Dizzy Reed, tecladista do Guns, concede entrevista

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Dizzy Reed, tecladista do Guns, concede entrevista

Fonte: Nightrain

  | Comentários:

Matéria publicada em 12/07/04. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Numa entrevista dada em junho mas que só agora foi publicada, o repórter Dan Piro entrevistou o tecladista do Guns N' Roses, Dizzy Reed. Os melhores momentos estão abaixo:

Dan: Como você se juntou ao Guns N' Roses em 1990?
Dizzy: Em 1990, eu me juntei ao Guns N' Roses quando eles decidiram adicionar um tecladista. Eu conhecia Axl e a banda por um longo tempo, como uns 5 anos. O Axl sempre me falava que quando eles chamassem um tecladista eu seria o cara. E quando foi a hora, ele me encontrou e disse: "É a hora de fazer isso".

Dan: O que você estava fazendo antes disso?
Dizzy: Eu estava numa banda de L.A. chamada The Wild. Eu estive naquela banda por uns 5 anos. Nós estávamos basicamente tentando arrumar um contrato. Eu tive alguns, nenhum deu certo, mas nós estávamos realmente muito bem tocando nos clubes. Nós basicamente estávamos bebendo e arrumando garotas.

Dan: O que, na sua opinião, causou a queda da formação original do GN'R?
Dizzy: A queda? Eu não acho que houve exatamente uma queda exatamente como muita gente acha que aconteceu. As pessoas perderam o caminho de como eles chagaram lá. às vezes, quando você jovem daquele jeito e tem tanto sucesso aquilo cresce rápido você perde esse noção. Eu acho que tem muito a ver com isso. Também havia uma grande ausência de comunicação, e quando você tem um grupo de pessoas trabalhando tão juntas o tempo todo, comunicação é extremamente importante. Quando há muito dinheiro a ser feito, às vezes as forças que vão manter aquela comunicação através do medo de que aquilo quebre pelo que está acontecendo. Então, a máquina de dinheiro vai quebrar.

Dan: Existem muitos rumores que correm por aí, e é difícil dizer o que realmente é verdade, mas existe alguma coisa entre os caras da atual formação e dos que não estão mais lá?
Dizzy: Sem ser os membros comuns, por exemplo eu e o Axl, nenhum dos outros caras realmente conhece nenhum dos membros antigos.

Dan: Eu realmente me referi a você e o Axl.
Dizzy: Pra mim esse é um capítulo da minha vida que está fechado, aparentemente. E é isso. Eu desejo o melhor pra eles e também o melhor pra nós.

Dan: Já que estamos falando sobre eles, você já ouviu alguma coisa do Velvet Revolver?
Dizzy: Honestamente não. É sério, não. Não que eu esteja evitando, eu simplesmente ainda não ouvi. Eu quero dizer, eu vou sair e comprar, sabe? Você tem?

Dan: O CD ainda não saiu ainda. Vai sair semana que vem.
Dizzy: (Rindo) Talvez seja por isso que eu ainda não ouvi!

Dan: Bem, o single já está na rádio.
Dizzy: Eu nunca ouço rádio. Muito, muito, muito raramente eu ouço rádio. Eu não gosto porque a rádio enfia as coisas goela abaixo nas pessoas. A rádio está uma merda. É o pior momento de todos os tempos. É provavelmente por isso que eu ainda não o ouvi. Não é porque eles tocam isso, porque eles tocam coisas muito boas, mas se eu quiser ouvir eu prefiro colocar um CD.

Dan: Você ainda fala com algum dos caras da banda antiga?
Dizzy: Você sabe, eu cruzei com o Matt Sorum esses dias e disse oi. Foi legal. Mas não mais que isso. Eu não converso com eles, mas se eu vê-los, com certeza vai ser legal.

Dan: Da forma que todos os outros caras entraram e saíram da banda com o passar dos anos, não apenas na formação original, mas, por exemplo, Dave Navarro entrou e saiu num certo momento, e mais vários outros caras. Como você consegue durar tanto tempo?
Dizzy: É uma boa pergunta. Eu realmente acredito no que nós estamos fazendo. E eu penso no quanto tempo isso está levando, em tudo o que eu investi no que eu estou fazendo. Eu quero ver iso acontecer. Eu sigo pensando que tenho muito a provar com essa banda. Eu investi muito e quero ver isso acontecendo. Sempre parece que ele está simplesmente próximo, esperando pra sair, então porque eu abandonaria a banda agora? Então ele fica meio que próximo, ele está assim agora (risos). Mas continua, nesse ponto, é a mesma coisa: por que sair agora? E eu acho que não fiz nada de estúpido pra ser mandado embora.

Dan: Você disse que que ele próximo e quando parece que está quase lá, então tudo anda pra trás, então voltam os rumores e então tudo dá pra trás de novo. Qual é o problema com aquilo? Porque ele sempre parece que está perto mas depois vai tudo pra trás?
Dizzy: A minha opinião é que muito disso tem a ver com as pessoas saindo e com os obstáculos que são jogados no nosso caminho, e coisas diferentes, cara. Sempre tem alguma coisa. Você nunca sabe o que vai acontecer. Eu realmente acho que vai sair em breve. Eu realmente sinto isso agora.

Dan: Existe alguma espécie de planejamento do tempo? Eu sei que isso é muito difícil de dizer porque existem muitas datas que estiveram por aí, mas existem alguma idéia no geral?
Dizzy: Infelizmente não. Eu diria esse ano.

Dan: Isso é frustrante, desde que tem sido um processo de gravação sem fim?
Dizzy: Lógico. É extremamente frustrante. É é por isso que eu venho fazer coisas como essa (Hookers N' Blow), pra evitar que eu fique louco.

Dan: O álbum já está definido como será lançado? Já foram decididas quais músicas estarão nele?
Dizzy: A maioria.

Dan: Quanto tempo tem as músicas que estão nele?
Dizzy: Algumas estão à nossa volta por cinco ou seis anos. Outras são bastante novas.

Dan: As que estão por aí há mais tempo mudaram muito com o passar dos anos? É esse o tipo de coisa que atrasa um pouco o lançamento?
Dizzy: Elas mudaram um pouco, sim. E como é de uma forma moderna, algumas músicas tem duas ou três versões diferentes. Você sabe, remixes e coisas assim. São tantos músicos ótimos na banda agora e são tantas ótimas partes que tiveram que ser retiradas das músicas, pois infelizmente é impossível colocar todas elas lá. A coisa óbvia seria ter algumas versões da mesma música. Eu não sei o que pode acontecer, mas é definitivamente possível. E eu ouvi diversas versões de algumas das músicas mais legais e todas elas soam muito bem. Todos os músicos que entraram e saíram deste projeto são músicos fenomenais. Então existem muitas coisas ótimas para serem escolhidas. É um trabalho complicado pra quem seja que vá mixá-lo . MAS É BOM QUE ELES PONHAM AS MINHAS MERDAS NO MIX!

Dan: Já se foram onze anos desde o último álbum e todos ainda falam sobre isso. É possível que ele venha a exceder as expectativas?
Dizzy: Sim.

Dan: É tão bom assim, na sua opinião?
Dizzy: Na minha opinião, com certeza. Eu acho que vai exceder todas as expectativas.

Dan: Parece que a banda estava fechada antes. Vocês foram e fizeram uma turnê mundial, teve o MTV Awards, parecia que vocês estavam mais próximos do que nunca, ou parece que às vezes vocês estavam próximos e agora meio que deram um passo atrás?
Dizzy: Eu acho que eu me sinto mais próximo do que antes.

Dan: Teve uma música que foi lançada na rádio, I.R.S., é realmente uma música do GNR? Até onde eu sei, ninguém nunca confirmou isso. Essa é uma das músicas?
Dizzy: Sim. É uma boa música.

Dan: Eu nunca consegui ouví-la. Ela foi ao ar apenas uma vez e então o cara que a tocou a tirou do replay do programa. Eu não consegui encontrá-la online ou em lugar algum.
Dizzy: Eu acho que Mike Piazza era o cara.

Dan: É, era ele mesmo.
Dizzy: O quanto aquilo tem de bizarro?

Dan: De todas as pessoas, certo?
Dizzy: Quê???

Dan: Com todo o tempo que tem levado esse CD, o custo deve ser uma soma insana de dinheiro. Ele vai ser um dos álbuns mais caros da história da música?
Dizzy: Você acha que o Smarty Jones vai vencer a Triple Crown?

Dan: (Rindo) Você quer ir lá?
Dizzy: Eu estava mudando de assunto.

Dan: Entendi. O Buckethead está fora? É oficial?
Dizzy: Pelo tempo, sim.

Dan: Vocês irão substituí-lo ou irão com duas guitarras?
Dizzy: Eu não tenho muita certeza sobre isso.

Dan: O que realmente aconteceu no show de Philadelphia?
Dizzy: Eu realmente não posso falar sobre isso. Tem muitas merdas rolando.

Dan: Problemas legais?
Dizzy: Sim.

Dan: E quanto ao cancelamento da turnê? É o mesmo problema?
Dizzy: Realmente é a mesma coisa.

Dan: Axl parece ter uma reputação muito ruim. Como você se relaciona com ele pessoalmente? Como você se relaciona com ele?
Dizzy: Eu acho que ele é um dos caras mais legais, mais aberto, mais quente que eu já conheci. Com certeza ele é temperamental, mas ele é um bom amigo. Falando sério, ele é um bom cara.

Dan: A mídia o trata injustamente?
Dizzy: É ridiculamente injusto. Por algum motivo, quando a mídia vai pra cima de alguém, eles apenas deixam a pessoa assim e isso é completamente injusto. As coisas são assim, e muito disso aconteceu quando ele desapareceu por um período longo. Então ele não estava próximo. A Rolling Stone publicou um artigo baseado em pessoas que... bem, eles o colocaram na capa e nunca falaram nada com ele no geral sobre nada pra vender aquela porra de revista. Basicamente, eles só coletaram uma porrada de comentários negativos.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Guns N' Roses: Namorada de guitarrista é assaltada em Recife
Guns N' Roses: Show quase só de clássicos em Porto Alegre
Guns N' Roses: os shows em Pernambuco e no Ceará
Bumblefoot: entrevista para jornal de Pernambuco
Guns N' Roses: setlist, fotos e vídeos do show no Paraguai
Jared Leto: ele é um wannabe de W. Axl Rose? Há quem diga que sim
Garoto Maroto: O encontro de Axl Rose e Alcione em Recife
Motörhead: vídeo da jam de "Ace of Spades" com Slash
Guns N' Roses: detalhes do piano de Axl Rose
Guns N' Roses: Quem foi Rei jamais perderá a majestade
Slash: "Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor
Guns N' Roses: Filmagem em Full HD do show em Porto Alegre
Aerosmith: Joey Kramer afirma que Axl Rose mantém fãs "reféns"
Slash: "Problema dele", diz sobre retorno de Duff ao GN'R
Slash: vídeo com a participação do músico em show do Aerosmith

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas