Alice in Chains: confirmado, a banda retornou ao estúdio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Brunelson T., Fonte: Framus & Warwick
Enviar correções  |  Comentários  | 

O baixista do ALICE IN CHAINS, Mike Inez, revelou em uma nova entrevista para a Framus & Warwick que a banda entrou no estúdio para começar a trabalhar no seu 8º trabalho. Lembrando que o último disco, “The Devil Put Dinosaurs Here”, foi lançado em 2013.

Alice in Chains: membros falam sobre o início do movimento grungeRock In Peace: As mortes mais marcantes do Rock/Metal

Segue somente alguns trechos:

"Hoje eu vou sair desse estúdio e vou para outro estúdio, para fazer um monte de barulho, sabe? Estamos sempre fazendo algo e trabalhando duro, é apenas o que fazemos, nós tocamos e geralmente todas as coisas se unem quando estamos juntos. Costumávamos nos preocupar com a gravadora, com o empresário, onde a banda se transformou em um negócio - sendo que ainda há um monte de sábios negócios acontecendo. Quando entramos nesses estúdios, é como se fosse o nosso clube, o lugar que nós sempre vamos. Nós tentamos não nos meter nos negócios, só se preocupando em se divertir”.

“Nós procuramos deixar o nosso ambiente de trabalho divertido um para o outro. Estar no estúdio por 20 horas por dia não é divertido 100%, mas é um ótimo trabalho. Nós tentamos fazer o nosso clube e deixa-lo separado dos negócios. Nós ainda estamos naquela fase embrionária tocando alguns rascunhos para o novo álbum, mas ainda nos reunindo na mesma cidade e conectados na mesma sala. Hoje é realmente o nosso 1º dia no estúdio e eu já estou atrasado, porque estou aqui conversando com você e mostra como ainda somos profissionais”.

Mike Inez disse que ele gostaria de repetir o processo de gravação do EP, “Jar of Flies” (4º registro, 1994), mas que será improvável que aquele mesmo método de composição aconteça no novo álbum de estúdio, devido ao estado atual da indústria da música.

"Tem havido álbuns como o “Jar of Flies”, onde estávamos num período entre as turnês. Nós escrevemos, gravamos, mixamos e terminamos esse disco em 10 dias. Nós lançamos esse EP e eu penso que Jerry tinha uma canção chamada "Don’t Follow”, que era uma das últimas músicas que acabou entrando no registro. Naquele período, nós não tínhamos nada para apresentar no estúdio e tínhamos acabado de nos reunir após o fim de uma turnê. Eu meio que sinto falta daqueles dias, sabe? Nós não fazemos mais discos como aquele. Eu gostaria que mais pessoas fizessem discos como “Jar of Flies”, mas não há orçamentos para fazer experimentos como esse hoje em dia nos estúdios. Normalmente, em um lugar como esse, nós chegamos no estúdio com as músicas elaboradas, sabemos o que vamos tocar, um par de ajustes aqui e ali, regulamos os grooves e tons, e está tudo certo. Na maioria das vezes, sabemos o que estamos fazendo quando entramos nesses lugares, porque tentamos não desperdiçar muito dinheiro quando entramos nessas catedrais especiais".

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Guitarras
As mais icônicas do Rock - Parte 4

Alice in Chains: membros falam sobre o início do movimento grungeRock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaAlice In Chains: ouça A Job To Do, nova música de Jerry CantrellGrunge: trilha do clássico Singles em edição cheia de raridadesAlice in Chains: vocalista fala sobre como é tocar com CantrellTodas as matérias e notícias sobre "Alice In Chains"

Alice In Chains
Veja Layne Staley "glam" cantando em 1985

Alice in Chains
Jerry Cantrell, o gênio minimalista

Alice in Chains
Layne Staley não havia superado morte de namorada

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 25 de janeiro de 2017

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Alice In Chains"

Rock In Peace
As mortes mais marcantes do Rock/Metal

Metal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura

Filhos de Rockstars
Qualquer coincidência é mera semelhança

Avenged Sevenfold: 10 músicas que podem fazer você mudar de idéiaSeparados no nascimento: Kevin Bacon e Myles KennedyUltimate Guitar: as 21 músicas mais épicas de todos os temposPelados no palco: dez momentos inesquecíveis em vídeoPitty: música "Me Adora" é censurada em programa da GloboGhost: O inacreditável bolo de aniversário de Papa Emeritus

Sobre Brunelson T.

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online