WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterGoogle+RSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Slipknot: Jim Root nunca teve problema com Corey Taylor

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O guitarrista Jim Root foi sincero em uma entrevista com a rádio australiana Triple J sobre sua demissão do STONE SOUR no ano passado – por mais que ele e o vocalista Corey Taylor ainda estejam trabalhando juntos no SLIPKNOT.

Slipknot: pai famoso elogia baterista pelo excelente trabalho

Root Disse: “Eu acho que de algumas formas, há algumas pessoas naquela banda [STONE SOUR], que são extremamente impacientes e eles acham que tem que ter tudo e que precisam perceber que a única razão de terem tudo isso é porque o SLIPKNOT tornou possível para eles terem tudo isso. O SLIPKNOT graciosamente e gentilmente ficou de lado e deixou essa outra banda ter tudo que sempre quis ou precisou, e ainda assim essa banda não quer tirar uma pausa para o SLIPKNOT fazer o que precisa fazer E, eu não sei, para mim... parece que foi uma espécie de tapa na cara. Isso chegou a um ponto para mim, onde eu não podia mais aguentar, eu precisava trabalhar no SLIPKNOT, e era aparente, e estava se tornando mais e mais aparente a cada show que fazíamos.”

E se essa saída do STONE SOUR melhorou sua relação com Corey, tirando certa pressão dela, Root respondeu: “Pode ser que sim. Mas eu nunca tive um problema com Corey. Entende o que quero dizer? Corey e eu nos entendemos bem melhor do que qualquer outra pessoa de outras bandas podem, porque estamos fazendo hora extra por todos esses anos. E quando você tem outras pessoas nessas bandas que não dividem isso com você, eles nunca podem entender realmente o que é isso. E após um tempo, você se torna tão cansado que é difícil entregar cem por cento em cada uma das coisas e eventualmente chega um momento onde você tem que dizer: ‘Chega!’ e ‘Eu preciso me focar cem por cento naquilo que tornou tudo possível para nós.’ E, vamos ser sinceros, o SLIPKNOT é uma das maiores bandas do mundo, ele tem um status cult, e é onde minha paixão vive. Isso não é dizer que eu não tinha paixão pelo STONE SOUR, eu sou absolutamente apaixonado por tudo em que eu contribui no STONE SOUR – mas há certas pessoas nessa banda que tem uma ideia diferente do que o STONE SOUR deve ser, entende o que estou dizendo? Eu prefiro ser criativo e artístico e poder tocar essa música intrincada que lhe realmente leva em uma jornada. O mais perto que o STONE SOUR chegou disso foi com os dois últimos álbuns, e eu não sei se vão conseguir fazer isso no futuro novamente.”

Imagem

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Slipknot
Pai famoso elogia baterista pelo excelente trabalho com a banda

Rock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaKorn: Corey Taylor sobe ao palco para cantar "A Different World"Todas as matérias e notícias sobre "Slipknot"

Gwar
"Não haveria Slipknot sem o Gwar'"

Slipknot
Corey Taylor treta com fã e expulsa o cara do show

Slipknot
Bosta de camelo para dar cheirinho especial ao Knotfest

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 25 de outubro de 2014

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Stone Sour"Todas as matérias sobre "Slipknot"

Em 03/01/1970
Em um trágico acidente Keith Moon atropela e mata seu motorista

Desastres
Mortos e feridos em apresentações que marcaram a história

Phil Anselmo: as surpreendentes influências não-metálicas deleJoey Ramone: em 1989 falando de Metallica, AC/DC e GN'RHeavy Metal: suicidas, depressivos, fazem sexo sem proteçãoZZ Top: recusando US$ 1 milhão para raspar a barbaIron Maiden: garoto de 6 anos com leucemia encontra com seu heróiCorey Taylor: ele alega que quebrou o pescoço e não percebeu

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online