Tradução - Apostrophe (') - Frank Zappa

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Apostrophe (') - Frank Zappa

Traduzido por Márcio Ribeiro

  | Comentários:
Imagem

Um dos mais respeitados discos de sua imensa coleção, Zappa adentra cada vez mais no seu período jazzístico, que depois da fase big band, consome três anos e quatro álbuns da década de setenta. O disco oferece letras bem humoradas com músicos gabaritados tocando uma partitura complexa. As primeiras quatro canções são uma suíte, uma emendando na outra sem pausas. Aqui, ao fim de cada canção, seguirá além de eventuais informações, a lista dos músicos envolvidos.

Don't Eat The Yellow Snow

includes a quote from
Midnight Sun (Hampton/Burke/Mercer)

Dreamed I was an Eskimo
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
Frozen wind began to blow
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
Under my boots 'n around my toe
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
Frost had bit the ground below
(Boop-boop aiee-ay-ah!)
Was a hundred degrees below zero
(Booh!)
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
And my momma cried:
Boo-a-hoo hoo-ooo
And my momma cried:
Nanook-a, no no (no no...)
Nanook-a, no no (no no...)
Don't be a naughty Eskimo-wo-oh
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
Save your money: don't go to the show
Well I turned around an' I said: HO HO (Booh!)
Well I turned around an' I said: HO HO (Booh!)
Well I turned around an' I said: HO HO
An' the Northern Lites commenced t' glow
An' she said
(Bop-bop ta-da-da bop...)
With a tear in her eye:
Watch out where the huskies go
An' don't you eat that yellow snow
Watch out where the huskies go
An' don't you eat that yellow snow

Não Coma A Neve Amarela

Inclui citação da canção
Midnight Sun (Hampton/Burke/Mercer)

Sonhei que eu era um Esquimó
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
Vento congelante começa a soprar
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
Debaixo de minhas botas e ao redor do meu dedão
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
A geada penetrou o solo abaixo
(Boop-boop aiee-ay-ah!)
Eram cem graus abaixo de zero
(Booh!)
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
E minha mamãe exclamou:
Boo-a-hoo hoo-ooo
E minha mamãe exclamou:
Nanook-a, não, não (não, não...)
Nanook-a, não, não (não, não...)
Não seja um malcriado Esquimó-wo-oh
(Bop-bop ta-da-da bop-bop Ta-da-da)
Guarde seu dinheiro; não vá ao show
Então eu me virei e falei: HO HO (Booh!)
Então eu me virei e falei: HO HO (Booh!)
Então eu me virei e falei: HO HO
E as luzes do norte começaram a brilhar
E ela disse,
(Bop-bop ta-da-da bop . . . )
Com uma lágrima no olho:
Cuidado por onde os huskies passam
E não vá comer aquela neve amarela
Cuidado por onde os huskies passam
E não vá comer aquela neve amarela

* Husky - huskies siberianos = raça de cachorros utilizados nos países de extremo norte do planeta para puxar trenó, meio de transporte preferível para atravessar regiões cobertos de neve.

Frank Zappa - guitarra e vocal
George Duke – teclados e vocais Tom Fowler - baixo
Ralph Humphrey - bateria
Ray Collins - vocais
Kerry McNabb - vocais
Susie Glover - vocais
The Ikettes (Debbie & Lynn) - vocais
Ruben Ladron de Guevara - vocais
Robert "Frog" Camarena - vocais

Nanook Rubs It

includes a quote from
Midnight Sun (Hampton/Burke/Mercer)

Well right about that time, people
A fur trapper
Who was strictly from commercial
(Strictly Commershil)
Had the unmedicated audacity
To jump up from behind my igloo
(Peek-a-Boo Woo-ooo-ooo)
And he started in to whippin'
On my fav'rite baby seal
With a lead-filled snow shoe . . .
I said:
With a lead (LEAD)
Filled (LEAD-FILLED)
A lead-filled snow shoe (SNOW SHOE)
He said Peak-a-boo (PEEK-A-BOO)
With a lead (LEAD)
Filled (LEAD-FILLED)
A lead-filled snow shoe (SNOW SHOE)
He said Peak-a-boo (PEEK-A-BOO)

He went right up
Side the head of my favorite baby seal
He went WHAP!
With a lead-filled snow shoe
An' he hit him on the nose
'n he hit him on the fin 'n he…
That got me just about as evil
As an Eskimo boy can be...
So I bent down 'n I reached down 'n I scooped down
An' I gathered up a generous mitten full
of the deadly . . .
YELLOW SNOW
The deadly Yellow Snow
From right there where the huskies go
Whereupon I proceeded to take that mitten full
Of the deadly Yellow Snow Crystals
And rub it all into his beady little eyes
With a vigorous circular motion
Hitherto unknown to the people on this area
But destined to take the place of THE MUD SHARK
In your mythology
Here it goes now . . .
THE CIRCULAR MOTION . . . (rub it) . . .
(Here Fido . . . Here Fido)
And then, in a fit of anger, I . . .
I pounced
And I pounced again
GREAT GOOGLY-MOOGLY
I jumped up 'n down on the chest of the . . .
I injured the fur trapper

Well, he was very upset,
As you can understand
And rightly so
Because
The deadly Yellow Snow Crystals
Had deprived him of his sight
And he stood up
And he looked around
And he said:
I CAN'T SEE
(DO . . . DO DO-DO DO DO DO . . . YEAH!)
I CAN'T SEE
(DO . . . DO DO-DO DO DO DO . . . YEAH!)
OH WOE IS ME
(DO . . . DO DO-DO DO DO DO . . . YEAH!)
I CAN'T SEE
(DO . . . DO DO-DO DO DO DO . . . WELL!)
NO NO
I CAN'T SEE
NO . . . I . . .

He took a dog-doo sno-cone
An' stuffed it in my right eye
He took a dog-doo sno-cone
An' stuffed it in my other eye
An' the huskie wee-wee
I mean the doggie wee-wee
Has blinded me
An' I can't see
Temporarily

Well the fur trapper stood there
With his arms outstretched
Across the frozen white wasteland
Trying to figure out what he's gonna do
About his deflected eyes
And it was at that precise moment
That he remembered
An ancient Eskimo legend
Wherein it is written
On whatever it is that they write it on up there
That if anything bad ever happens to your eyes
As a result of some sort of conflict
With anyone named Nanook
The only way you can get it fixed up
Is to go trudgin' across the tundra...
Mile after mile
Trudgin' across the tundra...
Right down to the parish of Saint Alfonzo...

Nanook Esfrega Isso

Inclui citação da canção
Midnight Sun (Hampton/Burke/Mercer)

Bem foi por volta desta hora, gente
(Que) um caçador de peles
Que era estritamente comercial
(Estritamente Comercial)
Teve a irremediável audácia
De pular por detrás de meu iglu
(Peek-a-Boo Woo-ooo-ooo)
E começar a surrar
Minha foca bebê favorita
Com um sapato de neve cheio de chumbo
Eu disse:
Com chumbo (Chumbo)
Cheio (Cheio de chumbo)
Um sapato de neve cheio de chumbo (Sapato de Neve)
Ele disse Peak-a-boo (Peak-a-boo)
Com chumbo (Chumbo)
Cheio (Cheio de chumbo)
Um sapato de neve cheio de chumbo (Sapato de Neve)
Ele disse Peak-a-boo (Peak-a-boo)

Ele foi tranqüilamente até
O lado da cabeça da minha foca bebê favorita
Ele foi e WHAP!
Com um sapato de neve cheio de chumbo
E ele a acertou no nariz
E ele a acertou na barbatana e ele...
Isto me deixou tão perverso
Quanto um rapaz Esquimó possa ficar
Então eu me abaixei, e alcancei e catei
E reuni uma luva cheia de uma generosa quantidade
da mortífera...
NEVE AMARELA
A mortífera Neve Amarela
Bem lá onde os huskies passam
Onde então eu procedi em levar aquela luva cheia
Dos Cristais mortíferos de Neve Amarela
E esfrega-la toda em seus pequenos olhos
Com um vigoroso movimento circular
Até então desconhecido do povo desta área
Mas destinado a tomar o lugar do Mud Shark
Em sua mitologia
E aqui vai agora...
O Movimento Circular... (esfregue-o)...
(Vem Fido... Vem Fido)
E então, em uma explosão de rancor, eu...
Eu pulei
E eu pulei novamente
GRANDE GOOGLY-MOOGLY
Eu pulei pra cima e pra baixo no peito do...
Eu feri o caçador de peles

Bem, ele estava muito aborrecido
Como era de se esperar
E com todo o direito
Porque
Os Cristais mortíferos de Neve Amarela
O depravou de sua visão
E ele se levantou
E ele olhou ao redor
E disse:
EU NÃO ENXERGO
(DO . . . DO DO-DO DO DO DO . . . YEAH!)
EU NÃO ENXERGO
(DO . . . DO DO-DO DO DO DO . . . YEAH!)
TENHA DÓ DE MIM
(DO . . . DO DO-DO DO DO DO . . . YEAH!)
EU NÃO ENXERGO
(DO . . . DO DO-DO DO DO DO . . . YEAH!)
NÃO, NÃO
EU NÃO ENXERGO
NÃO EU

Ele pegou uma conchinha de cagalhão do cão
E enfiou no meu olho direito
Ele pegou uma conchinha de cagalhão do cão
E enfiou no meu outro olho
E o xixi de huskie
Quero dizer o xixi do cãozinho
Me cegou
E eu não estou enxergando
Temporariamente

Bem, o caçador de peles ficou ali de pé
Com seus braços esticados
Largado nas gélidas e brancas terras inférteis
Tentando concluir o que ele vai fazer
Sobre seus olhos defeituosos
E foi naquele exato momento
Que ele recordou
De uma antiga lenda de Esquimós
Donde está escrito
Em o que quer que seja que eles usam para escrever por lá
Que se alguma coisa acontecer com seus olhos
Como resultado de um conflito
Com alguém chamado Nanook
A única maneira de concerta-lo
É atravessando o tundra*...
Milha após milha
Atravessando o tundra...
Até a paróquia do Santo Alfonzo...

The Mud Shark in your mythology - Mud Shark é uma especie de lambari ou baiacu. A menção de uma mitologia atrás deste peixe está diretamente ligado a uma historia veridica contada em uma canção de Frank Zappa chamada Mud Shark, envolvendo membros do grupo Led Zeppelin e uma garota com um gosto pelo bizarro. Para maiores informações sobre a historia deste peixe e sua significancia no rock ‘n’ roll, visite a coluna PÉ DE PÁGINA (procure dentro de COLUNAS no menu superior deste site).

* Tundra = região de savanas congeladas em determinadas áreas do pólo norte, Sibéria e Canadá.

Frank Zappa - guitarra e vocal
George Duke – teclados e vocais Bruce Fowler - trombone
Napoleon Murphy Brock - saxophone
Tom Fowler - baixo
Ruth Underwood - percussão
Ralph Humphrey - bateria
Ray Collins - vocais
Kerry McNabb - vocais
Susie Glover - vocais
The Ikettes (Debbie & Lynn) - vocais
Ruben Ladron de Guevara - vocais
Robert "Frog" Camarena - vocais

St. Alfonzo's Pancake Breakfast

Yes indeed, here we are!

At Saint Alfonzo's Pancake Breakfast
Where I stole the mar-juh-reen
An' widdled on the Bingo Cards in lieu of the latrine
I saw a handsome parish lady
Make her entrance like a queen
Why she was totally chenille
And her old man was a Marine
As she abused a sausage pattie
And said why don't you treat me mean?
(Hurt me, hurt me, hurt me, oooooh!)
At Saint Alfonzo's Pancake Breakfast
(Hah! Good God! Get off the bus!)
Where I stole the mar-juh-reen . . .
Saint Alfonzo
Saint Alfonzo
Saint Alfonzo
Saint Alfonzo
Ooo-ooo-WAH . . .

Café Matinal de Panquecas de Santo Alfonso

Sim certamente, aqui estamos nós!

No Café Matinal de Panquecas de Santo Alfonzo
Onde eu roubei a mar-ga-rina
E patinei nos Cartões de Bingo a caminho da latrina
Eu vi uma vistosa senhorita da paróquia
Fazer sua entrada como uma rainha
Enquanto ela era totalmente chenille
E seu marido era da Marinha
Enquanto ela abusava de um bolinho de lingüiça
E disse “porque não me trata mal?”
(Machuque-me, machuque-me, machuque-me, oooooh!)
No Café Matinal de Panquecas de Santo Alfonzo
(Hah! Bom Deus! Desci do ônibus!)
Onde eu roubei a mar-ga-rina
Santo Alfonzo
Santo Alfonzo
Santo Alfonzo
Santo Alfonzo
Ooo-ooo-WAH…

Chenille – tecido mesclado feito com fio de ceda e algodão, conseguindo um efeito muito brilhoso e macio, geralmente utilizado na confecção de colcha de cama.

Frank Zappa - guitarra e vocal
George Duke – teclados e vocais Bruce Fowler - trombone
Napoleon Murphy Brock - saxophone
Tom Fowler - baixo
Ruth Underwood - percussão
Ralph Humphrey - bateria
Ray Collins - vocais
Kerry McNabb - vocais
Susie Glover - vocais
The Ikettes (Debbie & Lynn) - vocais
Ruben Ladron de Guevara - vocais
Robert "Frog" Camarena - vocais

Father O'Blivion

Get on your feet an' do the funky Alfonzo!

Father Vivian O'Blivion
Resplendent in his frock
Was whipping up the batter
For the pancakes of his flock
He was looking rather bleary
(He forgot to watch the clock)
'Cause the night before
Behind the door
A leprechaun had stroked, yes . . .
The night before
Behind the door
A leprechaun had stroked (he stroked it) . . .
The night before
Behind the door
A leprechaun had stroked . . . his . . .
Sma-ah-ah
Ah-ah-ah
Ah-ah-ah
Ah-ah-ah
Ah-ah-ah
Ah-ah-ah
Ahhh (stroked his smock)
Which set him off in such a frenzy
He sang LOCK AROUND THE CROCK
An' he topped it off with a . . .
An' he topped it off with a . . .
An' he topped it off with a . . .
WOO WOO WOO
WOO WOO WOO
WOO WOO WOO
As he stumbled on his ********
He was delighted as it stiffened
And ripped right through his sock
Oh, Saint Alfonzo would be proud of me
PROUD OF ME
He shouted down the block

Dominus Vo-bisque 'em
Et come spear a tutu, Oh!
Won't you eat my sleazy pancakes
Just for Saintly Alfonzo
They're so light 'n fluffy-white
We'll raise a fortune by tonite
They're so light 'n fluffy-white
We'll raise a fortune by tonite
They're so light 'n fluffy-brown
They're the finest in the town
They're so light 'n fluffy-brown
They're the finest in the town
Good morning, your Highness
Ooo-ooo-ooo
I brought you your snow shoes
Ooo-ooo-ooo
Good morning, your Highness
Ooo-ooo-ooo
I brought you your snow shoes

Padre O’Blivion

Fiquem de pé e dancem para o ‘funky’ Alfanzo!

Padre Vivian O’Blivion
Resplandecente em sua batina
Estava batendo em uma tigela
As panquecas para os seus fiéis
Ele aparentava um tanto cansado
(Ele esqueceu de olhar o relógio)
Pois a noite anterior
Atrás da porta
Um leprachaun havia tocado, sim...
A noite anterior
Atrás da porta
Um leprachaun havia tocado, (ele tocou naquilo)...
A noite anterior
Atrás da porta
Um leprachaun havia tocado... seu…
Avental
Ah-ah-ah
Ah-ah-ah
Ah-ah-ah
Ah-ah-ah
Ah-ah-ah
Ahhh (tocou seu avental)
O que lhe deixou todo excitado
Ele cantou TRANCA AO REDOR DA LOUÇA
E ele completou com um ...
E ele completou com um ...
E ele completou com um ...
WOO WOO WOO
WOO WOO WOO
WOO WOO WOO
Quando ele tropeçou em seu ********
Ele ficara encantado enquanto endurecia
E rasgou atravessando sua meia
Oh, Santo Alfonzo ficaria orgulhoso de mim
ORGULHOSO DE MIM
Ele gritava descendo o quarteirão

Dominus Vo-biscoit 'um
Et come spear a tutu**, Oh!
Não irá comer da minha panqueca sapeca
Pelo amor de Santo Alfonzo
Elas são tão leves, brancas e macias
Levantaremos uma fortuna até anoitecer
Elas são tão leves, brancas e macias
Levantaremos uma fortuna até anoitecer
Elas são tão leves, macias e marrons
Elas são as melhores da cidade
Elas são tão leves, macias e marrons
Elas são as melhores da cidade
Boa noite Sua Majestade
Ooo-ooo-ooo
Eu lhe trouxe seus sapatos de neve
Ooo-ooo-ooo
Boa noite Sua Majestade
Ooo-ooo-ooo
Eu lhe trouxe seus sapatos de neve

Funky – especificamente algo que deriva do funk, gênero musical americano. A palavra tem diversas formas de ser usado, neste caso, a conotação é sexual.

* Leprechaun = folclórico irlandês, duende que presta serviços domésticos e outros, à noite.

Lock Around The Crock - apenas uma paródia para Rock Around the Clock. Crock além de significar louça de barro, também é uma corruptela para crocodilo.

** come spear a tutu – A frase tem intenção essencialmente de soar como latim. Mas se for traduzir como palavras em inglês, seria ‘venha espetar uma saia tutu’ (saia de bailarina)

Frank Zappa - guitarra e vocal
George Duke – teclados e vocais Napoleon Murphy Brock - saxophone
Tom Fowler - baixo
Ruth Underwood - percussão
Ralph Humphrey - bateria

Cosmik Debris

The Mystery Man came over
An' he said: "I'm outa-site!"
He said, for a nominal service charge
I could reach Nirvana t'nite
If I was ready, willing 'n able
To pay him his regular fee
He would drop all the rest of his pressing affairs
And devote His Attention to me
But I said...
Look here brother
Who you jivin' with that Cosmik Debris?
(Now who you jivin' with that Cosmik Debris?)
Look here brother
Don't you waste your time on me

The Mystery Man got nervous
An' he fidget around a bit
He reached in the pocket of his Mystery Robe
An' he whipped out a shaving kit
Now, I thought it was a razor
An' a can of foamin' goo
But he told me right then
when the top popped open
There was nothin' his box won't do
With the oil of Afro-dytee
An' the dust of the Grand Wazoo
He said:
"You might not believe this, little fella
But it'll cure your Asthma too!"
An' I said...
Look here brother
Who you jivin' with that Cosmik Debris?
(Now what kind of a guru are you anyway?)
Look here brother
Don't you waste your time on me
Don't waste your time...

I've got troubles of my own, I said
An' you can't help me out
So take your meditations an' your preparations
An' ram it up yer snout
"BUT I GOT A KRISTL BOL!" he said
An' held it to the light
So I snatched it
All away from him
An' I showed him how to do it right
I wrapped a newspaper 'round my head
So I'd look like I was Deep
I said some Mumbo Jumbos then
An' told him he was goin' to sleep
I robbed his rings
An' pocket watch
An' everything else I found
I had that sucker hypnotized
He couldn't even make a sound
I proceeded to tell him his future then
As long as he was hanging around
I said
"The price of meat has just gone up
An' yer ol' lady has just gone down... "
Look here brother
Who you jivin' with that Cosmik Debris?
(Now is that a real poncho or is that a Sears poncho?)
Don't you know
You could make more money as a butcher
So don't you waste your time on me
(Don't waste it, don't waste your time on me...)
Ohm shonty, ohm shonty, ohm shonty-ohm
SHONTAY

Lixo Cósmico

O Homem Misterioso passou lá em casa
E me disse: “Sou fora de série!”
Ele disse, por uma tarifa de serviços nominais
Eu poderia atingir o Nirvana esta noite
Se eu estivesse pronto, a fim e apto
A pagar sua taxa regular
Ele largaria todas as suas outras obrigações
E dedicaria Sua Atenção a mim
Mas eu disse...
Olha aqui irmão
Quem você está enganando com esse Lixo Cósmico?
(Escuta, quem você está enganando com esse Lixo Cósmico?)
Olha aqui irmão,
Não perca o seu tempo comigo

O Homem Misterioso ficou nervoso
E ficou inquieto por um tempo
Ele buscou no bolso de seu robe misterioso
E apareceu com um kit de barbear
Agora, eu pensava que era uma lamina de barbear
E uma lata de gosma espumosa
Mas ele me disse bem ali
Quando a tampa abriu
Que não havia nada que aquela caixa não pudesse fazer
Com o óleo de Afro-dite
E o pó do Grande Wazoo
Ele disse:
“Você pode não acreditar nisso, rapazinho
Mas isso cura sua Asma também!”
E eu disse...
Olha aqui irmão
Quem você está enganando com esse Lixo Cosmico?
(Agora, que espécie de guru você é mesmo?)
Olha aqui irmão
Não perca o seu tempo comigo
Não perca o seu tempo...

Já tenho os meus próprios problemas, eu disse
E você não pode me ajudar
Então leve suas meditações e suas preparações
E atoxa focinho acima
“MAS EU TENHO UMA BOLA DE CRISTAL!” ele disse
E a levantou na luz
Então arranquei aquilo
Afastando tudo dele
E então lhe mostrei como usa-la corretamente
Eu embrulhei um jornal ao redor da minha cabeça
Para que eu tivesse um ar de Profundo
Eu disse uns “abracadabras” e então
Eu lhe contei que ele ia dormir
Eu roubei seus anéis
E seu relógio de bolso
E tudo mais que eu pudesse encontrar
Eu tinha aquele otário hipnotizado
Ele nem conseguia fazer um som
Eu continuei a lhe contar o seu futuro então
Já que ele estava ali
Eu disse
“O preço da carne acaba de subir
E sua mulher acabou de cair dentro...”
Olha aqui irmão
Quem você está enganando com esse Lixo Cósmico?
(Agora, isto é um poncho de verdade ou um poncho da Sears?)
Olha aqui irmão
Você faria mais dinheiro como açougueiro
Então não gaste seu tempo comigo
(Não gaste, não gaste seu tempo comigo...)
Ohm shonty, ohm shonty, ohm shonty-ohm
SHONTAY

Frank Zappa - guitarra e vocal
George Duke – teclados e vocais Jean-Luc Ponty - violino
Sal Marquez - trumpet
Bruce Fowler - trombone
Ian Underwood - saxophone
Tom Fowler - baixo
Ruth Underwood - percussão
Ralph Humphrey - bateria
Tina Turner - vocais
The Ikettes (Debbie & Lynn) - vocais

Excentrifugal Forz

The clouds are really cheap
The way I seen 'em thru the ports
Of which there is a half-a-dozen
On the base of my resorz
You wouldn't think I'd have too many
Since I never cared for sports
But I'm never really lonely
In my Excentrifugal Forz
There's always Korla Plankton
Him 'n me can play the blues
An' then I'll watch him buff that
Tiny ruby that he use
He'll straighten up his turban
An' eject a little ooze
Along a one-celled Hammond Organism
Underneath my shoes
An' then I'll call PUP TENTACLE
I'll ask him how's his chin
I'll find out
How the future is
Because that's where he's been
His little feet got long 'n flexible
An' suckers fell right in
The time he crossed the line
From LATER ON to WAY BACK WHEN

Força Centrífuga

As nuvens são realmente inexpressivas
Do jeito que eu as enxergo pelas escotilhas
Dos quais existem meia-dúzia
Na base do meu recurso
Você não acharia que eu tive demais
Já que nunca liguei para esportes
Mas nunca estou realmente sozinho
Em minha Força Centrifuga
Existe sempre Korla Plankton
Ele e eu podemos tocar o blues
E depois eu irei vê-lo polir aquele
Pequeno rubi que ele usa
Ele ajeitará seu turbante
E soltará uma pequena gosma
Junto com um organismo Hammond de uma célula
Debaixo dos meus sapatos
E então eu chamarei PUP TENTACLE
Vou lhe perguntar como está seu queixo
E vou descobrir
Como é o futuro
Porque é lá onde ele esteve
Seus pés pequenos ficaram longos e flexíveis
E os otários caíram nessa
A linha do tempo que ele cruzou
De MAIS TARDE para ANTIGAMENTE

* One-celled Hammond Organism – um trocadilho cruzando um organismo unicelular com um órgão Hammond monofônico (que solta uma nota de cada vez).

Frank Zappa - guitarras, baixo, vocais
Sugar Cane Harris - violino
Johnny Guerin - bateria

Apostrophe'

(Zappa, Bruce, Gordon)

(Instrumental)

Apóstrofe

(Zappa, Bruce, Gordon)

(Instrumental)

Frank Zappa - guitarra
Tony Duran - guitarra rítmica
Jack Bruce - baixo
Jim Gordon - bateria

Uncle Remus

(Zappa, Duke)

Wo, are we movin' too slow?
Have you seen us, Uncle Remus . . .
We look pretty sharp in these clothes
(yes, we do)
Unless we get sprayed with a hose
It ain't bad in the day
If they squirt it your way
'Cept in the winter, when it's froze
An' it's hard if it hits
On yer nose
On yer nose
Just keep yer nose
To the grindstone, they say
Will that redeem us
Uncle Remus...
I can't wait till my Fro is full-grown
I'll just throw 'way my Doo-Rag at home
I'll take a drive to BEVERLY HILLS
Just before dawn
An' knock the little jockeys
Off the rich people's lawn
An' before they get up
I'll be gone, I'll be gone
Before they get up
I'll be knocking the jockeys off the lawn
Down in the dew

Tio Remus

(Zappa, Duke)

Ò, estamos andando muito devagar?
Tem nos visto, Tio Remus...
Ficamos bem legal com essas roupas
(Sim, ficamos)
A não ser que sejamos molhados pela mangueira
Não é mal nos dias
Quando esguicham aquilo em sua direção
Menos no inverno, quando gela
E é duro se acertar
Em seu nariz
Em seu nariz
Apenas mantenha o seu nariz
Na pedra moinho, eles dizem
Será que isto nos redime
Tio Remus…
Mal posso esperar que meu Afro* esteja todo crescido
Apenas jogarei fora minha bandana lá em casa
Darei uma volta em BEVERLY HILLS
Pouco antes do amanhecer
E derrubarei os pequenos jóqueis
No gramado do pessoal rico
E antes deles levantarem
Estarei longe, estarei longe
Antes deles levantarem
Estarei derrubando os jóqueis de seus gramados
Caído no sereno

Uncle Remus – folclórico personagem do escritor americano Joe Harris que em 1881 publicou os primeiros contos do Tio Remus, um preto velho que conta histórias sobre coelhos, raposas e outros animais do campo e que quase sempre tem um cunho social, onde a esperteza vence a submissão. A Walt Disney fez um filme baseado em seus contos com o nome de “Canção do Sul.” Afro = cabelo comprido usado por negros. No Brasil, embora politicamente incorreto, eram identificados como ‘cabelo tipo cotonete de orelhão.’ Beverly Hills – Um bairro que já foi de rico situado na cidade de Hollywood.

Little jockeys – uma referência diretamente ligada a uma certa moda entre os abastados. Durante uma parte da década de sessenta e setenta, havia uma moda suburbana (rica) onde as pessoas colocavam uma pequena estatueta de um jóquei, de aproximadamente um metro de altura, no gramado da frente de suas residências. A canção faz menção a esta estátua.

Frank Zappa - guitarra, vocais
George Duke - teclados
Tina Turner & The Ikettes - vocais
Erroneous - baixo
Aynsley Dunbar - bateria

Stink-Foot

In the dark
Where all the fevers grow
Under the water
Where the shark bubbles blow
In the mornin'
By yer radio
Do the walls close in t' suffocate ya
You ain't got no friends...
An' all the others: they hate ya?
Does the life you been livin' gotta go, hmmm?
Well, lemme straighten you out
About a place I know...
(Get yer shoes 'n socks on people
It's right aroun' the corner!)

Out through the night
An' the whispering breezes
To the place where they keep
The Imaginary Diseases
Out through the night
An' the whispering breezes
To the place where they keep
The Imaginary Diseases, mmm...
This has to be the disease for you!
Now scientists call this disease
Bromidrosis
But us regular folks
Who might wear tennis shoes
Or an occasional python boot
Know this exquisite little inconvenience
By the name of: STINK FOOT

Y'know, my python boot is too tight
I couldn't get it off last night
A week went by, an' now it's July
I finally got it off
An' my girl-friend cry
"You got STINK FOOT!
STINK FOOT, darlin'
Your STINK FOOT puts a hurt on my nose!
STINK FOOT! STINK FOOT!
I ain't lyin'
Can you rinse it off, d'you suppose?"
Here Fido . . . Fido . . .
C'mere little puppy . . . bring the slippers
"Arf, arf, arf!"
(crash-crumble-bump-bump-bump)
Heh heh heh . . . sick . . .

Well then Fido got up off the floor
An' he rolled over
An' he looked me straight in the eye
An' you know what he said?
Once upon a time
Somebody say to me
(This is a dog talkin' now)
What is your Conceptual Continuity?
Well, I told him right then (Fido said)
It should be easy to see
The crux of the biscuit Is the Apostrophe(')

Well, you know
The man who was talkin' to the dog
Looked at the dog an' he said:
(sort of staring in disbelief)
"You can't say that!"
He said:
"IT DOESN'T, 'n YOU CAN'T!
I WON'T, 'n IT DON'T!
IT HASN'T, IT ISN'T, IT EVEN AIN'T
'N IT SHOULDN'T . . .
IT COULDN'T!"
He told me NO NO NO!
I told him YES YES YES!
I said: "I do it all the time . . .
Ain't this boogie a mess!"
THE POODLE BY-EE-ITES
THE POODLE CHEWS IT
THE POODLE BY-EE-ITES
THE POODLE CHEWS IT
THE POODLE BY-EE-ITES
THE POODLE CHEWS IT
THE POODLE BY-EE-ITES
THE POODLE CHEWS IT
(POO-DLE . . . )
THE POODLE BY-EE-ITES
( . . . BITES)
THE POODLE CHEWS IT
(POO-DLE . . . )
THE POODLE BY-EE-ITES
( . . . BITES)
THE POODLE CHEWS IT
(POO-DLE . . . )
THE POODLE BY-EE-ITES
( . . . BITES)
THE POODLE CHEWS IT
(POO-DLE . . . )
THE POODLE BY-EE-ITES
( . . . BITES)
THE POODLE CHEWS IT
THE POODLE BY-EE-ITES
THE POODLE CHEWS IT
THE POODLE BY-EE-ITES
THE POODLE CHEWS IT
THE POODLE BY-EE-ITES

Pé Fedorento

Na escuridão
Onde todas as febres crescem
Debaixo d’água
Onde as bolhas de tubarões borbulham
De manhã
Ao lado de seu rádio
As paredes fecham e lhe sufoca?
Você não tem amigos
E os demais, eles te odeiam?
A vida que anda levando precisa cessar, hmmm?
Bem, deixa eu te colocar na fita
Sobre um lugar que eu conheço...
(Pegue seus sapatos e meias pessoal
Está bem na próxima esquina!)

Lá fora na noite
E as brisas sussurrantes
Para o lugar onde eles guardam
As doenças imaginarias
Lá fora na noite
E as brisas sussurrantes
Para o lugar onde eles guardam
As doenças imaginarias, mmm...
Isto tem que ser a doença para você!
Agora, cientistas chamam esta doença de
Bromidrose*
Mas nós, gente comum
Que poderá calçar um tênis
Ou uma ocasional bota de pele de píton
Conhecemos esta exclusiva e pequena inconveniência
Pelo nome de: PÉ FEDORENTO

Veja, minha bota de pele de píton está apertada demais
Não conseguia tira-la ontem à noite
Uma semana se passou, e agora já é Julho
Eu finalmente consegui tira-la
E minha namorada exclamou
“Você tá com o PÉ FEDORENTO
PÉ FEDORENTO, querido
Seu PÉ FEDORENTO faz dodói no meu nariz!
PÉ FEDORENTO! PÉ FEDORENTO!
Não estou mentindo
Cê não acha que poderia dar uma enxaguada?”
Aqui Fido... Fido...
Vêm cá cachorrinho... traga meus chinelos
"Arf, arf, arf!"
(crash-crumble-bump-bump-bump)
Heh heh heh . . . doente…

Bem, Fido se levantou do chão
E rolou de barriga
E ele me encarou bem nos olhos
E sabe o que ele me disse?
Era uma vez
Alguém disse para mim
(Isto é o cachorro falando agora)
Qual é a sua Continuidade Conceitual?
Bem, eu lhe falei no mesmo instante (disse Fido)
Deve ser fácil perceber
A cruz do biscoito é a Apostrofe (‘)

Bem, cê sabe
O homem que estava conversando com o cão
Olhou para o cão e disse:
(meio que olhando incrédulo)
“Você não pode dizer isto!”
Ele disse:
“NÃO FAZ, e NÃO PODE!
NÃO IREI e NÃO ROLA!
NÃO ANDA, NÃO É, NEM SERIA
E NÃO DEVERIA...
NÃO PODERIA!
Ele me disse NÃO, NÃO, NÃO!
Eu lhe falei SIM, SIM, SIM!
Eu disse: “Eu faço isso o tempo todo...
Não é que esse boogie está bagunçado!”
O POODLE MORDE
O POODLE MASTIGA
O POODLE MORDE
O POODLE MASTIGA
O POODLE MORDE
O POODLE MASTIGA
O POODLE MORDE
O POODLE MASTIGA
(POODLE...)
O POODLE MORDE
( MORDE)
O POODLE MASTIGA
(POODLE)
O POODLE MORDE
(MORDE)
O POODLE MASTIGA
(POODLE...)
O POODLE MORDE
( MORDE)
O POODLE MASTIGA
(POODLE)
O POODLE MORDE
(MORDE)
O POODLE MASTIGA
O POODLE MORDE
O POODLE MASTIGA
O POODLE MORDE
O POODLE MASTIGA
O POODLE MORDE

* Bromidrose = secreção de suor fétido, mal-cheiro dos pés, chulé.

Frank Zappa - guitarra, baixo, vocais
George Duke - tecaldos
Ian Underwood - saxophone
Aynsley Dunbar - bateria
The Ikettes (Debbie & Lynn) - vocais
Ruben Ladron de Guevara - vocais
Robert "Frog" Camarena - vocais





Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Frank Zappa"

Frank Zappa: policiando o uso de drogas nos anos 80
Heavy Lero: Gastão, Bento e Massari comentam Frank Zappa
Jazz Rock: seleção para quem quiser conhecer melhor o estilo
Frank Zappa: morre George Duke, ex-parceiro do músico
Separados no nascimento: Frank Zappa e Serj Tankian
Frank Zappa: a paródia na capa de We're only in it for the Money
Frank Zappa: dois álbuns serão relançados em vinil
Frank Zappa: Uma aula de boa música e um exercício aos ouvidos
Claude Nobs: morre célebre fundador do Festival de Montreux
Frank Zappa: um guia de compras da obra do mestre
Mothers of Invention: um tributo-paródia ao Doo Wop em 1968
Frank Zappa: um dos seus melhores trabalhos
Mothers Of Invention: primeiro vocalista morre aos 73 anos
Frank Zappa: uma das últimas entrevistas - parte 1
Álbuns traduzidos: o clássico Freak Out, de Frank Zappa

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Márcio Ribeiro

Nascido no ano do rato. Era o inicio dos anos sessenta e quem tirou jovens como ele do eixo samba e bossa nova foi Roberto Carlos. O nosso Elvis levou o rock nacional à televisão abrindo as portas para um estilo musical estrangeiro em um país ufanista, prepotente e que acabaria tomado por um golpe militar. Com oito anos, já era maluco por Monkees, Beatles, Archies e temas de desenhos animados em geral. Hoje evita açúcar no seu rock embora clássicos sempre sejam clássicos.

Mais matérias de Márcio Ribeiro no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas