Motorhead: morar em Los Angeles deu reconhecimento na Inglaterra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fernando Portelada, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/09/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O lendário frontman do MOTORHEAD, Lemmy Kilmister, participou de uma nova entrevista com o VH1.com, discutindo a ascensão da banda à fama e história do Rock And Roll. Alguns trechos estão disponíveis abaixo.

Saxon: Novo álbum em 2018 e homenagem a LemmyZakk Wylde: "eu bebia porque curto tomar um porre"

Você se arrepende de ter deixado a Inglaterra e ir para Los Angeles?

Lemmy: “Não. A indústria da música opera em Los Angeles, entende? É assim que funciona. Mesmo que você viva em Nova York, você está se iludindo. Você tem que estar lá. E era, de qualquer forma, tempo de mudar, porque a banda estava falhando feio na Inglaterra Nós não conseguíamos ser presos, mas você sabe, vir para cá, pareceu nos fazer aceitáveis de novo na Grã Bretanha. É estranho. Somos como uma banda estrangeira agora, é excitante ir nos ver porque não vivemos la.”

Você ganhou Grammys e escreveu músicas de sucesso, e explorou o rockabilly com o THE HEAD CAT. Há algo que você não tenha feito, mas ainda tem vontade?

Lemmy: “Não, estou bem satisfeito. Todos meus sonhos se tornaram realidade. Não existem muitas pessoas que podem dizer isso. Quero dizer, a maioria das pessoas tem que ir para um trabalho que odeiam durante toda sua vida e eu não posso imaginar isso. Dever ser horrível. Sou realmente grato de ter recebido todas essas chances.”

O que as pessoas interpretam errado sobre a história do MOTORHEAD?

Lemmy: “Eu realmente não sei. Você tem vários motivos para isso. O principal é que as pessoas são malditos idiotas, você sabe, imbecis, burros em jaquetas de couro. E eles continuam a falar das minhas cuecas de couro, coisa que nunca usei na vida. Eu não entendo como eles podem entender as coisas tão errados e ainda conseguem manter um emprego.’

Imagem

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Motörhead
Pela 1ª vez, Mikkey Dee visita estátua de Lemmy

Saxon: Novo álbum em 2018 e homenagem a LemmyBlend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalRock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

Nomes científicos
Nova espécie em tributo ao Dio e outras homenagens

Lemmy Kilmister
"Estou pronto para morrer. Minha vida foi boa"

Motorhead
Lemmy fala sobre Jimi Hendrix, drogas e mais

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 23 de setembro de 2014

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Motorhead"

Zakk Wylde
"Eu bebia porque curto tomar um porre!"

Impressionante
Como são cordas de guitarra vistas no microscópio?

Motorhead
Os 22 álbuns da banda, do pior para o melhor

Corey Taylor: Não podíamos trabalhar junto com JordisonLynyrd Skynyrd x Neil Young - Amigos ou inimigos?Guns N' Roses: surgem as primeiras especulações sobre reuniãoUltraje a Rigor: Roger fala sobre twitter, sexo e gonorréiaIron Maiden: em 1985, show "secreto" com Adrian no vocalHomem de Ferro e Black Sabbath: uma mão lava a outra

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online