WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterGoogle+RSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Nightwish: Floor comenta sobre o passado e presente da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Diego Ruiz, Fonte: YouTube
Enviar correções  |  Comentários  | 

A vocalista do NIGHTWISH, Floor Jansen (ex-AFTER FOREVER, REVAMP) respondeu a algumas questões do Face Culture. A entrevista foi realizada em 30 de janeiro, sendo divulgada recentemente no YouTube. Confira abaixo alguns trechos transcritos.

Imagem

Face Culture: Olá Floor, agora você é um membro integral do NIGHTWISH, qual foi a primeira canção ou álbum da banda que você ouviu?

Floor Jansen: "Eu não tenho ideia. Porém não foi o primeiro, foi o segundo álbum e deve ter sido em 1997, tempo em que comecei a cantar no AFTER FOREVER. E pessoalmente eu sou terrível com nomes, eu não consigo lembrar os títulos, mas me recordo de estar impressionada no começo, pois todo o conceito de vocalistas líricas e com vozes suaves no metal era algo novo."

Face Culture: O que você acha da banda, as composições por detrás deles?

Floor Jansen: "Eu me lembro principalmente de estar deslumbrada com a voz de TARJA [TURUNEN], eu gostei de seu estilo e o uso de muitos teclados que eram um pouco rápidos, além das melodias e um som folk que eu nunca havia ouvido antes. Então, voltando naquele tempo eu acho que o som era realmente muito bom, com cada álbum do NIGHTWISH tornando-se melhor ainda — eu acredito que essa é a razão deles serem tão grandes, as canções são realmente muito boas."

Face Culture: Você mencionou o AFTER FOREVER e sei que esteve nessa banda durante doze anos [...]. Vocês e o NIGHTWISH se conheciam?

Floor Jansen: "Sim, nós fizemos uma turnê juntos em 2002. Eles estavam na Century Child European Tour, e os apoiamos durante algumas semanas pela Europa. Esta foi a primeira vez que nos conhecemos, mas sempre tivemos uma boa conexão, ambas bandas realmente trabalharam bem juntas, então estávamos em contato. Quando eles iam tocar em algum lugar perto da Holanda, eu os ia ver — e também nos encontramos algumas vezes em festivais."

Face Culture: Depois de Tarja eles tiveram uma nova cantora, ANETTE [OLZON], o que você acha dos álbuns com ela e do seu estilo de canto?

Floor Jansen: "Eu não vou dar opiniões sobre vozes ou o que seja porque isso não é correto, é um gosto pessoal. Mas eu gosto das diferentes formas que ela deu, um som diferente, ao invés de tentar substituir Tarja e seu estilo, então eu entendo essa escolha. Mas ambos os álbuns são incríveis, realmente fantásticos."

Imagem

Face Culture: Em outubro de 2012 você foi contatada pelo NIGHTWISH, pode descrever como aconteceu?

Floor Jansen: "Sim, foi um pouco antes em setembro, no dia do casamento da minha irmã, e eu recebi uma mensagem da gestão dizendo se poderíamos conversar. Eu pensei: 'É o NIGHTWISH, deve ser algo grande porque é uma banda grande', eu não fazia ideia [...]. Sem problemas... eu recebi uma mensagem de volta, talvez uma hora depois dizendo: 'Nós apenas queríamos perguntar-lhe se está disponível para fazer uma turnê'. Eu pensei: 'Ok, é melhor eu ligar para ver sobre o que é' [risos]. Inicialmente, iríamos viajar na América do Sul e Austrália."

Face Culture: Por que eles pediram para você fazer essas turnês?

Floor Jansen: "Porque eles tinham uma cantora grávida e ela não poderia fazer essas turnês, então eles checaram se eu poderia realizar isso ao invés de cancelarem as apresentações devido à gravidez. Porém, uma semana depois eles me chamaram: 'Ok, venha agora porque nossa bomba explodiu'. Então eu não tive tempo de preparar tudo, pois eu estava pensando na possibilidade e não sabia como fazer as coisas [...]. Uma semana depois eu estava sentada no avião com as letras impressas e as canções no meu fone de ouvido tentando memorizá-las, pois eu não havia escutado o álbum mais recente deles."

Face Culture: Um pouco antes você teve uma estafa profissional [burnout], como foi o processo de cura? Você estava pronta?

Floor Jansen: "Naquele momento eu estava indo bem, mas eles não deveriam ter me chamado um mês antes [...]. O tempo após a estafa é assustador e traz insegurança, é algo forte, porque ela se esvai lentamente quando não está trabalhando, mas retorna quando estiver se apresentando ou lendo coisas que envolvam sua linha de trabalho. Eu voltei a dar aulas novamente, algo que fazia o tempo todo quando compunha com o REVAMP. Talvez a melhor solução foi que tudo aconteceu rapidamente, eu não tive tempo para pensar em nenhum dos meus medos [...], tudo o que estava pensando era: 'Eu tenho apenas que cantar direito' [...]. O feedback positivo que recebi dos caras da minha banda, da gestão e dos fãs do NIGHTWISH foi excelente; então eu não tive que temer a estafa ou aos meus medos [...]."

Face Culture: O que aconteceu após separarem-se depois da turnê, vocês continuaram em contato?

Floor Jansen: "Sim, na verdade é tão estranho porque foi em agosto... nós fizemos a gravação ao vivo do Wacken Open Air, que foi uma das maiores coisas que já realizamos. Estávamos no topo e tocamos muito bem, entramos neste modo e estamos muito entrosados como um grupo [...]. Então celebramos nosso último show — tivemos uma festa e viajamos para Helsinque [...]. Grandes coisas aconteceram comigo, mas ainda me sentia estranha, eu dizia: 'Tenho uma nova família, eles falam esta língua difícil, mas estou apaixonada por toda a coisa'. Os caras estão na Finlândia, Troy no Reino Unido, e eu estava um pouco ocupada, mas retornei à Finlândia algumas vezes e mantivemos contato [...]."

Face Culture: Quando foi exatamente que eles a pediram para tornar-se uma integrante permanente?

Floor Jansen: "Foi após o primeiro festival de verão [...]. Na verdade, eles iriam utilizar o Natal para anunciar os novatos, mas o DVD iria ser liberado em novembro, então decidimos antecipar o anúncio [...]."

Outras questões como a possível mudança de Floor à Finlândia e seu estudo do idioma finlandês, podem ser lidas no link a seguir.

Nightwish: Floor estuda finlandês para intensificar união

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Tarja Turunen
Cantora esclarece post sobre novo álbum

Nightwish: inseto que vive nas sombras ganha nome de TuomasNightwish: inseto é batizado com nome em homenagem a TuomasNightwish: Uma banda com infinitas qualidades!Nightwish: A Paixão Sombria de Tuomas HolopainenTodas as matérias e notícias sobre "Nightwish"

Separadas no nascimento
Björk e Anette Olson, do Nightwish

Tarja Turunen
"O Metal veio para minha vida com o Nightwish!"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 17 de março de 2014
Post de 18 de março de 2014

Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Nightwish"

Dream Theater
Baterista Mike Portnoy revela seus 10 álbuns favoritos

Guns N' Roses: atrasos são planejados com antecedênciaZakk Wylde: detonando a reunião dos Alcoólicos AnonimosDave Lombardo: "não gosto que falem merda sobre Lars"Matt Sorum: o Nirvana fez o certo ao mandar o Guns se ferrar

Sobre Diego Ruiz

Apreciador de boa música e ouvinte de Heavy Metal; conheci a cena através do Nightwish, banda da qual sou fã devoto. Tento contribuir com a música de alguma forma, pois com ela a vida torna-se mágica e prazerosa. Escrevo para o Whiplash desde novembro de 2013, e desde então tem sido um prazer informar os headbangers de plantão. Keep it metal!

Mais matérias de Diego Ruiz no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online