Dragonforce: ótimo show para um publico seleto

Resenha - Dragonforce (Carioca Clube, São Paulo, 08/11/2009)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Fonte: Ponto ZerØ Blog
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Devido ao difícil acesso, pelo menos para nós do Ponto ZerØ, não conseguimos chegar ao Carioca Clube a tempo de assistir ao show do Burning Christmas. A banda de de Power Metal Melódico de Guarulhos (SP), que divulga seu recém lançado álbum "The Last Symphony" (2009), foi a responsável para abrir o show do DRAGONFORCE!

Dragonforce: detalhes sobre novo disco, "Reaching Into Infinity"Vocalista: dez razões pelas quais os demais integrantes o odeiam

Logo que entramos no Carioca Club, as cortinas se abriram para o inicio do show do DRAGONFORCE. A música que abriu o show foi "Heroes of Our Time", primeira música do álbum "Ultra Beatdown" de 2008, que agitou a galera que cantava junto com o vocalista Zp Theart. Durante a execução da música podemos perceber que a casa não estava lotada, talvez devido aos festivais que ocorreram no mesmo fim de semana que o show da banda em São Paulo. Mas durante o show o público foi chegando, bem seleto, só com fãs do DRAGONFORCE.

"Operation Ground and Pound" e "Fury of the Storm" foram as próximas e podemos ter idéia de quanto a banda tem evoluído com o passar dos anos, com uma boa presença de palco e entrosamento de seus integrantes, em especial dos guitarristas Herman Li e Sam Totman, que fizeram parte do DEMONIAC, uma das maiores bandas de black metal da Nova Zelândia, que fazem duelos de guitarras em quase todas as músicas. "Black Winter Night" e "Starfire" são as próximas, ambas do primeiro álbum da banda, "Valley Of The Damned", lançado em 2003.

Vêm "Reasons to Live", mais uma música do novo álbum "Ultra Beatdown", seguida por "Soldiers of the Wasteland" e "The Last Journey Home". Não podemos deixar de destacar o guitarrista Herman Li com toda sua técnica e seus solos rápidos. Li é um dos principais integrantes da banda e tem uma ótima presença de pálco. "Valley of the Damned", também do primeiro álbum da banda, encerra a primeira parte do show.

Após uma pequena pausa o vocalista Zp Theart retornou ao palco para anunciar a próxima música, "My Spirit Will Go On". Destaque para o baixista Frédéric Leclercq e o baterista Dave Mackintosh, que completam a cozinha da banda. Logo após o termino desta música, talvez a parte mais esperada do show, a execução de "Through the Fire and Flames", considerada a música mais difícil do jogo Guitar Hero III: Legends of Rock, cantada em uníssono por todos que compareceram no Carioca Club.

O DRAGONFORCE fez um ótimo show para um publico seleto, que estava ali esperando um bom desempenho da banda e teve um resultado satisfatório. Nós agradecemos a Dark Dimensions, por nos conceder as credenciais e aproveitamos para parabenizar pela ótima iniciativa de trazer sempre bons shows para o Brasil.

1. Heroes of Our Time
2. Operation Ground and Pound
3. Fury of the Storm
4. Black Winter Night
5. Starfire
6. Reasons to Live
7. Revolution Deathsquad
8. Soldiers of the Wasteland
9. The Last Journey Home
10. Valley of the Damned

Encore:
11. My Spirit Will Go On
12. Through the Fire and Flames

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Dragonforce: detalhes sobre novo disco, "Reaching Into Infinity"Dragonforce: veja a capa do novo álbum da bandaBlend Guitar: em vídeo, batalhas fantásticas de guitarrasDragonforce: album novo ainda este ano, diz Herman LiTodas as matérias e notícias sobre "Dragon Force"

A7X, Metallica, Dragonforce
E se eles tocassem fora do tempo?

Sempre a mesma coisa
12 bandas que nunca mudam

Dragonforce
Kirk Hammet indica o guitarrista mais rápido que já ouviu

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Dragon Force"

Vocalista
Dez razões pelas quais os demais integrantes o odeiam

Mr Catra
Uma lista das suas maiores influências no rock

True Metal
Como ele deve agir na hora da foto

Lemmy Kilmister: o personagem de Super Mario que foi inspirado na lendaZakk Wylde: "eu bebia porque curto tomar um porre"Mudanças: 5 bandas que seguem sem membros da formação originalBlack Sabbath: "God is Dead?" leva Ozzy para mais perto de DeusBateristas: em vídeo, os 10 melhores do metalMetallica: Análise vocal de James Hetfield

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online