meu querer ou não querer
Meu Auto-Controle ainda foge de mim

Hipócrita
Como você pôde ser tão cruel?
E esperar minha fé em retorno?

Resistência
Não é tão difícil quanto parece
Quando você fecha a porta

Eu desperdicei tanto confiando em você
Eu acredito que esquecera
Bem quando achei que eu acreditava em você

(Fala de Meryl Streep no filme
“Amor à Primeira Vista.”)
"O que você está fazendo?
O que você está fazendo?"

É hora de lidar
Com tudo tornando-se tão real
Vivendo no medo-
Por que você mentiu e fingiu?
Isto chegou ao fim
Nunca confiarei em você de novo
É hora de fazer seus reparos
Olhe no espelho meu amigo

(Fala de Jeremy Irons no filme “Perdas e Danos”)
"Que eu não me comportei como devia"

(Fala de Mary Beth Hurt no filme “O Dono da Noite”)
"Tudo que você precisa está ao seu redor. O único
perigo está dentro de você"

(Fala de Jeremy Irons no filme “Perdas e Danos”)
"Pensei que você podia controlar a vida
Mas não é bem assim
Há coisas que você não pode controlar."

Vamos encarar o problema de frente
Ele está me atormentando inteiramente
Correndo contra o tempo para agradar a todos
Todos menos aquele que mais importa

Reflexos da realidade
Estão lentamente aparecendo
Como diabos você possivelmente pode me perdoar?
Depois do inferno que te fiz passar

É hora de lidar
Com tudo tornando-se tão real
Vivendo no medo-
Porque eu trairia meu amigo?
Mentindo até o fim
Vivendo a viva tão fingida
É hora de você fazer seus reparos
Jamais te machucarei de novo

Lie

Daybreak
At the bottom of lake
It's a hundred degrees I can't breathe
And I won't get out
'til I figure it out
Though I'm weak like I can't believe
So you tell me 'trust me'
l can trust you
Just let me show you
But I gotta work it out in a shadow of doubt
'cause I don't know if I know you

Doing fine but don't waste my time
Tell me what it is you want to say
You sin, you win
Just let me in - hurry
I've been out in the rain all day
So you tell me 'trust me'
I can trust you
As far as I can throw you
And I'm trying to get out of a shadow of doubt
'cause I don't know if I know you

(Chorus)
Don't tell me you wanted me
Don't tell me you thought of me
I won't, I swear I won't
(Did)
I'll try, I swear I'll try
(Lie)

Mother Mary quite contrary
Kiss the boys and make them wary
Things are getting just a little bit scary
It's a wonder I can still breathe

Never been much of a doubting Thomas
But nothing breaks like a broken promise
You tell me 'bout your two more coming
But once is just enough for me

I had gotten used to being a soul destroyed
She comes in apparently to fill the void
All dogs need a leash and
At least I'll forget it
And she would never hurt me though
She's never said it
But I'm not gonna ask her today
I don't wanna scare her away
Your town, I'm all alone
And I just can't stare at the phone
I wanna talk about lifelong mistakes
And you can tell your stepfather I said so

Mentira

O amanhecer
Ao fundo do lago
São cem graus, não consigo respirar
E não sairei
Até que entenda
Mesmo que esteja fraco como não posso imaginar
Então você me diz 'confie em mim'
Eu posso confiar em você
Apenas deixe-me mostrá-lo
Mas eu tenho que resolver sem sombra de dúvida
Pois eu não sei se conheço você

Tudo corre bem mas não desperdice meu tempo
Diga-me o que você quer falar
Você peca, você ganha
Apenas deixe-me entrar - rápido
Eu fiquei debaixo de chuva o dia todo
Então você me diz 'confie em mim'
Eu posso confiar em você
Enquanto eu possa te arremessar
E eu estou tentando escapar da sombra de dúvida
Pois eu não sei se conheço você

(Refrão)
Não me diga que você me quis
Não me diga que pensou em mim
Eu não vou, juro que não vou
(Sim)
Eu tentarei, juro que tentarei
(Mentira)

Mãe Mary bastante contrária
Beija os garotos e os deixa desconfiados
As coisas estão ficando um pouco amedrontadoras
É uma maravilha que eu ainda consiga respirar

Nunca fui muito do tipo cético
Mas nada se quebra como uma promessa quebrada
Você me fala sobre os seus dois chegando
Mas uma vez é o bastante para mim

Eu me acostumei a ser uma alma destruída
Ela vem aparentemente para preencher o vazio
Todos os cães precisam de uma coleira
E pelo menos eu esquecerei disso
E ela nunca me machucaria mesmo que
Ela nunca tenha dito
Mas não vou perguntar hoje
Eu não quero amedrontá-la
Sua cidade, eu estou sozinho
E não consigo nem encarar o telefone
Eu quero falar de erros que duram a vida toda
E você pode dizer ao seu padrasto o que eu disse

Lifting Shadows Off A Dream

He seems alone and silent
Thoughts remain without an answer
Afraid and uninvited
He slowly drifts away

Moved by desire and fear
Breaking delicate wings

Lifting shadows
Off a Dream once broken
She can turn a drop of water
Into an ocean

As the rain is pouring down
Tears of sorrow wash his mind
Drifting with the current
This stream of life flows on

He seems alone and silent
Waiting on his hands and knees
The chill of winter's darkness
Sits quietly

Moved by desire and fear
He takes a few steps away

Lifting shadows
off a Dream once broken
She can turn a drop of water
Into an ocean

And she listens openly

He pours his soul into the water
Reflecting the mystery
She carries him away
And the winds die slowly

And she listens openly
And she listens openly

Lifting shadows
Off a Dream once broken
She can turn a drop of water
Into an ocean

Lifting Shadows off a Dream
Lifting Shadows off a Dream

Decolando Sombras de Um Sonho

Ele parece sozinho e silencioso
Os pensamentos continuam sem resposta
Receoso e não convidado
Ele é levado pelo acaso lentamente

Movido por desejo e medo
Quebrando asas delicadas

Decolando sombras
De um sonho uma vez quebrado
Ela pode transformar uma simples lágrima
Num oceano

E enquanto a chuva cai
Lágrimas de dor lavam a mente dele
Sendo levado pela corrente
O rio da vida continua a fluir

Ele parece sozinho e silencioso
Esperando em suas mãos e joelhos
O calafrio da escuridão do inverno
Chega calmamente

Movido por desejo e medo
Ele dá mais alguns passos

Decolando sombras
De um sonho uma vez quebrado
Ela pode transformar uma simples lágrima
Num oceano

E ela ouve abertamente

Ela derrama sua alma na água
Refletindo o mistério
Ela o carrega para longe
E os ventos morrem lentamente

E ela ouve abertamente
E ela ouve abertamente

Decolando sombras
De um sonho uma vez quebrado
Ela pode transformar uma simples lágrima
Num oceano

Decolando sombras de um sonho
Decolando sombras de um sonho

Scarred

To Rise, To Fall
To Hurt, To Hate
To Want, To Wait
To Heal, To Save

Can't hear it
We fear it
Awareness won't come near it

Distractive
Reactive
Disguised in spite of time

I never bared my emotion
My passion always strong
I never lost my devotion
But somewhere fate went wrong

Can't let them rape me again
Your venom's not family here
Won't let them fill me with
Fatalistic remedies

What if the rest of the world
Was hopelessly blinded by fear?
Where would my sanctity live?
Suddenly nobody cares.

It's never enough
You're wasting your time
Isn't there something I could say?
You don't understand
You're closing me out
How can we live our lives this way?

You tell me I'm wrong
I'm risking my life
Still, I have nothing in return
I show you my hands
You don't see the scars
Maybe you'll leave me here to burn

What if the rest of the world
Was hopelessly drowning in vain?
Where would our self pity run?
Suddenly everyone cares.

Blood...Heal me
Fear...Change me
Belief will always save me
Blood...Swearing
Fear...Staring
Conviction made aware

Give up on misery
Turn your back on dissent
Leave their distrust behind
Wash your hands of regret

Do you feel you don't know me anymore?
And do you feel I'm afraid of your love?
And how come you don't want me asking?
And how come my heart's not invited?
You say you want everyone happy
Well, we're not laughing.

And how come you don't understand me?
And how come I don't understand you?
Thirty years say we're in this together
So open your eyes.

People in prayer for me
Everyone there for me
Sometimes I feel I should face this alone
My soul exposed
It calms me to know that I won't

Blood...Heal me
Fear...Change me
Belief will always save me
Blood...Swearing
Fear...Staring
Conviction made aware

Give up on misery
Turn your back on dissent
Leave their distrust behind
Wash your hands of regret

Blood...Heal me
Fear...Change me
Belief will always save me
Blood...Swearing
Fear...Staring
Conviction made aware

Learning from misery
Staring back at dissent
Leaving distrust behind
I'm inspired and content

Marcado

Elevar-se, Cair
Machucar, Odiar
Querer, Esperar
Curar, Salvar

Não ouvimos
Tememos
Consciência não chegará perto

Distrativo
Reativo
Disfarçado apesar do tempo

Eu nunca mostrei minha emoção
Minha paixão sempre forte
Nunca perdi minha devoção
Mas em algum lugar o destino errou

Não posso deixar me estuprarem novamente
Seu veneno não é bem vindo aqui
Não deixarei me encherem com
Remédios fatalistas

E se o resto do mundo
Estivesse desesperadamente cegado em medo?
Onde minha santidade viveria?
De repente ninguém se importa

Nunca é o bastante
Você está desperdiçando seu tempo
Não há algo que eu possa falar?
Você não entende
Você está acabando comigo
Como podemos viver desse jeito?

Você me diz que estou errado
Estou arriscando minha vida
E, ainda, não tenho nada em retorno
Eu te mostro minhas mãos
Você não vê as cicatrizes
Talvez você me deixe aqui para queimar

E se o resto do mundo
Estivesse desesperadamente afundando em vão?
Aonde nossa auto-piedade correria?
De repente todos se importam

Sangue... Cure-me
Medo... Mude-me
A crença sempre me salvará
Sangue... Jurando
Medo... Encarando
Convicção me preveniu

Renda-se à miséria
Vire as costas à discórdia
Deixe a desconfiança deles para trás
Lave suas mãos do ressentimento

Você se sente como se não me conhecesse mais?
E você sente que eu estou com medo do seu amor?
E como você não quer que eu não pergunte?
E como meu coração não é convidado?
Você diz que quer todos felizes
Bem, não estamos dando risadas

E como você não me entende?
E como eu não te entendo?
Trinta anos, estamos nessa juntos
Então abra seus olhos.

Pessoas em oração por mim
Todos estão lá por mim
Às vezes sinto que devia encarar isso sozinho
Minha alma exposta
Me acalma saber que não vou

Sangue... Cure-me
Medo... Mude-me
A crença sempre me salvará
Sangue... Jurando
Medo... Encarando
Convicção me preveniu

Renda-se à miséria
Vire as costas à discórdia
Deixa a desconfiança deles para trás
Lave suas mãos do ressentimento

Sangue... Cure-me
Medo... Mude-me
A crença sempre me salvará
Sangue... Jurando
Medo... Encarando
Convicção me preveniu

Aprendendo com a miséria
Encarando de volta a discórdia
Deixando a desconfiança para trás
Eu estou inspirado e satisfeito

Space-Dye Vest

Falling through pages of Martens on angels
Feeling my heart pull west
I saw the future dressed as a stranger
Love in a space-dye vest

Love is an act of blood and I'm bleeding
A pool in the shape of a heart
Beauty projection in the reflection
Always the worst way to start

(Sample is Julian Sands from the film
"A Room With A View".)
"But he's the sort who can't know anyone intimately,
least of all a woman. He doesn't know what a
woman is. He wants you for a possession,
something to look at like a painting or an ivory box.
Something to own and to display. He doesn't want
you to be real, or to think or to live. He doesn't love
you, but I love you. I want you to have your own
thoughts and ideas and feelings, even when I hold
you in my arms. It's our last chance... It's our last
chance..."

Now that you're gone I'm trying to take it
Learning to swallow the rage
Found a new girl I think we can make it
As long as she stays on the page

This is not how I want it to end
And I'll never be open again

(Sample from "The Trouble With Evan", from the
Canadian series "The Fifth Estate".)
"...I was gonna move out...ummm...get, get a job,
get my own place, ummm, but... I go into the mall
where I want to work and they tell me, I'm
I was too young..."

(Sample is Jim Hill from a news commentary about
the OJ Simpson freeway chase.)
"Some people gave advice before, about facing the
facts, about facing reality. And this is, this without a
doubt, is his biggest challenge ever. He's going to
have to face it. You're gonna have to try, he's gonna
to have to try and, uh, and, and get some help here.
I mean no one can say they know how he feels."

(Sample from the Conan O'Brien show.)
"That, so they say that, in ya know like, Houston or
something, you'd say it's a hundred and eighty
degrees, but it's a dry heat. In Houston they say
that? Oh, maybe not. I'm all mixed up. Dry until they
hit the swimming pool."

(Sample from "The Trouble With Evan", from the
Canadian series "The Fifth Estate".)
"...I get up with the sun... Listen. You have your own
room to sleep in, I don't care what you do. I don't
care when. That door gets locked, that door gets
locked at night by nine o'clock. If you're not in this
house by nine o'clock, then you'd better find some
place to sleep. Because you're not going to be a
bum in this house. Supper is ready..."

There's no one to take my blame
If they wanted to
There's nothing to keep me sane
And it's all the same to you
There's nowhere to set my aim
So I'm everywhere
Never come near me again
Do you really think I need you

I'll never be open again
I could never be open again.
I'll never be open again
I could never be open again.

And I'll smile and I'll learn to pretend
And I'll never be open again
And I'll have no more dreams to defend
And I'll never be open again

Camiseta Tingida de Espaço

Caindo entre páginas de peles sobre os anjos
Sentindo meu coração sendo arrancado ao oeste
Eu vi o futuro vestido como um estranho
Amor numa camiseta tingida de espaço

O amor é um ato de sangue e eu estou sangrando
Numa piscina em forma de coração
Bela projeção no reflexo
Sempre o pior modo para começar

(Fala de Julian Sands no filme
“Uma Janela Para o Amor”).
"Mas ele é do tipo que não consegue conhecer
ninguém intimamente, muito menos uma mulher. Ele
não sabe o que é uma mulher. Ele te quer como posse,
algo para se admirar como uma pintura ou uma caixa
de marfim. Algo para ter e mostrar. Ele não quer que
você seja real, ou que pense ou que viva. Ele não te
ama, mas eu te amo. Eu quero que você tenha seus
próprios pensamentos e idéias e sentimentos, mesmo
quando eu te segurar nos meus braços. É nossa última
chance... É nossa última chance..."

Agora que você se foi e estou tentando aceitar
Aprendendo a engolir a raiva
Encontrei uma nova garota, acho que pode dar certo
Desde que ela fique na página

Não é assim que eu queria que terminasse
E nunca serei honesto de novo

(Extraído do documentário “O Problema Com Evan”,
da série canadense “O Quinto Estado”).
"...Eu ia me mudar... ummm... conseguir, conseguir um
novo emprego, meu próprio lugar, ummm, mas... Eu
vou até a loja onde eu quero trabalhar e eles me dizem
que, eu sou, que eu era muito novo..."

(Fala de Jim Hill em um comentário sobre uma
perseguição a OJ Simpson numa rodovia)
"Algumas pessoas deram conselhos antes, sobre
encarar os fatos, sobre encarar a realidade. E este é,
este, com certeza, será o maior desafio dele. Ele terá
que encarar isto. Você terá que tentar, ele terá que
tentar e, uh, e, e conseguir alguma ajuda aqui. Digo,
ninguém pode dizer que sabe como ele se sente."

(Extraído do programa Conan O’Brien)
"Que, eles dizem assim, que, em, tipo, Houston ou algo
assim, você diria que está cento e oito graus, mas
continua quente e seco. Em Houston eles dizem isso?
Oh, talvez não. Eu estou confuso. Seco até que
acertem a piscina."

(Extraído do documentário “O Problema Com Evan”,
da série canadense “O Quinto Estado”).
"...eu acordo com o sol... Ouça. Você tem seu próprio
quarto para dormir, eu não me importo com o que você
faz. Eu não me importo quando. A porta é trancada, a
porta é trancada às nove. Se você não estiver nesta
casa as nove, então é melhor que ache algum lugar
para dormir. Porque você não será um vagabundo
nesta casa. A ceia está pronta..."

Não há ninguém para culpar
Se quisessem ser culpados
Não há nada para me manter são
E vale o mesmo para você
Não há nenhum lugar aonde (queira) ir
Então eu estou em todo lugar
Nunca mais chegue perto de mim
Você realmente acha que preciso de você?

E nunca serei honesto novamente
Eu nunca poderei ser honesto novamente.
E nunca serei honesto novamente
Eu nunca poderei ser honesto novamente.

E eu vou sorrir e aprender a fingir
E nunca mais serei honesto novamente
E não mais terei sonhos a defender
E nunca mais serei honesto novamente





Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Dream Theater"

Rock Brigade: John Petrucci na capa da edição 273
Dream Theater: clipe para "Enigma Machine" com o Ballet Deviare
Dream Theater: John Myung na capa da nova edição da Bass Player
Dream Theater: James Labrie ansioso para turnê americana
Mike Portnoy: cruzeiro foi uma das suas maiores experiências
Dream Theater: Photo Book da turnê para combater o câncer
Transatlantic: Minha épica viagem de dirigível em São Paulo
Transatlantic: TV Diário divulga trechos do show em SP
Transatlantic: Galeria de imagens do show em São Paulo
Transatlantic: Um show para toda a família em São Paulo
Dream Theater: Banda escorrega em suas virtudes e se repete
Dream Theater: as canções mais subestimadas da banda
Dream Theater: assista ao video clipe de "The Looking Glass"
Mike Portnoy: o top 25 de bateristas da Modern Drummer
Dream Theater: trailer da Along For The Ride 2014 Tour

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Vinicius Rezende

Rezende colabora com o Whiplash! sobretudo com traduções de notícias e álbuns. Graças ao Pink Floyd é fã de Douglas Adams e de Rock Progressivo, e tem o desejo de um dia viver na Suécia, país de bandas maravilhosas como Opeth, Pain Of Salvation, Porcupine Tree e The Flower Kings.

Mais matérias de Vinicius Rezende no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas