Tradução - Far Beyond Driven - Pantera

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Far Beyond Driven - Pantera

Traduzido por Fernando P. Silva

  | Comentários:
Imagem

Strength Beyond Strength

There is nothing. No education
No family life to open my arms to
You'd say that my job is today
Yet gone tomorrow
I'll be broke in a gutter

I know the opinion. A broken record
Fuck you and your college dream
Fact is, we're stronger than all

You're working for perfect bodies
Perfect minds and perfect neighbors
But I'm helping to legalize dope
On your pristine streets
And I'm making a fortune
You're muscle and gall
Naive at best
I'm bone, brain and cock
Deep down, stronger than all

A sad state of affairs
A crippled America. A pipe dream
Buttfucked. Immune. Stronger than all

A lament for a rookie officer
Punk ass weak little lamb
For the mob, truly
Does rule at this particular time

We've grown into a monster
An arrogant, explosive motherfuck
Hard as a rock
Shut like a lock

Finally, the president in submission
He holds out his hand on your television
And draws back a stump
It's too late for some
Far too late

No more holdbacks
No more paying a cops paycheck
Let him bust his own child
The son that heeds my word
And smokes my dope
The daughter that sucks me off
And snorts cheap anything
Hail Kings. The new Kings
Stronger than all

A simple process to legalize
There would not be a choice
But to take our side
Be there no question of certain strengths
Know this intention
Forever stronger than all
Stronger than all

Força Além da Força

Não há nada. Nenhuma educação
Nenhuma vida familiar para abrir meus braços
Você diria que o meu trabalho é hoje
No entanto amanhã
Eu estarei caído na sarjeta

Eu sei a opinião. Um disco quebrado
Foda-se você e o seu sonho acadêmico
O fato é que, nós somos mais fortes do que tudo

Você está trabalhando por corpos perfeitos
Mentes perfeitas e vizinhos perfeitos
Mas eu estou ajudando a legalizar as drogas
Nas suas ruas prístinas
E estou ganhando uma fortuna
Você é músculo e bílis
Ingênuo na melhor das hipóteses
Eu sou osso, cérebro e pênis
Lá no fundo, mais forte do que tudo

Um triste estado de negócios
Uma América aleijada. Uma fantasia
Enrabada. Imune. Mais forte do que tudo

Um lamento para um oficial novato
Viadinho inocente, trouxa
Pois a multidão, de fato
Manda neste momento particular?

Nós nos tornamos um monstro
Um arrogante, explosivo filho da puta
Duro como uma pedra
Trancado como uma fechadura

Finalmente, o presidente em submissão
Ele estende a mão na sua televisão
E se retira do palanque
É tarde demais para alguns
Tarde demais

Chega de obstáculos
Chega de pagar o salário dos tiras
Deixe-o explodir seu próprio filho
O filho que presta atenção na minha palavra
E fuma meu baseado
A filha que me chupa
E cheira qualquer coisa barata
Salve os Reis. Os novos Reis
Mais forte do que tudo

Um simples processo para legalizar
Não haveria uma escolha
Mas para vir pro nosso lado
Que não haja nenhuma pergunta de certas forças
Conheça esta intenção
Para sempre mais forte do que tudo
Mais forte do que tudo

Becoming

A long time ago I never knew myself
Then the memory of shame birthed its gift
No more. The small one, the weak one
The frightened one
Running from beatings, deflating
I'm becoming more than a man
More than you ever were
Driven and burning
To rise beyond Jesus

I'm born again with snakes eyes
Becoming Godsize

I found my life
Was slipping through my hands
Perhaps through death
My life won't be so bad
I can see you, can fuck you, inside of you
Staring through your eyes
Belittle your friends to serve me, to suck me
To realize my saving grasp
I of suicide. I the unlord

I'm born again with snakes eyes
Becoming Godsize

Tornando

Muito tempo atrás eu não me conhecia
Então a memória da vergonha gerou sua dádiva
Chega. O pequenino, o fracote
O assustado
Fugindo das batidas, ridicularizando
Eu estou me tornando mais do que um homem
Mais do que você sempre foi
Impulsionado e ardendo
Para se erguer acima de Jesus

Eu renasço com olhos de serpentes
Tornando-me do tamanho de Deus

Descobri que minha vida
Estava escorrendo através das minhas mãos
Talvez através da morte
Minha vida não será tão ruim
Eu consigo vê-lo, posso te fuder, dentro de você Encarando através de seus olhos
Subestime seus amigos para me servir, me chupar
Para perceber meu abraço salvador
Eu, do suicídio. Eu, o não-senhor

Eu renasço com olhos de serpentes
Tornando-me do tamanho de Deus

5 Minutes Alone

I see you had your mind all made up
You group of pitiful liars
Before I woke to face the day
Your master plan transpired
-Something told me-
This job had more to meet the eye
My song is not believed?
My words somewhat deceiving?
Now I'm unwhole

You've waged a war of nerves
But you can't crush the kingdom
Can't be what your idols are
Can't leave the scar.
You cry for compensation
I ask you please just give us...
5 minutes alone

I read your eyes
Your mind was made up
You took me for a fool
You used complexion of my skin
For a counter racist tool
You can't burn me
I've spilled my guts out in the past
Taken advantage of
Because you know where I've come
My past

You've waged a war of nerves
But you can't crush the kingdom
Can't be what your idols are
Can't leave the scar
You cry for compensation.
I ask you please just give us...
5 minutes alone

5 Minutos Sozinhos

Eu vejo que vocês já tomaram sua decisão
Seu grupo de mentirosos patéticos
Antes que eu acordasse para encarar o dia
Seu plano mestre transpirou
-Algo me disse –
Este trabalho tinha mais do que aparenta ser
Não acreditam em minha canção?
Minhas palavras de certa forma enganam?
Agora eu estou corrompido

Você empreendeu uma guerra de nervos
Mas você não pode destruir o reino
Não pode ser o que seus ídolos são
Não pode rejeitar a cicatriz
Você clama por compensação
Eu peço a você, por favor, nos dê...
5 minutos sozinhos

Eu leio seus olhos
Sua decisão já está tomada
Você me tomou como um tolo
Você valeu-se da aparência de minha pele
Como uma ferramenta anti-racista
Você não pode me queimar
Eu dei com a língua nos dentes no passado
Tirou vantagem disso
Pois você sabe de onde eu venho
Meu passado

Você empreendeu uma guerra de nervos
Mas você não pode destruir o reino
Não pode ser o que seus ídolos são
Não pode rejeitar a cicatriz
Você clama por compensação
Eu peço a você, por favor, nos dê...
5 minutos sozinhos

I'm Broken

I wonder if we'll smile in our coffins
While loved ones mourn the day
The absence of our faces, living, laughing
Eyes awake. Is this too much for them to take?
Too young for ones conclusion
The lifestyle won
Such values you taught your son
That's how.

Look at me now. I'm broken
Inherit my life

One day we all will die
A clichéd fact of life
Force fed
To make us heed
Inbred to sponge our bleed
Every warning, a leaking rubber
A poison apple for mingled blood
Too young for ones delusion the lifestyle cost
Venereal Mother embrace the los$
That's how

Look at you now. You're broken
Inherit your life

Estou Quebrado

Eu me pergunto se sorriremos em nossos caixões
Enquanto nossos entes queridos lamentam o dia
A ausência de nossos rostos, vivendo, rindo
Olhos despertos. Isso é demais para eles?
Jovem demais para conclusão
O estilo de vida venceu
Tais quais os valores que ensinastes ao seu filho
É assim

Olhe para mim agora. Estou quebrado
Herde minha vida

Um dia todos nós morreremos
Um clichê da vida
Alimentado à força
Para chamar nossa atenção
Inato para esfregar nosso sangue
Cada aviso, uma camisinha já gozada
Uma maçã envenenada por sangue misturado
Jovem demais para ilusão, o custo de vida
Mãe Venérea abraça a perda
É assim

Olhe para você agora. Você está quebrado
Herdo sua vida

Good Friends And A Bottle Of Pills

I fucked your girlfriend last night
While you snored and drooled
I fucked your love
She called me Daddy
And I called her baby
When I smacked her ass
I called her sugar
When I ate her alive till daylight
And I slept with her all over me
From forehead to ribcage I dripped her ass
Sometimes I thought you might be spying
Living out some brash fantasy, but no.
You were knocked out.
But we were all knocked out you know.
In a way

I serve too many masters.

We didn't know you'd break the bottle
That the magic came in
To use those jagged shards
To slit our wrists and neck
And you'd do it too, you're that kind of dude.
But you wouldn't know what you were doing
Because I didn't
Your girlfriend could have been a burn
Victim, an amputee, a dead body.
But god damn I wanted
To fuck.

I'm losing what's left of my fucking mind
I serve too many fucking masters.
(I told you. I told you motherfucker)

Bons Amigos e um Frasco de Pílulas

Eu fudi sua namorada ontem à noite
Enquanto você roncava e babava
Eu fudi seu amor
Ela me chamou de Meu macho
Eu a chamei de boneca
Enquanto beijava a bunda dela
Eu a chamei de docinho
Enquanto a comia viva até o raiar do dia
E eu dormi com ela sobre mim
Da testa até o peito eu respinguei na bunda dela
Às vezes eu achava que você poderia estar espiando
Vivendo alguma frágil fantasia, mas não.
Você estava chapado
Mas todos nós estávamos chapados, você sabe.
De certa forma

Eu sirvo a muitos mestres.

Não sabíamos que você quebraria a garrafa
Que a magia entraria em cena
Para usar estes pedaços de dentes quebrados
Para rachar nossos pulsos e pescoços
E você faria isto também, você é esse tipo de cara.
Mas você não saberia o que você estava fazendo
Porque eu não saberia
Sua namorada poderia ter sofrido uma queimadura
Vítima, amputada, um corpo morto.
Mas dane-se, eu quis
Fuder.

Estou perdendo o que resta de minha mente fudida
Eu sirvo a muitos mestres
(Eu te disse. Eu te disse filho da puta)

Hard Lines, Sunken Cheeks

As a child
I was given the gift to entertain you
But through blood I inherited a life
That could destroy you.
I drink all day. I smoke all day
I've done it all but tap the vein
These hard lines and sunken cheeks
Are text book reasons
All these Christians
Come alive and try to sell you

My soul for a goat
Yet I'll outlive the old

You know it's bad, some may say sad
A hangover is inspiration
Like a junkie I hurt for it
A bad trip, the emptiness
I never sleep, or always sleep
A lack of fulfillment to me is me
The big picture.
These hard lines and sunken cheeks
Are part of what the Christians mean
To immortalize my situation.

My soul for a goat
Yet I'll outlive the old
Embrace some religion
To get close to some
Undivine ejaculation point

Simply to thy ghost I cling
Simply to thy ghost I reject
Simply to thy ghost I give spit
Tempter, tempting, tempt me. Molest me
You know that I'll submit
For this is my weakness
And it saves me from relationships
With those Christians.
You know they'll sell you my soul
For a goat. Yet I'll outlive the old.

Linhas Firmes, Bochechas Afundadas

Como uma criança
Eu dava o presente para te entreter
Mas através do sangue eu herdei uma vida
Que poderia te destruir.
Eu bebo o dia todo. Eu fumo o dia todo
Eu fiz isso tudo, mas furei a veia
Estas linhas firmes e bochechas afundadas
São livros de textos pela qual
Todos estes Cristãos
Ganham vida e tentam te vender

Minha alma por uma cabra
No entanto, eu irei sobreviver à velhice

Você sabe que é ruim, alguns podem dizer triste
Uma ressaca é inspiração
Como um viciado eu me aflijo por ela
Uma viagem ruim, o vazio
Eu nunca durmo, ou sempre durmo
Uma falta de realização para mim sou eu.
O grande retrato
Estas linhas firmes e bochechas afundadas
Fazem parte daquilo que os Cristãos se dispõem
A imortalizar minha situação.

Minha alma por uma cabra
No entanto, eu irei sobreviver à velhice
Abrace alguma religião
Para chegar próximo a um
Ponto de ejaculação não divina.

Simplesmente ao teu fantasma eu me agarro
Simplesmente ao teu fantasma eu rejeito
Simplesmente ao teu fantasma eu dou um cuspe
Tentador, me tentando, me tenta. Me molesta
Você sabe que eu vou me submeter
Pois esta é a minha fraqueza
E ela me salva das relações
Com aqueles Cristãos.
Você sabe que eles lhe venderão minha alma
Por uma cabra. No entanto, vou sobreviver à velhice

Slaughtered

One's own Kingman, Christ person, Woman God
At battle with a mass astringent
The bond that blends the weak to the wise

It's a safe assumption
That you'd want to save me now
But I'll never face castration
For your sacred sow is left slaughtered

Brainwashed by me. Myself influence I
Bird brained world saver
A fake god rests dead inside you

It's a safe assumption
That you'd want to save me now
But I'll never face castration
For your sacred sow is left
Slaughtered

System destroyed
Exposed and unployed
The fruit of intention
Cry for their dead
But turning their head
To ignore reality's claw
Knife to your wrist, syringe in your arm
Is your ounce of prevention
Give what you made and under your name
On your grave, is salvation
A big fucking joke
Slaughter the pig, the self righteous king
For your own restoration
For your God is in your chest
And faith kills what is precious
For death is unanswered
Do sin.

Sacrificada

Rei de si mesmo, Cristo em pessoa, Mulher Deus
Na batalha com um adstringente em massa
O laço que mistura os fracos aos espertos

É uma suposição segura
Que você queria para me salvar agora
Mas eu jamais vou encarar a castração
Pois sua porca sagrada foi sacrificada

Lavagem cerebral feita por mim. Eu me influencio.
Estúpido, o protetor do mundo
Um falso deus descansa morto dentro de você

É uma suposição segura
Que você queria para me salvar agora
Mas eu jamais vou encarar a castração
Pois sua porca sagrada foi deixada
Sacrificada

Sistema destruído
Exposto e com os planos arruinados
O fruto da intenção
Choram por seus mortos
Mas viram suas caras
Para ignorar a garra da realidade
A faca para seu pulso, a seringa em seu braço
É a sua pitada de prevenção
Dê o que você fez e sob seu nome
Em seu túmulo, está a salvação
A porra de uma grande piada
Sacrifique o porco, o rei dos justos
Para a sua própria restauração
Para o seu Deus que está em seu peito
E a fé mata o que é precioso
Pois a morte é sem resposta
Peque.

25 Years

I vent my frustration at you old man
After years your ears will hear
You screamed that you tried
But it's words of a weakling and promises
Made by a liar (drunken liar)

Now you pick up that splintered chair
That was aiming for your head
A head that should have been long ago
Kicked in by me. Alone.

I won't lose a second of sleep for this...

Don't touch me
Don't touch me
Don't touch me
Don't touch me

Orphaned to the dope and drinks
I learned my lesson well
Somehow from you.

No tears can't clutch my regrets
But these years of detachment have left me
With demons now surfacing
I'm becoming more than nothing

You never knew the answers
To any of my questions, did you?

You made up all the answers
To my unimportant existence

But now you don't have to dump me off
Not again...
Don't touch me
Don't touch me
Don't touch me again.

I vow, lest I die tomorrow...

You'll never be the father I am
The bastard father to the thousands
Of the ugly criticized, the unwanted
The ones with fathers just like you
We're fucking you back.
I'm shoving my life right down your throat
Can I find the guts? Can I feel the heart?
Look at the ground as you choke me up
Does it taste like tequila?
Or failure?
We're fucking you back

We're fucking you back
We're fucking you back
We're fucking you back…

25 Anos

Eu desabafo minha frustração em você seu velho
Após anos seus ouvidos irão ouvir
Você gritou que você tentou
Mas são palavras de um fraco e promessas feitas
Por um mentiroso (bêbado mentiroso)

Agora você apanhou aquela cadeira lascada
Que estava apontando para a sua cabeça
Uma cabeça que há muito tempo deveria ter sido
Chutada por mim. Sozinho.

Não vou perder um segundo de sono por isso...

Não me toque
Não me toque
Não me toque
Não me toque

Órfão para as drogas e as bebidas
Eu aprendi bem minha lição
De algum modo de você.

Nenhuma lágrima pode conter meu desgosto
Mas estes anos de desinteresse me deixaram
Com os demônios à flor da pele agora
Mas eu estou me tornando mais do que um nada

Você nunca soube as respostas
Para qualquer uma de minhas perguntas, não é?

Você inventou todas as respostas
Para a minha existência sem importância

Mas agora você não tem que se livrar de mim
Não de novo...
Não me toque
Não me toque
Não me toque novamente.

Eu juro, para eu não morrer amanhã...

Você nunca será o pai que eu sou
O pai bastardo para milhares
De feios criticados, não desejados
Aqueles com pais como você
Nós estamos fudendo vocês agora
Estou empurrando minha vida na sua goela abaixo
Consigo encontrar coragem? Sentir o coração?
Olhe para o chão enquanto você me sufoca
Isso tem gosto de tequila?
Ou fracasso?
Nós estamos fudendo vocês agora

Nós estamos fudendo vocês agora
Nós estamos fudendo vocês agora
Nós estamos fudendo vocês agora...

Shedding Skin

I don't want you to look at me
While I'm shedding skin
I can't afford for you to see
What's inside me

I'd rather shoot myself than have you watch me
I feel you'd steal my skin to try and wear me
I was betrayed, one more day of my short life
You were carried away. You had no shame
To suffocate my being
I was me, but you weren't you
You were sticking to me like a scab...
So I peeled you away, and bled for days
Then stepped out of myself

I'm shedding skin, changing within
I'm falling in, through swollen eyes
I dreamed you died, caught inside
I'm shedding skin, spreading thin
I created the end, I'm killing a friend
I'm shedding my skin

I don't think you belong in here
I feel I'm sick. Don't ask because
You know damn well where I've been
I've kept a simple woman
Through the thick and thin
But I've found the guts
To sever from my Siamese twin
I throw you away. Everyday
A dead part of life
Strangling back. Seething black
In between my longing for torture
Blood on my face that came from your face
The mix of kissing and bleeding
I put you away. I shut you away
I pissed you away. I threw you away.

I'm shedding skin, changing within
I'm falling in. Through swollen eyes
I dreamed you died, caught inside
I'm shedding skin, spreading thin
I created the end, I'm killing a friend
I'm shedding my skin.

You're fucking and sucking
You're friendless. It's endless
Your flower has soured
It's endless. You're friendless
It's harder. And stronger
But no one's inside you longer
Or harder. Or deeper
To get you off, you need the fear
It's never love. Bloody touch
Broken wrist. Needle rust
Choking throat. Swallowed teeth
Head fuck. No peace
I'm shedding my skin
To peel you off of me
You've got to love me
Ornament. Shrunken head
Playtoy. Snake strike. Poisonous
Syphilis. Drenched me. Soaked me
I'm shedding my skin
To drain you out of me
You've got to hate me

Pele Deformada

Não quero que você olhe para mim
Enquanto eu estiver com a pele deformada
Não posso permitir que você veja
O que há dentro de mim.

Prefiro atirar em mim mesmo a deixar você me ver
Sinto que você roubaria minha pele para me usar
Eu fui traído, mais um dia de minha vida curta
Você foi levada embora. Você não tinha vergonha
Em sufocar meu ser
Eu era eu, mas você não era você
Você estava grudada em mim como uma casca
Então eu te descasquei, e sangrei por dias
Mas depois saí de mim mesmo

Estou com a pele deformada, mudando por dentro
Estou desabando, através de olhos inchados
Sonhei que você morreu, preso por dentro
Estou com a pele deformada, se definhando
Eu criei o fim, eu estou matando um amigo
Estou deformando minha pele

Eu não acho que você pertence aqui
Me sinto doente. Não pergunte por quê
Você sabe muito bem por onde eu andei
Eu tive uma mulher simples
Nos momentos bons e ruins
Mas eu encontrei coragem
Para me separar do meu gêmeo Siamês
Eu descarto você. Todos os dias.
Uma parte morta da vida
Estrangulando. Fervendo
No meio do meu desejo por tortura
Sangue em meu rosto que veio de seu rosto
A mistura de beijar e sangrar
Eu guardei você. Eu tranquei você
Eu mijei em você. Eu a joguei fora

Estou com a pele deformada, mudando por dentro
Estou desabando, através de olhos inchados
Sonhei que você morreu, preso por dentro
Estou com a pele deformada, se definhando
Eu criei o fim, eu estou matando um amigo
Estou deformando minha pele

Você está fudendo e chupando
Você está sem amigos. É interminável
Sua flor azedou
É interminável. Você está sem amigos
É mais difícil. E mais forte
Mas ninguém está dentro de você
Ou mais duro. Ou mais profundo
Para se livrar de você, você precisa do medo
Nunca é amor. Toque sangrento
Pulso quebrado. Agulha enferrujada
Garganta sufocada. Dentes engolidos
Cabeça fudida. Sem paz.
Estou deformando minha pele
Para descascar você de mim
Você tem que me amar
Ornamento. Cabeça encolhida
Brinquedinho. O bote da serpente. Venenosa
Sífilis. Me encharquei. Me ensopei
Estou deformando minha pele
Para drenar você de mim
Você tem que me odiar

Use My Third Arm

Enlight your sense of thought
Of touch, of real, a shield
An underground for this coward
Building a blood in water scent
It's like some raping, without judgment
Boy in a pocket. Balls in a bag
Serve and protect you
His dick his gun, his brain his badge
A faster way to kill them all
Would take too goddamn long
Absorb through pores the great escape

Kill that fuck to show him up
Equal his displeasure now
Stab his ass
A reminded past
Of what the fuck we live for

Ourselves.

Arm yourself. A branch. A third arm
Extend your health, crawl inside euphoria
Building a blood in water scent
It's like a raping. It's entrapment
Boy in a pocket. Balls in a bag
Perverted handle
His getting by is a fisted fuck.
A faster way to exterminate them
Takes too fucking long
Absorb through pores the great escape

Kill that fuck to show him up
Equal his displeasure now
Stab his ass
A reminded past
Of what the fuck we live for

Ourselves.

Half assed for most his life
Piss poor little ham.
No boy - You’re a fake fuck limp dick
Sucking up to the man
And the world.
We need a fucking cold war

Usar Meu Terceiro Braço

Ilumine sua sensação de pensamento
De toque, de realidade, um escudo
Um subterrâneo para este covarde
Construindo um sangue no aroma da água
É como alguns estuprando, sem juízo
Garoto em um bolso. Bolas em um saco (1)
Serve e te protege
O pênis (é) a arma dele, o cérebro seu distintivo
Um meio mais rápido para matar todos eles
Também levaria um bocado de tempo
Absorva através dos poros a grande fuga

Mate aquela porra para mostrar a ele
Iguale seu desprazer agora
Esfaqueie a bunda dele
Um passado relembrado
Daquela porra que vivemos por

Nós mesmos.

Arme-se. Um galho. Um terceiro braço
Prolongue sua saúde, rasteje dentro da euforia
Construindo um sangue no aroma da água
É como um estupro. É cilada
Garoto em um bolso. Bolas em um saco
Manivela pervertida
Sua sobrevivência é um punho fudido
Um modo mais rápido para exterminá-los
Também levaria uma porra de tempo
Absorva através dos poros a grande fuga

Mate aquela porra para mostrar a ele
Iguale o desprazer dele agora
Esfaqueie a bunda dele
Um passado relembrado
Daquela porra que vivemos por

Nós mesmos.

Cuzão a maior parte de sua vida
Pobre presuntinho
Não, garoto - Você é um falso pênis mole
Puxando o saco do cara
E do mundo.
Precisamos da porra de uma guerra fria

(1) Balls in a bag = Bolas em um saco. Gíria para “testículos”.

Throes Of Rejection

This is feeding what I am
It's like salt poured into a deep infected wound
It's the type of pain you really dig and long for
I've always been insecure to open up
And show love
Some pretty girl with long hair
Some bald guy writhing

Rejection...the kind that's self induced
Rejection...the tongue that's bitten through
Rejection...the nauseating stab
Rejection...Is feeding what I am

A short fuse
If there really is a god
Then it's punishing me constantly
She let me taste that sugarhole
And of course, I wanted more
But no.
I'm reduced to a Rottypanol snort
And a lot of drinks
This shit goes on and on
Just look down my pants

Rejection...It ain't a fucking game
Rejection...My human dick to blame
Rejection...A sociopathic plan
Rejection...Is feeding what I am

Rejection...Takes life away from eyes
Rejection...Will give you to the skies
Rejection...It makes me more than a man
Rejection...Is drowning what I am

Espasmos de Rejeição

Isso está alimentando o que eu sou
É como sal jogado numa ferida profunda e infectada
É o tipo de dor que você realmente procura e anseia
Eu sempre fui inseguro para me abrir
E demonstrar amor
Alguma gatinha com cabelo longo
Algum careca se contorcendo

Rejeição...o tipo de auto-indução
Rejeição...a língua que é mordida por dentro
Rejeição...a punhalada nauseante
Rejeição...está alimentando o que eu sou

Um pavio curto
Se realmente existe um deus
Então ele está constantemente me castigando
Ela me deixou provar aquele líquido doce (1)
E claro, eu quis mais
Mas não.
Eu sou relegado a um trago de Rottypanol
E um porre de drinques
Esta merda continua assim
Apenas olhe para as minhas calças

Rejeição... Não é a porra de um jogo
Rejeição... A culpa é do meu pênis humano
Rejeição... Um plano sociopata
Rejeição... Está alimentando o que eu sou

Rejeição... Tira a vida dos seus olhos
Rejeição... Dará você aos céus
Rejeição... Me faz mais do que um homem
Rejeição... Está afogando o que eu sou

(1) Sugarhole é uma gíria para o líquido que escorre da vagina quando a mulher está excitada.

Planet Caravan

(Black Sabbath song from the Paranoid album)

We sail through endless skies
Stars shine like eyes
The black night sighs
The moon in silver trees
Falls down in tears
Light of the night
The Earth, a purple blaze
Of sapphire haze
In orbit always

While down below the trees
Bathed in cool breeze
Silver starlight breaks down the night
And so we pass on by the crimson eye
Of great god Mars
As we travel the universe

Planeta Caravana

(Música do Black Sabbath do álbum Paranoid)

Nós velejamos através de céus infinitos
As estrelas brilham como os olhos
A noite escura suspira
A lua em árvores prateadas
Cai em lágrimas
A luz da noite
A Terra, uma chama púrpura
De uma neblina cor de safira
Sempre em órbita

Enquanto descemos das árvores
Tomamos banho na brisa fresca
A luz prateada das estrelas rompe a noite
E então nós passamos perto do olho vermelho
Do grande deus Marte
Enquanto viajamos pelo universo




PANTERA:
Phil Anselmo – Vocais
Dimebag Darrell – Guitarra
Vinnie Paul – Bateria
Rex – Baixo




Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Pantera"

Pantera : 20 anos do lançamento de "Far Beyond Driven"
Pantera: Anselmo fala do foco na gravação do "Far Beyond Driven"
Cobain: músicos do Korn, Judas, Pantera e AIC falam sobre legado
Dimebag Darrel: uma década do seu último registro de estúdio
Guitar World: 11 Álbuns Essenciais do Thrash Metal
Pantera: remaster de Far Beyond Driven tem boas vendas iniciais
Phil Anselmo: comentando cover que o Pantera fez do Black Sabbath
Vinnie Paul: é hora de esquecer reunião e seguir em frente
Phil Anselmo: um animal enjaulado na turnê do Far Beyond Driven
Pantera: a edição de aniversário de "Far Beyond Driven"
Phil Anselmo: vídeo inusitado em homenagem a Dave Brockie do GWAR
HellYeah: banda lança duas faixas do novo álbum
Pantera: edição especial e curiosidades do "Far Beyond Driven"
Phil Anselmo: como um animal acuado em "Far Beyond Driven"
Vinnie Paul: "imitação é a maior forma de elogio"

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Fernando P. Silva

Fernando Silva é membro do Whiplash! e responsável pela seção de traduções. Colaborando com o site há mais de 5 anos, é quem organiza e revisa todas as traduções que são publicadas nesta seção, contando também com o auxílio de amigos e colaboradores do site. Eclético, curte desde o blues e um bom rock n' roll até o melhor do hard e do heavy, sendo o Metallica (até a eternidade) sua banda preferida. Correções de material postado anteriormente, críticas ou sugestões para novas traduções podem ser feitas através do contato direto com o autor. Email: [email protected].

Mais matérias de Fernando P. Silva no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas