Anthrax: Scott Ian diz que clima político atual é bom para o metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Bira Abreu, Fonte: Teamrock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O guitarrista do ANTHRAX, SCOTT IAN, disse que o clima político atual resultará em "muita música pesada" nos próximos 4 anos.

Blend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalMetallica: Ulrich fala sobre cocaína e beber socialmente

Imagem

Em entrevista exclusiva para a Metal Hammer, IAN diz que, embora alguns critiquem a atual cena de rock e metal, ela tende a melhorar nos próximos anos, principalmente por conta do clima político (creio que esteja se referindo à eleição de Trump nos EUA).

Segundo ele, "a agitação política é ótima para a arte. O Big Four saiu da era Reagan, nos Estados Unidos. A Nova Onda do Heavy Metal Britânico (NWOBHM) saiu da era Thatcher, se não me engano. Da mesma maneira, com Trump e o clima político no mundo agora, definitivamente será muito bom para música pesada".

Em preparação para uma longa turnê de comemoração dos seus 30 anos e lançamento do último álbum "For All Kings" de 2016, a banda cai na estrada já na próxima semana com alguns shows no Reino Unido.

Comente: Mas e aí, será que o Scott Ian está certo? Novas bandas e novos álbuns podem surgir como reflexo da situação política atual?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Metallica
Joey Vera não se arrepende de recusar teste nos anos 80

Blend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalLoudwire: os dez melhores álbuns de thrash metal do século 21Rock Fest 2017: cartaz do lineup com Slayer, Megadeth, A7XTodas as matérias e notícias sobre "Anthrax"

Anthrax
Veja Scott Ian sendo morto em "The Walking Dead"

Anthrax
Scott Ian vira Caminhante Branco no Game of Thrones

Anthrax
Pegue seu streaming do spotify e enfie no rabo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 02 de fevereiro de 2017

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Anthrax"

Metallica
Ulrich fala sobre cocaína e beber socialmente

Fotos de infância
Rockstars em constrangedoras fotos de anuário

USA Today
As 20 maiores de todos os tempos nos Estados Unidos

Lars Ulrich: "Quem são essas outras bandas para nos criticarem?"Avril Lavigne: Aprenda com Rihanna como fazer um meet & greetSlash conta qual foi o disco que mudou sua vidaBlack Metal: o cotidiano fascinante dos fãs adolescentesSlipknot: viúva de Paul Gray diz que amigos não o ajudaramGuns N' Roses: vídeo mostra integrantes ontem e hoje

Sobre Bira Abreu

Sociólogo nascido em Ubatuba, litoral de SP, tive meu primeiro contato com o metal aos 12 anos, através do "Piece of Mind", do Iron Maiden. Fiquei fascinado! Sou bem eclético, ouvindo bandas que vão de Thin Lizzy à Meshuggah, mas sempre tive uma queda por bandas com uma pegada mais progressiva e tals, a começar por Rush. Atualmente, o que nunca sai da minha playlist: Mastodon, Gojira, Sepultura e Black Sabbath. Na verdade, me considero aficcionado por Mastodon, a melhor banda de metal do séc. XXI ever.

Mais matérias de Bira Abreu no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online