70000 Tons of Metal: Como é participar do cruzeiro?

Resenha - 70000 Tons of Metal (Miami, 02/02/2017 a 06/02/2017)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Marcio Cardoso
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

70000 Tons of Metal se resume em 4 dias, 61 bandas de heavy metal em um navio com cama, banheiros com agua corrente e muita comida.

Metallica: Ulrich fala sobre cocaína e beber socialmenteFotos de infância: rockstars em constrangedoras fotos de anuário

Primeiro dia começou cedo, chegamos no porto e o embarque foi realizado as 2:30PM. Aqui começou os primeiros erros, deveríamos ter aproveitado as horas para ir verificar a localização dos eventos onde os shows iriam acontecer, mas ao invés resolvemos ir conhecer as pessoas, beber e comer no buffet.

Primeiro show começou as 5:15PM e haviam duas bandas tocando simultaneamente, o Scar Symmetry no Studio B e o Trauma no Pyramid Lounge, escolhi verificar a performance do Scar Symmetry que mostrou um heavy metal bem poderoso ao vivo, na sequencia o Amaranthe abria o Alhambra Theater com uma performance eficaz, o Death Angel tocou no Studio B com um set que agradou tantos os fans antigos quantos os mais novos. Na correria voltamos ao Alhambra para verificar o set do Grave Digger, infelizmente eles tiveram alguns problemas técnicos e o show atrasou um pouco, o que infelizmente criou um efeito domino e quebrou toda uma programação de muitos fans. O show do Grave Digger foi muito bom, a banda continua mostrando seu Power Metal cheio de vigor, na sequencia era o Testament que teve ainda mais problemas técnicos no Alhambra Theater. Infelizmente para conferir o Testament eu acabei comprometendo bandas como Moonsorrow, Devildriver e Unleashed, mas a espera acabou e o Testament entrou no palco mesmo com problemas técnicos e mandou aquele famoso Speed Thrash Metal bem estilo Bay Area. Arch Enemy entrou na sequencia no mesmo palco e executou um set que deixou todo mundo com o pescoço caindo, Alissa White está cantando muito bem as musicas ao vivo. As 2:15 da manha o Pain entrava no Studio B e mesmo com a pouca quantidade de “survivors” ainda acordados muita gente ficou até o final e para fechar a minha noite fui conferir o black metal do Marduk as 4:00 da manha no Alhambra Theater. Na sequencia ainda tinha Trollfest, Demolition Hammer e Psycroptic. Devido ao horário acabei perdendo Cattle Decapitation, Nightmare, Serenity, Ghost Ship Octavius, Touch the Sun e Edenbridge.

Segundo dia começou bem cedo, as 10:00 da manha já tinha o Stam1na tocando no Pool Deck, mas só consegui começar o meu dia com o show do Saltatio Mortis no Pool Deck, bem interessante essa banda da Alemanha, o Powerglove tocou no Studio B e levou o pessoal a loucura tocando temas de desenhos e video games numa versão Power Metal. Xandria fez uma perfomance excelente e assim que acabou corremos para conferir o Haggard, infelizmente com ventos fortes e problemas técnicos o Haggard acabou atrasando, então fomos conferir o Therion no Alhambra Theater que fez, na minha opinião, uma das melhores performances do festival. O Angra tocava na sequencia no Pool Deck e foi uma das poucas bandas de Heavy Metal mais tradicional e a única banda representando o Brasil no 70000K. Essa edição de 2017 havia mais bandas voltada ao metal extremo. Amorphis tocou na sequencia e colocou todo mundo para agitar no Pool Deck. Infelizmente devido o atraso o Amorphis acabou tocando durante o horário que o Carcass estaria tocando no Alhambra Theater o que fez muita gente perder alguma parte do show. Anthrax não perdeu tempo e mostrou um Thrash Metal que parecia uma reunião de todo mundo no navio, o show estava lotado. Kamelot começou o show um pouco depois das 11:00PM e com convidadas mais que especial, Alissa White-gluz e Elize Ryd se juntaram ao palco e tocaram algumas musicas juntos. Na sequencia tinha o Draconian executando um doom metal no Alhambra Theater. O Vreid mandou um black metal no Pool Deck e para fechar o segundo dia o Stuck Mojo tocou um set bem energético no Studio B. Mesmo correndo o tempo todo existem alguns shows que não da para conferir, aqui segue alguns nomes Mors Principium Est, Striker, Orphaned Land, Uli Jon Roth, Total Death, Avatarium, Manegarm, Dying Fetus, Overkill, Cruachan, Misery Loves Co. Dalriada, Axxis, Cryptopsy, Grave, Einherjer, Equilibrium, Cryptex, Omnium Gatherum, Witchtrap e Allegaeon.

Terceiro dia quase todo mundo visitou Labadee (Haiti) e os shows começaram um pouco mais tarde, deu para assistir o Ghost Ship Octavius, Moonsorrow, Overkill, resolvemos pegar mais um set do Testament e do Kamelot. O Haggard que dessa vez tocou no Alhambra Theater fez uma apresentação impecável. O Amorphis tocou o album Eclipse na integra, o Dying Fetus colocou todo mundo pra agitar no Pool Deck as 4:00 da manha. O Grave Digger fez mais uma apresentação memorável com uma homenagem ao Lemmy. Xandria fez um set bem parecido com o anterior e o Equilibrium colocou todo mundo a agitar. No terceiro dia acabei perdendo os shows do Mors Principium Est, Grave, Uli Jon Roth, Trollfest, Stam1na, Demolition Hammer, Psycroptic, Einherjer, Allegaeon, Cryptosy, Castle Decapitation, Revocation, Total Death, Powerglove e Striker.

Ultimo dia Amaranthe, Pain, Carcass, Kalmah e Arch Enemy executaram mais um set bem coerente, os destaques dessa vez foram o Anthrax que fez uma homenagem ao Dio e ao Dimebag. Devildriver reuniu uma quantidade grande de telespectadores e o Angra tocou o holy land na integra. O Therion fechou o Pool Deck numa apresentação mais que memorável e segundo o Christofer Johnsson, pode ser que seja uma das ultimas apresentações do Therion devido a problemas de saúde. O ultimo show foi uma celebração do Death Angel que fechou mais uma edição do 70000 Tons of Metal.

Não existe back stage e você pode vir a assistir alguns shows com os membros das bandas, em vários shows encontramos o pessoal do Carcass, Death Angel, Kamelot, Testament, Arch Enemy, Anthrax, etc. Uma experiência inesquecível para qualquer fan de Heavy Metal.

Infelizmente o único ponto negativo foi o Gojira e o Nile terem cancelado sua participação no festival por motivos pessoais.

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de Shows

Metallica
Ulrich fala sobre cocaína e beber socialmente

Fotos de infância
Rockstars em constrangedoras fotos de anuário

USA Today
As 20 maiores de todos os tempos nos Estados Unidos

Avenged Sevenfold: 10 músicas que podem fazer você mudar de idéiaSeparados no nascimento: Kevin Bacon e Myles KennedyUltimate Guitar: as 21 músicas mais épicas de todos os temposBlur: após cinco horas no palco, Damon Albarn é retirado por segurançasOzzy Osbourne: "Minha esposa não me empurra para o palco"Michael Kiske: "nunca fui chamado para o Iron Maiden"

Sobre Marcio Cardoso

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online