Glenn Hughes: ele precisou reaprender a andar em 2016

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/01/17. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O vocalista e baixista Glenn Hughes conversou, em entrevista à Hawaii Public Radio, sobre o seu novo disco, "Resonate". Enquanto falava do álbum, o músico falou sobre o seu complicado ano de 2016, durante o qual, segundo ele, foi necessário aprender a andar de novo, devido a uma cirurgia nos joelhos.

Glenn Hughes: Mais um grande álbum do veterano da músicaNirvana: quem é o bebê da capa de Nevermind?

Imagem

"O disco ('Resonate') foi muito autobiográfico, mas não escrevo sobre coisas ficcionais, somente sobre a condição humana, o processo de cura. O autor do disco, eu, teve que aprender a andar de novo ao passar por uma cirurgia. Fiquei como um bebê de 14 meses tentando aprender. Tive que fazer terapia e aprender, também, a me sentar sem empurrar nada ou sair de uma cadeira. Foi difícil, mas estive disposto a compor este disco neste estado mental", afirmou.

O músico detalhou a cirurgia que fez. "Tive que substituir os dois joelhos no Natal (de 2015) e em janeiro. Enquanto me recuperava, de fevereiro a abril (de 2016), fui ao Hall Of Fame (com o Deep Purple). Ainda estava sofrendo. Fiquei de molho em casa e sabia que iria compor, mas não sabia que se tornaria um disco solo. Não lançava um álbum solo há oito anos porque estava ocupado com outros projetos.", disse.

Comente: Qual o seu álbum solo preferido de Glenn Hughes?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Glenn Hughes: Mais um grande álbum do veterano da músicaGlenn Hughes: o que ele achou do Ronnie Romero no Rainbow?Todas as matérias e notícias sobre "Glenn Hughes"

Black Sabbath
Os DEZ vocalistas que passaram pela banda

Glenn Hughes
Análise vocal do cantor

Tony Iommi
Glenn Hughes era muito mais drogado que Ozzy Osbourne

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 09 de janeiro de 2017

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Glenn Hughes"

Quem é ele?
A história do bebê imortalizado na capa de Nevermind

Frances Bean
Filha de Kurt Cobain posa para ensaio sensual

Ramones
Perguntas e respostas e curiosidades

Lars Ulrich: Ele deu urina de Zakk pros fãs beberem?Mulheres: 10 músicas que ajudarão a conquistá-lasAndre Matos: uma conversa bem descontraída com o mestreSebastian Bach: Bons títulos são raros, não é fácil encontrá-losShadowside: existem bandas ruins no Metal e coisas boas fora deleBateristas: alguns que usam a pegada tradicional para tocar

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online