Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Rafael Testa, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em um entrevista de 2014, o guitarrista do Sepultura, Andreas Kisser, foi perguntado se a inclusão do baterista Eloy Casagrande afetou o som da banda.

Heavy Metal: as melhores músicas lançadas recentementeBatman: 10 razões pelas quais ele é Metal pra caramba

Imagem

Andreas disse: "A música do Sepultura exige um conhecimento de bateria muito grande. Igor foi o primeiro 'monstro'. Ele estabeleu algumas normas e, claro, Jean (Dolabella, substituiu Cavalera) e Eloy são grandes fãs do que Igor fez e o respeitam muito por isso, e Eloy respeita o Jean. Mas eu acho que Eloy está um nível acima, cara. É diferente. Talvez não seja humano. É simplesmente insano. Cada baterista, não importa o quão experiente ou quão grande seja , quando vê ele tocar diz 'Eu tenho que voltar para a escola.'

"Eloy põe muita paixão e energia nas performances. Eu acho que ele oferece algo melhor que Igor e Jean ofereciam. Porque Igor não foi à escola aprender bateria, ele aprendeu sozinho, observando e improvisando muito com o seu irmão, tocando por muito tempo. Jean foi à escola em Los Angeles, no Instituto MI, ele pode ler a música, é professor de música... Já Eloy é uma junção dos dois. Ele tem um tipo de animal dentro de si, com feeling de um baterista, mas com muita técnica. Ele pode ler, pode organizar esse tipo de coisa que Igor não podia fazer. Então eu acho que ele é o baterista perfeito para o Sepultura. Ele realmente encaixou como uma luva e está trabalhando muito bem."

Antes do Sepultura, Eloy Casagrande trabalhou com André Mattos e com a banda Gloria.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

O Metal continua relevante?
As melhores músicas lançadas recentemente

Kreator/Sepultura, Part Soilwor/Aborted: show na terra da rainhaAndreas: não liga para os que clamam pela formação clássicaTodas as matérias e notícias sobre "Sepultura"

Max Cavalera
Livro relata vícios, religião, tristezas e alegrias

Metal
As melhores bandas brasileiras segundo a Metal Hammer

Heavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 18 de novembro de 2014
Post de 22 de novembro de 2014
Post de 15 de junho de 2016
Post de 15 de junho de 2016
Post de 11 de fevereiro de 2017

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Sepultura"Todas as matérias sobre "Andreas Kisser"Todas as matérias sobre "Gloria"

Batman
10 razões pelas quais ele é Metal pra caramba

Slipknot
Confira a evolução das máscaras de Joey Jordison

Kiss
"Ace não estava lá! Aquela não era a banda original!"

Metallica: registro de encontro com uma fã muito especialEm 11/05/1981: Bob Marley morre, vítima de um tumor no cérebroEm 11/10/1996: Morre Renato Russo, da banda Legião UrbanaAngra: as músicas de cada álbum que definem a bandaMusic Radar: dez guitarras que mudaram a músicaCradle of Filth: Chimbinha, do Calypso, usando camiseta?

Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online