Mutantes: em BH, 40 anos depois, ainda relevante

Resenha - Mutantes (Espaço Lagoa, Belo Horizonte, 07/06/2008)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Arthur Lara Moreira
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Sérgio Dias Pode ser comparado a Dom Quixote e Dinho Leme é seu fiel escudeiro Sancho Pança. Mas, ao contrário do herói de Cervantes, a batalha do mutante não é vã. Prova disso foi o show no Espaço Lagoa em BH.

Arnaldo Baptista: Polysom relançará "Loki?" em vinil de 180gOlavo de Carvalho: Segundo ele, o Heavy Metal emburrece

A nova formação é consistente. Bia Mendes não deve nada a Rita Lee e Zélia Duncan. O outro vocalista, Fábio Recco, esteve perfeito, assim como os músicos de apoio. Mas o destaque é mesmo Sérgio Dias, um verdadeiro mago das guitarras. Deveria ter um reconhecimento muito maior do que tem.

O show começou por volta das 21h40. A canção de abertura foi “Dom Quixote”. Aliás, o repertório foi praticamente o mesmo do CD “Mutantes Ao Vivo - Barbican Theatre, Londres 2006”. Não faltaram clássicos como “Tecnicolor”, “Virginia”, “Top Top”, “Jardim Elétrico” e “Ando Meio Desligado”. Eles encerraram com “A Minha Menina” de Jorge Ben e, no bis, tocaram “A Hora e a Vez do Cabelo Nascer (Cabeludo Patriota)”, “Bat Macumba” e “Panis Et Circenses”.

40 anos depois, a banda mostra que ainda pode ser relevante para o cenário musical. A julgar pela música “Mutantes Depois”, também presente no show, o novo CD promete muita coisa boa.

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Guitarras
As mais icônicas do Rock - Parte 8

Arnaldo Baptista: Polysom relançará "Loki?" em vinil de 180gTodas as matérias e notícias sobre "Mutantes"

Antonio Pedro Fortuna
Parte da história do rock nacional

Copa do Mundo
Mojo elege as 15 canções mais incríveis do Brasil

Os 11 mais (ou menos)
O Suprassumo do Superestimado

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Mutantes"

Olavo de Carvalho
Segundo ele, o Heavy Metal emburrece

Chorão
Ex-esposa diz que perdeu a guerra para a cocaína

Nickelback
Deveriam aprender a tocar com o Foo Fighters

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1982Evanescence: Majura pega pesado com Phil após episódio racistaHeavy Metal: os vinte melhores álbuns da década de 80Sociedade Alternativa: Fama proporcional à escassez teóricaKerry King: "não gaste com caixão, as minhocas me comerão!"Grammy 2015: lista dos ganhadores nas categorias Rock/Metal

Sobre Arthur Lara Moreira

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online