Igor Cavalera: Max e eu acreditamos que o Sepultura não faz mais sentido

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Pablo Bruno de Paula dos Santos, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em entrevista ao The Salt Lake Tribune, Igor Cavalera foi questionado sobre sua relação, hoje, com os membros do Sepultura, mais de dez anos após a saída do grupo. O baterista, que anda celebrando — junto de seu irmão (vocalista original e criador do Sepultura), Max Cavalera, o vigésimo aniversário do clássico álbum "Roots".

Heavy Metal: as melhores músicas lançadas recentementeBatman: 10 razões pelas quais ele é Metal pra caramba

Imagem

"É negativo, porque, de certo modo, eu e Max acreditamos que o Sepultura não faz mais sentido de acordo com o que estão fazendo, e com isso vem muita raiva da parte deles.

Mas, apesar de tudo, nós não nos importamos. Isto é o que fazemos. E nós estamos muito felizes com o que temos por direito agora. Eu sei de muitos fãs que gostam disso vindo nos ver. Eu não sei, a vida é tão curta para ficar com raiva e brigar e fazer todas essas coisas. Então eu realmente não me importo com o que eles fazem ou não", disse Igor.

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

O Metal continua relevante?
As melhores músicas lançadas recentemente

Kreator/Sepultura, Part Soilwor/Aborted: show na terra da rainhaAndreas: não liga para os que clamam pela formação clássicaTodas as matérias e notícias sobre "Sepultura"

Iggor Cavalera
Ele cria os cinco filhos para serem amigos e companheiros

Sepultura
Reunião? "Machine Messiah" diz "não!"

Sepultura
Veja Andreas Kisser tocando com Caetano Veloso

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 23 de fevereiro de 2017

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Sepultura"

Batman
10 razões pelas quais ele é Metal pra caramba

Classic Rock
Os 50 maiores álbuns de rock progressivo

Musas
Algumas das beldades do Rock e Metal nacional

Metallica: Uma impressionante versão de "Nothing Else Matters"Metallica: cover de "One" realizado por banda de música medievalFabio Lione: conheça a namorada e a filhinha do vocalistaDave Mustaine: ensinando como pegar todas as gatinhas da escolaGuns N' Roses: Chuva de Novembro, com os Venenos do ForróGNR: "novos membros são uns idiotas", diz Michael Paget

Sobre Pablo Bruno de Paula dos Santos

Pablo Bruno de Paula dos Santos é um redator especialista em mídias sociais há mais de 8 anos. Iniciou sua primeira comunidade e fonte brasileira sobre a série de livros Desventuras em Série, reconhecida por Daniel Handler e Companhia das Letras/Seguinte. Com a paixão pela escrita e educação, passou um período produzindo ofícios na sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) em resposta as investigações de programas educacionais. Atualmente, Pablo atua na Secretaria de Educação de Valparaíso de Goiás, é estudante de Letras e produz artigos e entrevistas exclusivas como colaborador para websites diversos.

Mais matérias de Pablo Bruno de Paula dos Santos no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online