Noturnall: Banda veio para renovar o cenário do metal nacional

Resenha - Noturnall (Carioca Clube, São Paulo, 29/03/2014)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fabio Andre Santana
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Sábado, 29/03/2014, uma data que já pode ser considerada histórica para os fãs de heavy metal nacional!

Arena: Um projeto para ser aplaudido de péTom Araya: ensinando filhos a ouvir Metal

Neste dia estreou nos palcos do Carioca Club, em São Paulo a banda Noturnall, formada pelos integrantes do Shaman: Thiago Bianchi (vocal), Fernando Quesada (baixo), Léo Mancini (guitarra), Junior Carelli (teclado) juntamente com o renomado baterista Aquiles Priester (Hangar, Ex- Angra) em um incrível show beneficente e gratuito, realizando a também gravação de um DVD deste primeiro show, com a participação especial do vocalista Russell Allen (Symphony X, Adrenaline Mob). Mais de uma tonelada de alimentos, além de fraldas e brinquedos foram arrecadados para a Casa Hope – instituição de apoio a crianças com câncer, um belíssimo gesto de solidariedade.

Pontualmente, as 19 horas a banda subiu ao palco, a casa estava completamente lotada e ansiosa para conferir a performance do Noturnall. Aquiles Priester fez as honras, falando ao público que estava muito feliz e surpreso com o apoio e reconhecimento do público com relação ao Noturnall e que esta seria uma noite inesquecível para os fãs de heavy metal.

Thiago Bianchi, vocalista da banda, contou que a ideia de realizar este evento de forma beneficente se deve ao fato que ele ter se curado de um câncer terminal, há 13 anos atrás e que havia decidido demonstrar seu agradecimento 13 anos depois com a realização deste show arrecadando alimentos, fraldas e brinquedos para uma instituição de apoio ao câncer, realizando assim as doações para a Casa Hope.

Alguns instantes depois, um vídeo surgiu no telão com animações das artes do álbum, zumbis e monstros e o Noturnall inicia o show com “No Turn At All”, faixa de abertura do disco, para delírio do público presente no Carioca Club. Apesar do pouco tempo de lançamento da banda e álbum, o público demonstrou que já sabia a letra, cantando o tempo todo junto com Bianchi.

Na sequência, a banda mandou outra “pedrada”, com St Trigger, com destaque para a sensacional performance de Aquiles Priester, além das excelentes projeções no telão, sempre sincronizadas com o show. Thiago Bianchi também mostrou que não estava para brincadeira quando disse que o show seria pesado e logo após anunciou “Inferno Veil”, uma das melhores faixas do álbum “Origins” do Shaman. No meio da canção, Bianchi pede para que o público crie um “Wall of Death”, sendo um dos momentos mais agitados do show, onde rolou um imenso “bate-cabeça”. Destaque para Juninho Carelli e seu solo de Ipad.

Quando todos esperavam um momento de calmaria, logo surgiram novas projeções no telão, com monstros e zumbis. Thiago Bianchi pergunta se o público quer ouvir mais sons do Noturnall e convida a todos para cantar o início de “Zombies”, faixa do álbum de estreia da banda. Destaque para a performance arrepiante do vocalista.

Na sequência, a banda executou “Master of Deception”, destaque para os riffs de Léo Mancini e “Hate”, esta última cantada em coro pelo público presente e no seu final Aquiles Priester demonstra toda sua técnica em um impressionante solo de bateria com direito a “Brasileirinho” versão metal.

A banda retorna ao palco e Thiago Bianchi anuncia um convidado especial, o garoto Luis Fernando, de 13 anos, tocando cello na belíssima balada “Last Wish”. Aquiles anuncia que o garoto não estava lá a toa e a banda mandou um cover, “Symphony of Destruction” do Megadeth, onde Luis fez um excelente solo de cello, revezando com Léo Mancini.

Ao final a banda sai do palco e entram 2 mascarados com bandeiras do Brasil. O telão exibe um vídeo com imagens de protestos, na sequencia a banda retorna seguindo com mais musicas de seu álbum “Fake Healers”, destaque para Fernando Quesada numa excelente performance de baixo e “Sugar Pill”, uma das melhores faixas do disco.

É chegado o momento mais esperado da noite: junto com os acordes iniciais, surge de forma sincronizada nos telões o videoclipe de “Noturnal Human Side”, o público vibra e eis que surge no palco Russell Allen, para delírio de todos presentes. Super carismático e cheio de energia, Russell agita a galera, dividindo os vocais com Thiago Bianchi e o público não deixa barato - cantando em coro durante toda a música.

Na sequência, a maior surpresa da noite: Noturnall e Russell Allen mandam “Stand up And Shout”, do Dio, em uma performance impressionante!! Para encerrar com chave de ouro, nada melhor que um clássico absoluto do Heavy Metal e a banda executa “War Pigs”, do Black Sabbath, Bianchi dividindo os vocais com Russell e agitando o publico presente.

Sem dúvida foi uma noite inesquecível para os fãs de Heavy Metal, onde o Noturnall pode demonstrar - além de sua performance impecável - que veio para renovar o cenário do metal nacional, com excelentes composições! E que venham novos shows!!

Setlist:

No Turn At All
St. Trigger
Inferno Veil
Zombies
Master of Deception
Hate
Solo de Bateria
Last Wish
Symphony of Destruction
Fake Healers
Sugar Pill
Nocturnal Human Side
Stand Up And Shout
War Pigs

Imagem

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Noturnall (Carioca Clube, São Paulo, 29/03/2014)

Noturnall: Provando que já tem sua legiãoNoturnall: Um renascimento para músicos que vieram pra ficar

Arena: Um projeto para ser aplaudido de péTodas as matérias e notícias sobre "Shaman"

Ricardo Confessori
"O Shaman foi o ápice da nossa carreira"

Andre Matos
Assista vídeo de Carry On com Van Canto no WOA

Anos 2000
A morte do Rock nas novelas da Rede Globo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 30 de março de 2014
Post de 31 de março de 2014

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Noturnall"Todas as matérias sobre "Shaman"

Slayer
Tom Araya ensinando filhos a ouvir heavy metal

Planet Rock
Os 40 melhores álbuns ao vivo de todos os tempos

Loudwire
Os melhores álbuns de rock de 2013 até agora

Macarrão Black Metal: alimento de todo headbanger from hellIndonésia: presidente headbanger negou clemência a traficante brasileiroMúsica clássica: Bach, Beethoven e Vivaldi em versão MetalTom Morello: Pagando de rockstar contra pequeno restaurante em SeattleManowar: vídeo antigo mostra quebra de recorde mundialHelloween: "temos boa relação com Kai Hansen"

Sobre Fabio Andre Santana

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online