Tradução - Hatebreeder - Children Of Bodom

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Hatebreeder - Children Of Bodom

Traduzido por Fernando P. Silva

  | Comentários:
Imagem

Silent Night, Bodom Night

On the eve of their death
They are baptized
In the unholy waters of Bodom
With no hint of the torture awaiting
To greet them at the break of dawn

When the calm is setting in
We'll watch it swiftly disappear
Too many years of silence
Soon he's bound to reappear

The Reaper
Is calling for you to come home
With the thrust of a switchblade
On the grip of a madman
And the waters of Bodom
Turn a blood shade of red
As the Children Of Bodom Lake
Their last breath

And now decades later
On this haunted shore
We all better take caution...
For the Reaper wants more...

Noite Silenciosa, Noite do Bodom *

Na véspera de sua morte
Eles são batizados
Nas águas profanas do Bodom
Sem nenhuma pista da tortura que os aguarda
A saudá-los ao raiar do dia

Quando a calmaria estiver começando
Iremos assisti-la desaparecer rapidamente
Muitos anos de silêncio
Logo ele estará destinado a reaparecer

O Anjo da Morte**
Está te chamando para vir para casa
Com o golpe de um canivete
Nas garras de um louco
E as águas do Bodom
Se tornam uma sombra vermelha de sangue
Enquanto as Crianças do Lago Bodom
Seu último suspiro

E agora décadas depois
Nesta orla assombrada
Todos nós devemos tomar cuidado...
Pois o Anjo da Morte quer mais...

* O Lago Bodom fica localizado na Finlândia, nos arredores da cidade de Espoo. O lago mede aproximadamente três quilômetros de largura e um de extensão. Ficou conhecido pelos assassinatos que ocorreram na noite de 4 de junho de 1960, na qual quatro adolescentes (dois meninos e duas meninas) foram acampar as margens do lago e acabaram atacados misteriosamente. Três deles foram assassinados e apenas um sobreviveu. Este acontecimento é geralmente chamado de "assassinatos do Lago Bodom". Em junho de 2005, o único sobrevivente, Nils Gustafsson, foi acusado de assassinar seus colegas. Em 7 de outubro, o tribunal regional o inocentou de todas as acusações. (Fonte: www.wikipedia.org)

** The Reaper (Anjo da Morte) = Na teologia, o anjo encarregado de recolher a alma dos seres humanos quando estão para morrer. Geralmente representado por aquela figura de um esqueleto de preto com uma foice na mão.

Bed Of Razors

I see the candlelight burning in your eyes
Flaring up my eyes in flames
On this pitch-black summer night...
Of passion and pain

The razor caressed my flesh
And my arms turned red
I feel a vast desire
Years of pain are flowing down my arms
Sweet, red, warm stream you drink
Make me released
Give me your hand
Let me make you feel the ease
In the bed of razors we bleed together...

I feel the fire burning in my heart
I see it sparkling in your eyes
The blaze you're feeding
More and more

The razor caressed your flesh
And your arms turned red
I feel your vast desire
Tearing pain is flowing down your arms
Sweet, red, warm stream I drink
To make you released
Holding your arms
Cherish this composure
In the bed of razors
We sleep together forever...

Leito de Lâminas

Eu vejo o candelabro queimando em seus olhos
Deixando os meus olhos em chamas
Nesta noite de verão negra como piche...
De paixão e dor

A lâmina acariciou minha carne
E meus braços ficaram vermelhos
Eu sinto um vasto desejo
Os anos de dor estão fluindo em meus braços
Doce, vermelha, morna, a correnteza que você bebe
Me libertou
Me dê sua mão
Me deixe te fazer se sentir à vontade
No leito de lâminas, nós sangramos juntos...

Eu sinto o fogo queimando em meu coração
Eu o vejo cintilando em seus olhos
A chama que você está alimentando
Mais e mais

A lâmina acariciou sua carne
E seus braços ficaram vermelhos
Eu sinto seu vasto desejo
A dor dilacerante está fluindo em seus braços
Doce, vermelha, morna, a correnteza que eu bebo
Para te libertar
Segurando seus braços
Aprecie esta tranqüilidade
No leito de lâminas
Nós dormimos juntos para sempre...

Towards Dead End

No flickering light at the end of the path
Confront repressions of the past
Fear... Prevail... Insanity... Obey!
Draw back in silence to dwell in anxiety
No matter where I am, I'm alone
My dreams are shattered
Into thousand running tears
The tears keep dripping down, down
Deep down from my veins

I'm walking towards dead end
I'm walking all alone
Two steps behind insanity
There's no starlight guiding my way
Through this downward death row
Soon will be the time I have to go...

Little by little the end is drawing near
Another night and so little blood to spare
(Ya can hurt me... but ya can't possess me
'Y know...)

Kill me, hurt me, fuck me
Rape me, you won't have me!

Draw back in silence to dwell in anxiety
No matter where I am, I'm alone
I'm crying out loud
The tears of blood I bleed
So fuck the world
I'll go now, I don't care. (Who cares?)

I'm walking towards dead end
And I'm walking all alone
Two steps ago I past insanity
There's no starlight guiding my way
Out this downward death row
So now is the time I have to go

Em Direção ao Fim

Nenhuma luz cintilante no fim do túnel
Confrontar repressões do passado
Medo... Prevalece... Insanidade... Obedeça!
Retire-se em silêncio para viver em ansiedade
Não importa onde eu esteja, eu estou sozinho
Meus sonhos estão destruídos
Em mil lágrimas que escorrem
As lágrimas continuam caindo, caindo
Profundamente de minhas veias

Eu estou caminhando em direção ao fim
Eu estou caminhando sozinho
Dois passos atrás da insanidade
Não há nenhuma luz estelar guiando meu caminho
Através deste declinante corredor da morte
Logo chegará a hora que terei de partir...

Pouco a pouco, o fim está se aproximando
Outra noite e tão pouco sangue para poupar
(Vocês podem me ferir... mas não podem me possuir
Vocês sabem...)

Me mate, me machuque, me foda
Me estupre, você não me terá!

Retire-se em silêncio para viver em ansiedade
Não importa onde eu esteja, eu estou sozinho
Eu estou gritando em voz alta
As lágrimas de sangue que eu sangro
Então foda-se o mundo
Eu irei agora, eu não ligo. (Quem se importa?)

Eu estou caminhando em direção ao fim
Eu estou caminhando sozinho
Dois passos atrás da insanidade
Não há nenhuma luz estelar guiando meu caminho
Para fora deste declinante corredor da morte
Então agora é a hora que tenho de partir...

Children Of Bodom

In the silence of darkness
Among the shadows of the dead
We hear a wolf howling hungry
To wake up children of the graves
Unripe Vengeance!
The cult that serves as revenge
Has put forward its fangs
To declare a fucking WAR!

Only calmless spirits of corpses
Are passing by the altars of Bodom
Where everything but death is a lie
To spill your blood to become our wine
We'll reborn really
Where only the wild will survive

The clash of wickedness
Veils Lake Bodom blood red
We have gathered our souls
To praise the triumph of Death

Children of Bodom
Angry are rising
Running amok
Slaying with a sense of desire
From the twilight of the past
Among the victims who died

Something Wild
Has survived!

Crianças do Bodom

No silêncio da escuridão
Entre as sombras dos mortos
Ouvimos um lobo uivando faminto
Para acordar as crianças das sepulturas
Vingança prematura!
O culto que serve como vingança
Veio mostrar seus dentes caninos
Para declarar a porra de uma GUERRA!

Somente os espíritos inquietos dos cadáveres
Estão passando pelos altares do Bodom
Onde tudo, a não ser a morte, é uma mentira
Para derramar seu sangue para se tornar nosso vinho
Nós realmente vamos renascer
Onde somente os selvagens sobreviverão

O rompante da malvadez
Revela o Lago vermelho de sangue
Reunimos nossas almas
Para louvar o triunfo da Morte

Crianças do Bodom
Furiosas estão se levantando
Ensandecidas
Matando com uma sensação de desejo
Do crepúsculo do passado
Entre as vítimas que morreram

Algo Selvagem
Sobreviveu!

Downfall

The night of timeless fire is drawing near
I flee... Throughout the years of throe
Watching through a mirror
As I fall apart
I see a wreck, I'm burning

I see angels burning
Falling down in ruins
Looking down I see me
I'm my own enemy

Watching myself decaying
Falling from high spirits
I flee... Throughout the ruins of me
Longing for finding my way out
Leaving myself, there's nothing left for me
The ruins are about to crumble down

The flame is dying
By shivery winds of jet black skies
It reflects hatred in my eyes

I see angels burning
Falling down in ruins
Looking down I see my ashes
Scattered around my grave

Angels whispering fire
No longer I'm alive
Settled down
I'm done with the trip
To my kingdom come

Decadência

A noite do fogo eterno está se aproximando
Eu fujo... Através dos anos de espasmos
Observando através de um espelho
Enquanto eu me desintegro
Eu vejo um naufrágio, eu estou queimando

Eu vejo os anjos queimando
Caindo em ruínas
Olhando pra baixo, eu me vejo
Eu sou meu próprio inimigo

Observando minha própria decadência
Perdendo o bom-humor
Eu fujo... Através das minhas ruínas
Desejando encontrar minha saída
Me abandonando, nada mais resta para mim
As ruínas estão a ponto de desmoronar

A chama está morrendo
Por meio de ventos friorentos de céus negros
Ela reflete ódio em meus olhos

Eu vejo os anjos queimando
Caindo em ruínas
Olhando pra baixo, eu vejo minhas cinzas
Espalhadas em volta do meu túmulo

Os anjos sussurrando fogo
Já não vivo mais
Consumado
Terminei minha jornada
Até o meu outro mundo







Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Children Of Bodom"

Deicide e COB: informações gerais sobre show em São Leopoldo (RS)
Children of Bodom: álbum do ano em premiação finlandesa
Deicide e Children of Bodom: em São Paulo no dia 25 de maio
Children of Bodom: Alexi fala de turnês, influências, Blythe
Children Of Bodom: Jaska explica problema de dor nas costas
Children Of Bodom: assista novo lyric video "Scream For Silence"
Children Of Bodom: Alexi Laiho cria página oficial no Facebook
Children of Bodom: primeiro lote de ingressos para SP esgotado
Children of Bodom: ingressos para São Paulo já estão à venda
Children of Bodom: banda se apresentará no Brasil em maio
Children of Bodom: mensagem de Natal da banda
Children Of Bodom: garoto detonando várias canções da banda
Children Of Bodom: turnê norte-americana com o Death Angel e Týr
Children Of Bodom: Britney e Prince entre prazeres do tecladista

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Fernando P. Silva

Fernando Silva é membro do Whiplash! e responsável pela seção de traduções. Colaborando com o site há mais de 5 anos, é quem organiza e revisa todas as traduções que são publicadas nesta seção, contando também com o auxílio de amigos e colaboradores do site. Eclético, curte desde o blues e um bom rock n' roll até o melhor do hard e do heavy, sendo o Metallica (até a eternidade) sua banda preferida. Correções de material postado anteriormente, críticas ou sugestões para novas traduções podem ser feitas através do contato direto com o autor. Email: [email protected].

Mais matérias de Fernando P. Silva no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas