ZZ Top: os sagrados primeiros álbuns alterados em estúdio

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

ZZ Top: os sagrados primeiros álbuns alterados em estúdio


  | Comentários:


Poeira Zine: a única publicação do país a trazer só a boa música dos bons tempos, esquecendo modismos, cópias descartáveis, marketing de gravadora e todo o lixo musical. Clique aqui para saber como adquirir.



Para um simples amante do Rock dos anos 70, pode ser maravilhoso ouvir seus discos favoritos com toda a praticidade e pureza que a edição digital dos mesmos oferece. Mas isso não acontece no caso do ZZ TOP! O que muita gente não sabe, é que essas "novas versões digitais" foram alteradas em estúdio.

Tudo na verdade começou na segunda metade dos anos 80, quando a Warner se mostrou interessada em lançar todo o catálogo dos texanos do ZZ TOP em formato digital. A idéia era extremamente atraente aos fãs do conjunto; toda a primeira e melhor fase do trio seria acondicionada numa luxuosa edição batizada de "Six Pack". Eram três cd's que abrigavam os seis primeiros discos da banda (omitindo somente o também essencial disco "Deguello" de 1979, pois esse era o único que já havia merecido uma versão digital).

Imagem
Como parte do projeto, toda a banda mais o produtor Bill Ham, entraram em estúdio para realizar todo o trabalho de masterização de tais discos. Tudo ia muito bem até que eles começaram a ouvir as antigas masters originais com a parte da bateria. Segundo o grupo, e principalmente o baterista Frank Beard, aquelas masters estavam completamente deterioradas.

Imagem
Ao invés de "sugar" essas faixas de bateria a partir de um vinil original em ótimo estado de conservação (como muitas bandas que passaram por uma situação parecida fizeram), o baterista optou por refazer em estúdio toda parte da bateria.

A "excelente" opção de Beard, simplesmente aniquilou o som rústico e crú que o trio impunha nessa primeira fase de sua carreira. No disco de estréia, "First Álbum" de 1971, a diferença chega a ser gritante, como é que um álbum de 1971 pode soar com aquele som de bateria?

Imagem
A diferença em relação ao vinil também aparece no terceiro e melhor disco da banda, "Tres Hombres" de 1973. Repare logo na faixa de abertura "Waiting for the Bus"; é absurda a diferença do som. Na música "Master of Sparks" a bateria soa falsa e moderna demais para o pique da música, e na balada "Hot Blue and Righteous" o som da caixa, atinge um efeito "reverb digitalizado" jamais sonhado por qualquer estúdio lá pelos idos de 1973.

Imagem
No mezzo ao vivo / mezzo estúdio "Fandango!" (1975), a banda teve pelo menos uma fagulha de bom senso ao preservar o som da batera na parte ao vivo, já na parte de estúdio a palhaçada continua, basta conferir a faixa "Heard It On The X". Billy Gibons e Dusty Hill também entraram na onda e refizeram vários trechos desses álbuns, o que conspira totalmente a favor de uma "famosa" picaretagem em conjunto.

A Warner insistiu no erro ao lançar todos os álbuns antes inseridos no "Six Pack" de forma individual, pois tanto a gravadora, como a banda tiveram uma nova oportunidade de consertar o estrago, mas preferiram manter as regravações postiças.

Imagem
Numa total falta de respeito com a própria obra, e principalmente com os fãs, a banda talvez quisesse soar definitivamente, como a fase muito mais lucrativa e menos inspirada, que foi a dos discos "Eliminator" e "Afterburner" em meados dos anos 80.

Vale a pena correr atrás das edições originais em vinil, apesar de raras e difíceis de serem encontradas (os três primeiros só existem em versões importadas). Somente com elas é que se poderá conferir toda a força e qualidade original desse poderoso trio texano.

(Nota do editor: as novas versões em CD, chamadas "Remastered and Expanded", estão trazendo a mixagem original, mas nem todos os títulos foram relançados até o momento).

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Poeira
Todas as matérias sobre "ZZ Top"

Gibson Guitartown: esculturas de guitarras em leilão beneficente
ZZ Top: Vince Neil, Vinnie Paul e DJ Ashba em cover de "Tush"
ZZ Top: anunciadas datas para turnê de 2014
ZZ Top: Billy Gibbons revela seu presente de Natal mais marcante
Guns N' Roses: Dizzy Reed e DJ Ashba fazem cover de ZZ Top
Slash & Billys: White Wedding com Idol e La Grange com Gibbons
ZZ Top: John Fogerty faz participação em show da banda
Passos do rock: alguns dos mais famosos em gif animado
Billy Gibbons: ouça o resultado da parceria com o Depeche Mode
Hellfest 2013: o melhor festival de Metal do mundo?
ZZ Top: mostram que estão vivos, bem, e tocando pesado!
ZZ Top: novo box incluirá mixagens originais dos primeiros álbums
ZZ Top: Billy Gibbons toca com Moving Sidewalks após 40 anos
Guns N' Roses: fotos da jam com o ZZ Top na Austrália
ZZ Top: banda comemora os 30 anos de 'Eliminator'

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Bento Araújo

Bento Araújo nasceu em 1976. É jornalista profissional e adora a música dos anos 60 e 70. É o editor chefe da Poeira Zine, a única publicação do país dedicada à música dos bons tempos. Lá ele escreve os textos, faz a diagramação, cuida da arte, do visual, faz 'a social' com os anunciantes, distribui, faz correio, banco, responde os e-mails e as cartas e também limpa o banheiro da redação... Além de tudo isso, o cara ainda tira uma onda tocando contra-baixo pela noite paulistana, além de vez ou outra fazer um 'bico' em alguma loja de discos em troca de raridades vinílicas... O Editor também oferece seus serviços jornalísticos e musicais a quem se interessar... (nada que uns bons dólares não possam resolver...)

Mais matérias de Bento Araújo no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas