Tradução - Mutter - Rammstein

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Mutter - Rammstein

Traduzido por Giuliano Calzetta

  | Comentários:
Imagem

Mein Herz Brennt

Nun liebe Kinder gebt fein acht
Ich bin die Stimme aus dem Kissen
Ich hab euch etwas mitgebracht
Hab es aus meiner Brust gerissen
Mit diesem Herz hab ich die Macht
Die Augenlider zu erpressen
Ich singe bis der Tag erwacht
Ein heller Schein am Firmament
Mein Herz brennt

Sie kommen zu euch in der Nacht
Dämonen Geister schwarze Feen
Sie kriechen aus dem Kellerschacht
Und werden unter euer Bettzeug sehen

Nun liebe Kinder gebt fein acht
Ich bin die Stimme aus dem Kissen
Ich hab euch etwas mitgebracht
Ein heller Schein am Firmament
Mein Herz brennt

Sie kommen zu euch in der Nacht
Und stehlen eure kleinen heißen Tränen
Sie warten bis der Mond erwacht
Und drücken sie in meine kalten Venen

Nun liebe Kinder gebt fein acht
Ich bin die Stimme aus dem Kissen
Ich singe bis der Tag erwacht
Ein heller Schein am Firmament
Mein Herz brennt

Meu Coração Queima

Agora, queridas crianças, prestem bem atenção
Sou a voz que vem do travesseiro
Eu vim lhes trazer uma coisa
Que arranquei do meu peito
Com esse coração eu tenho o poder
Para agir sobre as pálpebras
Eu canto até o dia amanhecer
Uma luz brilhante no Firmamento
Meu coração queima

Eles vêm até vocês à noite
Demônios, espíritos, fadas negras
Eles rastejam do porão
E vêm espiar debaixo de suas cobertas

Agora, queridas crianças, prestem atenção
Sou a voz que vem do travesseiro
Eu vim lhes trazer uma coisa
Uma luz brilhante no Firmamento
Meu coração queima

Eles vêm até vocês à noite
E roubam suas pequenas lágrimas ardentes
Eles esperam até a lua nascer
E se esquivam dentro das minhas veias frias

Agora, queridas crianças, prestem atenção
Sou a voz que vem do travesseiro
Eu canto até o dia amanhecer
Uma luz brilhante no Firmamento
Meu coração queima

Links 234

Kann man Herzen brechen
Können Herzen sprechen
Kann man Herzen quälen
Kann man Herzen stehlen

Sie wollen mein Herz am rechten Fleck
Doch seh ich dann nach unten weg
Da schlägt es links

Können Herzen singen
Kann ein Herz zerspringen
Können Herzen rein sein
Kann ein Herz aus Stein sein

Sie wollen mein Herz am rechten Fleck
Doch seh ich dann nach unten weg
Da schlägt es links
Links zwo drei vier

Kann man Herzen fragen
Ein Kind darunter tragen
Kann man es verschenken
Mit dem Herzen denken

Sie wollen mein Herz am rechten Fleck
Doch seh ich dann nach unten weg
Da schlägt es in der linken Brust
Der Neider hat es schlecht gewußt

Links zwo drei vier

Esquerda 234*

Pode-se partir corações?
Podem os corações falar?
Pode-se torturar corações?
Pode-se roubar corações?

Eles querem meu coração no lugar certo
Mas então eu olho pra baixo
Ali ele bate na esquerda

Podem os corações cantar?
Pode um coração se despedaçar?
Podem os corações ser puros?
Pode um coração ser de pedra?

Eles querem meu coração no lugar certo
Mas então eu olho pra baixo
Ali ele bate na esquerda
Esquerda dois três quatro

Pode-se perguntar ao coração
Carregar uma criança sob ele?
Pode-se dá-lo de presente?
Pensar com o coração?

Eles querem meu coração no lugar certo
Mas então eu olho pra baixo
Ali ele bate no peito esquerdo
O invejoso não o conheceu muito bem

Esquerda dois três quatro

* Esquerda 234 é como uma ordem militar para marchar.

Sonne

Eins
Zwei
Drei
Vier
Fünf
Sechs
Sieben
Acht
Neun
Aus

Alle warten auf das Licht
Fürchtet euch fürchtet euch nicht
Die Sonne scheint mir aus den Augen
Sie wird heut Nacht nicht untergehen
Und die Welt zählt laut bis zehn

Eins
Hier kommt die Sonne
Zwei
Hier kommt die Sonne
Drei
Sie ist der hellste Stern von allen
Vier
Hier kommt die Sonne

Die Sonne scheint mir aus den Händen
Kann verbrennen, kann euch blenden
Wenn sie aus den Fäusten bricht
Legt sich heiss auf das Gesicht
Sie wird heut Nacht nicht untergehen
Und die Welt zählt laut bis zehn

Eins
Hier kommt die Sonne
Zwei
Hier kommt die Sonne
Drei
Sie ist der hellste Stern von allen
Vier
Hier kommt die Sonne
Fünf
Hier kommt die Sonne
Sechs
Hier kommt die Sonne
Sieben
Sie ist der hellste Stern von allen
Acht, neun
Hier kommt die Sonne

Die Sonne scheint mir aus den Händen
Kann verbrennen, kann dich blenden
Wenn sie aus den Fäusten bricht
Legt sich heiss auf dein Gesicht
Legt sich schmerzend auf die Brust
Das Gleichgewicht wird zum Verlust
Lässt dich hart zu Boden gehen
Und die Welt zählt laut bis zehn

Eins
Hier kommt die Sonne
Zwei
Hier kommt die Sonne
Drei
Sie ist der hellste Stern von allen
Vier
Und wird nie vom Himmel fallen
Fünf
Hier kommt die Sonne
Sechs
Hier kommt die Sonne
Sieben
Sie ist der hellste Stern von allen
Acht , neun
Hier kommt die Sonne

Sol

Um
Dois
Três
Quatro
Cinco
Seis
Sete
Oito
Nove
Fora

Todos estão esperando pela luz
Não temam, não tenham medo
O Sol brilha de dentro dos meus olhos
Ele não irá se pôr esta noite
E o mundo conta em voz alta até dez

Um
Lá vem o Sol
Dois
Lá vem o Sol
Três
Ele é a estrela mais brilhante de todas
Quatro
Lá vem o Sol

O sol brilha de dentro das minhas mãos
Ele pode arder, ele pode cegar todos vocês
Quando ele surge dos meus pulsos
Ele se deita calorosamente sobre o rosto
Ele não irá se pôr esta noite
E o mundo conta em voz alta até dez

Um
Lá vem o Sol
Dois
Lá vem o Sol
Três
É a estrela mais brilhante de todas
Quatro
Lá vem o Sol
Cinco
Lá vem o Sol
Seis
Lá vem o Sol
Sete
É a estrela mais brilhante de todas
Oito, nove
Lá vem o Sol

O sol brilha de dentro das minhas mãos
Ele pode arder, ele pode cegar todos vocês
Quando ele surge dos meus pulsos
Ele se deita calorosamente sobre o rosto
Ele não irá se pôr esta noite
Perde-se o equilíbrio
Ele te faz colidir contra o chão
E o mundo conta em voz alta até dez

Um
Lá vem o Sol
Dois
Lá vem o Sol
Três
A estrela mais brilhante de todas
Quatro
E ele nunca cairá do céu
Cinco
Lá vem o Sol
Seis
Lá vem o Sol
Sete
A estrela mais brilhante de todas
Oito, nove
Lá vem o Sol

Ich Will

Ich will dass ihr mir vertraut
Ich will dass ihr mir glaubt
Ich will eure Blicke spüren
Ich will jeden Herzschlag kontrollieren

Ich will eure Stimmen hören
Ich will die Ruhe stören
Ich will dass ihr mich gut seht
Ich will dass ihr mich versteht

Ich will eure Phantasie
Ich will eure Energie
Ich will eure Hände sehen
Ich will in Beifall untergehen

Seht ihr mich?
Versteht ihr mich?
Fühlt ihr mich?
Hört ihr mich?
Könnt ihr mich hören?
Wir hören dich
Könnt ihr mich sehen?
Wir sehen dich
Könnt ihr mich fühlen?
Wir fühlen dich
Ich versteh euch nicht

Ich will

Wir wollen dass ihr uns vertraut
Wir wollen dass ihr uns alles glaubt
Wir wollen eure Hände sehen
Wir wollen in Beifall untergehen - ja

Könnt ihr mich hören?
Wir hören dich
Könnt ihr mich sehen?
Wir sehen dich
Könnt ihr mich fühlen?
Wir fühlen dich
Ich versteh euch nicht

Könnt ihr uns hören?
Wir hören euch
Könnt ihr uns sehen?
Wir sehen euch
Könnt ihr uns fühlen?
Wir fühlen euch
Wir verstehen euch nicht

Eu Quero

Eu quero que vocês confiem em mim
Eu quero que vocês acreditem em mim
Eu quero sentir seus olhos
Eu quero controlar cada batida do coração

Eu quero ouvir suas vozes
Eu quero perturbar a paz
Eu quero que vocês me vejam bem
Eu quero que vocês me entendam

Eu quero suas fantasias
Eu quero suas energias
Eu quero ver suas mãos
Eu quero me perder em aplausos

Vocês me vêem?
Vocês me entendem?
Vocês me sentem?
Vocês me ouvem?
Vocês podem me ouvir?
Ouvimos você
Vocês podem me ver?
Nós vemos você
Vocês podem me sentir?
Sentimos você
Eu não compreendo vocês

Eu quero

Queremos que vocês confiem em nós
Queremos que vocês acreditem em todos nós
Queremos ver suas mãos
Queremos nos perder em aplausos - sim

Vocês podem me ouvir?
Nós ouvimos você
Vocês podem me ver?
Nós vemos você
Vocês podem me sentir?
Nós sentimos você
Eu não compreendo vocês

Vocês podem nos ouvir?
Nós ouvimos vocês
Vocês podem nos ver?
Nós vemos vocês
Vocês podem nos sentir?
Nós sentimos vocês
Nós não compreendemos vocês

Feuer Frei

Getadelt wird wer Schmerzen kennt
Vom Feuer das die Haut verbrennt
Ich werf ein Licht
In mein Gesicht
Ein heisser Schrei
Feuer frei!

Bäng bäng

Geadelt ist wer Schmerzen kennt
Vom Feuer das in Lust verbrennt
Ein Funkenstoss
In ihren Schoss
Ein heisser Schrei
Feuer frei!

Bäng bäng
Feuer frei!

Gefährlich ist wer Schmerzen kennt
Vom Feuer das den Geist verbrennt
Bäng bäng
Gefährlich das gebrannte Kind
Mit Feuer das vom Leben trennt
Ein heisser Schrei
Bäng bäng
Feuer frei!

Dein Glück
Ist nicht mein Glück
Ist mein Unglück

Bäng bäng
Feuer frei!

Fogo!

Aquele que conhece a dor será repreendido
Do fogo que queima a pele
Eu lanço uma luz
No meu rosto
Um grito quente
Fogo!

Bang Bang

Aquele que conhece a dor é enobrecido
Do fogo que queima em desejo
Uma faísca violenta
No colo dela
Um grito quente
Fogo!

Bang Bang
Fogo!

Perigoso é aquele que conhece a dor
Do fogo que queima a alma
Bang Bang
Perigosa é a criança consumida pelas chamas
Com o fogo que separa da vida
Um grito quente
Bang bang
Fogo!

Sua Sorte
Não é a minha Sorte
É a minha desgraça

Bang bang
Fogo!

Mutter

Die Tränen greiser Kinderschar
Ich zieh sie auf ein weisses Haar
Werf in die Luft die nasse Kette
Und wünsch mir, dass ich eine Mutter hätte

Keine Sonne die mir scheint
Keine Brust hat Milch geweint
In meiner Kehle steckt ein Schlauch
Hab keinen Nabel auf dem Bauch

Mutter

Ich durfte keine Nippel lecken
Und keine Falte zum Verstecken
Niemand gab mir einen Namen
Gezeugt in Hast und ohne Samen

Der Mutter die mich nie geboren
Hab ich heute Nacht geschworen
Ich werd ihr eine Krankheit schenken
Und sie danach im Fluss versenken
Mutter

In ihren Lungen wohnt ein Aal
Auf meiner Stirn ein Muttermal
Entferne es mit Messers Kuss
Auch wenn ich daran sterben muss
Mutter

Oh gib mir Kraft

Mãe

As lágrimas de uma multidão de crianças envelhecidas
Eu lhes puxo pelo cabelo branco
Atiro no ar a corrente úmida
E fico a desejar que eu tivesse uma mãe

Nenhum Sol brilha para mim
Nenhum seio me deu leite
Há um tubo em minha garganta
Não tenho umbigo em minha barriga

Mãe

Eu fui proibido de mamar
E nenhuma dobra para se esconder
Ninguém me deu um nome
Parido com pressa e sem sêmen

À mãe que nunca me deu a luz
Eu jurei esta noite
Vou lhe passar uma enfermidade
E depois deixa-la afundar no rio
Mãe

Em seus pulmões mora uma enguia
Na minha testa, uma marca de nascença
Eu irei tira-la com o beijo de uma faca
Mesmo que assim eu tenha que sangrar até a morte
Mãe

Oh me dê forças

Spieluhr

Ein kleiner Mensch stirbt nur zum Schein
Wollte ganz alleine sein
Das kleine Herz stand still für Stunden
So hat man es für tot befunden
Es wird verscharrt in nassem Sand
Mit einer Spieluhr in der Hand

Der erste Schnee das Grab bedeckt
Hat ganz sanft das Kind geweckt
In einer kalten Winternacht
Ist das kleine Herz erwacht

Als der Frost ins Kind geflogen
Hat es die Spieluhr aufgezogen
Eine Melodie im Wind
Und aus der Erde singt das Kind

Hoppe hoppe Reiter
Und kein Engel steigt herab
Mein Herz schlägt nicht mehr weiter
Nur der Regen weint am Grab
Hoppe hoppe Reiter
Eine Melodie im Wind
Mein Herz schlägt nicht mehr weiter
Und aus der Erde singt das Kind

Der kalte Mond in voller Pracht
Hört die Schreie in der Nacht
Und kein Engel steigt herab
Nur der Regen weint am Grab

Zwischen harten Eichendielen
Wird es mit der Spieluhr spielen
Eine Melodie im Wind
Und aus der Erde singt das Kind

Hoppe hoppe Reiter
Und kein Engel steigt herab
Mein Herz schlägt nicht mehr weiter
Nur der Regen weint am Grab

Hoppe hoppe Reiter
Eine Melodie im Wind
Mein Herz schlägt nicht mehr weiter
Und aus der Erde singt das Kind

Hoppe hoppe Reiter
Mein Herz schlägt nicht mehr weiter

Am Totensonntag hörten sie
Aus Gottes Acker diese Melodie
Da haben sie es ausgebettet
Das kleine Herz im Kind gerettet

Hoppe hoppe Reiter
Eine Melodie im Wind
Mein Herz schlägt nicht mehr weiter
Und auf der Erde singt das Kind
Hoppe hoppe Reiter
Und kein Engel steigt herab
Mein Herz schlägt nicht mehr weiter
Nur der Regen weint am

Caixa-de-música

Uma pequena pessoa morreu apenas de fingimento
Ele queria estar completamente só
O pequeno coração ficou parado por horas
Então declararam que estava morto
Ele foi enterrado na areia molhada (1)
Com uma caixa de música em sua mão

A primeira neve a cobrir o túmulo
E acordou a criança suavemente
Em uma fria noite de inverno
Seu coraçãozinho despertou

Enquanto o gelo voava sobre a criança
A caixa de música foi aberta
Uma melodia no vento
E para fora da terra canta a criança

Upa upa Cavalinho (2)
E nenhum anjo desce do céu
Meu coração não bate mais
Somente a chuva chora sobre o túmulo
Upa upa Cavalinho
Uma melodia no vento
Meu coração não bate mais
E para fora da terra canta a criança

A lua fria, com todo seu esplendor
Ouve os prantos na noite
E nenhum anjo desce do céu
Somente a chuva chora sobre o túmulo

No meio de troncos duros de carvalhos
Ele irá tocar com a caixa de música
Uma melodia no vento
E para fora da terra canta a criança

Upa upa Cavalinho
E nenhum anjo desce do céu
Meu coração não bate mais
Somente a chuva chora sobre o túmulo

Upa upa Cavalinho
E nenhum anjo desce do céu
Meu coração não bate mais
E para fora da terra canta a criança

Upa upa Cavalinho
Meu coração não bate mais

No domingo dos mortos eles ouvem (3)
Do campo do Senhor, essa melodia (4)
E então eles rezam por ele
O pequeno coração salvo dentro da criança

Upa upa Cavalinho
Uma melodia no vento
Meu coração não bate mais
E para fora da terra canta a criança
Upa upa Cavalinho
E nenhum anjo desceu do céu
Meu coração não bate mais
Somente a chuva chora sobre o túmulo

(1) O verbo "verscharren" significa enterrar, sepultar, mas especificamente sem realizar a cerimônia.

(2) "Hoppe hoppe Reiter" é a estrofe de uma canção infantil, como "Upa upa cavalinho". "Reiter" é o cavaleiro e "hoppe hoppe" é o movimento de montar a cavalo.

(3) "Totensonntag" se traduz "Domingo dos mortos".
É um feriado celebrado no último Domingo antes do Advento em Novembro. È o dia que os cristãos protestantes relembram seus mortos.

(4) "Gottes Acker" significa "campo do Senhor" mas se refere a um cemitério (gottesacker)

Zwitter

Ich hab ihr einen Kuss gestohlen
Sie wollte sich ihn wiederholen
Ich hab sie nicht mehr losgelassen
Verschmolzen so zu einer Masse
So ist es mir nur allzurecht
Ich bin ein schönes Zweigeschlecht
Zwei Seelen unter meiner Brust
Zwei Geschlechter eine Lust

Zwitter, Zwitter
Zwitter, Zwitter

Ich gehe anders durch den Tag
Ich bin der schönste Mensch von allen
Ich sehe wunderbare Dinge
Die sind mir vorher gar nicht aufgefallen
Ich kann mich jeden Tag beglücken
Ich kann mir selber Rosen schicken
Da ist kein zweiter und kein dritter
Eins und eins das ist gleich

Zwitter
Ich bin so verliebt
Zwitter
Iich bin in mich verliebt

Eins für mich eins für dich
Gibt es nicht für mich
Eins für mich eins für dich
Eins und eins das bin ich

Ich bin alleine doch nicht allein
Ich kann mit mir zusammen sein
Ich küsse früh mein Spiegelbild
Und schlafe abends mit mir ein
Wenn die anderen Mädchen suchten
Konnt ich mich schon selbst befruchten
So bin ich dann auch nicht verzagt
Wenn einer zu mir "Fick dich" sagt

Zwitter
Ich bin so verliebt
Zwitter
Ich bin in mich verliebt

Eins für mich eins für dich
Gibt es nicht für mich
Eins für mich eins für dich
Eins und eins das bin ich

Hermafrodita

Eu roubei um beijo dela
Ela queria outro em troca
Eu não a deixei ir embora
Então nos fundimos em um corpo só
Então está tudo tão claro pra mim
Eu sou um belo bissexual
Duas almas sob o meu peito
Dois sexos, um desejo

Hermafrodita, hermafrodita
Hermafrodita, hermafrodita

Eu sou outro durante o dia
Eu sou a pessoa mais bela de todas
Eu vejo coisas maravilhosas
Que antes eu não reparava
Eu posso me fazer feliz todos os dias
Eu posso mandar rosas pra mim mesmo
Não há segundo nem terceiro
Um e um, que é a mesma coisa

Hermafrodita
Estou tão apaixonado
Hermafrodita
Estou apaixonado por mim mesmo

Um pra mim, um pra você
Não há nada pra mim?
Um pra mim, um pra você
Um e um, esse sou eu

Eu estou sozinho mas não estou só
Posso estar junto de mim mesmo
Eu beijo de manhã minha imagem espelhada
E durmo a noite comigo mesmo
Enquanto os outros procuram por garotas
Eu mesmo já poderia me fecundar
Então eu também não fico magoado
Quando alguém me diz "vai se fuder"

Hermafrodita
Estou tão apaixonado
Hermafrodita
Estou apaixonado por mim mesmo

Um pra mim, um pra você
Não há nada pra mim?
Um pra mim, um pra você
Um e um, esse sou eu

Rein Raus

Ich bin der Reiter
Du bist das Ross
Ich steige auf
Wir reiten los
Du stöhnst ich sag dir vor
Ein Elefant im Nadelöhr

Rein Raus

Ich bin der Reiter
Du bist das Ross
Ich hab den Schlüssel
Du hast das Schloß
Die Tür geht auf ich trete ein
Das Leben kann so prachtvoll sein

Rein Raus

Tiefer tiefer
Sag es sag es laut
Tiefer tiefer
Ich fühl mich wohl in deiner Haut
Und tausend Elefanten brechen aus

Der Ritt war kurz
Es tut mir leid
Ich steige ab hab keine Zeit
Muss jetzt zu den anderen Pferden
Wollen auch geritten werden

Rein Raus

Rein (tiefer)
Raus (tiefer)

Pra Dentro, Pra Fora

Eu sou o cavaleiro
E você é o cavalo
Eu monto
E cavalgamos livremente
Você geme, eu recito a você
Um elefante no buraco de uma agulha

Pra dentro, pra fora

Eu sou o cavaleiro
E você é o cavalo
Eu tenho a chave
Você tem a fechadura
A porta abre
Eu entro, a vida pode ser tão esplendida

Pra dentro, pra fora

Mais fundo, mais fundo
Diga! Diga em voz alta!
Mais fundo, mais fundo
Eu me sinto bem em sua pele
E 1000 elefantes fogem

A cavalgada foi curta
Sinto muito
Eu desço, não tenho tempo
Eu devo ir agora para os outros cavalos
Eles também querem ser montados

Pra dentro, pra fora

Pra dentro (mais fundo)
Pra fora (mais fundo)

Adios

Goodbye Er legt die Nadel auf die Ader
Und bittet die Musik herein
Zwischen Hals und Unterarm
Die Melodie fährt leise ins Gebein

Los

Er hat die Augen zugemacht
In seinem Blut tobt eine Schlacht
Ein Heer marschiert durch seinen Darm
Die Eingeweide werden langsam warm

Los

Nichts ist für dich
Nichts war für dich
Nichts bleibt für dich
Für immer

Er nimmt die Nadel von der Ader
Die Melodie fährt aus der Haut
Geigen brennen mit Gekreisch
Harfen schneiden sich ins Fleisch
Er hat die Augen aufgemacht
Doch er ist nicht aufgewacht

Nichts ist für dich
Nichts war für dich
Nichts bleibt für dich
Für immer

Adeus

Ele põe a agulha na veia
E pede à música para que entre
Entre a garganta e o antebraço
A melodia viaja suavemente em seus ossos

Vamos!

Ele fechou os olhos
Em seu sangue uma batalha é travada
Um exército marcha em suas tripas
As entranhas se aquecem lentamente

Vamos!

Nada é pra você
Nada foi pra você
Nada resta pra você
Para sempre

Ele retira a agulha da veia
A melodia deixa sua pele
Violinos queimam com gritos agudos
Harpas cortam suas próprias carnes
Ele abriu os olhos
Mas ele não acordou

Nada é pra você
Nada foi pra você
Nada resta pra você
Para sempre

Nebel

Sie stehen eng umschlungen
Ein Fleischgemisch so reich an Tagen
Wo das Meer das Land berührt
Will sie ihm die Wahrheit sagen

Doch ihre Worte frisst der Wind
Wo das Meer zu Ende ist
Hält sie zitternd seine Hand
Und hat ihn auf die Stirn geküsst

Sie trägt den Abend in der Brust
Und weiss dass sie verleben muss
Sie legt den Kopf in seinen Schoss
Und bittet einen letzten Kuss

Und dann hat er sie geküsst
Wo das Meer zu Ende ist
Ihre Lippen schwach und blaß
Und seine Augen werden naß

Der letzte Kuss ist so lang her
Der letzte Kuss
Er erinnert sich nicht mehr

Névoa

Eles se encontram bem abraçados
Uma mistura de carnes, tão rica em dias
Onde o mar toca a terra
Ela quer lhe contar a verdade

Mas o vento consome suas palavras
Onde o mar termina
Ela segura sua mão trêmula
E o beija na testa

Ela carrega a noite no peito
E sabe que ela deve esmorecer
Ela deita a cabeça em seu colo
E pede por um último beijo

E então ele a beijou
Onde o mar termina
Seus lábios, pálidos e enfraquecidos
E os olhos dele ficam úmidos

O último beijo foi há tanto tempo
O último beijo
Ela não se lembra mais








Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Rammstein"

Ruoska: seria a versão finlandesa do Rammstein?
Separados no nascimento: Richard Kruspe e Ricky Martin
Rammstein: na trilha do polêmico filme "Ninfomaníaca"
Rammstein: filmagem em HD do Download Festival
Rammstein: retorno ao Brasil pode ocorrer em outubro
Rammstein: assista ao novo videoclipe da banda
Rammstein: adiado lançamento de 'Videos 1995-2012'
Rammstein: banda lança segundo vídeo de Mein Herz Brennt
Rammstein: estreia do video de "Mein Herz Brennt"
Rammstein: coletânea de vídeos sairá em janeiro
Behemoth: dividindo o palco com o Rammstein na Polônia
Rammstein: confirmada presença no Download e Wacken
Rammstein: fã da banda abre fogo contra colega em escola
Rammstein: ganhando prêmio de melhor banda ao vivo
Rammstein: Paul Landers apresenta sua Signature Les Paul

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Giuliano Calzetta

Sou Giuliano Calzetta, vocalista e compositor da banda Maculate Conception, na qual atuo com o próprio nome de Maculate Conception. Meu gosto musical é bastante variado, escolho as músicas que gosto pelo jeito como minha alma responde a elas e não pelo estilo que são classificadas. Mas tudo aquilo que é original e desafiador ao estilo musical me chama atenção e me cativa interesse. Meu trabalho como músico pode ser apreciado no MySpace.

Mais informações sobre Giuliano Calzetta

Mais matérias de Giuliano Calzetta no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas