Heavy Metal - A História Completa (Ian Christe)

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Heavy Metal - A História Completa (Ian Christe)


  | Comentários:

Completar 40 anos de história para o heavy metal é como entrar numa montanha-russa: uma combinação de altura e velocidade com quedas bruscas que dão ao público aquilo que ele mais deseja: a sensação de liberdade, a queda livre.

Imagem
Num mundo cercado pelos escombros dos bombardeios nazistas do pós- guerra chegavam à puberdade em Birmingham, na Inglaterra, os garotos que, mais tarde, se transformariam no Black Sabbath e lançariam, em 1970, o disco homônimo considerado o marco inicial do heavy metal. Além do papel de músicos, os integrantes do Sabbath virariam porta-vozes de uma geração deixando de escanteio a contracultura já frustrada do “paz e amor” dos anos 60.

Partindo de tal ponto, o jornalista suíço Ian Christe - que escreve para as mais importantes publicações sobre música nos Estados Unidos, como a revista especializada em heavy metal Kerrang!, e as direcionadas a cultura pop, como Wired e Spin – se debruçou durante quatro longos anos para traçar no livro Heavy Metal – A História Completa a fascinante biografia desse movimento musical.

A ascensão contínua e excitante da montanha-russa heavy metal tratada por Christe ganhou composição na década de 70 com a maquiagem, o sangue e o fogo do Kiss, além das guitarras eletrizantes do AC/DC, Judas Priest, Led Zeppelin, Rainbow, Scorpions e Thin Lizzy. Já o punk renovou a identidade musical da Inglaterra e deu o chute inicial para a nova onda do heavy metal britânico. Apelidado de NWOBHM (New Wave of British Heavy Metal), o movimento trazia bandas que abraçavam uma postura importante em relação à política, como o Iron Maiden.

O pólen de disseminação dessa cultura metalhead eram as fitas cassete caseiras que atravessavam continentes, além de fanzines que noticiavam as principais bandas do underground. Partindo da máxima punk do “faça você mesmo”, um trocador de fitas arranjou dinheiro e se dedicou à produção da primeira coletânea de bandas do heavy metal. Fãs se acotovelavam nas lojas de disco para comprar um álbum com meia dúzia de bandas desconhecidas. Os norte-americanos do Metallica foram um dos grupos que fizeram parte dessa leva.

Depois de passar pelo power e o thrash metal, de repente vislumbra-se, atônito, a queda vertiginosa que estava apontada à montanha-russa. Christe explica com detalhes preciosos o momento em que o heavy metal virou saco de pancadas e uma verdadeira ameaça à ordem pública. A esposa de Al Gore - vice-presidente dos Estados Unidos durante a administração de Bill Clinton - Tipper Gore instituiu a primeira censura ao rock. “Parental Advisory Warning” (Aviso de Advertência aos Pais) surgiu das constantes audiências jurídicas que classificavam as letras do rock – e não o despreparo do Estado - como as propulsoras das crescentes estatísticas de violência entre os adolescentes.

O heavy metal se uniu ao punk hardcore e reagiu a vertigem da censura prensando em vinis os manifestos inconformados da geração da época. As questões do metal estavam em sintonia com as preocupações nacionais colocando novamente a montanha-russa heavy metal em plena ascensão.

Depois de sete anos de espera, finalmente o movimento musical que estava pedindo para virar livro chega ao público brasileiro. Heavy Metal – A História Completa é um presente encorpado para todo fã de rock. O metal ainda reina: “o mundo é headbanger!”, finaliza orgulhosamente o autor.

Título: Heavy Metal – A História Completa

Título Original: Sound of the beast – The Complete headbanging history of Heavy Metal

Autor: Ian Christe
Tradução: Milena Durante e Augusto Zantoz
Editora: ARX (R$49,90)
Edição brasileira: 1ª edição – 2010
Edição americana: 1ª edição - 2003
Numero de páginas: 480
Formato: Brochura
Tamanho: 22,05 x 16,05 cm

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Livros

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Adriana Farias

Nascida em São Paulo, Adriana Farias é jornalista pela PUC-SP e autora do livro-reportagem ¨London Calling - histórias de brasileiros em Londres¨. A jornalista já foi produtora na RedeTV! e repórter da emissora PlayTV na área cultural, locais em que coleciona entrevistas importantes com grandes nomes do heavy/rock nacional e internacional, como Joey DeMaio (Manowar), David Bryan (Bon Jovi), Crashdïet, Kings of Leon, The Dickies, Kid Vinil, Angra, Sepultura entre outros. Com apenas 16 anos a autora deu início a sua colaboração ao Whiplash!, entre suas reportagens mais importantes constam os textos analisando a grande imprensa no quesito heavy/rock e a cobertura de mega shows no Brasil e na Europa. Atualmente, a jornalista tem uma dupla jornada como editora de texto na TV Cultura e repórter na Folha de S.Paulo. Entre em contato com a jornalista no blog meonthestreet.

Mais matérias de Adriana Farias no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas