Em 24/07/2006 | Ficar longe do Slayer foi ótimo, diz Lombardo

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Ficar longe do Slayer foi ótimo, diz Lombardo

Por Yuri Leite e Fernando Scoczynski Filho e Thia | Fonte: Modern Drummer

  | Comentários:

Matéria publicada em 24/07/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Waleed Rashidi, da revista Modern Drummer, entrevistou recentemente o baterista do SLAYER, Dave Lombardo, para uma matéria de capa da edição de setembro de 2006 da revista (que é a edição atual, já que as revistas americanas sempre são adiantadas em relação ao mês corrente).

Seguem alguns trechos do papo:

Modern Drummer: "Christ Illusion" é seu primeiro disco com o SLAYER em 14 anos. Você estava muito ansioso para que o álbum fosse lançado?

Dave: "Sim. Foi frustrante, pois Kerry [King] e eu começamos a gravar as demos no começo de 2003. Então já estamos trabalhando nesse material há 3 anos. Fizemos duas demos na minha casa e então ensaiamos o material por uma eternidade. A parte boa disso é que, quando entramos no estúdio, estávamos prontos. Eu gravei as partes de bateria em 3 dias e meio - foi muito rápido! Eu quase fiquei desapontado por não ter tido oportunidade de aproveitar mais o estúdio."

Modern Drummer: Pelas músicas que ouvi, parece que aquela levada mais rápida está de volta às canções.

Dave: "Sim, está lá, mas apenas em alguns momentos especiais. Não queríamos exagerar na dose. Você deve adicionar esse tipo de coisa no lugar e na hora certa. O SLAYER era originalmente uma banda de Metal, mas éramos influenciados pelo Punk também. E esta batida rápida é a influência do Punk de volta."

Modern Drummer: Você teve a chance de refletir sobre todos os álbuns que fez com a banda. O que passou pela sua cabeça desta vez antes de fazer as suas partes?

Dave: "Na verdade, eu gostaria de ter sido um pouco mais criativo do que me foi permitido. Haviam certos limites em que eu deveria me enquadrar. Eu aprendi muito enquanto estive fora da banda e gostaria de ter aplicado alguns desses conceitos. Mas os outros caras não sentiram que essas idéias representavam o que o SLAYER realmente é. Então, de certa forma, eu revisitei a maneira como eu tocava na banda anos atrás."

Modern Drummer: Quando você começou a escrever material com a banda novamente, foi parecido com o que era nos discos anteriores do SLAYER?

Dave: "A maneira com que eles escrevem material é a mesma. Não acho que eles tenham mudado nem um pouco de lá pra cá. Mas a minha maneira mudou - encaro certas coisas de maneira diferente."

Modern Drummer: De que maneira?

Dave: "Um riff de guitarra pode ter vários tipos de levada na bateria, e no nível em que me encontro, eu tenho uma grande variedade de onde posso escolher qual usar. É legal pois posso dar aos outros integrantes diferentes opções.

Modern Drummer: Você acha que o tempo em que ficou longe do SLAYER foi bom pra você?

Dave: "Foi a melhor coisa que me aconteceu. Eu fui parte da maior banda de metal do mundo e depois pude me aventurar em outros estilos e trabalhar com músicos bem diferentes. Honestamente, se eu tivesse continuado no SLAYER, nunca teria tido a oportunidade de ter essas experiências musicais. Toda essa experiência me moldou e de certa forma me transformou no bateria que eu sou agora. Sinto-me confiante para passear de um estilo para outro."

Modern Drummer: Você tem um álbum solo de percussão sendo trabalhado por alguns anos já.

Dave: "Deus, parece uma eternidade. Não sei, qualquer dia desses irei lança-lo. Está perto de ficar completo. Preciso fazer alguns overdubs de bongo, timbal e de bateria. A gravação é essencialmente eu no meu quarto com um teclado, uma bateria e percussão criando camadas. Eu faço uma batida, gravo algo em cima disso, coloco outra coisa em cima disso e por aí vai."

"Eu tenho trabalhado nesse disco no meu tempo livre. O problema é que eu não tenho muito tempo livre! Quando estou em turnês não posso trabalhar nele porque não estou com o material necessário a minha disposição. Eu tenho feito algumas edições em algumas partes, mas nenhuma gravação. Quando estou em casa, estou ocupado com mil e uma coisas. Mas o disco está lá, esperando. Quando estiver pronto, vai ser lançado."

Modern Drummer: Qual o estilo? É Metal?

Dave: "É inclassificável. Alguns o descreveriam como World Music. Poderia ser a trilha sonora de um filme. Definitivamente não é Metal."

Para ler a entrevista completa, compre a edição de setembro de 2006 da Modern Drummer, já disponível nas bancas de jornal que vendam revistas importadas. Mais informações podem ser encontradas no link abaixo.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Slayer"

Separados no nascimento: Tom Araya e Saddam Hussein
Parcerias Brilhantes: duplas que marcaram história
Dave Lombardo: o Philm tem uma expressão musical diferenciada
Guitar World: 11 Álbuns Essenciais do Thrash Metal
Gary Holt: resistência matadora por tocar em duas bandas
E Se...: Sua banda favorita mudasse de gênero musical?
Slayer e Exodus: Gary Holt fala como é tocar em duas bandas
Dave Lombardo: Jeff não gostaria de ver o Slayer dessa forma
Lombardo: ele acha que nunca mais tocará novamente com o Slayer
Guitar World: 10 Álbuns clássicos essenciais do Metal
Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman
Pylon: recrutando Tim Gaines, do Stryper, para cover do Slayer
Slayer: Lombardo mente quanto a seu salário, afirma biógrafo
Dave Lombardo: menos de mil dólares por show com o Slayer
Dave Lombardo: eles não eram amigos, apenas parceiros de negócios

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Yuri Leite

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Sobre Fernando Scoczynski Filho

Estudante de Direito de Ponta Grossa (PR), desde criança orientado pelos pais a escutar blues e rock, com muito Led Zeppelin e Black Crowes. Apaixonado por música (e por escrever), tem um gosto que vai de Beatles e Pink Floyd até White Stripes e Queens of the Stone Age, passando por Radiohead e Nine Inch Nails.

Mais matérias de Fernando Scoczynski Filho no Whiplash.Net.

Sobre Thia

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas