Em 07/11/2010 | The Cult: "as artes não são apoiadas pelos EUA"

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

The Cult: "as artes não são apoiadas pelos EUA"


  | Comentários:

Matéria publicada em 07/11/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O site The Silver Tongue conduziu uma entrevista com o líder do THE CULT, IAN ASTBURY. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

The Silver Tongue: Sobre esse novo formato você está adiando seus lançamentos. Isso é feito de modo que os lançamentos coincidam com a turnê, ou há uma razão específica pra lançar as cápsulas?

Iam: Bem, você sabe, é uma nova maneira de fornecer música pra nós, então nós estamos praticamente fazendo tudo nós mesmos. Há umas coisas sendo preparadas. A primeira cápsula, depois de ter sido lançada, nos ensinou bem rápido o que o nosso público não gostou em termos de sistema de entrega, DVDs encodados por região e esse tipo de coisa. Mas nós rapidamente atualizamos isso pra segunda cápsula. Para sair em turnê, é algo que fazemos constantemente. É algo contínuo. Começamos como uma banda ao vivo. Somos uma banda de rock ao vivo. Já estamos agendados para o ano de 2012 inteiro. Quero dizer, é um planeta inteiro lá fora. Já agendamos datas por toda Europa. Estamos trabalhando constantemente; é simplesmente a natureza do que fazemos. Nós não podemos tirar muito tempo de folga. Tem muito de ficar na estrada e no estúdio trabalhando em projetos. A segunda cápsula irá sair nessa turnê, enquanto estamos tocando essas canções. Estamos tocando “Embers” nesse momento, que é a principal canção da segunda cápsula, e também estamos tocando “Every Man and Woman is a Star”, que é da primeira cápsula. É interessante, porque ao mesmo tempo em que estamos tocando-as ao vivo, elas vão tomando formas diferentes, e estão na verdade crescendo durante as apresentações ao vivo. Não tem como elas serem mais novas.

The Silver Tongue: Houve alguma turbulência em mudar para o format de cápsula ao invés de aderir à norma de disco turnê, disco turnê?

Ian: Ah sim. Nós sentimos que nossos discos foram canibalizados. Ao excursionar, parece que a plateia tem comando porque a maioria dos artistas passa por ali muitas vezes, e há artistas especiais que não passam por lá nunca. Agora, há tantos artistas na estrada que a ideia de ir a um show é lugar-comum. Então, engajar a plateia baseado num contexto que você está lançando como turnê, isso força o artista a trabalhar mais duro. Você mostra a eles o que você está criando na verdade. Nós não estamos procurando pela esmola de uma gravadora ou um benfeitor pra ajudar nisso, estamos fazendo isso por conta própria. Estamos abertos à ideia de talvez fazer outro disco de estúdio, se pintar. No momento, estamos focados no formato cápsula e os elementos de filme.

The Silver Tongue: Eu realmente acredito que o THE CULT tem um segmento de fãs para trabalhar com formato cápsula. E o lance extra nas cápsulas são as faixas ao vivo e os remixes. Você vê isso pegando com os fãs do THE CULT?

Ian: Uma coisa é pôr no formato, mas a qualidade do que vai dentro das cápsulas é o que importa. Quero dizer, alguns de nossos fãs têm reclamado de nossas faixas ao vivo, perguntando por que há faixas ao vivo? Bem, aquelas músicas ao vivo têm sido apresentadas com a total integridade que vai nos trabalhos gravados; elas não estão lá simplesmente pra encher linguiça. São postas lá porque acreditamos nessa música; isso te dá uma oportunidade de ver as diferentes performances ao vivo e diferentes interpretações da música. Em consideração ao valor de nossa música; nós valorizamos nossa música. Nós não achamos que a música deva ser dada de graça. Você não vai ao McDonald’s e ganha um hambúrguer de graça, sabe? Você não entra num posto de gasolina e ganha gasolina de graça; Muito sangue, suor e lágrimas vão na criação da música, e eu não corroboro com esse atual pânico desesperado da indústria de dar música de graça, ninguém perguntou ao artista, e eu sinto que isso é extremamente irresponsável. Não é só sobre os artistas, há uma comunidade inteira que a indústria do entretenimento apoia. Então, estamos vivendo em um tipo de comunidade onde expelimos mais música. Eu entendo ripar algumas coisas, compartilhar elas com seus amigos, mas a indústria está em queda livre, e de um modo que é um lugar muito perigoso. O meio termo e o homem do marketing estão mais interessados em marketing popular. As artes não são apoiadas pelos EUA, então você tem que arregaçar as mangas e inventar suas próprias soluções, e parte de nossa solução é o formato cápsula.

Leia a entrevista inteira [em inglês] no site The Silver Tongue (link abaixo).

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Cult"

The Cult: o jeito antigo de lançar música não funciona mais
Góticas: 10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 80
Ian Astbury: vocalista fala sobre sua forma de cantar
Matt Sorum: protestando contra matança de golfinhos no Japão
The Cult: "uma doença", diz vocalista sobre incidente em show
The Cult: Astbury cospe em fã mal-educado e o expulsa de show
The Cult: começa turnê "Electric 13″ - veja os vídeos
The Cult: tracklist e capa de novo álbum, a sair em julho
The Cult: banda anuncia datas da turnê "Electric 13"
The Cult: Electric deve muito ao AC/DC, afirma Billy Duffy
Ian Astbury: arrasado com a morte de Ray Manzarek
The Cult: banda deverá tocar "Electric" na íntegra em turnê
Trutas das Antigas: Billy Duffy e Johnny Marr em jam nos EUA
Cult: uma ponte entre o indie e o mainstream
Hardeasy: ouça o cover de "Fire Woman"

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande, 33 anos, residente em Marilia - SP, é professor de inglês e francês, apesar de formado em Técnico de Engenharia de Estúdio pelo Recording Workshop de Los Angeles, nos EUA. Suas lembranças musicais mais remotas datam de 1983, com a fervilhante passagem do Kiss pelo Brasil e da alta popularidade do Queen no país. Fã(nático) por Mötley Crüe (de quem tem mais de 100 CDs), segue de perto também o trabalho de Slayer, Krisiun, Guns N´ Roses, Van Halen e Ozzy Osbourne, entre outros.

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas