Quentin Tarantino: o Top 5 do rock n' roll na carreira dele

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Quentin Tarantino: o Top 5 do rock n' roll na carreira dele


  | Comentários:

QUENTIN TARANTINO afirmou em uma das edições da Critic's Choice Awards que as músicas que ouvia eram um componente tão fundamental na composição de seus filmes, que a construção de uma personagem ou de um ato vinham a partir dela, e não o contrário. Reconhecido como um dos maiores diretores de sua geração, TARANTINO jogou fora a cartilha da linearidade e do pragmatismo da indústria do cinema, alimentado por um vocabulário tão vasto e ecumênico quanto suas trilhas sonoras: RUSS MEYER, MORRICONE, western spaghetti, ISSAC HAYES, LUCIO FULLCI e CHUCK BERRY se misturaram a tal ponto que estava decretado um gênero quase autônomo dentro da indústria das ilusões hollywoodianas.

Com uma prolífica carreira em outras áreas como a produção, o roteiro e a atuação, TARANTINO participa diretamente do formato de suas trilhas que, créditos a parte, representam obras de arte de caráter indiscutível – em um mix esquizofrênico entre o soul, mambo, músicas italianas dos anos 60, surf rock instrumental e por aí vai. Assim, escolhendo entre os filmes em que atuou como diretor – dado a ingerência efetiva sobre a trilha sonora – e ainda, excluindo os trailers “fake” de “Grindhouse” - cuja escolha foi feita em parceria com ROBERT RODRIGUEZ e os produtores associados – tracei uma pequena lista de faixas voltadas ao rock n´roll em seus filmes, baseada não apenas na qualidade da faixa, mas também na sua representatividade ilustrativa dentro do filme - por isso ausência, por exemplo, de “Jeepster” do T-REX, presente em “A prova de morte”. Entretanto, é válido lembrar que a grande sacada da análise nas trilhas do diretor é ouví-las como um todo.

STEALERS WHEEL
Stuck in the Middle With You
(Cães de Aluguel)

A faixa gravada originalmente em 1972 e coverizada posteriormente por JEFF HEALEY e EAGLES OF DEATH METAL aparece em “Cães de Aluguel” de modo surreal, cantada e dançada pela personagem de MICHAEL MADSEN quando tortura um policial e lhe corta a orelha – mais exploitation impossível.

Chuck Berry
You Never Can Tell
(Pulp Fiction)

Composta enquanto BERRY “dava um tempo” em cana por sedução de menores, a faixa é a moldura ideal para a cena mais famosa da carreira de Tarantino: a dança entre TRAVOLTA e UMA THURMAN em “Pulp Fiction”.

Urge Overkill
Girl, You'll Be a Woman Soon
(Pulp Fiction)

É um daqueles clássicos casos de versão que supera o original: Gravada originalmente em 1967 por NEIL DIAMOND, “Girl” caiu na mão do “one hit wonder” URGE OVERKILL em 1992 e foi incluída em “PULP FICTION” dois anos depois.

The 5.6.7.8's
Woo Hoo
(Kill Bill Vol. 1)

Em uma das cenas mais pastiche da história do cinema, TARANTINO homenageia os velhos filmes de kung fu da década de 70, trazendo como fundo musical o som de três japonesas que fazem um som retrô fantático, misturando garage rock, gothabilly e surf music.

Misirlou
Dick Dale
(Pulp Fiction)

Claro que essa lista tinha de chegar aqui – “Misirlou” é mais do que a marca de uma determinada cena – é a própria marca do cinema de TARANTINO. A música grega de 1927, foi reinventada em 1962 pela guitarra de DICK DALE, e imortalizada pelas mãos do diretor de PULP FICTION.


Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores do Whiplash.Net. :-)

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Melhores e Maiores

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: [email protected]

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas