Irmandade do Blues: todo show poderia ser como o deles

Resenha - Irmandade do Blues (SESI, São Paulo, 22/08/2008)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Bruno Leandro
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Todo show poderia ser como o da Irmandade do Blues nesta última sexta-feira. Ingressos a preços populares, o local aonde seria realizado o show é muito bem organizado e de fácil acesso, show pontual, com convidados especiais e com um som de primeira qualidade, aonde era possível identificar nitidamente cada instrumento.

Iron Maiden: ouça o baixo de Steve Harris isoladamenteThe Doors: A mais famosa foto do fantasma de Jim Morrison

A Irmandade do Blues é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores bandas de blues brasileira de todos os tempos, senão a melhor! Ao vivo fica claro o entrosamento entre Vasco Faé (gaita, voz e guitarra), Silvio Alemão (baixo), Edu Gomes (guitarra) e Fernando Lóia (bateria). O show no SESI da Avenida Paulista foi mais um da turnê de divulgação do seu último trabalho, o bem recebido "Good Feelings".

Pontualmente às 20h sai dos PAs do SESI introdução do álbum "Good Feelings", a faixa "Looking Above the Cotton Fields" e em seguida a banda já manda a música "Give it up", do primeiro álbum "Veneno" e "I'm moving" do último álbum.

Já no início do show a banda era ovacionada pela platéia que acompanhava atenta a cada solo de guitarra de Edu Gomes, sempre cheio de feeling e com um timbre único de sua Les Paul. Outro destaque do show foi a música "When I Be Back" que é uma parceria de Vasco Faé e do pianista Grineberg.

Como os próprios músicos da Irmandade disseram ao longo do show, a banda adora fazer versões de grandes clássicos da música mundial, como foi o caso de "Crossroads". O clássico de Robert Johnson (que tem versões mais conhecidas, como a interpretada pelo Cream de Eric Clapton) ganhou uma versão única cheia de feeling e com o vocal inconfundível de Vasco Faé. Vasco foi responsável por um dos melhores momentos do show, o seu já conhecido solo de microfonia.

Chega a hora da banda chamar o primeiro convidado especial da noite, o vocalista André Matos. André e Vasco interagiram com a platéia em "Mercedes Benz", que foi imortalizada na voz de Janis Joplin. Em seguida é a vez de Andreas Kisser [Sepultura] subir ao palco e mostrar seu timbre único de guitarra, como na música "Boom Boom Boom Boom".

A banda se despede da platéia tocando "Feeling all right", sendo aplaudidos por todos de pé até retornarem para o Bis com a versão "bluesy" de "Rock and Roll" do Led Zeppelin, com André Matos e Andreas Kisser.

Uma excelente apresentação da banda que anunciou para o fim do ano o lançamento do seu primeiro DVD.

SET LIST
01 - Give it up
02 - I'm moving
03 - Line'm
04 - Highway 49
05 - When I be back
06 - I gotta woman
07 - Southbound train
08 - Crossroads
09 - Mean old world
10 - Mercedes Benz
11 - I got the Blues
12 - Boom boom boom boom
13 - Feeling all right

BIS
14 - Rock'n Roll Bluesy

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Irmandade do Blues"

Iron Maiden
Ouça o baixo de Steve Harris isoladamente

The Doors
A mais famosa foto do fantasma de Jim Morrison

Marilyn Manson
De quem é a culpa pelos tiroteios nos EUA?

Pink Floyd: tudo sobre "Another Brick in the Wall"Kerrang!: listando 30 bandas que mudaram sua vidaAC/DC: membros agradecem Steven Tyler, mas ele não lembraP.O.D.: banda esclarece posição de Katy Perry no grupoGuns N' Roses: versões de Elvis e Stones nos primórdiosMetallica: Spotify não fez bem para vendas da banda

Sobre Bruno Leandro

Bruno Leandro escreve para o Whiplash! desde 2008. Fã de boa música acima de tudo, procura não criar pré-conceitos sobre nenhuma banda/estilo antes de ouví-los. Tem entre suas bandas favoritas o Sepultura, Gov't Mule, Kiss, Iron Maiden, Napalm Death, Morbid Angel, entre outras. É guitarrista da banda paulista de grindcore Desalmado.

Mais matérias de Bruno Leandro no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online