Tradução - Peace Sells - Megadeth

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Peace Sells - Megadeth

Traduzido por Fernando P. Silva

  | Comentários:
Imagem

WAKE UP DEAD

I sneak in my own house
It's four in the morning
I've had too much to drink
Said I was out with the boys
I creep in my bedroom
I slip into bed
I know if I wake her
I'll wake up dead
I wonder, will she find out
About the other, other lover
Diana

Wake up dead, you die
Wake up dead, and buried
Wake up dead, you die
Wake up dead

ACORDE MORTO

Eu entro às escondidas em minha própria casa
São quatro da manhã
Eu tomei um porre
Disse que estava fora com os garotos
Eu vou engatinhando pelo quarto
E deslizo até a cama
Eu sei que se eu acorda-la
Eu estarei acordando os mortos
Eu fico imaginando, (se) ela irá descobrir
Sobre a minha outra amante
Diana

Acorde morto, você morre
Acorde morto, e enterrado
Acorde morto, você morre
Acorde morto

THE CONJURING

Welcome to our sanguinary sect of worship
Feel at home in our black conventicle
As we anathematized
All of those who oppose us
Don't summon the devil
Don't call the priests
If you need the strength
The conjuring. Obey!!!
Behold! The flames rise
From the compass' cardinal points
Burn the sacred oil
And, with the ashes you'll anoint

Arrange the symbols
Of the wizard, and, magician
Light the candles
Place the parchment paper in position
Between its leaves place
The lash from a black cat's eye
A straw of a broom
Fold, and, burn, and, centralize

Don't summon the devil
Don't call the priests
If you need the strength
The conjuring

I am the devil's advocate
A salesman, if you will
You know my name

I met your father years ago
Gave him what he'd please
He called my name; you'll do the same

I'm claiming what is mine by right
It's time to close the deal
You're bought and sold, bought and sold

Come join me in my infernal depths
Mephisto's hall of fame
I've got your soul, I've got your soul
The conjuring. Obey!!!

A INVOCAÇÃO

Bem-vindo a nossa sanguinária seita de adoração
Sinta-se em casa na nossa reunião secreta e obscura
Enquanto nós amaldiçoamos
Todos aqueles que estão contra nós
Não invoque o demônio
Não chame os padres
Se você precisa do poder
A invocação. Obedeça!!!
Observe! As chamas crescem
Ao compasso dos pontos cardeais
Queime o óleo sagrado
E, com as cinzas você irá se untar

Arrume os símbolos
Do feiticeiro e do bruxo
Acenda as velas
Coloque o rolo de pergaminho em posição
No seu devido lugar
O cílio do olho de um gato preto
Uma palha de uma vassoura
Dobre, e, queime, e, centralize

Não invoque o demônio
Não chame os padres
Se você precisa do poder
A invocação

Eu sou o advogado do diabo
Ou vendedor, se você preferir
Você sabe meu nome

Eu encontrei seu pai há alguns anos atrás
Dei a ele o que ele gostaria de receber
Ele chamou meu nome, você fará o mesmo

Eu estou reivindicando o que é meu por direito
É hora de fecharmos o negócio
Você é comprado e vendido, é comprado e vendido

Venha se juntar a mim em minhas profundidades infernais
O palácio da fama de Mefisto
Eu possuo sua alma, eu possuo sua alma
A invocação. Obedeça!!!

PEACE SELLS...
BUT WHO'S BUYING?

What do you mean, "I don't believe in God"
I talk to him every day
What do you mean "I don't support your system"
I go to court when I have to
What do you mean
"I can't get to work on time"
I got nothing better to do
And, what do you mean
"I don't pay my bills"
Why do you think I'm broke? Huh?
If there's a new way
I'll be the first in line
But, it better work this time

What do you mean, "I hurt your feelings?"
“I didn't know you had any feelings”.
What do you mean, "I ain't kind?"
I'm just not your kind
What do you mean, "I couldn't be president,
Of the United States of America?"
Tell me something, it's still
"We the people", right?

If there's a new way
I'll be the first in line
But, it better work this time

Can you put a price on peace?
Peace, peace sells... Peace, peace sells
Peace sells, but who's buying?
Peace sells, but who's buying?
Peace sells, but who's buying?
Peace sells, but who's buying?
No, peace sells...

VENDE-SE A PAZ...
MAS QUEM ESTÁ COMPRANDO?

O que você quer dizer com, "Eu não acredito em Deus"
Eu falo diariamente com ele
O que você quer dizer com isso, "Eu não apóio seu sistema"
Eu irei à corte quando for preciso
O que você quer dizer com
"Não consigo chegar na hora certa ao trabalho"
Eu não tenho nada melhor para fazer
E, o que você quer dizer com
"Eu não pago minhas contas"
Por que você pensa que estou quebrado?
Se existe um novo caminho
Eu serei o primeiro da fila
Mas, é melhor trabalhar desta vez

O que você quer dizer com, "eu feri seus sentimentos?"
“Eu não sabia que você tinha qualquer tipo de sentimento”
O que você quer dizer com, "eu não sou do tipo?"
Eu apenas não sou do seu tipo
O que você quer dizer com, "eu não posso ser presidente,
Dos Estados Unidos da América?"
Conte-me algo, ainda
"Somos as Pessoas", certo?

Se existe um novo caminho
Eu serei o primeiro da fila
Mas, é melhor trabalhar desta vez

Você pode colocar um preço na paz?
Paz, vende-se a paz... Paz, vende-se a paz
Vende-se a paz, mas quem está comprando?
Vende-se a paz, mas quem está comprando?
Vende-se a paz, mas quem está comprando?
Vende-se a paz, mas quem está comprando?
Não, vende-se a paz...

* Peace Sells é sobre as pressões da Guerra Fria e suas conseqüências, onde as pessoas começaram a se perguntar quanto custaria para comprar a paz.

DEVIL’S ISLAND

The light that fills my lonely cell
Is blocked out by the key
That locks the door to this hell
The place they wanted me
Time's racing like the wind
Execution's near
Oh lord, I wait for death
And, yes, I have no fear
I recall that night, my every breath
And, step along the way
Closed my eyes, walking
As danger paved the way
The devil, and the darkness
Let her evil wander free
And, here on Devil’s Island
The final stop for me
Devil’s Island, Devil’s Island

Oh, there is no escape
The sea is full of sharks
The tide takes you away, and
Smashes you on the rocks
The sun is shining
But feel not today
It's warmth, it's dying
And fading away

Devil’s Island, Devil’s Island.

Oh, hear the call
From the grave beyond
Oh, so pernicious
Her soul it creates song.
As there is no man, that is
Here upon the earth
Able to terminate our
Noisome will since birth

The priest that reads the sermons
Is walking next to me
To the stake, my last request
To have her burn with me.
But, so it did, the heavens opened
Rain began to fall
The final judgment came, and
Was spread before you all
Final judgment

Old, weak, and feeble
But the lesson taught to me
To stay away from evil
She doesn't care for me
She haunts me in my sleep
Though I tore that page away
And, here on Devil’s Island
I'll always have to stay

Devil’s Island, Devil’s Island
Here I am
Devil’s Island, Devil’s Island

ILHA DO DIABO

A luz que preenche minha cela solitária
É bloqueada pela chave
Que tranca a porta deste inferno
O lugar que eles desejaram para mim
O tempo está correndo como o vento
A execução está próxima
Oh senhor, eu espero pela morte
E, sim, eu não tenho nenhum medo
Eu recordo daquela noite, de cada respiração minha
E, de cada passo pelo caminho
Fechei meus olhos, caminhando
Enquanto o perigo pavimentou o caminho
O demônio, e a escuridão
Deixe seu mal vagar livremente
E, aqui na Ilha do Diabo
A parada final para mim
Ilha do Diabo, Ilha do Diabo

Oh, não há nenhuma escapatória
O mar está cheio de tubarões
A maré leva você embora, e
Te esmaga contra as rochas
O sol está brilhando
Mas sinto que não hoje
Está calor, está morrendo
E desaparecendo

Ilha do Diabo, Ilha do Diabo

Oh, eu ouço o chamado
Do túmulo do além
Oh, tão pernicioso
A alma dela cria a canção
Como lá não existe nenhum homem como
Aqui na terra
Capaz de terminar nossa
Nauseante saga desde o nascimento

O padre que lê os sermões
Está vindo em minha direção
Para a estaca, meu último pedido
Tê-la queimando comigo
Porém, então feito isto, os paraísos se abriram
A chuva começou a cair
O juízo final veio, e
Propagou-se perante todos
Juízo final

Velho, fraco, e debilitado
Entretanto aprendi uma lição
Ficar longe do mal
Ela não se importa comigo
Ela me assombra em meu sono
Embora eu rasgasse aquelas páginas
E, aqui na Ilha do Diabo
Eu terei que ficar para sempre

Ilha do Diabo, Ilha do Diabo
Aqui estou eu
Ilha do Diabo, Ilha do Diabo

"A Ilha do Diabo faz parte do departamento francês ultramarino da Guiana Francesa. Estabelecida como parte da colônia penal da Guiana Francesa na década de 1850, ficou notória por seu clima tropical insalubre e pelo tratamento cruel destinado aos prisioneiros. A França fez planos para abolir a colônia penal em 1938 e completou a remoção dos prisioneiros no principio da década de 1950”. (Grolier Multimedia Enclyclopedia)

GOOD MOURNING/BLACK FRIDAY

Hey, I don't feel so good
Something's not right
Something's coming over me
What the fuck is this?
Black Friday

Killer, intruder, homicidal man.
If you see me coming, run as fast as you can.
A bloodthirsty demon who's stalking the street.
I hack up my victims like pieces of meat
Bloodthirsty demon, sinister fiend
Bludgeonous slaughters, my evil deeds

My hammer's a cold piece of blood-lethal steel
I grin while you writhe
With the pain that I deal
Swinging the hammer, I hack through their heads
Deviant defilers, you're next to be dead
I unleash my hammer with sadistic intent
Pounding, surrounding
Slamming through your head

Their bodies convulse, in agony and pain
I mangle their faces, till no features remain
A blade for the butchering, I cut them to shreds
First take out the organs, then cut off the head
The remains of flesh now sop under my feet
One more bloody massacre
The murders' complete
I seek to dismember, a sadist fiend
And, blood baths are my way of getting clean
I lurk in the alleys, wait for the kill
I have no remorse for the blood that I spill
A merciless butcher who lives underground
I'm out to destroy you and, I will, cut you down
I see you, and I'm waiting, for black friday

Killer, intruder, homicidal man
If you see me coming, run as fast as you can
A bloodthirsty demon who's stalking the street
I hack up my victims like pieces of meat
I lurk in the alleys, wait for the kill
I have no remorse for the blood that I spill
A merciless butcher who lives underground
I'm out to destroy you and, I will, cut you down

It's black friday, paint the devil on the wall

BOM LUTO/SEXTA-FEIRA NEGRA

Ei, eu não me sinto muito bem
Alguma coisa não está certa
Alguma coisa está acontecendo comigo
Que diabos é isso?
Sexta-feira negra

Assassino, invasor, homicida
Se você me vê chegando, corra o mais rápido que puder
Uma sede de sangue demoníaca que está andando nas ruas
Eu corto minhas vítimas como corto pedaços de carne
Sede de sangue demoníaca, demônio sinistro
Matanças e massacres, minhas más ações

Meu martelo é um pedaço de aço com sangue-letal
Eu dou risada enquanto você se contorce
Com a dor que eu distribuo
Balançando o martelo, eu corto a cabeça deles
Poluidor depravado, você é o próximo a morrer
Eu solto meu martelo com sádicas intenções
Batendo, cercando
Dando golpes em sua cabeça

Seus corpos estarrecem, em agonia e dor
Eu mutilo seus rostos, até que não fique nenhum traço
Uma lâmina para o abate, eu os corto em pedaços
Primeiro tiro os órgãos, depois corto a cabeça
Os restos da carne agora ensopam debaixo de meus pés
Mais um massacre sangrento
Um assassinato completo
Eu procuro desmembrar, sou um sádico demônio
E, banho de sangue, é a maneira que eu me limpo
Eu me escondo nas vielas, esperando pela matança
Eu não tenho nenhum remorso pelo sangue que derramo
Um açougueiro impiedoso que vive nos subterrâneos
Estou aqui fora para te destruir e, eu vou, te estraçalhar
Eu vejo você, e estou esperando, pela sexta feira negra

Assassino, invasor, homicida
Se você me vê chegando, corra o mais rápido que puder
Uma sede de sangue demoníaca que está andando nas ruas
Eu corto minhas vítimas como corto pedaços de carne
Eu me escondo nas vielas, esperando pela matança
Eu não tenho nenhum remorso pelo sangue que derramo
Um açougueiro impiedoso que vive nos subterrâneos
Estou aqui fora para te destruir e, vou te estraçalhar

É sexta feira negra, pinte o diabo na parede

* Good Mourning é um trocadilho para Good Morning (bom dia). A intenção do autor é trocar o “dia” por “luto” (tristeza, pesar) criando uma saudação sarcástica. A letra fala sobre um serial killer, descrevendo detalhes de sua ação.

BAD OMEN

Down fell the stars, as they
Splashed into the sea
"Mi Nomine Baphomet"
Come dance with me
Sacrifice the virgins
Spiritual rites
Their master's time has come
The moon is full tonight
Drinking, dancing
They worship, and toast the devil
Who's watching
With demons remotes
Fire, rising
Racing in your blood
Possessed, naive
His service is done

Bloody blasphemy

Sinister's the word
As the demon's take their fill
An orgy's taking place
Human blood will spill
An act of worship
As they conceive the ghouls
Satan has their souls
They sing pagan tunes

The ceremony
Is sure to be cursed
They ask for his blessings
But, down comes the worst
Their bodies, soulless
A corpse from the grave
Their minds are helpless
And, no one can save
No one can save them

MAUS PRESSÁGIOS

Caem as estrelas, e elas
Espatifam no mar
"Meu nome é Baphomet"
Venha dançar comigo
Sacrificar as virgens
Ritos espirituais
A hora do mestre deles chegou
A lua está cheia esta noite
Bebendo, dançando
Eles cultuam, e brindam o demônio
Que está observando
Com demônios distantes
Fogo, subindo
Correndo em seu sangue
Possuído, ingênuo
Seu serviço está feito

Blasfêmia sangrenta

Sinistro é a palavra
Enquanto o demônio serve o banquete deles
Uma orgia está acontecendo
Sangue humano derramará
Um ato de adoração
Enquanto eles concebem os demônios
Satã possui suas almas
Eles cantam melodias pagãs

A cerimônia
É óbvio que será amaldiçoada
Eles pedem suas bênçãos
Mas, logo vem o pior
Os corpos deles, ficam sem almas
Um cadáver do túmulo
Suas mentes estão paralisadas
E, ninguém pode salvá-los
Ninguém pode salva-los

I AIN'T SUPERSTITIOUS

(Willie Dixon)

I ain't superstitious
When a black cat crosses my path
And, I ain't superstitious
As I break the looking glass
Ain't afraid of no demons
Don't make me laugh!
I ain't superstitious
Under the ladder I go
I ain't superstitious
It's all bullshit, don't you know!
Ain't afraid of the shadows
I like the dark anyway, and that's a fact!
I ain't superstitious
No such thing as bad luck
I ain't superstitious
I couldn't really give a fuck
Take your stupid superstitions
And find some other paranoid
Chickens hit, sissy, worm, and, tell it to him

EU NÃO SOU SUPERSTICIOSO

(Willie Dixon)

Eu não sou supersticioso
Quando um gato preto cruza meu caminho
E, eu não sou supersticioso
Quando eu quebro o espelho
Eu não estou com medo de nenhum demônio
Não me faça rir!
Eu não sou supersticioso
Eu passo debaixo da escada
Eu não sou supersticioso
É tudo papo furado, você não sabe!
Eu não estou com medo das sombras
Eu gosto da escuridão de qualquer jeito, e isso é um fato!
Eu não sou supersticioso
Sem essa de má sorte
Eu não sou supersticioso
Eu realmente não posso dar a mínima para isso
Peguem suas superstições estúpidas
Encontrem algum outro paranóico
Seus medrosos, maricas, vermes, e contem isso a ele

MY LAST WORDS

My life is on time
But again my sense is late
Feel a might unsteady
But still I have to play
Six to one's the odds
And, we have the highest stakes
And, once again
I gamble with my very life today
Highly polished metal
The oil makes it gleam
Fill the terror chamber
Your mind begins to scream
Your life is like a trigger
Never trouble till you're squeezed
Now you crack a smile
As you give the gun a squeeze

Place the pistol down
Now give the gun a spin
Soon as the spinning stops
Oh no, the game starts in
A hateful way of vengeance
A bit of playful sin
Load another bullet
Now the second round begins

A couple grains of powder
A couple grams of lead
A touch against the trigger
A touch inside the head
Take another drink, and
Raise the last bets
Think about my last words
They might be what I just said

A click comes from the hammer
That couldn't drive a nail
Sense the numbing cold blue
Or the red of Hades grill
A fraction of a second
Do you lose, or maybe still
Pass it to the left
And, collect your mighty kill

Add another bullet
The third round begins
Soon as the spinning stops
Oh no, the game starts in
Please, no I.O.U.'s
No markers for death
Does anybody play? Anybody
Somebody, anybody play

You, you, next victim, you next to die
You, you, next victim, you next to die
You, come on, next victim, your turn to die
You, come on, next victim, your turn to die

MINHAS ÚLTIMAS PALAVRAS

Minha vida está no tempo certo
Mas outra vez meus sentidos estão atrasados
Sinto um poder instável
Mas eu ainda tenho que jogar
Seis por um, são as chances
E, nós temos as maiores apostas
E, mais uma vez
Eu aposto minha vida hoje
Metal altamente polido
O óleo o faz brilhar
Encha a câmara do terror
Sua mente começa a gritar
Sua vida é como um gatilho
Nunca causa problemas até que seja apertada
Agora você abre um sorriso
Enquanto aperta o gatilho

Abaixe a pistola
Agora dê um giro nela
Tão logo pare de girar
Oh não, o jogo começa
Uma maneira odiosa de vingança
Um pouco de um pecado divertido
Carregue outra bala
Agora o segundo round se inicia

Uns resquícios de pólvoras
Umas gramas de chumbo
Um toque no gatilho
Um toque dentro da cabeça
Tome outro drinque, e
Aumente as últimas apostas
Penso em minhas últimas palavras
Talvez elas sejam o que eu preciso dizer

Um estalo vem do martelo
Que não pôde pregar um prego
Sinta aquela fria sensação de perder os sentidos
Ou o vermelho do Inferno grelhando
Uma fração de segundo
Faz você perder, ou talvez ainda
Passar despercebido
E, juntar sua poderosa matança

Acrescente outra bala
O terceiro round começa
Tão logo pare de girar
Oh não, o jogo começa
Por favor, sem essa de “eu te devo uma”
Sem marcadores para a morte
Qualquer um joga? Qualquer um
Qualquer pessoa, qualquer um joga

Você, você, a próxima vítima, o próximo a morrer
Você, você, a próxima vítima, o próximo a morrer
Você, venha, a próxima vítima, sua vez de morrer
Você, venha, a próxima vítima, sua vez de morrer








Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Megadeth"

Dave Mustaine: E se ele tivesse tocado nos Novos Baianos?
Megadeth: Ellefson fala sobre drogas e álcool a estudantes
David Ellefson: falando sobre drogas com adolescentes dos EUA
Guitar World: 11 Álbuns Essenciais do Thrash Metal
Megadeth: promovendo o "Youthanasia" no David Letterman
Orion: "Somos nós ou o Behemoth nessa turnê", disse Mustaine
E Se...: Sua banda favorita mudasse de gênero musical?
Megadeth: temas de filmes e desenhos que talvez você não conheça
Megadeth: ouça "Anarchy In The UK" com Axl Rose e Lars Ulrich
Shawn Drover: a indústria de discos está se tornando passado
Megadeth: Vinícola Mustaine, o Metal é clássico!
Dave Mustaine: lançando o vinho "Symphony Interrupted"
Megadeth: como teria sido o teste de Pepeu Gomes para a banda?
Metal All-Stars: baterista Nick Menza está fora da turnê
Dave Mustaine: difícil ser anarquista com um Mercedes na garagem

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Fernando P. Silva

Fernando Silva é membro do Whiplash! e responsável pela seção de traduções. Colaborando com o site há mais de 5 anos, é quem organiza e revisa todas as traduções que são publicadas nesta seção, contando também com o auxílio de amigos e colaboradores do site. Eclético, curte desde o blues e um bom rock n' roll até o melhor do hard e do heavy, sendo o Metallica (até a eternidade) sua banda preferida. Correções de material postado anteriormente, críticas ou sugestões para novas traduções podem ser feitas através do contato direto com o autor. Email: [email protected].

Mais matérias de Fernando P. Silva no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas