Judas Priest: os cinco melhores álbuns segundo o About.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Karina Detrigiachi, Fonte: About.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Segue abaixo uma lista com os cinco melhores álbuns do JUDAS PRIEST eleitos pelo site About.com em novembro de 2009.

Blend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalAnthrax: "AC/DC e Iron Maiden são os culpados"

1. British Steel (1980)

Imagem

É difícil acreditar que já faz 25 anos desde que este álbum clássico foi lançado. Este é Priest de primeira, contendo sucessos como "Breaking The Law" e "Living After Midnight”. Neste álbum a banda deixou o lado experimental para trás e fizeram hinos os quais Halford canta muito bem. Não há uma música ruim neste álbum.

2. Hell Bent For Leather (1979)

Não houve nenhum grande hit deste álbum, mas é um dos seus esforços mais intensos. Os vocais de Halford soam ótimos e existem algumas influências góticas e progressivas em seu som. Foi neste álbum que Halford adquiriu o look de couro que hoje é sua marca registrada. Eles também fizeram uma ótima versão de "Green Manalishi (With The Two-Pronged Crown)" do FLEETWOOD MAC.

3. Screaming For Vengeance (1982)

A música mais conhecida deste álbum é "You've Got Another Thing Comin", mas ele também possui outras ótimas músicas incluindo a faixa-título, "Electric Eye" e "Bloodstone”. Halford soa ótimo, como de costume, e este é seu segundo melhor álbum da década de 80.

4. Defenders Of The Faith (1984)

Este é o primeiro álbum do JUDAS PRIEST do qual me lembro ter ouvido ainda em seu ano de lançamento. A música mais memorável de “Defenders Of The Faith” é "Love Bites”. "Some Heads Are Gonna Roll" também tocou um pouco nas rádios e o vídeo passou algumas vezes. É um álbum repleto de hinos e uma ou duas baladas. As guitarras de K.K. Downing e Glenn Tipton estão sempre ótimas, mas neste álbum elas realmente brilham.

5. Painkiller (1990)

Após o final dos anos oitenta com álbuns mal recebidos pela crítica ("Turbo", 1986 e "Ram It Down", 1988), o JUDAS PRIEST começou os anos 90 com nota máxima. “Painkiller” seria o último álbum de Rob Halford no Priest por mais de uma década, e o deus do metal fez um ótimo trabalho neste álbum. O novo baterista Scott Travis deu uma dose de energia ao Priest, e isto combinado com o trabalho estelar habitual das guitarras de Glenn Tipton e KK Downing fez deste o melhor álbum da banda por anos.

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Rock e Metal
Doze ótimos álbuns para iniciantes

Blend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalJudas Priest: oficialmente em estúdio gravando novo álbumComedy Central: Halford, Sambora, Bach e outros em sérieTodas as matérias e notícias sobre "Judas Priest"

Coisa de Satanás
As bandas de rock mais perigosas do mundo

Rob Halford
A canção do Judas que ele fez para ex-namorado

Rob Halford
Defendendo oposição ao casamento gay

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 01 de fevereiro de 2015
Post de 21 de março de 2017

Todas as matérias da seção Maiores e MelhoresTodas as matérias sobre "Judas Priest"

Anthrax
"AC/DC e Iron Maiden são os culpados"

Listed
TV americana elege os maiores bad boys da música

Metaleiros
Uma chaga aberta no tecido social

Ultimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os temposImmortal: fotos de Horgh se divertindo no BrasilPara Músicos: como tirar músicas de ouvido?Bruce Dickinson: foi difícil evitar as drogas durante toursAerosmith: "Comparações com os Stones costumavam nos chatear!"Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online