Nikki Sixx: gostaria que o Kiss gravasse Shout At The Devil

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Nikki Sixx: gostaria que o Kiss gravasse Shout At The Devil

Postado por Nacho Belgrande | Fonte: Playa Del Nacho

  | Comentários:

Matéria publicada em 22/09/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Imagem

O site ULTIMATE CLASSIC ROCK entrevistou recentemente o baixista-fundador do MÖTLEY CRÜE, NIKKI SIXX, e dentre a obviamente infinita gama de assuntos que podem ser abordados com o músico, selecionamos alguns trechos para vosso deleite. Confiram:

[...] Fale-nos um pouco sobre o novo single do Mötley Crüe, Sex…
Sabe com o que eu fiquei feliz de verdade? Escrevemos a música, e a gravamos à moda antiga. Apenas entramos numa sala, mandamos ver, fizemos alguns dos dubs, nos divertimos com uns sintetizadores, com um som bom pra deixar o lance mais encorpado. Vince gravou os vocais dele e nós a mixamos bem rápido, e tínhamos uma escolha, então decidimos ‘Não vamos enfiar isso na rádio, à moda antiga… vamos deixar que as pessoas descubram a música do modo que elas nos descobriram quando éramos garotos, a maneira pela qual elas descobrem as bandas mesmo hoje em dia. ’ Você ouve falar dela, alguém fala dela, alguém a toca pra você, manda por e-mail pra você, então isso foi muito empolgante. As estações queriam tocá-la, mas não havia plano de divulgação de nossa parte, e daí o público, em sua maioria, estava ouvindo-a pela primeira vez na noite do show. As pessoas diziam, ‘Cara, quando vocês estiveram em Chicago, vocês venderam 10 mil cópias, e daí vocês estão em Detroit e já venderam 9 mil cópias da música’, porque as pessoas estão ouvindo-a ao vivo e pensando, ‘Wow, que legal, nova do Crüe, como é que eu nunca ouvi essa?’

Você e Tommy Lee em particular são muito ativos no Twitter. Você gosta daquilo tanto quanto parece gostar e há algo que você tenha postado do qual se arrependeu depois?
Claro. Sabe, eu já fiz umas cagadas. Pelo fato de eu ser um artista fazendo isso, pelo fato de ser um ser humano fazendo isso, não é um assistente do empresário, ou a gravadora tweetando pra você. Você vai falar merda que vai fazer voar pena ou você vai dizer coisas que são muito pessoais e com as quais as pessoas conseguem se conectar. É disso que gosto no Twitter, é por isso que abracei o lance. No começo, quando o Twitter apareceu, eu pensei, ‘Eu não sei se quero ser tão aberto’, mas a medida que meu programa de rádio [Sixx Sense] tornou-se uma parte tão grande da minha vida, eu fiquei mais disposto a ser cada vez mais vulnerável e simplesmente abrir minha vida no rádio. O Twitter não era tão assustador pra mim. Eu pensei, ‘eu não sei se quero que as pessoas saibam que cor de meias eu estou usando hoje’, e no fim das contas, se algo acontecer comigo, em que isso afeta a minha vida? E o que eu acabei descobrindo é que isso tem a ver com a vida de todo mundo porque estamos meio que fazendo isso ao mesmo tempo, em tempo real.
Uma das coisas que foram bem interessantes pra mim foi quando [o frontman do MEGADETH] Dave [Mustaine] estava dizendo asneiras sobre os EUA estarem virando uma nação nazista. Veja bem, eu peguei o telefone e disse, ‘Esse cara é um puta dum cuzão’ e ele é, você não diz algo assim sobre seu próprio país. Mas eu disse isso e muita gente veio com aquela de ‘ hey, cara, todo mundo tem direito a uma opinião e Nikki, você está errado’, e ‘aquele cara deveria ser expulso do país’, e outras pessoas dizendo ‘ele não deveria ser deportado, ele tem direitos’, e a coisa se prolongou demais e eu não levei nada pro lado pessoal. O que eu fiz foi pegar e dizer, ‘Wow! Isso é ótimo! É como uma conversa com o mundo’, e eu pude ter minha opinião e aquele cara pode ter a opinião dele, seja lá o que ele quiser pensar sobre o nosso país. Eu não penso isso sobre nosso país, mas eu tenho opiniões sólidas sobre outras coisas e as pessoas‘me interpelam por causa delas. é uma coisa legal, e você pode ser verdadeiro no Twitter e há vezes nas quais você pode dizer coisas do tipo ‘Adivinhem só?! Estamos vendendo ingressos!

OK, uma última pergunta – rápida. Se o Mötley Crüe fosse gravar um cover do KISS, seria de qual música deles?
Cara, vou te dizer, eu adoro aquela música ‘War Machine’ do [álbum] ‘Creatures of the Night’. Isso seria bem foda.

Seria fudido mesmo. Agora, invertendo o cenário, qual música sua você gostaria de ver o Kiss gravando?
Uma à qual eles fariam jus? Hm. deixe-me pensar. Sabe, eu acho que eles podem fazer uma versão bem pica-grossa de ‘Shout At The Devil’.

Eu gostaria de ver Gene cantando ‘Louder Than Hell’ um dia…
Isso! Eu consigo imaginar isso. Essa faz bem mais sentido.[...]

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Motley Crue"
Todas as matérias sobre "Kiss"

Kiss: cerimônia do Rock Hall confirmou as suspeitas de Stanley
Kiss: por onde anda o ex-guitarrista Vinnie Vincent?
Kiss: vídeos da nomeação ao Rock and roll Hall Of Fame
Kiss: fotos da participação no Rock & Roll Hall Of Fame
Parcerias Brilhantes: duplas que marcaram história
Kiss: "Nós estamos conectados para vida inteira"
Kiss: tocar com formação original seria roleta russa
Kiss: Paul e Ace continuam discutindo alegações antissemitas
Rock Hall: CEO comenta a controvérsia do Kiss e Nirvana
Kiss: Stanley declara não ser gay, Ace admite ter tentado ser bi
Kiss: Frehley e Criss respondem à acusação de antisemitismo
Kiss: revelado enfim o preço do boxed set "Kissteria"
Ace Frehley: guitarrista tocará na cerimônia do Hall Of Fame
Bach: "Entendo porque Gene não trabalha mais com Frehley"
Kiss: veja vídeo de divulgação do mega-box Kissteria

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande, 33 anos, residente em Marilia - SP, é professor de inglês e francês, apesar de formado em Técnico de Engenharia de Estúdio pelo Recording Workshop de Los Angeles, nos EUA. Suas lembranças musicais mais remotas datam de 1983, com a fervilhante passagem do Kiss pelo Brasil e da alta popularidade do Queen no país. Fã(nático) por Mötley Crüe (de quem tem mais de 100 CDs), segue de perto também o trabalho de Slayer, Krisiun, Guns N´ Roses, Van Halen e Ozzy Osbourne, entre outros.

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas