Judas Priest: ainda longe de finalizar o disco

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Judas Priest: ainda longe de finalizar o disco

Traduzido por Cesar Henrique Faria | Fonte: Metalshrine

  | Comentários:

Matéria publicada em 07/02/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O site sueco Metalshrine conduziu uma entrevista com o vocalista do JUDAS PRIEST, Rob Halford, no dia 30 de janeiro de 2007. A seguir, alguns trechos da conversa:

Metalshrine: Estava assistindo no YouTube ao vídeo de “Forgotten Generation” [música nova da banda solo HALFORD] e há muitas imagens pertubadoras envolvendo polícia, violência e coisas do tipo. Qual é a história por trás dessa faixa?

Rob Halford: Sempre pensei sobre coisas do tipo: “como vamos fazer o clipe?” “vamos fazer com a banda tocando?”. Sabe, fundo verde, fundo azul… então pensei: “bem, que tipo de imagens vamos colocar de fundo?” Tentamos várias coisas e achei que basicamente a mensagem da música é a minha crença de que todos possuímos uma voz e que temos a oportunidade de dizer o que queremos e o que fazemos, especialmente em blogs na Internet. Por isso, é uma música bastante agressiva nesse sentido e achei que, bem, por causa do que faço na HALFORD me permite lidar com questões da vida real e questões políticas, se quiser abordar esses assuntos o faço e ainda o farei. Não faço isso no JUDAS PRIEST porque o JUDAS PRIEST possui uma concepção diferente de Metal. Acho que todas essas coisas que acontecem na vida são terríveis, frustrantes e perturbadoras, mas só quis focar nessa área porque nunca havia feito nada desse tipo antes. Quis estimular o pensamento das pessoas mais do que tudo. Pensar tipo: “olha toda essa merda que está acontecendo!” e continua a acontecer. É horrível e terrível e algumas pessoas podem dizer: “vamos Rob, já é o suficiente!”, mas não acho que você pode sempre esconder as coisas por debaixo do tapete. Por isso quis colocar todos esses pequenos clipes juntos e fazer com que você se sente, assista, pense sobre isso e tenha alguma reação. É muito importante ter uma reação! Isso é rock’n’roll – reação! Você pode escutar “Living After Midnight” e fazer uma festa rock’n’roll ou ir um pouco mais profundo e mais objetivo com a verdadeira mensagem.

Metalshrine: A que ponto está a gravação do novo álbum do JUDAS PRIEST, “Nostradamus”? As estruturas das músicas estão prontas, você está trabalhando nas letras agora ou o quê?

Rob Halford: Como toda banda, passamos pela etapa difícil, que é sentar, assim como o Glenn [Tipton], Ken [K.K Downing] e eu fizemos, com guitarras e teclados e dizer, “OK, vamos começar!”, mas “por onde devemos começar?” (risos). Acho que o que tentamos fazer é seguir a linha do tempo de quando ele (Nostradamus) descobriu essas habilidades de profetizar e todas as outras coisas que aconteceram na vida dele. Por isso, esse é o desafio inicial, além de juntarmos demos muito rudimentares e completar em todos os aspectos que quisermos com instrumentos, arranjos e construções e depois vêm a satisfação que é reproduzir aquelas demos totalmente toscas, e torná-las em peças musicais finalizadas. É isso que o pessoal está fazendo na Inglaterra nesse momento, e para onde irei colocar os meus vocais.

Metalshrine: Vocês têm algum título?

Rob Halford: Nomes? Claro que sim, mas não vou te contar (risos), porque todo mundo quer saber. Isso é ótimo, pois todo mundo gosta: “estou curioso para saber sobre o que essa música vai falar, será rápida ou lenta, uma balada?”, eu amo isso. Estava conversando com uma pessoa ontem, um amigo locutor de uma rádio aqui nos EUA, estávamos falando da magia e da mística do que fazemos na música e que vários desses elementos estavam sumindo. Eu disse a ele: “tenho que concordar com você!” e isso é o que sempre tentamos fazer no JUDAS PRIEST, manter todo mundo curioso e pensando, então quando chega a hora é empolgante. É como ter um presente de Natal debaixo da árvore de Natal e saber o que é! Isso não é legal, não é verdade? Você não quer sair correndo feito louco e rasgar o papel para descobrir que é um par de chinelos! (risos) Será um diamante pesado cravado em um bracelete de couro ou algo parecido. Entretanto, acho importante manter um pouco de segredo sobre o que está acontecendo, é a paixão, a paixão que os fãs do JUDAS PRIEST possuem. Estão todos empolgados, tão curiosos que tentam antecipar o que vai acontecer e é uma tentação muito grande (risos) começar a revelar as letras e títulos das faixas, mas não posso fazer isso. Mas é um som incrível e maravilho e acho que os fãs do JUDAS PRIEST mundo afora vão adorar e se divertir muito, principalmente quando o tocarmos ao vivo.

Metalshrine: Vocês estão se produzindo ou estão trabalhando com um produtor?

Rob Halford: Bem, no estágio inicial, basicamente cuidamos de tudo e vamos seguir assim por vários estágios e sentir se precisamos de algum produtor envolvido. Não decidimos nada ainda, porque estamos a um longo caminho da linha de chegada, por assim dizer. Tudo que já fizemos já foi muito co-produzido. Sabemos como é e o que precisamos fazer, em certo momento é bom trazer outro indivíduo com outro ponto de vista objetivo. Isso é o que os bons produtores fazem. Um produtor qualquer irá entrar e falar: “pessoal, isso é bom, mas vocês já pensaram em fazer isso e tentar assim?”, e se for um produtor bom a reação é, “Yeah, isso é legal, nunca pensei assim!” e ele te leva a um ponto que talvez você nunca tenha visto ou pensado a respeito. Mas no momento, estamos cuidando de tudo e quando sentirmos a necessidade de trazer um produtor, faremos isso.

Metalshrine: Então vocês ainda não começaram a pensar na arte para o álbum?

Rob Halford: Sim, tudo isso está se encaminhando e o design do palco também. Todas essas coisas estão acontecendo no ambiente do estúdio.

Metalshrine: O quão envolvido você está nisso?

Rob Halford: Em todos os aspectos. É assim que somos no JUDAS PRIEST, porque no final do dia não queremos ter algo acontecendo e ficar desconfortáveis com isso, porque não falamos, não fomos ouvidos ou não tivemos resposta. Tudo que vem do JUDAS PRIEST, em todos os aspectos, vem de todos da banda e todos concordando que é a coisa certa a fazer.

Metalshrine: Li em algum lugar que vocês estão planejando tocar o álbum na íntegra ao vivo. Existe algo de verdadeiro nisso?

Rob Halford: Sim, vamos fazer isso.

Metalshrine: A mesma coisa que o IRON MAIDEN fez?

Rob Halford: Sim, assim como o IRON MAIDEN fez e acho que será marcante, pois nunca fizemos isso. Meio que colocamos isso no nosso release, enquanto estávamos compondo o álbum e queríamos que as pessoas soubessem quais seriam as nossas intenções e então o IRON MAIDEN fez o mesmo com muito sucesso. Será uma performance do começo ao fim, um show com o palco muito bem elaborado e teatral, algo novo para a gente e para nossos fãs do mundo inteiro.

Leia a entrevista completa (em inglês) no link abaixo.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Judas Priest"

Judas Priest: a visão detalhada sobre "Painkiller"
Rock e metal: o outro lado das capas de discos
Judas Priest: banda se dedicou de coração e alma ao novo álbum
Judas Priest: Seria "Point of Entry" seu disco mais esquecido?
Judas Priest: Rob Halford diz que novo álbum está pronto
Guitar World: 10 Álbuns clássicos essenciais do Metal
Separados no nascimento: Halford, Mercury e Village People
K. K. Downing: Seria muito difícil voltar ao Judas Priest
Em foto: Andre Matos agradece a influência de Rob Halford
Em 1985: Fã do Judas Priest comete suicídio e pais culpam a banda
Ultimate Classic Rock: as dez melhores duplas de guitarristas
Assombrai-vos: prodígio da bateria de 7 anos descasca Painkiller
Speed Clothes: roupas de banho trues para musas headbangers
2014: expectativas para lançamentos de Rock e Metal
British Steel: Roslay Szaybo volta a fazer capas de metal

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Cesar Henrique Faria

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Cesar Henrique Faria no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas