Maiden

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Maiden


  | Comentários:

Saudações! Lembra da primeira coluna do ano, quando disse que ela estava passando por reformulações, principalmente sobre seu dia de publicação? Então, por isso ela só está entrando no fim de semana. No começo de fevereiro a coluna terá um novo dia, mas eu aviso todo mundo.

Foi nos shows do Iron Maiden no Brasil?

Fui no de São Paulo. Estava bacana, produção decente, embora inferior às duas últimas turnês, banda afiada, apesar do mau-humor de Bruce Dickinson, resultando num grande show.

Lógico que o pífio repertório foi o grande ponto negativo, afinal, uma banda com quase 30 anos de estrada tocar somente 16 músicas é inexplicável, não acha? Será que algum dia eu irei ouvir “Aces High” e “Wasted Years” ao vivo no Brasil? Difícil...

Mas nem o som péssimo (chegava a dar raiva) diminuiu a empolgação da galera, que surpreendentemente era composta em sua maioria por adolescentes que conheceram a banda há pouco tempo, alguns acompanhados pelos pais. Reciclar o público é uma das coisas mais difíceis do rock e o Iron Maiden conseguiu isso.

Foi muito bom ouvir as novas canções, principalmente “Paschendale”, que mostrou Bruce cantando como nunca (qual será o segredo de sua garganta?) e compensando o som embolado.

Não há o que falar de Steve Harris e Nicko McBrian. Já Janick Gers é aquela coisa... Será que ninguém no Iron ainda não falou pra ele que o timbre de sua guitarra chega a ser insuportável, além de destruir os solos antigos, que inexplicavelmente ele insistir em fazer? Mas ele não para de pular, por isso os fãs gostam tanto dele, fazer o quê...

Ouvir a guitarra de Adrian Smith é um privilégio. Ele sempre foi o responsável pelas harmonias e composições dos grandes clássicos do grupo. Ele é e sempre foi “o cara”, e com Dave Murray do lado então... Só que ele não fica pulando de lado para outro e “estragando” o som ao vivo do grupo, ele pensa na música, por isso foi o menos aplaudido dos três guitarristas, vai entender...


Bastidores

Lembra das juras de amor pelo Brasil que a banda cansou de fazer em 2001 no Rock in Rio 3? Lembra que os caras eram humildes? Nada disso aconteceu desta vez.

O Iron Maiden chegou ao Brasil muito diferente, com pinta de rock stars, deixando a humildade de lado e parecendo uma banda americana daquelas frescas de doer.

Logo depois da entrevista coletiva no Rio (eu não fui, mas me falaram que ocorreu normalmente como qualquer entrevista, sem nenhuma novidade), a banda não foi nada amigável com a imprensa.

Depois de estar credenciado para o show de São Paulo, o empresário do grupo exigiu da assessoria de imprensa do evento que tirasse todas as agências de notícias da cobertura (da qual eu estava incluído em uma delas) faltando apenas um dia para o show. Tudo sem motivo e sem explicação, num fato inédito no Brasil. Isso num país que sempre apoiou o grupo.

Devido às circunstâncias, tive que arrumar um ingresso para fazer a cobertura “clandestina”. E as exigências da banda então? Parecia lista do Axl Rose.

Os seis integrantes exigiram seis vans, uma para cada um, para irem ao Pacaembu. Eles não viajam juntos e praticamente não se falam, é uma relação muito estranha.

Apesar disso, tocando o mesmo set list em toda a turnê, a banda não soou mecânica e parecia se divertir no palco. 2006 está logo aí, e quem sabe os caras não façam um show ainda melhor em São Paulo.


Mico

Boa parte do show de São Paulo foi transmitido ao vivo pela 89 FM sábado passado. Estranho, pois a rádio quase não toca Iron Maiden na programação, mas...

Se não fosse pouco o locutor entrar toda hora no meio das músicas para fazer seus comentários “incríveis”, soltou a seguinte pérola:

“Bruce Dickinson parece o Capitão Gay com essa máscara”, referindo-se à máscara que Bruce usou um “Dance Of Death”...


DVDs no Brasil

Dois grandes lançamentos em DVD chegarão ao Brasil nos próximos meses, ambos pela BMG.

O primeiro é o mais recente DVD de Sammy Hagar, “The Long Road To Cabo”, que traz um documentário sobre o famoso bar do vocalista, além de algumas canções tocadas no mesmo lugar. Ele estará nas lojas já em fevereiro.

O outro é o esperadíssimo “Live Evolution” do Qüeesnryche, que será lançado em março. Trata-se de um belo show feito em Seatle, numa espécie de greatest hits de todos os seus álbuns. 2004 começa muito bem.


Errei

Errei feio mesmo na semana passada. O HIM não vai lançar um álbum com cinco músicas inéditas mais algumas ao vivo. Viajei completamente.

A banda vai lançar um single com duas músicas inéditas: “And Love Said No” e “Solitary Man”. Ambas terão clipes e serão apresentadas ao vivo na nova turnê dos caras. O primeiro DVD do HIM realmente vai sair e será um show ao vivo com alguns bônus ainda não revelados.


Promoção Iron

Jussara Farias levou o cd duplo do Maiden. Aqui estão os três discos mais esperados do ano pelos leitores:

-Judas Priest
-Guns N’ Roses
-Angra


Obrigatório

Ratos de Porão – Brasil

Não tem para ninguém, esse é o maior clássico do hardcore brasileiro. Se você gosta de guitarras pesadas, velocidade, concisão e letras muito ácidas, eis aqui o que precisa ouvir. Diferentemente dos cds de grupos estrangeiros do estilo, o Ratos, lógico, retrata os problemas daqui mesmo do nosso Brasilzão, tornando suas músicas hilárias e irresistíveis. É do melhor álbum deles que saíram músicas como “Aids, Pop, Repressão”, “Plano Furado 2”, e tantas outras, que como se percebe, tem títulos extremamente interessantes e irônicos.

Imagem
João Gordo e sua trupe lançaram esse discaço em 1989, numa época em que o underground musical brasileiro levantou vôo sozinho e as bandas vendiam tanto quanto as que estavam numa grande gravadora, pois essas estavam completamente afundadas na decadência. É o típico disco para se ouvir quando está revoltado com o mundo (o que não é nem um pouco incomum atualmente) e soltar toda a agressividade. É nele que está o maior clássico de toda a carreira do Ratos: “Beber até Morrer”. O que se encontra aqui são músicas curtíssimas, na média dos 2 minutos, uma produção bem ruim, mas uma incrível vontade de criar algo que acrescentasse algo para a juventude desse país. O difícil vai ser encontrá-lo para hoje em dia, pois está fora de catálogo há muito tempo (só no Brasil acontece essas coisas). Se você não quiser abrir a mão e gastar uma graninha no cd importado (lá fora tem em catálogo), vai ter que suar muito e dar sorte de encontrar a única edição em cd lançada por aqui, que contém também o álbum “Anarkofobia”, numa espécie de 2 em 1.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Na Hora do Rock

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Ari Santa Lucia Jr

É jornalista, especializado em música, já tendo trabalhado para a Agência Reuters, Som Livre.com e DGolpe.com.

Mais matérias de Ari Santa Lucia Jr no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas