Jack Bruce: ameaçado de morte por fãs do Led Zeppelin

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Antonio Parreira, Fonte: bravewords.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Imagem
Jonathan Barnes, jornalista do East Anglian Daily Times, relatou em julho de 2009:

O lendário músico de Suffolk, Jack Bruce, revelou em 2009 como ele recebeu “ameaças de morte” depois de ousar criticar o gigante do rock LED ZEPPELIN.

O baixista do CREAM, de 66 anos de idade, foi manchete em todo o mundo no mês de maio de 2009, após ter se referido de maneira pejorativa à banda que se reuniu para um concerto único em 2007. Leia no link abaixo.
Jack Bruce: "Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!"

Falando à imprensa em uma cerimônia de premiação, Bruce descreveu o show de reunião do LED ZEPPELIN na Arena 02 como “chato” e repreendeu-os: “Vocês são uma porcaria e nunca serão nada além disto. O CREAM é 10 vezes mais banda que o LED ZEPPELIN”.

Bruce, que vivia perto da fronteira Suffolk-Essex, disse não conseguir acreditar no furor que os seus comentários causaram. “Era apenas uma brincadeira e ultrapassou os limites de qualquer proporção”, comentou.

“Alguns fãs do LED ZEPPELIN estavam realmente irritados comigo e recebi algumas ameaças de morte - eles provavemente não irão me encontrar por aí! Gente como eu tende a esquecer que com o YouTube e o Twitter, você não pode dizer nada sem que isso se espalhe por todo o mundo”.

“Nós costumávamos dar alfinetadas em outras bandas nos velhos tempos e tudo ficava por isto mesmo. Era como se eu tivesse falado algo da Rainha da Inglaterra ou algo assim. Você obviamente não pode dizer nada contra o LED ZEPPELIN”.

Bruce comentou que o CREAM - que contava ainda com o lendário guitarrista Eric Clapton e com o baterista Ginger Baker - esteve originalmente escalado para tocar no concerto em memória de Ahmet Ertegun, que terminou como a volta do ZEPPELIN, mas se retirou quando o evento se tornou comercial demais.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Rock e Metal
Doze ótimos álbuns para iniciantes

Led Zeppelin: acusação de plágio ainda irá para corte federalLed Zeppelin: Robert Plant interpreta "Kashmir" sem Jimmy PageRobert Plant: vídeo de "Whole Lotta Love" em programa de TVTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Observador
Os 15 discos mais vendidos de todos os tempos

Hard Rock
De Vanilla Fudge a Led, dez álbuns seminais do gênero

Led Zeppelin
Jimmy Page diz que é irritante ouvir MP3 da banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 30 de julho de 2016

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Cream"Todas as matérias sobre "Led Zeppelin"

UCR
As 10 melhores músicas sobre guerra

Bruce Dickinson
Foi difícil evitar as drogas durante as tours

Helloween
Incrível performance de fã no The X-Factor

Legião Urbana: Bonfá toca bateria com telefone e passa vergonha na TVMetal: 10 passos para você se tornar um verdadeiro metalheadBon Jovi: Jon e Sambora viveram triângulo amoroso com atrizMetallica: a dífícil transição para o Black AlbumPreguiçosas: as bandas que mais demoraram para lançar um discoHipgnosis: as dez capas de álbuns mais famosas

Sobre Antonio Parreira

Antonio Parreira, aka Tunão, aka Anton Parr, é arquiteto, designer gráfico e músico. Interessado por música desde sempre, tornou-se fanático por rock depois de descobrir bandas como Kiss, Iron Maiden, Judas Priest e AC/DC. No início dos anos 80 acompanhou o nascimento do Thrash Metal, estilo que se tornou seu preferido de todos os tempos. Tocou em várias bandas nessa linha "Thrash Bay Area" durante os anos 80 e 90: Napalm, Damage, Overthrash, The Still e Avalon. Atualmente é vocalista do Buffalo Theory MTL, banda de Southern Metal de em Montreal, Canadá. Leitor do Whiplash! desde os anos 90 e atualmente colaborando com textos e traduções, diretamente da "terra do Voïvod".

Mais matérias de Antonio Parreira no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online