Judas Priest: Rob Halford comenta Screaming for Vengeance

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Judas Priest: Rob Halford comenta Screaming for Vengeance

Traduzido por Fernando Portelada | Fonte: Blabbermouth

  | Comentários:

Matéria publicada em 10/09/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Recentemente Toby Cook do The Quietus conversou com o vocalista do JUDAS PRIEST sobre a edição especial de “Screaming for Vengeance”, que comemora os 30 anos do álbum. Veja abaixo os principais trechos da entrevista.

The Quietus: Chegando nesse ponto, após “Point of Entry” que, sem ser desrespeitoso, não foi lá muito bem recebido, quais são as lembranças deixadas pela época de “Screaming for Vengeance”?

Rob Halford: Bem, Acho que é justo dizer que toda vez que escrevemos músicas para um novo álbum, não pensamos muito sobre um “plano de ataque”. E acho que isso é realmente bom, já que como um músico, uma vez que você começa a planejar demais, colocando os planos antes de tudo, isso interfere com o seu modo de compor. É uma pressão desnecessária, além daquela que já está lá quando você começa a ficar famoso, aquela que todos põem em você: Os agentes, a gravadora, os produtores, e se você não tomar cuidado pode acabar afundando com isso. Tudo que me lembro de “Screaming for Vengeance” é que nós todos realmente queríamos voltar para as gravações em Ibiza. Quem não iria querer? Só pensávamos em gravar outro disco, já que estávamos sob contrato e com um prazo de tempo apertado. Foi isso que fizemos.

Rob Halford: O interessante é que você não foi a única pessoa a falar assim do “Point of Entry”, mas é até perigoso falar que um álbum teve mais sucesso que o outro. É isso que faz você humano. Quando você vê todas as bandas de rock ou metal que já estão na estrada há um tempo, há pontos em que um disco teve mais apelo ou vendeu mais que os outros. Você não pode simplesmente apontar o porquê, mas após “Brithish Steel”, que teve bastante sucesso, segui-lo de “Point of Entry”, como fizemos, era o melhor que podíamos fazer naquele momento.

The Quietus: O quanto a fama do JUDAS PRIEST afetou o álbum?

Rob Halford: Há algumas coisas importantes que todas as bandas devem considerar. Quando você está dormindo na traseira de sua van, e todos nós fizemos isso, você obviamente se comporta diferente, como quando fizemos “Rocka Rolla”. Não é o mesmo que estar em um belo estúdio em Ibiza. Assim que as portas se fecham, você pode estar em qualquer lugar do mundo que ainda vai se lembrar quem você é que está tentando fazer novamente o melhor trabalho possível. Não acho que você relaxa quando vira famoso. Se você o faz, é um idiota, já que as pessoas não compram porcarias. Assim que funciona: se você faz péssimos discos eles não têm valor para ninguém, e acho que o PRIEST nunca esteve deste lado da moeda. Sempre fazemos o melhor possível, não importa o que aconteça.

The Quietus: E claro que este também é um álbum que lançou o JUDAS PRIEST na América. O que o “Screaming for Vengeance” tem que os ajudou a fazer sucesso por aqui, mais do que vocês já tinham feito?

Rob Halford: Somente as conexões com as rádios de rock and roll, que ainda são vitais para qualquer banda na América. Não importa quem você é, se você quer estourar nos Estados Unidos, você precisa ter algo que é tocado nas rádios, mesmo em um mundo com Internet. [...]

Para a entrevista completa, em inglês, acesse o site The Quietus no link abaixo.

http://thequietus.com/articles/09964-rob-halford-interview-j...

Imagem

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Judas Priest"
Todas as matérias sobre "Rob Halford"

Judas Priest: post no Facebook indica novo álbum a caminho
Cobain: músicos do Korn, Judas, Pantera e AIC falam sobre legado
Judas Priest: Painkiller e seus diversos covers
Judas Priest: a visão detalhada sobre "Painkiller"
Rock e metal: o outro lado das capas de discos
Judas Priest: banda se dedicou de coração e alma ao novo álbum
Judas Priest: Seria "Point of Entry" seu disco mais esquecido?
Judas Priest: Rob Halford diz que novo álbum está pronto
Guitar World: 10 Álbuns clássicos essenciais do Metal
Separados no nascimento: Halford, Mercury e Village People
K. K. Downing: Seria muito difícil voltar ao Judas Priest
Em foto: Andre Matos agradece a influência de Rob Halford
Em 1985: Fã do Judas Priest comete suicídio e pais culpam a banda
Ultimate Classic Rock: as dez melhores duplas de guitarristas
Assombrai-vos: prodígio da bateria de 7 anos descasca Painkiller

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas