Stone Temple Pilots: Scott não tinha condições de ser o vocalista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Brunelson T., Fonte: Covino and Rich
Enviar correções  |  Comentários  | 

Os membros do STONE TEMPLE PILOTS, os irmãos Robert e Dean DeLeo (baixista e guitarrista), haviam sido entrevistados em 2016 no programa de rádio, Covino and Rich, e a entrevista finalmente foi liberada no YouTube. Eles falaram sobre o lendário Scott Weiland (ex-vocalista).

Linkin Park: Scott Weiland curtiu "Hybrid Theory", revela ChesterAutismo: rockstars famosos autistas, ou com suspeita de autismo

Imagem

Robert disse que ficou "um pouco choroso" quando os anfitriões tocaram na rádio a clássica música do STONE TEMPLE PILOTS, “Wonderful” (do subestimado 5º álbum de estúdio, “Shangri la Dee Da”, 2001).

Dean falou: "Scott Weiland foi simplesmente extraordinário, ele foi ótimo! Eu não fico preocupado com o que os outros pensam, mas para mim, ele foi um dos grandes e também foi um dos melhores da história do rock’n roll".

Quando perguntado sobre a luta contra as drogas de Weiland, Dean foi bastante honesto:

"Eu vou te dizer uma coisa, cara, Scott foi se afundando cada vez mais e foi ficando mais e mais distante de nós. Eu acho que Robert, Eric (baterista) e eu, éramos as 03 pessoas em sua vida que não aprovavam mais o seu estilo de vida. Nós éramos as últimas pessoas que ele queria estar por perto, então, a separação foi ficando cada vez mais distante e a comunicação foi se quebrando mais e mais. Realmente, o nosso relacionamento voltou a ficar tenso, eu não sei, em meados de 2009, eu acho... Quando nós retornamos do nosso hiato em 2008, o primeiro ano foi tudo muito bem, com Scott ainda mostrando um pouco da sua antiga diversão, mas você podia ver que ele estava lutando consigo mesmo por dentro".

Ele acrescentou: "Ele só foi ficando cada vez mais fora do controle, sabe? Cara, eu comecei com essa banda em 1989, e eu acho que passamos a metade das nossas vidas juntos, experimentando o melhor dos melhores e o pior dos piores”.

Ele continuou: "Passamos a metade das nossas vidas tentando ajuda-lo. Depois de 20 anos, essa situação começou a entrar para dentro da minha casa e na vida da minha família, que situação... Eu fiquei realmente muito infeliz com isso".

Robert disse: "Eu acho que o vício não leva você à honestidade e à verdade com as outras pessoas, você meio que tenta fugir disso e foi isso o que aconteceu. Eu acho que, quando você olha para a nossa história de turnês, fizemos a turnê americana do nosso 2º disco, ‘Purple’ (1994), por 04 meses, sabe? Foram 04 meses de turnê, então, quando saímos em turnê para promover o nosso 3º disco, ‘Tiny Music... Songs From The Vatican Gift Shop’ (1996), durou apenas 06 semanas! Nos recusamos a continuar a turnê, porque Scott não estava em condições de fazer o seu trabalho e porque queríamos vê-lo melhor de saúde. Nós não queríamos leva-lo em turnê para não dar chance para a morte, você me entende? Mas no final, veja só o que aconteceu".

Dean foi perguntado qual havia sido a reação inicial, quando ouviu pela 1ª vez a notícia do falecimento de Scott em Dezembro/2015:

"Naquela noite, eu me lembro de ter sentido uma sensação diferente ao ouvir aquela notícia sobre Scott... Eu estava no estúdio e estava longe do meu celular - porque eu tinha um violão na mão a maior parte da noite - quando depois de um tempo, eu olhei para o celular e vi umas 40 mensagens de texto. Lembro de ter pensado, tipo: ‘Isso é verdade?’ Fiquei parado olhando para o celular e foi realmente como nada que eu já havia experimentado antes na minha vida... Foi como se um pedaço de mim tivesse caído”.

Os anfitriões perguntaram se eles estavam considerando reunir-se com Weiland em 2015, logo depois quando Chester Bennington havia deixado a banda. Dean DeLeo disse com firmeza que não:

"Não, eu acho que Scott fez um dano irreparável, sabe? Quero dizer, temos que ter cuidado com as palavras porque ele está morto, certo? Ele se matou... Tudo o que poderíamos dizer será irrelevante e hipotético, mas Scott estava incapaz de ser o vocalista dessa banda. Ele se foi, cara..."

Comente: Scott foi o melhor vocalista que passou pelo STP?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Stone Temple
Chester Bennington revela por que saiu

Linkin Park: Scott Weiland curtiu "Hybrid Theory", revela ChesterGrunge e Rock Alternativo: TOP 06 melhores álbuns de 1996Stone Temple Pilots: 3º finalista para o cargo de vocalista?Stone Temple Pilots: Scott Weiland, era grunge e legado da bandaStone Temple Pilots: a entrevista perdida de Scott WeilandTodas as matérias e notícias sobre "Stone Temple Pilots"

NoiseCreep
Os 10 melhores riffs de hard rock dos anos 1990

Grunge
As 10 melhores músicas do movimento

Billy Corgan
Weiland, Staley e Cobain, as vozes de nossa geração

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 19 de janeiro de 2017

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Stone Temple Pilots"Todas as matérias sobre "Scott Weiland"

Autismo
Rockstars famosos autistas, ou com suspeita de autismo

Iron Maiden
Sheherazade testa conhecimentos sobre a banda

Novas caras do metal
40 bandas que você precisa conhecer

Death Metal: menina de 6 anos detona no America's Got TalentRegis Tadeu: Cinco bandas de metal nacional que nada devem aos "gringos"Black Sabbath: inspiração para o Restart?AC/DC: ouça Brian Johnson cantando clássicos do LedIron Maiden: Nicko McBrain e Clive Burr tocando com o TrustSeparados no nascimento: Joe Satriani e Cazé da MTV

Sobre Brunelson T.

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online