Heaven and Hell: apresentação magnificente em meio ao caos

Resenha - Heaven & Hell (Credicard Hall, São Paulo, 15/05/2009)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Karina Detrigiachi
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Sexta-Feira dia 15/05, uma data inesquecível para as aproximadamente 3 mil pessoas que compareceram ao Credicard Hall para conferir a essência do Heavy Metal, porém infelizmente nem só de flores se fazem os contos...

Facebook: bandas terão mais dificuldade em divulgar materialCensura: 53 nomes que você não pode dizer em uma rádio

Sexta feira fria e chuvosa em SP, detalhes que passaram despercebidos próximos a toda a ansiedade e emoção ao conferir ao vivo as lendas do Heavy Metal: Ronnie James Dio, Tony Iommi, Geezer Butler e Vinnie Appice.

Mesmo em meio ao frio e chuva de fim de semana, a fila para conferir a primeira apresentação em São Paulo do HEAVEN AND HELL era imensa e todos se mostravam muito animados.

O horário marcado para abertura da casa era 20h e quando os ponteiros atingiram 20h10 os nervos dos fãs ansiosos foram à flor da pele e um coro começou a xingar e gritar para que os portões fossem abertos, os pedidos foram atendidos e às 20h17 a fila começou a andar...

Assim que adentramos a casa demos de cara com uma situação já vista anteriormente, a famosa pista VIP, uma separação ridícula e que prova mais uma vez que o Brasil é um país que tem muito o que aprender sobre organização de eventos.

A pista comum da casa foi separada e os que ficaram na frente pagaram mais caro nos ingressos para conseguir ver a banda de perto e, se você é um dos que estavam nesta pista nem adianta reclamar uma vez que você também é vítima deste ato ridículo, pois se não houvesse essa separação gananciosa, para ficar na grade bastaria você chegar mais cedo ao local da apresentação e pagaria no ingresso o mesmo preço dos que ficaram atrás.

Mas infelizmente esta não foi a única decepção da noite....

O show programado para iniciar às 22h começou às 22h35 e muitos presentes mal conseguiam acreditar no que seus olhos contemplavam... o nome HEAVEN AND HELL se trata somente de uma camuflagem pois o que estava no palco era muito mais que um projeto paralelo ou a união de ex-integrantes de uma banda, aquilo senhoras e senhores era BLACK SABBATH.

E se você prefere Ozzy ao invés de DIO ou vice-versa, é indiferente, pois que aquilo era realmente BLACK SABBATH isso ninguém pode negar, o mito acontecendo em tempo real, a lenda diante de nossos olhos.

O show se iniciou muito bem com a introdução de “E5150” e então o quarteto subiu ao palco para começar a maravilhosa “Mob Rules”.

Logo em seguida DIO anunciou que a próxima música se tratava da primeira que eles compuseram juntos, deram iniciou então á "Children of the Sea".

Era impressionante ver a disposição de Ronald Padavona, mais conhecido como Ronnie James Dio ou simplesmente DIO, um ‘garoto’ no auge de seus 66 anos, com uma disposição e simpatia inacreditáveis.

Ele corria para todos os lados, sorria muito, e mostrou porque é considerado um dos melhores vocalistas de heavy metal, porque muito mais que um vocalista DIO é um grande frotman e sabe muito bem como ter o público em suas mãos.

Em seguida executaram a maravilhosa “I” do álbum “Dehumanizer” de 1992 e esta foi sucedida por “Bible Black”, primeira faixa retirada do álbum “The Devil You Know” e mesmo tendo sido lançado a pouco tempo, DIO dividiu os vocais com os fãs que mostraram conhecer muito bem a letra.

Porém foi também a partir de “Bible Black” que os problemas começaram. O microfone do DIO falhou várias vezes e estava relativamente alto, sobressaindo-se em meio aos outros instrumentos, que por sinal estavam baixos demais.

A próxima música foi “Time Machine” acompanhada de um solo majestoso de Vinnie Appice, o qual o fez interagir muito bem com o público, porém os problemas persistiram pois o som estava ensurdecedor e com certeza alguns que estavam na Pista VIP se arrependeram por estarem tão próximos às caixas de som.

Mesmo assim a banda não permitiu que os problemas afetassem o desenvolvimento de sua apresentação e Tony Iommi com sua postura calma acompanhado de Geezer Butler muito concentrado continuaram seu trabalho magnificente em meio ao caos.

Em seguida tocaram “Fear” e depois “Falling off the Edge of the World” esta que DIO descreveu como "Uma música que escrevemos em uma época em que o mundo era um lugar difícil para se viver. Bem, hoje em dia continua sendo assim...".

A próxima faixa foi "Die Young" com um maravilhoso solo de Iommi, seguida por "Heaven & Hell" com uma duração de 15 minutos.

A banda então se despediu e saiu do palco, e em menos de 3 minutos já estavam de volta e a postos para executarem “Country Girl/Neon Knights”. Ao final da música mais uma vez a banda se despede, distribuem palhetas, baquetas e saem do palco. As luzes foram acessas porém o público tinham esperança de ainda ver algo mais. Como num momento inesperado elas se apagaram porém em menos de um minutos se acenderam novamente, sim, o sonho havia terminado.

Mesmo em meio a todos os problemas com o sistema de som, foi realmente uma apresentação memorável, tanto para os fãs de SABBATH quanto para os fãs de DIO, e seja para os que já viveram a proeza de ver a banda anteriormente em qualquer ano que tenha sido, ou para os que aguardaram exatos 25 anos por este momento, o sonho se fez real e se fará presente para sempre porque mais que o show de uma banda, tivemos a oportunidade de contemplar a apresentação de uma lenda.

Tracklist:

E5150 (intro)/Mob Rules
Children of the Sea
I
Bible Black
Time Machine
Fear
Falling off the Edge of the World
Follow the Tears
Die Young
Heaven and Hell
BIS:
Country Girl/Neon Knights

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Heaven & Hell (Credicard Hall, São Paulo, 15/05/2009)

Resenha - Heaven & Hell (Credicard Hall, São Paulo, 15/05/2009)

Todas as matérias e notícias sobre "Heaven And Hell"

Black Sabbath
Iommi: "Nos separamos por causa do Live Evil!"

Ronnie James Dio
Escolhendo entre coprofilia, necrofilia e bestialismo

Dio
Escolhendo suas músicas de Heavy Metal/Rock favoritas

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"

Facebook
Bandas terão mais dificuldade em divulgar material

Censura
53 nomes que você não pode dizer em uma rádio

Nirvana
Perguntas e respostas e curiosidades

Solos: Alguns dos mais bonitos do Heavy MetalGuns N' Roses: Axl mandou expulsar Steven Adler de showThe Voice: candidato faz power metal cantado em portuguêsIron Maiden: a saga da prostituta Charlotte que virou HQVan Halen: Sammy Hagar só topa voltar se David Lee Roth ficarGene Simmons: como ele conheceu Shannon Tweed

Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online