Whiplash.NetMenuBuscaReload

Mötley Crüe: "Ninguém consegue tocar como eu", diz Mick Mars

 Compartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

O guitarrista do MÖTLEY CRÜE, MICK MARS, diz que se sente como ‘a pessoa mais impopular do planeta’ – mas que planeja mudar isso com sua carreira solo.

Imagem

Ele insiste que tem muito a provar após os veteranos derem seu último show no próximo réveillon. E seus primeiros lançamentos pós-Crüe serão um álbum e um livro que se foca em sua própria análise de sua carreira, tudo que se passou depois do best-seller da banda, ‘The Dirt’, de 2001.

Mars disse ao repórter DAVE LING, da revista inglesa CLASSIC ROCK: “Será um disco de hard rock, mas é difícil de categorizar. Não é metal. Ele vai despentear seu cabelo. ”

Sobre o livro: “Nada como The Dirt. Depois de 30 anos sendo reprimido, eu vou desenterrar muita merda. ”

O guitarrista acha que ninguém de sua família leu a autobiografia do grupo. Perguntado sobre o motivo, ele responde, ‘quando eu estava doente, todo mundo, à exceção dos meus pais, me abandonou. Estou falando dos meus sobrinhos – eu estava implorando por ajuda e basicamente eles me mandaram tomar no cu. Eu não vejo ninguém da minha família faz 11 ou 12 anos, exceto meu filho. ’

Ele também quer se reafirmar musicalmente. ‘Eu acho que sou a pessoa mais impopular do planeta. Todo mundo acha que eu não sei tocar guitarra – eu gostaria que eles soubessem que sei.

“Ninguém consegue tocar como Jeff Beck. Ninguém consegue tocar como Jimi Hendrix, apesar de muitos tentarem. E ninguém consegue tocar como eu. ”

Imagem

Ele tem que se focar na música porque sua espondilite anquilosante torna seus outros interesses, como dirigir e jogar golfe, difíceis demais de praticar. “Eu não posso mais guiar meu carro, ou subir na minha moto”, ele diz. “Não posso bater uma bola. Então a resposta é nada. Música é tudo que eu faço. ”

Mas Mars insiste que ele pode perseverar para provar o que defende. “Eu estava obstinado a ser bem-sucedido no mundo da música. E até hoje, eu nunca desisto de nada. ”

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

 Compartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias da seção Notícias

Todas as matérias sobre "Motley Crue"

Taylor Hawkins
Ele e Tommy Lee já foram expulsos da casa de Gwen Stefani

Geoff Tate: "ser comparado ao Mötley Crüe era um insulto"Separados no Nascimento: Mick Mars e DJ AshbaRoadie Crew: especial sobre o Hard Rock na edição 216Sebastian Bach: ele questiona diário de Nikki Sixx durante vícioNikki Sixx: baixista abandona as redes sociaisTodas as matérias e notícias sobre "Motley Crue"

Kanye West
Nikki Sixx e Michael McDonald detonam atitudes

Pré-Guitar Hero
Os primeiros rockstars em video-games

Por pouco
15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhor

Wikimetal
Seis motivos para gargalhar ouvindo Heavy Metal

Rock And Roll
Últimas fotos em vida de músicos famosos

Cinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 21 de julho de 2015

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online