Randy Blythe: como a imprensa tcheca o descreve

  

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: blesk.cz
Enviar correções  |  Comentários:   | 

Matéria de 04/07/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Cantor louco.

É assim que a imprensa tcheca descreve o vocalista do LAMB OF GOD, mantido sob custódia há cerca de uma semana desde que pousou em Praga com sua banda para um show na quinta passada em uma clube na capital tcheca. Além disso, o chamam de selvagem, muito furioso e que teria brutalmente afastado o fã que o tentava alcançar. Enfim, um criminoso capaz de um crime hediondo.

Imagem

Nem músicos nem ninguém da equipe de apoio sequer desconfiava do que iria acontecer ao pousarem na República Tcheca. O empresário da banda, Larry Mazer, disse em entrevista ao Blesk.cz que se alguém imaginasse o que estava para acontecer, jamais agendariam um show naquele país.

A polícia tcheca, por outro lado, afirma que contatou as autoridades americanas. Pelo visto, alguém falhou em repassar as mensagens.

O fato é que, Daniel N. caiu no meio da platéia após invadir o palco em um show do LAMB OF GOD em 24 de maio de 2010, sem que ninguém pudesse segurá-lo e bateu a cabeça direto no chão de concreto. Depois disso, passou duas semanas em coma no hospital e morreu devido às complicações de uma hemorragia cerebral. Se Randy ou um segurança foi o responsável pelo empurrão talvez jamais saibamos, uma vez que os vídeos disponíveis não mostram o jovem caindo, apenas o momento do empurrão. Não dá nem pra saber se os vídeos mostram a invasão em que a fatalidade ocorreu ou alguma anterior.

Randy permanece na República Tcheca, mesmo após o pagamento da fiança, sob alegação de que poderia deixar o país após ser libertado e jamais ser solto. Na audiência, o vocalista foi visto sem os cardaços de seus sapatos (retirados como medida de segurança das autoridades policiais tchecas).

Imagem

A mãe do jovem ainda hoje sofre a perda do filho e isto é compreensível. Ainda no ano passado, ela postou em uma rede social: "A data que você foi para seu último show está se aproximando, da qual eu jamais me recuperei. Não vou aguentar viver sem você e estou completamente desolada. Eu espero encontrá-lo logo. A vida sem você é apenas sofrimento"!

Imagem

Nem dá pra imaginar o sofrimento desta senhora e todos nos solidarizamos com ela. Entretanto, não é possível ignorar a pergunta: e se fosse ao contrário, como aconteceu com o guitarrista Dimebag Darrell, do PANTERA (como lembrado pelo colunista Ricardo Seelig em seu Collectors Room)?

Para terminar (e iniciar uma reflexão), reproduzo aqui o que escrevi na resenha do show do BYWAR aqui em Fortaleza, quando um demente qualquer atrapalhava a diversão de todos os presentes.

"Aqui, vou fazer um parêntesis: amigo thrasher, entrar numa roda de mosh é true. Fazer stage diving é true. Bangear é a essência do true. Participar de uma Wall of Death é true ao quadrado. Tentar tomar o microfone e dar um berro mostrando que voce sabe fazer vocal gutural nao é true, é uma tremenda de uma babaquice. Quer um microfone, aprenda a cantar, tenha algo a dizer, monte uma banda e batalhe por divulgação, mas nao atrapalhe a diversão de centenas de pessoas se exibindo para meia dúzia de retardados como você, seu emo".

  

Lamb Of God: prisão de Randy Blythe

Michael Jackson
Filha usa camiseta do Metallica e Megadeth

Tico Santa Cruz
Expulso de avião da Gol após briga por assento

Phil Anselmo
Vocalista mostra seu barraco em Louisiana

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em maio: 1.516.623 visitantes, 3.493.157 visitas, 8.578.731 pageviews.