Metallica: Black Album garante aposentadoria de Jason Newsted

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Bruce William, Fonte: Metal Injection, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em 2014, o Metallica atingiu a marca de 16 milhões de cópias vendidas de seu disco auto-intitulado de 1991, conhecido como "Black Album", o álbum mais vendido pela banda em toda sua história. Naquela época, as vendas estavam na casa de 2 mil exemplares por semana, o que nos levava a imaginar: quem diabos ainda não comprou este disco?

Metallica: e se "Spit Out The Bone" fosse do Slayer?Novas caras do metal: 40 bandas que você precisa conhecer

E não é que agora em 2016 os números estão ainda maiores? Nesta semana o trabalho, que completou 25 anos, ultrapassou as vendas de discos de bandas como Five Finger Death Punch, Ghost, Slipknot e Iron Maiden. Vejamos abaixo os números:

- Nesta semana: 5.700
- Semana passada: 5.400
- Há duas semanas: 5.000
- Há três semanas: 4,900

Parece que as vendas estão ainda aumentando, mas qual poderia ser o motivo? A publicidade que eles obtiveram ao fazer o show antes do Super Bowl pode ter ajudado, mas talvez os grandes responsáveis seja o streaming e os downloads digitais.

Em dezembro de 2014, a Billboard mudou sua metodologia de aferição das vendas, passando a incluir não apenas a cópia física mas também os streams e o download individual - inclusive de músicas isoladas. Dez músicas vendidas ou 1.500 streams são o equivalente a um álbum vendido. Então, se muitas pessoas ouvirem o "Black Album" no Spotify, isto conta como uma venda.

Moral da história: com a banda sendo detentora das suas masters e um álbum de 25 anos atrás ainda vendendo que nem água, podemos dizer que Jason Newsted nunca precisará trabalhar novamente.

(Por Ryan Downey, para o Metal Injection)

Imagem

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Soundcheck
Bandas que mandam bem até na passagem de som

Metallica: e se "Spit Out The Bone" fosse do Slayer?Rock e Metal: em vídeo, as dez maiores tretas entre músicosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Metallica
Banda está passando por dificuldades financeiras, dizem biógrafos

Ela Voltou!
Shana Campos, a Miss & DJ gaúcha que adora Metallica

Metallica
Ulrich: "Ninguém queria fazer vídeos conosco"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 25 de fevereiro de 2016
Post de 25 de março de 2016

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"

Novas caras do metal
40 bandas que você precisa conhecer

Zakk Wylde
"Quer parar de beber? Então pare, porra!"

Megadeth
O guitarrista que poderia ter ficado com a vaga de Kiko

Mikkey Dee: "O Motorhead acabou, claro. Lemmy Era o Motorhead."Rob Halford: "Ninguém escolhe ser Gay"Papa Francisco: Ouça o CD de rock progressivo do pontíficeLoudwire: dez músicos com tatuagem no rosto e/ou cabeçaSuper Bowl: quando as guitarras fizeram touchdownKerry King: "Dio era um dos caras mais legais no ramo".

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online