Slipknot: os primeiros shows desde a morte de Paul Gray

    

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários:   | 

Matéria de 22/06/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O SLIPKNOT fez seu primeiro show desde a morte do baixista Paul Gray na noite passada (terça feira, 21 de junho) no Columbiahalle em Berlin, Alemanha. Como foi o caso das últimas participações da banda nos festivais Sonisphere na Grécia e Turquia no fim de semana, o macacão vermelho, a máscara e o baixo de Gray ficaram no fundo do palco durante a apresentação de seus colegas de banda. O resto dos membros do grupo doaram macacões vermelhos e versões mais antigas de suas máscaras dos primórdios do SLIPKNOT em tributo ao falecido colega.

O setlist da banda do show de ontem à noite foi o seguinte:

01. 742617000027
02. (sic)
03. Eyeless
04. Wait and Bleed
05. The Blister Exists
06. Liberate
07. Before I Forget
08. Pulse Of The Maggots
09. Purity
10. Left Behind
11. Disasterpiece
12. Psychosocial
13. The Heretic Anthem
14. Duality
15. Only One
16. Spit It Out

Bis:
17. (515)
18. People = Shit
19. Surfacing

O percussionista do SLIPKNOT Shawn "Clown" Crahan disse recentemente à The Pulse Of Radio que Gray de alguma forma ainda faria parte do show da banda. "Só porque ele se foi, isso não significa que temos que tirá-lo de cena e a resposta é não", disse ele. "Ele será parte do palco do SLIPKNOT e será parte da música do SLIPKNOT, será parte de tudo que fizermos pelo resto de nossas vidas. E ele quer que eu o traga artisticamente ao show, de alguma forma distorcida, talvez até mesmo demente."

Donnie Steele, que foi o guitarrista em uma formação passada do grupo, tocou baixo para a banda. Steele, contudo, ficou escondido das vistas do público.

O frontman Corey Taylor comentou o significado do primeiro show do SLIPKNOT durante a performance da sexta-feira passada em Atenas, Grécia, ao dizer ao público, "Como vocês sabem, o show dessa noite é muito emotivo para nós, mas não é, NÃO É, um dia negativo. É um dia positivo. Um dia para celebração. Esse é nosso primeiro show – com vocês. Vocês estão se divertindo e vão celebrar conosco hoje?"

Mais tarde no show, ele acrescentou, "Isso é muito difícil para nós mas Gray iria querer que viéssemos com vocês e celebrássemos a vida dele. Então vocês me ajudariam a cantar uma música para o meu irmão? Podem fazer isso, Atenas? Cantem tão alto para que ele possa nos ouvir porque ele está conosco essa noite. Vocês conseguem sentir isso?"

Gray faleceu em maio de 2010 de uma overdose acidental de drogas, deixando sua esposa Brenna e filha October, que nasceu no mês de agosto seguinte.

O SLIPKNOT estará tocando em festivais europeus nas próximas três semanas. Taylor expressou dúvidas sobre fazer outro disco do SLIPKNOT sem Gray, apesar de outros membros da banda expressarem sua vontade de gravar novamente.

Imagens filmadas por fãs do show em Berlin podem ser vistas abaixo.

Inscreva-se no Whiplash.Net no YouTube

Inscreva-se no Whiplash.Net no YouTube

Slipknot: videos do retorno da banda na Grécia

    

Morte de Paul Gray

Rock in Rio
Algumas das maiores vaias em edições nacionais

Wallpapers
Papéis de parede da banda Nightwish

Duff McKagan
"É um milagre o Slash e eu ainda estarmos vivos!"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em maio: 1.516.623 visitantes, 3.493.157 visitas, 8.578.731 pageviews.