Randy Rhoads: tudo que você sempre quis saber sobre ele

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Randy Rhoads: tudo que você sempre quis saber sobre ele

Postado por Nacho Belgrande | Fonte: Playa Del Nacho

  | Comentários:

Matéria publicada em 22/08/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Imagem

O escritor e biógrafo estadunidense ANDREW KLEIN está lançando um ‘livro de mesa’ nos moldes do pomposo ‘Kisstory’ dedicado a seu maior ídolo, o olimpiano guitarrista RANDY RHOADS. Com medidas de 10×13” e mais de 400 páginas coloridas dedicadas ao maior guitarrista a jamais acompanhar OZZY OSBOURNE, o livro – intitulado simplesmente ‘Randy Rhoads’ – estabelece com firmeza a relação de Rhoads com o Heavy Metal: a mesma de Jimi Hendrix para o classic rock.

Klein escreveu o livro com um antigo aluno de guitarra de Randy, PETER MARGOLIS e outro autor, STEVEN ROSEN. O site estadunidense RockMusicStar falou com Andrew Klein e esclareceu alguns pontos sobre a vida e a carreira de Randy que ainda permanecem obscuros para muitos.

RockMusicStar: Andre, antes de qualquer coisa, obrigado por falar conosco sobre esse livro maravilhoso que você está lançando. Você poderia, por favor, nos dizer mais sobre como esse projeto se materializou, e o que o inspirou a lançar “Randy Rhoads”?

Andrew Klein: Eu conheci Peter Margolis, nosso editor do livro, enquanto estávamos trabalhando juntos em outro projeto. Através dessa relação de trabalho, decidimos fazer esse livro. Peter era um amigo e um aluno de guitarra de Randy por alguns anos. Eu sou guitarrista, e Randy é meu herói. Ele é meu ídolo. Ele é tudo pra mim. Ele foi A imagem masculina em minha vida desde que eu tinha 12 anos de idade, e ele ainda me inspira até hoje. Quando ele faleceu, eu fui um dos muitos fãs que começaram a ligar pra mãe dele no fim de 1982 ou começo de 1983. Eu costumava ligar pra ela todo domingo, e assim foi por muitos anos. Quando me mudei da Flórida para Los Angeles em 1999, eu não ligava mais, mas ao invés disso ia até o Musonia [School of Music – onde Randy Rhoads ministrava aulas] para passar um tempo com Delores e a família dela. Eles foram muito legais comigo. Sempre me receberam bem, e nunca me tocaram de lá. Uma de minhas melhores memórias de meus momentos com Delores foi quando ficamos na Musonia numa noite, olhando pra todas as fotos de Randy que eu tinha doado pra escola dela. Ela compartilhou mais de suas memórias com Randy comigo à medida que virava cada página do álbum de fotos. A tragédia e a dor de perder um filho são incomensuráveis. Randy era tudo pra ela.

O livro foi algo que eu achei que podia fazer, porque sabia tanto a respeito dele, e foi algo que eu queria fazer porque [na época] não havia muita coisa por aí dedicada a Rhoads. Apesar do álbum de 1987, o “Tribute”, pouca coisa foi feita sobre Randy, à exceção de bissextos artigos da imprensa e depois, algumas coleções de guitarra. Eu queria fazer um livro como esse, para as pessoas que, assim como eu, queriam algo do tipo desesperadamente. Eu queria algo grandioso e de classe. Algo que dignificasse o nome dele na capa. Eu fui inspirado pelo ‘Kisstory’ em 1998/99. Eu o recebi por email e o tirei da caixa, e a primeira coisa que disse pra mim mesmo foi que eu queria que alguém fizesse algo parecido com aquilo para Randy. Então eu o fiz.

RMS: Já que você mencionou o ‘Kisstory’, eu queria lhe cumprimentar por lançar um livro parecido em qualidade – sendo que o seu obviamente é dedicado a Randy Rhoads. Eu também devo parabenizá-lo pelo fato de cobrar apenas 99 dólares pelo livro, que é menos do que ‘Kisstory’ custava nos anos noventa.

AK: Obrigado. Pra ser honesto, alguns fãs acham que meu livro pode ser caro demais. Eu entendo que eles se sintam assim. Eu acredito que uma vez que eles recebam suas cópias, eles sintam que gastaram bem seu dinheiro. Eu queria que pudéssemos oferecê-lo, mas pelo tamanho, não dá. É um livro muito caro de se imprimir.

Imagem

RMS: Sendo que há vários livros sobre Randy Rhoads por aí, como você compararia o seu com o que já está disponível? Eu também ouvi falar muito bem do livro de Rudy Sarzo, ‘Off The Rails’.

AK: Rudy é um grande amigo nosso. Ele foi um grande apoiador de nosso livro. Ele também foi entrevistado para nosso livro. Eu li o livro de Rudy e acho que é ótimo. Ele o escreveu a partir de sua perspectiva sobre sua vida, durante a época que ele viveu com Randy. Nosso livro é sobre a vida, a carreira e o legado de Randy, da perspectiva daqueles que melhor o conheciam. Há alguns outros livros por aí que parecem ter sido elaborados a partir de informação que já é de domínio público, e eu não acho que ninguém tenha entrevistado a quantidade de pessoas que entrevistamos. Sentamos com muitas das pessoas que conheciam Randy, inclusive sua noiva, Jodi Vigier.

Imagem

RMS: Se você puder, eu gostaria que você esclarecesse um boato sobre Randy Rhoads. Por muitos anos, fala-se que quando Randy faleceu, Grover Jackson tinha dado a VINNIE VINCENT uma daquelas guitarras Jackson modelo Shark ‘V’ que haviam sido construídas para Randy pouco antes de seu óbito. Essa seria ouro metálico.

AK: No fim de 1981, pouco antes da turnê de ‘Diary of a Madman’, a Jackson fez pra Randy a guitarra Shark fin ‘V’ preta. Depois de ele pegar aquela guitarra, ele pediu a Grover que fizesse mais três pra ele. Outra seria igual à preta, mas com uma alavanca. Outra seria igual à preta, mas branca. A terceira nunca foi terminada. A branca foi vendida acidentalmente na [feira] NAMM de 1983. A preta acabou sendo vendida também. A terceira pode muito bem ter sida a que dizem que foi pra Vinnie. Eu perguntei a Grover várias vezes sobre a Jackson dourada que Vinnie Vincent tinha. Ele disse que não se lembrava dos detalhes exatos, mas ele acredita que a que fora dada a Vinnie não era a terceira de Randy. Vinnie as adorava, então Grover usou o modelo pra fabricar uma pra Vinnie, que se tornou a dourada com a Floyd Rose com a qual Vinnie tocou na turnê de ‘Creatures of the Night’ em 1982/1983. A rosa com a qual Vinnie tocou na turnê de ‘Lick It Up’ era a primeira da série produzida em massa que a Jackson lançara no mundo todo em 1983.

Imagem

RMS: Foi lançado recentemente um documentário sobre Ozzy, Thirty Years After the Blizzard,” que foi uma grande salvo à era de Randy Rhoads. Qual sua opinião sobre ele?

AK: Eu acho que Sharon Osbourne fez um excelente trabalho. Bob Daisley tinha horas e horas de ensaios gravados, e todas as sessões de composição. Ele se referia a esse material como o ‘Cálice Sagrado de Randy Rhoads’. Em algum ponto, Bob entrou em contato com Sharon para realizarem um esforço pra lançar o material juntos. Sejam lá quais as diferenças entre eles, não houve como resolvê-las. Sharon estava determinada a lançar algo para honrar o trigésimo aniversário de “Blizzard of Ozz”, mesmo se isso significasse excluir as fitas de Bob.

Matéria completa:
http://playadelnacho.wordpress.com/2012/08/22/randy-rhoads-l...

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Randy Rhoads"
Todas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"
Todas as matérias sobre "Quiet Riot"

Kiko Loureiro: ensaio de som do Ozzy com guitarra de Randy Rhoads
GUS G.: assista ao clipe de "Eyes Wide Open"
Michael Schenker: "Eu não seria feliz substituindo Randy Rhoads"
Ozzy: as bagunças de Justin Bieber nem se comparam com as dele
Paulo Schroeber: homenageado com música de Ozzy Osbourne
Black Sabbath: Ozzy achava que Iommi não sobreviveria
Kelly Osbourne: ela está passando por uma "rehab alimentar"
Kelly Osbourne: filha de Ozzy dublará nova série da Disney
Black Sabbath: Ozzy volta a comentar sobre o sucessor de "13"
Ozzy Osbourne: "me sinto como um jovem de 19 anos"
Mötley Crüe: A turnê com Ozzy foi o auge do alcoolismo
Black Sabbath: Ozzy está animado por poder tocar em Londres
Ultimate Classic Rock: Os 10 melhores singles de estreia
Vinny Appice: Sabbath de Dio e Ozzy tem a mesma força musical
Ozzy Osbourne: ameaçando de processo fabricantes de cerveja

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande, 33 anos, residente em Marilia - SP, é professor de inglês e francês, apesar de formado em Técnico de Engenharia de Estúdio pelo Recording Workshop de Los Angeles, nos EUA. Suas lembranças musicais mais remotas datam de 1983, com a fervilhante passagem do Kiss pelo Brasil e da alta popularidade do Queen no país. Fã(nático) por Mötley Crüe (de quem tem mais de 100 CDs), segue de perto também o trabalho de Slayer, Krisiun, Guns N´ Roses, Van Halen e Ozzy Osbourne, entre outros.

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas