Tradução - Mummer - XTC

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Mummer - XTC

Traduzido por Márcio Ribeiro

  | Comentários:
Imagem

Beating Of Hearts

Do you know what noise awakes you?
Every morning from your bed
A-coming from the farthest hillside
A-coming from inside your head

You have heard
You have heard the loudest sound
In this and every world you can think of
Louder than tanks on the highway
Louder than bombers in flight
Louder than noises of hatred
Dancing us from darkest night
Is the rhythm of love
Powered on the beating of hearts

And did you know you had this power?
Drumming on it always stays
Never try to use it badly
Tunes of good are all it plays

You have heard
You have heard the loudest sound
In this and every world you can visit
Louder than tanks on the highway
Louder than bombers in flight
Louder than noises of hatred
Dancing us from darkest night
Is the rhythm of love
Powered on the beating of hearts

For a heart without love
Is a song with no words
And a tune to which no-one is listening
So your heart must give love
And you'll find that
You shine like rain on the leaves
You’ll be glistening

You have heard
You have heard the loudest sound
In this and every world you can think of
Louder than thoughts of dictators
Louder than rattling swords
Louder than loading of rifles
Louder than screaming warlords
Louder than tanks on the highway
Louder than bombers in flight
Louder than noises of hatred
Dancing us from darkest night
Is the rhythm of love
Powered on the beating of hearts

Bater dos Corações

Você conhece qual o barulho que lhe acorda?
Toda manhã de sua cama
Chegando das mais distantes colinas
Chegando de dentro de sua cabeça

Você já ouviu
Você já ouviu o mais alto som
Deste e de todos os mundos que possa imaginar
Mais alto que tanques nas estradas
Mais alto que bombardeadores em vôo
Mais alto que os barulhos do ódio
Nos levando dançando das noites de trevas
Está o ritmo do amor
Alimentado pelo bater dos corações

E você tinha consciência de possuir este poder?
Batendo ele permanecerá sempre
Jamais tente usa-lo malignamente
Melodias do bem é tudo que ele toca

Você já ouviu
Você já ouviu o mais alto som
Deste e de todos os mundos que possa visitar
Mais alto que tanques nas estradas
Mais alto que bombardeadores em vôo
Mais alto que os barulhos do ódio
Nos levando dançando das noites de trevas
Está o ritmo do amor
Alimentado pelo bater dos corações

Pois um coração sem amor
É uma canção sem palavras
E uma melodia da qual ninguem está ouvindo
Portanto seu coração precisa dar amor
E perceberá que
Você irá brilhar feito a chuva nas folhas
Irá irradiar

Você já ouviu
Você já ouviu o mais alto som
Deste e de todos os mundos que possa imaginar
Mais alto que pensamentos de ditadores
Mais alto que o estrondo de espadas
Mais alto que rifles carregados
Mais alto que guerreiros berrando
Mais alto que tanques nas estradas
Mais alto que bombardeadores em vôo
Mais alto que os barulhos do ódio
Nos levando dançando das noites de trevas
Está o ritmo do amor
Alimentado pelo bater dos corações

Wonderland

Can't you see
Love and affection
When it's put
In you direction
Wrapped in your mysterious wonderland
No fast car
Can make you grow up
Gentlemen
You think you've sewn up
Locked in your wonderful wonderland
No dark horse like me
Can cramp all of your style
Too plain and simple I am for your file

One day you will break out of your spell
And some day you will want me for your own
And I'll say welcome to reality

All this talk
Of late-night parties
Flirting with the lower gentry
Lost in your magical wonderland
Out of depth
Out of class
Phase of your life
Will come to pass
Caught in this tragical wonderland
All of the riches that shine will turn sour
Each moment you slip
You will bring near the hour

One day you will break out of your spell
And some day you will want me for your own
And I'll say welcome to reality

Wrapped in your mysterious wonderland

Caught in your superficial
Nonexistant
Fairy-story
Wonderland

País das Maravilhas

Não consegues ver
Amor e afeição
Quando postos
Na sua direção
Embrulhada em sua misteriosa país de maravilhas
Nenhum carro veloz
Pode lhe fazer crescer
Cavalheiros
Você pensa que está toda costurada
Trancafiado em seu esplendoroso país das maravilhas
Nenhum cavalo azarão como eu
Conseguirá atrapalhar todo o seu estilo
Pleno e simples demais, eu sou sua ficha

Um dia você irá se libertar de seu feitiço
E algum dia você irá me querer como seu
E eu direi, bemvindo a realidade

Toda essa conversa
De festas até tarde da noite
Paquerando com a gentalha mais baixa
Perdida em seu mágico país das maravilhas
Sem profundidade
Sem classe
Fase de sua vida
Irá passar
Apanhado no trágico país das maravilhas
Todas as riquezas que brilham se tornaram amargas
Cada momento que escorrega
Irá lhe trazer mais perto da hora

Um dia você irá se libertar de seu feitiço
E algum dia você irá me querer como seu
E eu direi, bemvindo a realidade

Embrulhada em seu misterioso país das maravilhas

Apanhado em seu superficial
Inexistente
Conto da carochinha
País das maravilhas

Love On A Farmboy's Wages

High climbs the summer sun
High stands the corn
And tonight when my work is done
We will borrow your father's carriage
We will drink and prepare for marriage
Soon my darling, soon my darling

Shilling for the fellow who brings the sheep in
Shilling for the fellow who milks the herd
Shilling for the fellow with a wife for keeping
How can we feed
Love on a farmboy's wages?

Deep under winter snow
Deep lay the lambs
And tonight by the full moon's glow
Flask of wine on my feather bedding
We will drink and prepare for wedding
Soon my darling, soon my darling

Shilling for the fellow who brings the sheep in
Shilling for the fellow who milks the herd
Shilling for the fellow with a wife for keeping
How can we feed
Love on a farmboy's wages?

People think that I'm no good
Painting pictures carving wood
Be a rich man if I could
But the only job I do well
is here on the farm
On the farm
And it's breaking my back

We will borrow your father's carriage
We will drink and prepare for marriage
Soon my darling, soon my darling

Shilling for the fellow who brings the sheep in
Shilling for the fellow who milks the herd
Shilling for the fellow with a wife for keeping
How can we feed
Love on a farmboy's wages?

Amor Com o Salário de um Rapaz da Fazenda

Alto, escala o sol do verão
Alto, ergue o milho
E esta noite quando meu trabalho findar
Pegaremos emprestados a carroça de seu pai
Beberemos e prepararemos pro casamento
Logo minha querida, logo minha querida

Shiling para o sujeito que traz as ovelhas para dentro
Shiling para o sujeito que ordenha o gado
Shiling para o sujeito com uma esposa para guardar
Como podemos alimentar
Amor com o salário de um rapaz da fazenda?

Profundamete dentro da neve de inverno
Profundamete dormem as ovelhas
E essa noite ao brilho da lua cheia
Mancha de vinho na minha cama de penas
Beberemos e prepararemos pro casamento
Logo minha querida, logo minha querida

Shiling para o sujeito que traz as ovelhas para dentro
Shiling para o sujeito que ordenha o gado
Shiling para o sujeito com uma esposa para guardar
Como podemos alimentar
Amor com o salário de um rapaz da fazenda?

Pessoas acham que eu não presto
Pintando quadros talhando madeira
Seria um homem rico se pudesse
Mas o único trabalho que conheço bem
está aqui na fazenda
Na fazenda
E está acabando com as minhas costas

Beberemos e prepararemos pro casamento
Logo minha querida, logo minha querida
Pegaremos emprestados a carroça de seu pai

Shiling para o sujeito que traz as ovelhas para dentro
Shiling para o sujeito que ordenha o gado
Shiling para o sujeito com uma esposa para guardar
Como podemos alimentar
Amor com o salário de um rapaz da fazenda?

* Shilling = xelim. Unidade monetária usada em diversos países. No caso do Reino Unido, há vinte shillings em uma libra esterlina.

Great Fire

Great fire burning
You supplied the spark
Forest burning spreading through the park
Animals are panicking
I'm animal and panicking

Your glance a match on the tinderwood
You never spoke but I understood
Bring water
Eyes bring water

Great fire burning through
Great fire burning through my house
Great fire burning through my house and heart

Great fire burning
All because of you
Fires burning spreading through the zoo
Animals are panicking
I'm animal and panicking

No round of drinks can extinguish this
Feeling of love and engulfing bliss
Bring water
Eyes bring water

Great fire burning through
Great fire burning through my house
Great fire burning through my house and heart

I've been in love before
But it's never been as hot as this
Smoke curling round the door
Memories of old loves crack and blister
Mister fireman
Bet you couldn't put me out if you tried

Your glance a match on the tinderwood
You never spoke but I understood
Bring water
Eyes bring water

Great fire burning through
Great fire burning through my house
Great fire burning through my house and heart

Grande Fogo

Grande fogo queimando
Você forneceu a fagulha
Floresta queimando se espalhando pelo parque
Animais estão em pânico
Sou um animal e em pânico

Seu olhar de relance para o fósforo na lenha
Você nunca falou mas eu entendi
Traga a água
Olhares trazem água

Grande fogo queimando através
Grande fogo queimando através da minha casa
Grande fogo queimando através da minha casa e coração

Grande fogueira queimando
Tudo por culpa sua
Fogo queimando espalhando pelo zoológico
Animais estão em pânico
Sou um animal e em pânico

Nenhuma rodada de bebidas pode apagar esta
Sensação de amor e gozo que consome
Traga a água
Olhares trazem água

Grande fogo queimando através
Grande fogo queimando através da minha casa
Grande fogo queimando através da minha casa e coração

Estive apaixonado outras vezes
Mas nunca foi tão quente assim
Fumaça enroscando atrás da porta
Memórias de amores passados racham e partem
Senhor bombeiro
Aposto que não conseguiria me apagar se tentasse

Seu olhar de relance para o fósforo na lenha
Você nunca falou mas eu entendi
Traga a água
Olhares trazem água

Grande fogo queimando através
Grande fogo queimando através da minha casa
Grande fogo queimando através da minha casa e coração

Deliver Us From The Elements

We can plant a seed
And watch it grow
Food enough to fill a table
Running water down an overflow
Eat as much as we are able
But would the fruit turn ripe
If the rains had never been?

Oh Lord deliver us from the elements
We at your mercy and your reverence
Oh Lord deliver us from the elements
We've no defense we are impotent

You can travel far to distant lands
Some so hot no man could bear
You can conquer peaks with winds of sand
Where Mother Nature didn't care
Would not our world turn cold
If the sun refused to shine

Oh Lord deliver us from the elements
We at your mercy and your reverence
Oh Lord deliver us from the elements
We've no defense we are impotent

And when the world grows old
And we know more than our brains can hold
Nature will be law
Well we're as helpless now as we've ever been before
Would not our world turn cold
If the sun refused to shine

Oh Lord deliver us from the elements
We at your mercy and your reverence
Oh Lord deliver us from the elements
We've no defense we are impotent

Liberte-nos dos Elementos

Podemos plantar a semente
E assisti-la crescer
Comida suficiente para encher uma mesa
Água corrente transbordando
Comer o quanto somos capazes
Mas poderia a fruta amadurecer
Se a chuva jamais caísse?

Oh Senhor, liberte-nos dos elementos
Estamos à sua mercê e sua reverencia
Oh Senhor, liberte-nos dos elementos
Não temos defesa somos impotentes

Você pode viajar para terras distantes
Algumas tão quentes que nenhum homem pode agüentar
Pode se conquistar picos com ventos de areia
Onde a Mãe Natureza não se importa
Não teria nosso mundo esfriado
Se o sol recusasse a brilhar

Oh Senhor, liberte-nos dos elementos
Estamos à sua mercê e sua reverencia
Oh Senhor, liberte-nos dos elementos
Não temos defesa somos impotentes

E quando o mundo envelhecer
E conhecemos mais que nossos miolos podem guardar
Natureza será lei
Bem, somos tão indefesos agora quanto éramos
Não teria nosso mundo esfriado
Se o sol recusasse a brilhar

Oh Senhor, liberte-nos dos elementos
Estamos à sua mercê e sua reverencia
Oh Senhor, liberte-nos dos elementos
Não temos defesa somos impotentes

Human Alchemy

An alchemy, human alchemy
We stole them from their freedom to be sold
To turn their skins of black into the skins
Of brightest gold
An alchemy, human alchemy

We stoked the fires of trade with human coals
And made our purses from the flailed skins of
Purest souls
An alchemy, human alchemy

Other lands became a larder
Full of all the good things
All we had to do was go and take
Blood the colour rain
That grew our wicked harvest
Black the colour icing on our cake
An alchemy, human alchemy

We stole their babes and mothers, chiefs and braves
Although we held the whip, you knew we were
The real slaves
To alchemy, human alchemy

Alchemy, human alchemy

Alquimia Humana

Uma alquimia, alquimia humana
Nós roubamos sua liberdade para vende-los
Para transformar suas peles negras em peles
Do mais brilhoso ouro
Uma alquimia, alquimia humana

Alimentamos o fogo de negociação com carvão humano
E fizemos nossas bolsas de peles mangolado das
Mais puras almas
Uma alquimia, alquimia humana

Outras terras se tornam uma despensa
Cheia das coisas boas
Tudo que precisávamos fazer era ir e pegar
Sangue a cor da chuva
Que fez crescer nossa colheita maligna
Negro a cor da cobertura de nosso bolo
Uma alquimia, alquimia humana

Roubamos seus bebês e mães, chefes e bravos
Embora segurávamos o chicote, você sabia que éramos
Os verdadeiros escravos
Para a alquimia, alquimia humana

Alquimia, alquimia humana

Ladybird

O ladybird
I have heard you wish
To walk me through your garden
I crave your pardon
If I woke you with my thinking
Ladybird

O ladybird
I have heard you wish
To walk me through your meadow
You'll spread no wings to fly in fright
If I'm beside you
Ladybird

All through the winter time
When wood was warm and splintered
Time seemed longer than a goods train
Now that spring is back
Again I'll ask your name
Your name

O ladybird
I have heard you wish to walk across my pillow
No weeping willow was ever as beautiful
Sad as you are
Ladybird

And as you're walking past
I'm laying on the grass
And making chains of thought
To snare you with my wit
But bit by bit you fade to gone
Gone

All through the iron season
Love was hanged and treason became
Something of a parlour game
Now sun is back in power
I'll ask your name
Your name

O ladybird
I have heard you have to run to tend your children
No flood can drown
Nor fire blacken purest longing
For ladybird
Ladybird

Joaninha

Oh joaninha
Eu lhe ouvi desejando
Me levar pelo seu jardim
Eu desejo seu perdão
Se lhe acordei com meus pensamentos
Joaninha

Oh joaninha
Eu lhe ouvi desejando
Me levar pelos seus campos
Não abrirás suas asas em temor
Se eu estiver contigo
Joaninha

Embora pelo inverno
Quando a lenha estava quente e cortada
O tempo parecia mais longo do que um bom trem
Agora que é primavera
Novamente vou perguntar seu nome
Seu nome

Oh joaninha
Eu lhe ouvi desejando andar pelo meu travesseiro
Nenhum salgueiro já foi tão lindo
Triste como você é
Joaninha

E enquanto você está passando
Estou deitado na grama
Fazendo correntes de pensamentos
Para te atrair com minha inteligência
Mas aos pouquinhos você desapareceu e se foi
Se foi

Por toda a temporada de ferro
Amor foi enforcado e traição veio
Algo como um salão de jogos
Agora que o sol voltou ao poder
Vou lhe perguntar seu nome
Seu nome

Oh joaninha
Ouvi que precisas correr para cuidar de seus filhos
Nenhuma enchente pode afogar
Nem fogo escurecer o mais puro desejo
Por joaninha
Joaninha

In Loving Memory Of A Name

Boom goes my heart
Dancing around your daisies
Church bells will start
Sat on you reading your ages
I drift away
In loving memory of a name

Covered in moss
You may have died for your country
Forgotten not lost
You're laid to rest where you're wanted
I stare awhile
In loving memory of a name

England can never repay you
You gave your life to be buried alongside
The place you loved
The sermons attended
When you were young
Still echo round these churchyard walls

Heroes and rogues
Together surrounded by nature
Lump in my throat
Sat in the land of your maker
I drift away
In loving memory of a name

Em Memória de um Nome

Boom, lá vai meu coração
Dançando ao redor das margaridas
Sinos da igreja soarão
Analisando você, lendo suas eras
Eu me deixo levar á deriva
Em memória de um nome

Coberto em verde musgo
Você pode ter morrido por seu país
Esquecido não perdido
Você foi posto a descansar onde és querido
Eu olho por um instante
Em memória de um nome

A Inglaterra nunca poderá lhe retribuir
Você deu sua vida para ser enterrado ao lado
Do lugar que você amou
Os sermões ouvidos com atenção
Quando você era jovem
Ainda ecoam ao redor destes muros da igreja

Heróis e vagabundos
Juntos cercados pela natureza
Um nó na minha garganta
Sentados na terra de seu criador
Eu me deixo levar á deriva
Em memória de um nome

Me And The Wind

Me and the wind are celebrating your loss
Me and the wind are pulling kites and pushing tress
Me and the wind are celebrating your loss
Me and the wind are feeling freer
than air should ever be
Should ever be should ever be should ever

And when you lured me into your syrup
All I could think of was what a lovely way for me to go
I never really realized that
Just like the struggling summer flies that
I was drowning
No matter how sweet or how slow

Have I been such a fool
Have I been sitting on your stool
While you cracked the whip
While you cracked the whip

I danced imprisoned in your drumbeat
Your tune of spring
Had me whirling like a mad march
Merry hare
It never really came to mind that
The strings of your instrument
Were strangling me inside their snare

Have I been such a fool
Have I been sitting on your stool
While you held the hoop
While you held the hoop

Now that I'm out and I'm shouting in doorways
Freed from a love more like murder
I should be singing but in liberation
Feel like a ship with no rudder
Me and the wind are celebrating your loss
Have I been such a fool

Eu e o Vento

Eu e o vento estamos celebrando sua perda
Eu e o vento estamos empinando pipa e empurrando árvores
Eu e o vento estamos celebrando sua perda
Eu e o vento estamos nos sentindo
mais livre do que o ar
Deveria ser, deveria ser, deveria ser

E quando você me atraiu para o seu xarope
Tudo que pensei foi a linda maneira de me despedir
Eu nunca realmente reparei que
Igual às moscas de verão
Eu estava afogando
Não importa quão doce ou quão lento

Fui eu um tolo
Estive eu sentando em seu banco
Enquanto você estalava o chicote
Enquanto você estalava o chicote

Dancei preso ao seu batuque
Sua melodia de primavera
Me deixou girando como uma marcha louca
Lebre alegre
Realmente nunca entrou na minha cabeça que
As cordas do seu instrumento
Estavam me sufocando dentro da caixa

Fui eu um tolo
Estive eu sentando em seu banco
Enquanto você segurava o aro
Enquanto você segurava o aro

Agora que estou do lado de fora e gritando para dentro
Libertado de um amor que mais parece um assassinato
Eu deveria estar cantando mas em liberação
Me sinto como um navio sem leme
Eu e o vento estamos celebrando sua perda
Fui eu um tolo

Funk Pop A Roll

Funk pop a roll beats up my soul
Oozing like napalm from the speakers and grill
Of your radio
Into the mouths of babes
And across the backs of its willing slaves

Funk pop a roll consumes you whole
Gulping in your opium so copiously from a disco
Everything you eat is waste
But swallowing is easy when it has no taste

They can fix you rabbits up
With your musical feed
They can fix you rabbits up
Big money
Selling you stuff that you do not need

Funk pop a roll for fish in shoals
Music by the yard for the children
They keep like pose able dolls
The young to them are mistakes
Who only want bread
But they're force-fed cake

Funk pop a roll the only goal
The music business is a hammer to keep
You pegs in your holes
But please don't listen to me
I've already been poisoned by this industry!

Funk pop a roll beats up my soul

Funk Pop A Roll

Funk pop a roll sacode minha alma
Escoando como o napalm dos alto-falantes
De seu rádio
Na boca das garotas
E pelas costas de seus escravos de boa vontade

Funk pop a roll lhe consome todo
Tragando seu ópio tão copiosamente de uma discoteca
Tudo que você come é desperdício
Mas engolir é fácil quando não tem gosto

Eles podem castrar seus coelhos
Com seu alimento musical
Eles podem castrar seus coelhos
Muita grana
Vendendo-lhe coisas que você não precisa

Funk a pop a roll para peixes em cardumes
Música pelo quintal para as crianças
Que eles mantêm como bonecas posicionáveis
Os jovens, para eles, são equívocos
Que somente querem pão
Mas eles são forçados a comerem bolo

Funk pop a roll a única finalidade
Os negócios da música, um martelo para manter
Seus pinos nos buracos
Mas por favor não dê ouvidos a mim
Eu já estou envenenado por esta indústria!

Funk a pop a roll sacode minha alma





Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Xtc"

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Márcio Ribeiro

Nascido no ano do rato. Era o inicio dos anos sessenta e quem tirou jovens como ele do eixo samba e bossa nova foi Roberto Carlos. O nosso Elvis levou o rock nacional à televisão abrindo as portas para um estilo musical estrangeiro em um país ufanista, prepotente e que acabaria tomado por um golpe militar. Com oito anos, já era maluco por Monkees, Beatles, Archies e temas de desenhos animados em geral. Hoje evita açúcar no seu rock embora clássicos sempre sejam clássicos.

Mais matérias de Márcio Ribeiro no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas