Em 01/04/2012 | Resenha - Roger Waters (Estádio do Morumbi, São Paulo, 01/04/12)

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Roger Waters (Estádio do Morumbi, São Paulo, 01/04/12)


  | Comentários:

Quem viveu no planeta Terra nos últimos 33 anos com certeza em algum momento da sua vida já deve ter ouvido pelo menos uma vez a famosa canção “Another Brick In The Wall Pt. II” do Pink Floyd. E nestas três décadas e mais um pouco, todo fã de rock e boa música em geral com certeza já ouviu o álbum “The Wall”. Se não ouviu, com certeza já ouviu falar, ou já assistiu ao filme baseado no disco. Fato é que o famoso álbum conceitual do quarteto britânico é cercado de histórias de todos os tipos, seja pelo fato de ser uma obra-prima, seja por ter sido um divisor de águas na história da banda (foi o último gravado pela formação clássica), seja pelo sucesso arrebatador das vendas ao redor do mundo.

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Porém, o que os verdadeiros fãs do grupo mais comentam é a megalomaníaca turnê de promoção, onde nos shows o álbum era apresentado na íntegra, numa superprodução, com direito a um muro gigante construído em frente a todo o palco, o uso de projeções de imagens e animação, explosões, iluminação de última geração... Quem teve a oportunidade de presenciar, lembra saudosamente. Quem não teve a mesma sorte, teve que se contentar com alguns vídeos piratas que rodaram o mundo.

Eis que trinta anos depois, George Roger Waters, seu idealizador e compositor de 99% de seu conteúdo, resolveu reviver tudo isso, rodando o mundo com o show “The Wall Live”. Se há cerca de vinte anos atrás, ele aproveitava a queda do muro de Berlim para realizar um espetáculo cercado de estrelas da música, desta vez ele e sua banda solo retomam o conceito com o máximo que a tecnologia atual permite, seja em termos de som ou da produção em geral, tendo como mote o terrorismo, a pobreza e outros grandes males que isolam minorias no mundo.

Imagem

Além de reviver tudo isso, o espetáculo “The Wall” (tanto no original quando neste) nos remete às origens do Pink Floyd, ainda em sua fase psicodélica, pelo fato de que a banda costumava tocar escondida atrás de uma grande tela que projetava imagens, sendo sua música uma trilha sonora do que acontecia no palco.

Falar sobre a perfeição do espetáculo, da tecnologia, do som absurdamente perfeito é redundância. A banda afiadíssima, que em sua maioria já acompanha Waters há várias turnês, é outro grande destaque, desta vez contando ainda com os préstimos de G. E. Smith, conceituado músico que durante anos foi responsável pela banda do programa de TV norte-americano “Saturday Night Live” – ele entrou na vaga deixada pelo carismático Andy Fairwether-Low.

Imagem

Além da homenagem prestada a Jean Charles Menezes, outros pontos a ressaltar na apresentação em São Paulo foram Roger se comunicando em português com o público, além de algumas expressões em nossa língua nas projeções do muro – em “Mother”, a plateia foi ao delírio quando na música ele pergunta “Mother, should I trust the government?” e lia-se um enorme “NEM F....” como “resposta”... Outro momento que chegou a ser “tragicômico” foi a tentativa mal sucedida de inflar o famoso porquinho voador, que acabou sendo arrastado pela galera da pista de um lado para o outro do estádio...

Imagem

O melhor momento do show? Bom cada um tem suas favoritas pessoais, mas impossível não destacar a abertura com “In The Flesh” e todas as suas explosões e efeitos sonoros, bem como a participação das crianças de Heliópolis em “Another Brick In The Wall Pt. II”, Waters sendo acompanhado por ele mesmo “versão 1980” nas projeções em “Mother”, a esperadíssima e aclamada “Comfortably Numb” e as animações no encerramento em “The Trial” culminando com a queda do muro...

Um espetáculo para se guardar na memória eternamente.

Set List:

PRIMEIRA PARTE

1 – “In the Flesh?”
2 – “The Thin Ice”
3 – “Another Brick in the Wall pt.I″
4 – “The Happiest Days of Our Lives”
5 – “Another Brick in the Wall pt. II″
6 – “Mother”
7 – “Goodbye Blue Sky”
8 – “Empty Spaces”
9 – “What Shall We Do Now?”
10 – “Young Lust”
11 – “One of My Turns”
12 – “Don’t Leave Me Now”
13 – “Another Brick in the Wall pt. III″
14 – “The Last Few Bricks”
15 – “Goodbye Cruel World”

SEGUNDA PARTE

16 – “Hey You”
17 – “Is There Anybody Out There?”
18 – “Nobody Home”
19 – “Vera”
20 – “Bring the Boys Back Home”
21 – “Comfortably Numb”
22 – “The Show Must Go On”
23 – “In the Flesh”
24 – “Run Like Hell”
25 – “Waiting for the Worms”
26 – “Stop”
27 – “The Trial”
28 – “Outside the Wall”

Imagem

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Outras resenhas de Roger Waters (Estádio do Morumbi, São Paulo, 01/04/12)

Roger Waters: para ser vivido, visto, ouvido e sentido


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de Shows
Todas as matérias sobre "Roger Waters"
Todas as matérias sobre "Pink Floyd"

Discos: Capas vistas no Google Street View
Parcerias Brilhantes: duplas que marcaram história
Homenagens: Canções inspiradas em músicos falecidos
Mais capas de álbuns: a história do rock no Google Street View
Rock e metal: o outro lado das capas de discos
Pink Floyd: Rolling Stone lança edição especial sobre a banda
Pink Floyd: entenda o "estilo Gilmour" de tocar guitarra
Mustaine: uma nota de Gilmour vale mais que muitos solos
Pink Floyd: banda ganhará exposição multi-sensorial
Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rock
Pink Floyd: DSOTM - o que escutar antes do fim do mundo?
Alan Parsons Project: Um álbum de audição agradabilíssima
Hunger: uma versão bem mais pesada de "Another Brick In The Wall"
Pink Floyd: um inusitado tributo a Syd Barrett
Pink Floyd: Shine On... a atmosfera Syd Barrett

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Doctor Robert

Conheceu o rock and roll ao ouvir pela primeira vez Bohemian Rhapsody, lá pelos idos de 1981/82, quando ainda pegava os discos de suas irmãs para ouvir escondido em uma vitrolinha monofônica azul. Quando o Kiss veio ao Brasil em 1983, queria ser Gene Simmons e, algum depois, ao ver o clipe de Jump na TV, queria ser Eddie Van Halen. Hoje é apenas um bom fã de rock, que ouve qualquer coisa que se encaixe entre Beatles e Sepultura, ama sua esposa e juntos têm um cãozinho chamado Bono.

Mais matérias de Doctor Robert no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas