Tributo à Maldita: Água Brava de volta, 27 anos depois

Resenha - Tributo à Maldita (Parada da Lapa, RJ, 06/04/12)

  

Por Marcos Mustaine, Fonte: Minuto HM, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários:   | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Apesar de algum atraso, o Minuto HM vem trazer por aqui um pouco do que foi o Tributo à Maldita, que prestou uma justa homenagem à Rádio Fluminense FM. A Maldita, como era conhecida a rádio, contribuiu para todas as vertentes do rock em especial no Rio de Janeiro, no início dos anos 80 e nesse ano comemoraria 30 anos de vida. O evento marcou de forma principal para a volta ao palco de uma das bandas pioneiras do hard rock nacional, o Água Brava.

Imagem

A festa, que contou com bom público, deu-se no Parada da Lapa, no dia 06 de abril deste ano. Para tal, a escritora Maria Estrella esteve ilustremente contribuindo com a noite, autografando 200 livros da segunda edição do seu livro "Rádio Fluminense FM: a porta de entrada do rock brasileiro nos anos 80", que teve a primeira edição completamente esgotada, face ao justo resgate através de suas linhas da importância da rádio nos anos 80. A parte musical começou com Lu Baratz e Bloco Cru, que faz aquela inusitada misturada de clássicos de rock com o ritmos mais brasileiros, como o samba.

A noite foi mágica e boa parte dessa magia deveu-se a presença de outro expoente do hard rock cantado em português, no momento de abertura política do país no ínicio dos anos 80, o cantor Vid, com sua banda, que por cerca de 40 minutos trouxe entre outras canções, o hit Brilhar a Minha Estrela, que foi um grande sucesso do vocalista com a banda Sangue Azul e o clássico Smoke On The Water , do Deep Purple. O cantor esbanjou simpatia, tirando fotos com todos e boa forma vocal, algo que sempre foi reconhecido desde o início de sua carreira. Seguem alguns registros da apresentação (e por favor não se atenham a baixa qualidade audiovisual).

Inscreva-se no Whiplash.Net no YouTube

Inscreva-se no Whiplash.Net no YouTube

George Israel e sua banda entraram depois de Vid, trazendo músicas de sua banda, Kid Abelha, entre outras canções, como algo da carreira de Cazuza. O sax de Israel pode ser visto em todos os locais do evento, pois o músico passeou inclusive para fora da plateia, na área externa, tocando seu instrumento.

A noite, que já estava boa, ficou melhor ainda, com o Água Brava no palco. Nos bastidores, antes do show, um encontro entre um Marcelo, um grande amigo de Jacaré, o saudoso bateria original, e Ivo deu a tônica do que seria a apresentação da banda: emoção atrás de emoção. Eu, Marcos Mustaine, me senti muito honrado por estar com o manto do Minuto HM no evento, camisa essa que foi reconhecida de imediato por todos do Água Brava. Tanto Daniel Cheese quanto Ivo e sua esposa foram muito receptivos ao blog, elogiaram muito a qualidade do espaço criado pelo Minuto HM e agradeceram a força nessa volta da banda, me presenteando com uma edição especial do CD novo, ainda a ser lançado.

Bem, chegou enfim a hora do três "garotos" do Água Brava, e eles começam à toda, com a histórica música Pressão. Ivo emociona a toda plateia, que não arredou pé enquanto a banda não tocava, ao falar que 27 anos se passaram desde a última vez que ele e Daniel estiveram no palco. A mini-apresentação segue com Esquizofrenia, fechando com Enquanto a Bomba Não Vem. O show traz muita energia, uma ótima estréia do novo baterista Cesinha, que teve a grande responsabilidade de assumir o posto deixado por Jacaré. Daniel não deixou por menos, com excelentes solos, e Ivo comandou a festa, apresentando um baixo com som incrível. Trazemos aqui o registro da apresentação, que embora deixe à desejar pela qualidade de imagem e som, vale pela raridade de tratar-se de um inimaginável reencontro no palco, tantos anos depois.

Inscreva-se no Whiplash.Net no YouTube

A noite seguiu com o projeto formado por Rodrigo Santos, do Barão Vermelho, contando com outras figuras carimbadas do rock nacional, como Fernando Magalhães, Tony Platão, Kadu Menezes, Avellar Love, Humberto Barros, Arnaldo Brandão e Da Gama, tocando músicas super conhecidas do rock brasil da década de 80. Vale destacar a simplicidade e cumplicidade de Rodrigo com o projeto homenagem à Rádio Fluminense FM.

O Minuto HM, que está com o Água Brava desde que o sonho da volta ainda estava distante, estará acompanhando os próximo passos dessa volta. E o próximo passo já tem data: dia 28 de julho, no Rio Rock & Blues, Rua Riachuelo, número 20, Lapa, Rio de Janeiro. Quem quiser, pode comprar antecipadamente ingressos com desconto através do Facebook da banda para o show que servirá como lançamento oficial do tão esperado CD do Água Brava .

Saudações metalmaníacas!

Marcos Mustaine

Colaborou : Alexandre Bside e Flávio Remote

Matéria original: Minuto HM
http://minutohm.com/2012/06/28/tributo-a-maldita-agua-brava-...

  

Em 16/08/1977
Morria Elvis Presley

AC/DC
Brian Johnson ferrou audição nas corridas, não no palco

Shaman
Thiago Bianchi quebra taça de cristal com a voz

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Marcos Mustaine

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em maio: 1.516.623 visitantes, 3.493.157 visitas, 8.578.731 pageviews.