Judas Priest: K. K. Downing recorda seus tempos na banda

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Judas Priest: K. K. Downing recorda seus tempos na banda

Traduzido por Nathália Plá | Fonte: Blabbermouth.net

  | Comentários:

Matéria publicada em 04/12/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Imagem

O Guitarhoo! entrevistou recentemente o ex-guitarrista do JUDAS PRIEST Kenneth "K.K." Downing. Seguem alguns trechos da conversa.

Guitarhoo!: O que te levou à formação do JUDAS PRIEST?

Downing: Como já disse várias vezes, o JUDAS PRIEST era uma ótima banda de blues comandada principalmente por Al Atkins, mas após ter perdido tragicamente seu guitarrista, eles debandaram. Eu fiz teste para o trabalho, mas não era tocador de blues. Posteriormente, o Al estava nas salas de ensaio e viu o que eu, o Ian Hill e o baterista John Ellis estávamos fazendo. O Al concordou em entrar, então nasceu o JUDAS PRIEST #2. O Al era excelente pois nunca tentava nos empurrar em direção ao blues, pelo contrário, entrou na nossa, seguindo na nova direção que buscávamos seguir.

Guitarhoo!: O JUDAS PRIEST foi referido como uma banda de heavy metal desde seus primórdios, além desse, a qual gênero a banda poderia ser associada?

Downing: Para começar acho que éramos conhecidos como banda de blues progressivo, depois progressivo, depois rock, depois hard rock, depois heavy rock, depois heavy metal. Tudo isso num espaço de uns cinco anos.

Guitarhoo!: O último álbum do JUDAS PRIEST, "Nostradamus", não se assemelha a nada que a banda tenha lançado antes. As texturas exuberantes, arranjos sinfônicos épicos entrelaçados com as guitarras com metal e groove e um tema conceitual sobre o escrito do século 16, Nostradamus. Quem na banda deu início ao conceito e à direção desse álbum?

Downing: Depois de termos discutido as coisas, todos sentimos que seria uma oportunidade de extravasarmos. Acho que nós também ficamos animados em mostrar que musicalmente nós éramos mais competentes do que alguns pensavam.

Guitarhoo!: Por quanto tampo vocês trabalharam no álbum, desde o início até o fim?

Downing: Acho que ficou pronto bem rápido, considerando o porte do projeto. Não sei ao certo quanto tempo levou.

Guitarhoo!: Você tem um estúdio doméstico? Você pode dar um apanhado de alguns dos equipamentos de sua preferência para gravar?

Downing: Sim, faço a maior parte do meu trabalho em casa. Acho que muitos músicos que trocam de equipamento anualmente como nós estão tentando melhoras as coisas cada vez mais. Não me recordo de permanecer estático relativamente a meus sons quando gravo. Ainda assim, quando o álbum está concluído eu frequentemente fico encantado com o quão bom ele ficou.

Guitarhoo!: Após ser um dos membros fundadores do PRIEST e ter uma carreira longa e bem sucedida com a banda, você se aposentou em 2011. O que te levou a essa decisão?

Downing: Já estava acontecendo um colapso progressivo nas relações de trabalho entre eu, elementos da banda e a produção há algum tempo.

Guitarhoo!: Olhando para sua carreira, quais são suas memórias mais preciosas?

Downing: Eu não consigo listar os altos e baixos pois são tantos a serem mencionados. Exceto por ter chegado aonde estou, e é tudo graças aos leais fãs.

Leia a entrevista na íntegra (em inglês) no Guitarhoo!

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Judas Priest"

Cobain: músicos do Korn, Judas, Pantera e AIC falam sobre legado
Judas Priest: Painkiller e seus diversos covers
Judas Priest: a visão detalhada sobre "Painkiller"
Rock e metal: o outro lado das capas de discos
Judas Priest: banda se dedicou de coração e alma ao novo álbum
Judas Priest: Seria "Point of Entry" seu disco mais esquecido?
Judas Priest: Rob Halford diz que novo álbum está pronto
Guitar World: 10 Álbuns clássicos essenciais do Metal
Separados no nascimento: Halford, Mercury e Village People
K. K. Downing: Seria muito difícil voltar ao Judas Priest
Em foto: Andre Matos agradece a influência de Rob Halford
Em 1985: Fã do Judas Priest comete suicídio e pais culpam a banda
Ultimate Classic Rock: as dez melhores duplas de guitarristas
Assombrai-vos: prodígio da bateria de 7 anos descasca Painkiller
Speed Clothes: roupas de banho trues para musas headbangers

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas