Tradução - Garage Inc - Metallica

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Garage Inc - Metallica

Traduzido por Fernando P. Silva

  | Comentários:

Garage Inc é um álbum duplo contendo apenas covers gravados ao longo da carreira da banda. O título Garage Inc vem da junção do nome do álbum "Garage Days" com a música "Damage Inc". No disco 1, encontram-se registradas novas gravações feitas pela banda em 1998, como "Whiskey In The Jar", "Turn The Page", "Mercyful Fate" e "Sabbra Cadabra". No disco 2, estão ali algumas covers antigas gravadas na década de 80 (como "Helpless" do álbum "Garage Days Re-Revisited"), outras covers lançadas em singles (como "Overkill", "Stone Dead Forever" e "Too Late" do Motörhead, contidas no single "Hero Of The Day"), e outras raridades que os fãs dificilmente encontravam, como "Am I Evil" e "Blitzkrieg" do álbum "Garage Days" de 1984.

Imagem

Free Speech For The Dumb

(Morris/Wainwright/Molaney/Roberts)

Free speech
Free speech for the dumb
Free speech
Free speech for the dumb
Free speech
Free speech for the dumb
Free fuckin' speech

Free speech
Free speech for the dumb
Free speech
Free speech for the dumb
Free speech
Free speech for the dumb
Free fuckin' speech

Liberdade de Expressão Para O Mudo

(Morris/Wainwright/Molaney/Roberts)

Liberdade de expressão
Liberdade de expressão para o mudo
Liberdade de expressão
Liberdade de expressão para o mudo
Liberdade de expressão
Liberdade de expressão para o mudo
Maldita liberdade de expressão

Liberdade de expressão
Liberdade de expressão para o mudo
Liberdade de expressão
Liberdade de expressão para o mudo
Liberdade de expressão
Liberdade de expressão para o mudo
Maldita liberdade de expressão

(Lançada originalmente em 1982 pela banda “Discharge” no álbum “Hear Nothing See Nothing Say Nothing”)

It's Electric

(Tatler/Harris)

I'm gonna be a rock and roll star
Gotta groove from night to day
Gotta blow my crummy job
Gonna blow my blues away
I'm gonna make a stand
Gonna make a million
Gonna make it with you
I'm gonna be wild my friend
I gotta push it through

It's electric
It's electric
It's electric
It's electric

I stop on red and I leave on amber
And you face my way
I'm gonna make it my friend
Gonna make it today
Gonna get the tilts from my hills
Down the highway I go
Gonna get the stars from my route
Make it in a rock and roll show

It's electric
It's electric
It's electric
It's electric

Isto É Eletrizante

(Tatler/Harris)

Eu serei uma estrela do rock n’ roll
Tenho que trilhar da noite para o dia
Preciso despachar meu fraco trabalho
Vou mandar minha tristeza pra longe
Vou tomar uma posição
Vou ganhar um milhão
Vou fazer isto com você
Serei selvagem meu amigo
Tenho que levar isto adiante

Isto é eletrizante
Isto é eletrizante
Isto é eletrizante
Isto é eletrizante

Eu paro no vermelho e saio no amarelo
E você entra em meu caminho
Vou conseguir meu amigo
Vou sair dessa hoje
Vou pegar as barracas das minhas colinas
Estrada abaixo eu vou
Vou pegar as estrelas da minha rota
E chegar a tempo num show de rock and roll

Isto é eletrizante
Isto é eletrizante
Isto é eletrizante
Isto é eletrizante

Lançada originalmente em 1980 pela banda “Diamond Head” no álbum “Lightning to the Nations”

Sabbra Cadabra

Feel so good I feel so fine
Love that little lady always on my mind
She gives me loving every night and day
Never gonna leave her
Never going away

Someone to love me
You know she makes me feel all right
Someone who needs me
Love me every single night

Feel so happy since I met that girl
When we're making love
It's something out of this world
Feels so good to know that she's all mine
Going to love that woman till the end of time

Someone to live for
Love me till the end of time
Makes me feel happy
Good to know that she's all mine

“I am the world that hides
The universal secret of all time
Destruction of the empty spaces
Is my one and only crime
I've lived a thousand times
I found out what it means to be believed
The thoughts and images
The unborn child that never was conceived

You gotta believe me
Hey, I’m talking to you
Well, I know it’s hard for you
To know the reason why
And I know you'll understand
More when it's time to die
Don't believe the life you have
Will be the only one
You have to let your body sleep
To let your soul live on”*

Feel so happy since I met that girl
When we're making love
It's something out of this world
Feels so good to know that she's all mine
Going to love that woman till the end of time

Someone to live for
Love me till the end of time
She makes me feel happy
It’s good to know that she's all mine
She’s all mine

Sabbra Cadabra

Me sinto tão bem, me sinto tão legal
Amo aquela donzela sempre em minha mente
Ela me dá amor dia e noite
Nunca a deixarei
Nunca irei embora

Alguém para me amar
Você sabe que ela me faz se sentir bem
Alguém que precisa de mim
Me ama toda noite

Me sinto tão feliz desde que encontrei aquela garota
Quando nós estamos fazendo amor
É coisa de outro mundo
Me sinto tão bem por saber que ela é toda minha
Vou amar aquela mulher até o fim dos tempos

Alguém para viver
Me amar até o fim dos tempos
Me faz se sentir feliz
É bom saber que ela é toda minha

“Eu sou o mundo que esconde
O segredo universal de todos os tempos
A destruição dos espaços vazios
É o meu primeiro e único crime
Vivi milhares de vezes
E descobri o que significa ser acreditado
Os pensamentos e as imagens
Da criança em gestação que nunca foi concebida

Você precisa acreditar em mim
Ei, estou falando com você
Bem, eu sei que é duro para você
Saber a razão ou o por quê
E eu sei que você entenderá
Quando chegar a hora de morrer
Não acredite que a vida que você tem
Será a única
Você tem que deixar seu corpo dormir
Para deixar sua alma se manter viva”*

Me sinto tão feliz desde que encontrei aquela garota
Quando nós estamos fazendo amor
É coisa de outro mundo
Me sinto tão bem por saber que ela é toda minha
Vou amar aquela mulher até o fim dos tempos

Alguém para viver
Me amar até o fim dos tempos
Me faz se sentir feliz
É bom saber que ela é toda minha
Ela é toda minha

Faixa do álbum “Sabbath Bloody Sabbath” de 1973, do Black Sabbath. * O trecho incluso no meio da canção é da letra de “A National Acrobat” do mesmo álbum.

Turn The Page

(Bob Seger)

On a long and lonely highway
East of Omaha
You can listen to the engine
Moanin' out as one long song
You can think about the woman
Or the girl you knew the night before
And your thoughts will soon be wandering
The way they always do
When you're riding sixteen hours
And there's nothing much to do
You don't feel much like travelin'
You just wish the trip was through

But here I am
On the road again
There I am
Up on the stage
Here I go
Playing the star again
There I go
Turn the page

You walk into a restaurant
Strung out from the road
And you feel the eyes upon you
As you're shaking off the cold
You pretend it doesn't bother you
But you just want to explode
Sometimes you can here 'em talk
Other times you can't
All the same 'old cliches:
"Is that a woman or a man?"
And you always seem outnumbered
You dare not make a stand, (make a stand)

But here I am
On the road again
There I am
Up on the stage
Here I go
Playing the star again
There I go
Turn the page

Out there in the spotlight
You're a million miles away
Every ounce of energy
You try to give away
And the sweat pours from your body
Like the music that you play
Later in the evening
As you lie awake in bed
Echoes of the amplifiers
Ringing in your head
As you smoke the day's last cigarette
Remembering what she said

But here I am
On the road again
There I am
Up on the stage
Here I go
Playing the star again
There I go
Turn the page

There I go
Turn the page
There I go
There I go...

Vire A Página

(Bob Seger)

Em uma longa e solitária estrada
Ao leste de Omaha
Você pode ouvir o motor
Roncando como uma longa canção
Você pode pensar sobre a mulher
Ou a garota que você conheceu na noite anterior
E seus pensamentos logo começam a vagar
Como eles sempre fazem
Quando você está viajando dezesseis horas
E não há muito a fazer
Você não se sente viajando
Você apenas deseja que a viagem acabe

Mas aqui estou eu
Na estrada novamente
Lá estou eu
Em cima do palco
Aqui vou eu
Bancando a estrela de novo
Lá vou eu
Vire a página

Você entra em um restaurante
Vindo direto da estrada
E você sente os olhos em você
Enquanto você espanta o frio
Você finge que isso não te chateia
Mas você apenas quer explodir
Certas vezes você pode ouvi-los falar
Outras vezes não
Todos aqueles velhos clichês
"Aquilo é uma mulher ou um homem?"
E você parece sempre estar em minoria
Você ousa não tomar uma posição

Mas aqui estou eu
Na estrada novamente
Lá estou eu
Em cima do palco
Aqui vou eu
Bancando a estrela de novo
Lá vou eu
Vire a página

Lá fora nos holofotes
Você está longe um milhão de milhas
Cada gota de energia
Você tenta dar
E o suor jorra do seu corpo
Como a música que você toca
Mais tarde ao anoitecer
Enquanto você deita acordado na cama
Ecos dos amplificadores
Zunindo na sua cabeça
Enquanto você fuma o último cigarro do dia
Lembrando do que ela disse

Mas aqui estou eu
Na estrada novamente
Lá estou eu
Em cima do palco
Aqui vou eu
Bancando a estrela de novo
Lá vou eu
Vire a página

Lá vou eu
Vire a página
Lá vou eu
Lá vou eu

Lançada originalmente em 1973 por Bob Seger no álbum “Back in ‘72”.

Die Die My Darling

(Danzig)

Die, die, die my darling
Don't utter a single word
Die, die, die my darling
Just shut your pretty eyes

I'll be seeing you again
I'll be seeing you in Hell

Don't cry to me oh baby
Your future's in an oblong box, yeah
Don't cry to me oh baby
Should have seen it a coming on
Don't cry to me oh baby
I don't know it was in your power
Don't cry to me oh baby
Dead-end girl for a dead-end guy
Don't cry to me oh baby
Now your life drains on the floor
Don't cry to me oh baby

Die, die, die my darling
Don't utter a single word
Die, die, die my darling
Just shut your pretty mouth

I'll be seeing you again
I'll be seeing you in Hell

Don't cry to me oh baby
Your future is in an oblong box
Don't cry to me oh baby
Should have seen the end a-coming on
Don't cry to me oh baby
I don't know it was in your power
Don't cry to me oh baby
Dead-end girl for a dead-end guy
Don't cry to me oh baby
Now your life drains on the floor
Don't cry to me oh baby

Die, die, die my darling
Don't utter a single word
Die, die, die my darling
Shut your pretty mouth

I'll be seeing you again
I'll be seeing you in Hell

Don't cry to me oh baby
Die, die, die my darling
Don't cry to me oh baby
Die, die, die my darling
Die, die, die my darling
Die, die, die my darling

Die, die, die, die, die, die

Morra, Morra Minha Querida

(Danzig)

Morra, morra, morra minha querida
Não diga uma única palavra
Morra, morra, morra minha querida
Apenas feche seus lindos olhos

Eu verei você novamente
Eu verei você no Inferno

Não chore pra mim, oh baby
Seu futuro numa caixa quadrada, yeah
Não chore pra mim, oh baby
Deveria ter visto que isto anda acontecendo
Não chore pra mim, oh baby
Eu não sabia que isso estava em seu poder
Não chore pra mim, oh baby
Garota sem-futuro para um cara sem-futuro
Não chore pra mim, oh baby
Agora sua vida escoa no chão
Não chore pra mim, oh baby

Morra, morra, morra minha querida
Não diga uma única palavra
Morra, morra, morra minha querida
Apenas feche sua linda boca

Eu verei você novamente
Eu verei você no Inferno

Não chore pra mim, oh baby
Seu futuro numa caixa quadrada, yeah
Não chore pra mim, oh baby
Deveria ter visto que o fim está chegando
Não chore pra mim, oh baby
Eu não sabia que isso estava em seu poder
Não chore pra mim, oh baby
Garota sem-futuro para um cara sem-futuro
Não chore pra mim, oh baby
Agora sua vida escoa no chão
Não chore pra mim, oh baby

Morra, morra, morra minha querida
Não diga uma única palavra
Morra, morra, morra minha querida
Feche sua linda boca

Eu verei você novamente
Eu verei você no Inferno

Não chore pra mim, oh baby
Morra, morra, morra minha querida
Não chore pra mim, oh baby
Morra, morra, morra minha querida
Morra, morra, morra minha querida
Morra, morra, morra minha querida

Morra, morra, morra, morra, morra, morra

(Lançada originalmente pelo “Misfits” em 1984 como um single)

Loverman

(Nick Cave)

There's a devil waiting outside your door
(How much longer)
There's a devil waiting outside your door
(How much longer)
It is bucking and braying
And pawing at the floor
(How much longer)
And he's howling with pain
And crawling up the walls
(How much longer)
There's a devil waiting outside your door
(How much longer)
He's weak with evil and broken by the world
(How much longer)
He's shouting your name
And he's asking for more
(How much longer)
There's a devil waiting outside your door
(How much longer)

Loverman! Since the world began
Forever, Amen Till end of time
Take off that dress I'm coming down
I'm your loverman
Cause I am what I am what I am what I am

L is for LOVE, baby
O is for ONLY you that I do
V is for loving VIRTUALLY all that you are
E is for loving almost EVERYTHING that you do
R is for RAPE me
M is for MURDER me
A is for ANSWERING all of my prayers
N is for KNOWING your loverman's
going to be the answer to all of yours

Loverman! Till the bitter end
While empires burn down
Forever and ever and ever and ever
Amen I'm your loverman
So help me, baby, so help me
Cause I am what I am what I am what I am
I'll be your loverman!

There's a devil crawling along your floor
(How much longer)
There's a devil crawling along your floor
(How much longer)
With a trembling heart
He's coming through your door
(How much longer)
With his straining sex in his jumping paw
(How much longer)
There's a devil crawling along your floor
(How much longer)
And he's old and he's stupid and
(How much longer)
He's hungry and he's sore
(How much longer)
And he's lame and he's blind
(How much longer)
And he's dirty and he's poor
(How much longer)
Give him more
(How much longer)
There's a devil crawling along your floor
(How much longer)

Loverman! Here I stand Forever, Amen
Cause I am what I am what I am what I am
Forgive me, baby, my hands are tied
And I got no choice
No, I got no choice at all

I'll say it again

L is for LOVE, baby
O is for O yes I do
V is for VIRTUE, so I ain't gonna hurt you
E is for EVEN if you want me to
R is for RENDER unto me, baby
M is for that which is MINE
A is for ANY old how, darling
N is for ANY old time

I'll be your loverman! I got a masterplan
To take off your dress and be your man
Seize the throne Seize the mantle
Seize the crown Cause I am what I am
What I am what I am I'm your loverman!

There's a devil lying by your side
(How much longer)
You might think he's asleep
(How much longer)
But look at his eyes
(How much longer)
He wants you, baby, to be his bride
(How much longer)
There's a devil lying by your side
(How much longer)

Loverman! Loverman!

Amante

(Nick Cave)

Há um demônio te esperando na porta
(Até quando)
Há um demônio te esperando na porta
(Até quando)
Ele está pulando e urrando
E arranhando o chão
(Até quando)
E ele está uivando de dor
E subindo pelas paredes
(Até quando)
Há um demônio te esperando na porta
(Até quando)
Ele está frágil com o mal e quebrado pelo mundo
(Até quando)
Ele está gritando seu nome
E ele está pedindo mais
(Até quando)
Há um demônio te esperando na porta
(Até quando)

Amante! Desde que o mundo surgiu
Para sempre, Amém, Até o fim dos tempos
Tire a roupa, eu estou chegando
Eu sou seu amante
Pois eu sou o que eu sou, o que eu sou, o que eu sou

L é para o AMOR, baby
O é SOMENTE por você que eu faço
V é por amar VIRTUALMENTE tudo aquilo que você é
E é por amar quase TUDO o que você faz
R é para me ESTUPRAR
M é para me ASSASSINAR
A é por RESPONDER todas as minhas preces
N é para SABER que seu amante
será a resposta para tudo

Amante! Até o final amargo
Enquanto impérios queimam até o chão
Para sempre e eternamente
Amém, eu sou seu amante
Então me ajude, baby, então me ajude
Pois eu sou o que eu sou, o que eu sou, o que eu sou
Eu serei seu amante

Há um demônio se arrastando pelo chão
(Até quando)
Há um demônio se arrastando pelo chão
(Até quando)
Com um coração trêmulo
Ele está passando pela porta
(Até quando)
Com o sexo na ponta de sua pata saltitante
(Até quando)
Há um demônio se arrastando pelo chão
(Até quando)
E ele é velho e estúpido
(Até quando)
Ele tem fome e ele está com dor
(Até quando)
E ele é manco e cego
(Até quando)
E ele é sujo e pobre
(Até quando)
Dê a ele um pouco mais
(Até quando)
Há um demônio se arrastando pelo chão
(Até quando)

Amante! Aqui estou eu Para sempre, Amém
Pois eu sou o que eu sou, o que eu sou, o que eu sou
Perdoe-me, baby, minhas mãos estão atadas
E eu não tive outra escolha
Não, eu não tive nenhuma escolha

Eu irei dizer isto novamente

L é para o AMOR, baby
O é pelo “Oh yes” que eu faço
V é pela VIRTUDE, assim eu não irei te magoar
E é de MESMO se você me quiser
R é para SERVIR a mim, baby
M é para dizer que você é MINHA
A é para ALGUÉM do passado, querida
N é para QUALQUER COISA antiga

Eu serei seu amante! Eu tenho um plano mestre
Tire seu vestido, eu serei seu macho
Apodere-se do trono, apodere-se do manto
Apodere-se da coroa, pois eu sou o que eu sou
O que eu sou, o que eu sou, eu sou seu amante!

Há um demônio deitado ao seu lado
(Até quando)
Você poderia pensar que ele está adormecido
(Até quando)
Mas olhe para os olhos dele
(Até quando)
Ele quer que você, baby, seja a noiva dele
(Até quando)
Há um demônio deitado ao seu lado
(Até quando)

Galã! Galã!

Lançada originalmente em 1994 no álbum “Let Love In” de Nick Cave & The Bad Seeds.

Merciful Fate

(Featuring “Satan’s Fall”, “Curse of the Pharaohs”,
“A Corpse Without Soul”, “Into the Coven”, “Evil”)

“Satan's Fall”
They're walking by the nigh
The moon has frozen blue
Long black coats a shelter for the rain
Their load must get through

Now bats are leaving their trees
They're joining the call
Seven satanic Hell preachers
Heading for the hall

Bringing the blood of a newborn child
Got to succeed, if not it's Satan's fall

“Curse of the Pharaohs”
Way out in Egypt in the valley of kings
Where the mummified pharaohs
Pretend dead in their sleep

Don't touch, never ever steal
Unless you're in for the kill
Or you'll be hit by the curse of the pharaohs
Yes you'll be hit and the curse is on you

The curse of the pharaohs can be so deadly
Or just destroying your future
Making it all shady

Don't touch, never ever steal
Unless you're in for the kill
Or you'll be hit by the curse of the pharaohs
Yes you'll be hit and the curse is on you

“A Corpse Without Soul”
Listen
I'm a corpse
I'm a corpse
I'm a corpse without soul
Satan
He's taken
He's taken
He's taken his toll
And he took it out on me

I
I'm trapped
I'm trapped
I'm trapped in his spell
Tonight
I'm going
I'm going
I'm going to Hell inside his spell

“Into the Coven”
Howl like a wolf
And a witch will open the door
Follow me and meet our high priestess

Come, come into my coven
And become Lucifer's child

Undress until you're naked
And put on this white coat
Take this white cross and go
To the middle of the ring

Come, come into my coven
And become Lucifer's child

“Evil”
I was born on the cemetery
Under the sign of the moon
Rasped from my grave by the dead
I was made a mercenary
In the legions of Hell
Now I'm king of pain, I'm insane

You know my only pleasure
Is to hear you cry
I'd love to hear you cry
I'd love to feel you die
And I'll be the first
To watch your funeral
And I'll be the last to leave
I'd love to hear you cry

And when you're down
Beyond the ground
I'll dig up your body again
And make love to shame
Oh lady, cry, and say goodbye
Oh lady, cry, and say goodbye

You've gotta say goodbye'
Cause I will eat your mind

Mercyful Fate

(Incluindo “Satan’s Fall”, “Curse of the Pharaohs”,
“A Corpse Without Soul”, “Into the Coven” e “Evil”)

“A Queda de Satã”
Eles estão caminhando por perto
A lua gelada e azul
Longos casacos negros, uma capa para a chuva
Sua tarefa deve ser cumprida

Agora os morcegos estão deixando suas árvores
Eles estão se unindo ao chamado
Sete pregadores satânicos do inferno
Dirigindo-se para o salão

Trazendo o sangue de uma criança recém-nascida
Pois é preciso ter êxito, senão é a queda de Satã

“Maldição dos Faraós“
Caminhando no Egito no vale dos reis
Onde os faraós mumificados
Dormem fingindo-se de mortos

Não toque, nunca roube
A menos que você esteja aí para matar
Ou você será atingido pela maldição dos faraós
Sim, você será atingido e a maldição ficará em você

A maldição dos faraós pode ser tão mortífera
Ou apenas destruirá o seu futuro
Fazendo tudo ficar sombrio

Não toque, nunca roube
A menos que você esteja aí para matar
Ou você será atingido pela maldição dos faraós
Sim, você será atingido e a maldição ficará em você

“Um Cadáver Sem Alma”
Escute
Eu sou um cadáver
Eu sou um cadáver
Eu sou um cadáver sem alma
Satã
Ele cobrou
Ele cobrou
Ele cobrou seu preço
E ele o cobrou de mim

Eu
Eu estou preso
Eu estou preso
Eu estou preso em seu feitiço
Hoje à noite
Eu vou
Eu vou
Eu vou para o Inferno em seu feitiço

“Na Convenção das Bruxas”
Uive como um lobo
E uma bruxa abrirá a porta
Siga-me e conheça a nossa sacerdotisa suprema

Venha, entre em minha convenção das bruxas
E se torne o filho de Lúcifer

Tire toda a sua roupa
E vista-se neste casaco branco
Pegue esta cruz branca e vá
Para o meio do círculo

Venha, entre em minha convenção das bruxas
E se torne o filho de Lúcifer

“Diabólico”
Eu nasci no cemitério
Sob o sinal da lua
Raspado do meu túmulo pelos mortos
Eu fui criado um mercenário
Nas legiões do Inferno
Agora eu sou o rei da dor, eu estou louco

Você sabe que o meu único prazer
É ouvir você chorar
Eu adoraria ouvir você chorar
Eu adoraria sentir você morrendo
E eu serei o primeiro
A assistir o seu enterro
E eu serei o último a partir
Eu adoraria ouvir você chorar

E quando você estiver
Debaixo da terra
Eu desenterrarei seu corpo novamente
E farei amor para chocar
Oh querida, grite, e diga adeus
Oh querida, grite, e diga adeus

Você tem que dizer adeus
Pois eu comerei sua mente

Astronomy

(S.Pearlman/A.Bouchard/J.Bouchard)

The clock strikes twelve
And moon drops burst
Out at you from their hiding place
Like gasoline and oil on a madman's face
Reason tends to fly away
Like lesser birds on the four winds
Like silver scraps in May
Now the sands become a crust
And most of you have gone away

Come Susie dear, let's take a walk
Just out there upon the beach
I know you'll soon be married
And you'll want to know
Where wind comes from
Well it's never said at all
On the map that Carrie reads
Behind the clock back there you know
At the Four Winds Bar

Hey - hey hey!
Hey - hey hey!

Four doors at the Four Winds Bar
Two doors locked and windows barred
One door's let to take you in
The other one just mirrors it

Hey - hey hey!
Hey - hey hey!
Hey - hey hey!

In hellish glare and inference
The other one's a duplicate
The Queenly flux, eternal light
Or the light that never warms
Or the light that never, never warms
Or the light that never, never, never
Never, never warms

The clock strikes twelve
And moon drops burst
Out at you from their hiding place
Miss Carrie Nurse and Susie dear
Find themselves at Four Winds Bar

It's the nexus of the crisis
And the origin of storms
Just the place to hopelessly
Encounter time and then came me

Hey - hey hey!
Hey - hey hey!

Call me Desdinova
Eternal light
This gravely digs of mine
Will surely prove a sight
And don't forget my dog
Fixed and consequent

Astronomy - a star
Astronomy - a star
Astronomy - a star

Astronomia

(S.Pearlman/A.Bouchard/J.Bouchard)

O relógio marca doze horas
E a lua trepida
Você está fora do esconderijo deles
Como gasolina e óleo na face de um louco
A razão tende a voar longe
Como os passarinhos nos quatro ventos
Como sucatas de prata em maio
Agora as areias formaram uma crosta
E a maior parte de você foi se embora

Venha querida Susie, vamos dar uma volta
Lá fora na praia
Eu sei que você em breve estará casada
E você vai querer saber
De onde vem o vento
Bem, isto nunca é dito de maneira alguma
No mapa que Carrie lê
Atrás do relógio, lá atrás, você sabe
Na Barreira dos Quatros Ventos

Ei - ei ei!
Ei - ei ei!

Quatro portas na Barreira dos Quatros Ventos
Duas portas fechadas e janelas trancadas
Uma porta para você entrar
A outra é apenas reflexo

Ei - ei ei!
Ei - ei ei!
Ei - ei ei!

Num clarão infernal a conclusão é que
A outra porta é um reflexo
O fluxo Majestoso, luz eterna
Ou a luz que nunca se esquenta
Ou a luz que nunca, nunca se esquenta
Ou a luz que nunca, nunca, nunca
Nunca, nunca se esquenta

O relógio marca doze horas
E a lua trepida
Você está fora do esconderijo deles
Senhorita Carrie Nurse e querida Susie
Encontram-se na Barreira dos Quatro Ventos

É a ligação com a crise
E a origem das tempestades
Apenas um lugar sem esperança
Encontre o tempo e então venha a mim

Ei - ei ei!
Ei - ei ei!

Me chame de Desdinova
A luz eterna
Estas minhas perigosas escavações
Certamente irão mostrar uma visão
E não se esqueça do meu cachorro
Fixo e conseqüente

Astronomia - uma estrela
Astronomia - uma estrela
Astronomia - uma estrela

(Lançada originalmente pelo “Blue Oyster Cult” em 1974 no álbum “Secret Treaties”)

Whiskey In The Jar

As I was going over
The Cork and Kerry mountains
I saw Captain Farrell
And his money he was counting
I first produced my pistol
And then produced my rapier
I said stand and deliver
Or the devil he may take ya

Musha ring dum a doo dum a da
Whack for my daddy-o
Whack for my daddy-o
There's whiskey in the jar-o

I took all of his money
And it was a pretty penny
I took all of his money
And I brought it home to Molly
She swore that she'd love me
Never would she leave me
But the devil takes that woman
For you know she treat me easy

Being drunk and weary
I went to Molly's chamber
Taking my money with me
And I never knew the danger
For about six or maybe seven
In walked Captain Farrell
I jumped up, fired off my pistols
And I shot him with both barrels

Now some men like the fishing
And some men like the fowling
And some men like ta hear
A cannon ball a roaring
Me I like sleeping
Specially in my Molly's chamber
But here I am in prison
Here I am with a ball and chain, yeah

Uísque Na Jarra

Enquanto eu estive revendo
Cork e as montanhas de Kerry
Eu avistei o Capitão Farell
E o dinheiro que ele estava contando
Primeiramente produzi minha pistola
E depois produzi meu florete
E disse: de pé e se entregue
Ou o diabo pode te pegar

Musha ring dum a doo dum a da
Divida-o com meu pai
Divida-o com meu pai
Há uísque na jarra

Eu tomei todo o dinheiro dele
E era uma grana preta
Eu tomei todo o dinheiro dele
E o levei para a casa de Molly
Ela jurou que me amaria
Que nunca me deixaria
Mas o diabo possuiu aquela mulher
Pois veja só, ela me trata bem

Caindo de bêbado e cansado
Eu fui para o quarto de Molly
Levei meu dinheiro comigo
Pois nunca se sabe o perigo
Entre seis ou talvez sete
Me dirigi até o Capitão Farrell
Saltei pra cima dele, e disparei minhas pistolas
E atirei nele com os dois canos

Agora alguns homens gostam de pescar
E outros gostam de caçar
E alguns homens gostam de ouvir
O barulho de uma bala de canhão
Quanto a mim, eu gosto de dormir
Especialmente no quarto de minha Molly
Mas aqui estou eu na prisão
Aqui estou eu com uma bola e uma corrente

(Lançada originalmente pelo “Thin Lizzy” em 1972 como um single)

Tuesday's Gone

(Collins/Van Zandt)

Train roll on, on down the line
Won't you please take me far away?
Now, I feel the wind blow outside my door
I leave my woman at home

Tuesday's gone with the wind
My baby's gone with the wind

And I don't know oh where I'm going
I just want to be left alone
When this train ends, I'll try again
I leave my woman at home

Tuesday's gone with the wind
Tuesday's gone with the wind
Tuesday's gone with the wind
My baby's gone with the wind

Train roll on, Tuesday's gone

Train roll on, many miles from my home
See, I'm riding my blues away
Tuesday, you see, she had to be free
But somehow, I've got to carry on

Tuesday's gone with the wind
Tuesday's gone with the wind
Tuesday's gone with the wind
My baby's gone with the wind

Tuesday Se Foi

(A.Collins/R.Van Zandt)

O trem parte, linha abaixo
Por favor, você não vai me levar para longe?
Agora eu sinto o vento soprar na minha porta
Significa que estou deixando minha mulher para trás

Tuesday se foi com o vento
Minha mulher se foi com o vento

E eu não sei para onde estou indo
Eu só quero ficar sozinho
Bem, quando este trem parar
Eu vou tentar novamente
Mas deixarei minha mulher em casa

Tuesday se foi com o vento
Tuesday se foi com o vento
Tuesday se foi com o vento
Minha mulher se foi com o vento

O trem parte, muitas milhas de minha casa
Veja, eu estou despachando minha tristeza
Tuesday, veja só, ela teve que se libertar
Mas de qualquer maneira, eu tenho que continuar

Tuesday se foi com o vento
Tuesday se foi com o vento
Tuesday se foi com o vento
Minha mulher se foi com o vento

(Lançada originalmente pela banda “Lynyrd Skynyrd” em 1973 no álbum “Pronounced Léh-nérd Skin-nérd”)

The More I See

(Morris/Wainwright/Molaney/Roberts)

From where I stand I see
Pain suffering and misery

The more I see the more I see
The less the less I believe

From where I stand I see
Hate violence and war

The more I see the more I see
The less the less I believe

Quanto Mais Eu Vejo

(Morris/Wainwright/Molaney/Roberts)

De onde eu estou, eu vejo
Dor, sofrimento e miséria

Quanto mais eu vejo, quanto mais eu vejo
Menos, menos eu acredito

De onde eu estou, eu vejo
Violência, ódio e guerra

Quanto mais eu vejo, quanto mais eu vejo
Menos, menos eu acredito

(Lançada originalmente pela banda “Discharge” em 1984 como um single)
















Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Metallica"

Falsificação: polícia inglesa apreende camisetas falsas
Dio: Tributo faz jus à sua importância para a música pesada
Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate
Metallica: Vídeo oficial de "One" e "Orion" em Buenos Aires
Metallica: as mil expressões faciais de Lars Ulrich
Metallica: "Sempre seremos criativos", diz Kirk
Metallica: monstro de Jump In The Fire em edição limitada
Guitar World: 11 Álbuns Essenciais do Thrash Metal
Metallica: saiba quanto a banda faturou na América do Sul
Metallica: Confira "The Unforgiven" e "And Justice" na Argentina
Kiss: Paul Stanley continua questionando o Rock Hall Of Fame
Morbid Angel e Metallica: bandas em novo quadro do Arte Extrema
Metallica: banda disponibiliza imagens do show no Paraguai
Metallica: Assista vídeo oficial do show de Santiago
Rock e metal: o outro lado das capas de discos

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Fernando P. Silva

Fernando Silva é membro do Whiplash! e responsável pela seção de traduções. Colaborando com o site há mais de 5 anos, é quem organiza e revisa todas as traduções que são publicadas nesta seção, contando também com o auxílio de amigos e colaboradores do site. Eclético, curte desde o blues e um bom rock n' roll até o melhor do hard e do heavy, sendo o Metallica (até a eternidade) sua banda preferida. Correções de material postado anteriormente, críticas ou sugestões para novas traduções podem ser feitas através do contato direto com o autor. Email: [email protected].

Mais matérias de Fernando P. Silva no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas