AC/DC: Entrevista de Brian e Angus para a Cdn.

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

AC/DC: Entrevista de Brian e Angus para a Cdn.

Postado por Anderson Alves | Fonte: AC/DC Brasil.net

  | Comentários:

Diante a uma bandeja com sanduíches e uma taça com frutas frescas, que parecem ser ignoradas, está Angus Young tomando chá e seu colega de banda, Brian Johnson, fumando, "Eu estou tentando parar; eu sei, eu sei, isso não existe", ele admite.

Já faz quase um ano que turnê Black Ice terminou. Em retrospectiva, o que vocês acharam?

Brian Johnson: Rápida. Pareceu um vento. Você nem percebe, e então de repente, estávamos dizendo adeus. Fiquei em choque por mais de duas semanas. Eu estava sentado em casa, e minha esposa ficava me olhando e dizendo: “Por que você não tira essa bunda dai e vai fazer alguma coisa?” Eu não sabia o que fazer. Eu não sabia mais como viver uma vida normal!

Angus Young: Eu fiquei na cama por uma semana, mas depois peguei a guitarra e fui para o estúdio trabalhar com ela. E montei alguns quebra-cabeças. Fiquei viciado!

Brian Johnson: Eu montei um quebra-cabeça também. Só levou três dias. Fique muito contente, pois na caixa dizia: “de cinco a seis anos”.

Falem um pouco sobre o novo DVD.

Johnson: Achei fantástico. Foi muito bem feito. As câmeras e tudo mais foram inacreditáveis – penduradas sob cabos e automatizadas. Todas essas coisas modernas são de tirar o fôlego.

Young: E (o HD) realmente exibe todas as rugas!

O público da América do Sul é conhecido por serem insanos, e aquele que aparece no DVD com certeza prova isso. A resposta do público ainda significa alguma coisa após todos esses anos?

Johnson: Claro que sim. Eles me dão arrepios em algumas noites. Você tem que se concentrar no que você está fazendo, porque se você começar a olhar para o público, você acaba esquecendo o que tem que fazer.

Young: Em alguns shows, dá pra escutar o barulho do público antes de entrar. É como se você não precisasse estar lá. Eles já estão se divertindo. E você não pode ficar falando muito com eles. Isso nunca funciona.

Johnson: Eu acho que se você falar muito, você começa a soar como um político ou um líder sindical. Basta ficar de bico calado e começar a tocar.

Por que vocês não deixam os microfones (do guitarrista rítmico Malcolm Young e do baixista Cliff Williams) onde eles ficam, para não terem que andar 10 passos à frente e 10 passos para trás a noite toda?

Johnson: O quê?! Você deve estar brincando! Nós estaríamos perdidos! Ficaríamos confusos!

Young: Lembro quando Mick Jagger me perguntou: "Você acha que Malcolm tem que ir pra frente e tocar?” Então eu disse: “Esses passos estão enraizados nele. Esse é o seu jeito de dançar. É isso”.

E além disso, é o seu único exercício da noite.

Johnson: Oh, não. Quando sai do palco, ele está suando! Acredite em mim.

Young: Malcolm é a “sala das máquinas”. E o que ele faz é único. Há muito poucos guitarristas como Malcolm no mundo. Há mais pessoas como eu: guitarristas. Muito poucos falam, “Só quero ficar aqui e tocar um bom ritmo.” Malcolm é um solista muito bom. Não o subestime, ele pode solar e solar muito bem. No começo, quando tocávamos em bares, ele e eu revezávamos. Ele fazia um solo e eu outro. Então um dia ele me disse, “Vou me concentrar no suporte e você pode fazer todas as coisas coloridas.”.

Johnson: Não há como imitá-lo. Vi pessoas tentarem tocar “You Shook Me All Night Long” ou “Highway to Hell”, mas faziam tudo errado - e eram bons guitarristas.. Eu não sei o que é, e obviamente eles também não!

Vocês nos fizeram esperar oito anos por "Black Ice". Não vão fazer isso de novo não né?

Johnson: Nah... Em oito anos vamos estar todos mortos, companheiro!

Young: Promessas, promessas.

Johnson: Ha! “Oh, lá se foi mais um!”

Young: “Será que ele pode levar seus amigos junto?”

Daqui a quanto tempo vocês pensam em fazer outro álbum?

Young: Ainda é cedo. Mas esperamos que venha mais cedo. A única fórmula de quando Malcolm e eu escrevemos, é que não há fórmula. Às vezes você tem muitas e muitas ideias - no nosso caso, quartos cheios delas. É uma questão de escolher a melhor - e, provavelmente, por sermos irmãos, podemos facilmente dizer: “Isso é bom. Isso é uma porcaria. Isso é bom...”.

Johnson: Eu acho que se você colocar uma data em algo, você se coloca sob pressão. Assim vem alguém e diz “Final de novembro" é como, ”Ah caral***”.

Vocês tocam o mesmo setlist todas as noites. Não fica chato depois de 150 shows?

Young: Bom, eu tenho sorte. Tenho um poder. Sempre tive isso. Tenho uma segunda personalidade. Visto o uniforme escolar e me torno mais forte. Mais poderoso. Até a minha visão fica melhor.

Johnson: Ele é o Clark Kent, po**.”.

Brian, você estava brincando quando disse que estaria morto em oito anos...

Johnson: Brincando? Eu não estava brincando!

Isso quer dizer que essa turnê exigiu mais de vocês do que a última?

Young: Bom, essas coisas acontecem com você. Nessa turnê, tive essa coisa com a perna. Não era na coxa, não me lembro. O médico disse que era algo com uma veia. Mas é engraçado, só me incomodava quando eu estava fora do palco. Quando subia lá, eu ficava bem.

Johnson: Mas isso é físico. O que você tem que entender é que nós fazemos o que um jogador de futebol faz - mas não temos quase uma semana para se recuperar. E se tivéssemos, iríamos querer apenas sentar e fumar! Então, fazendo assim ficamos em forma. E desse jeito que consigo ir à academia todos os dias! Você quer se manter nesse nível. A última coisa que queremos ouvir é alguém se lamentando ao olhar pra você, dizendo: “Oh, você deveria ter visto eles antigamente.”. A coisa é, estou me mantendo em forma, e Angus faz o mesmo que eu, mas ele tem que tocar o “banjo” ao mesmo tempo! É igual ao que eu faço - mas com uma mochila de acampar nas costas. Para ele, não é difícil. Mas todo mundo pensa que é.

Mas Angus, se você perder seus joelhos ou coxas, o que você gostaria de tocar se não pudesse se mover como hoje?

Young: Eu viro biônico.

Vocês gostariam que a banda continuasse sem vocês?

Johnson: Isso é uma questão discutível, acho que pode se dizer que sim.

Young: Acho que sim, se conseguissem continuar. E você gostaria de saber se eles continuaram bem.

Johnson: Bom, eu não quero ver essa me*** acontecendo. Que se fo** isso. Seria como um lápis quebrado, inútil.

Young: Bom, eles têm a tecnologia agora, poderiam me colocar no telão.

Johnson: Daqui a 20 anos vamos poder ir ao estádio nos assistir!

O 40° aniversário da banda está chegando, será em 2013. O que vamos ganhar?

Johnson: Fogos de artifício! Nah, acho que a melhor coisa seria ainda estarmos de pé depois de 40 anos de banda e ainda tocando para os fãs. Eu não acho que haveria um presente melhor do que esse. Iria acabar com alguns de nariz empinado.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Entrevistas
Todas as matérias sobre "AC/DC"

AC/DC: Música no trailer de novo filme da Disney
AC/DC: Os Top 10 solos de guitarra de Angus Young
AC/DC: primeiras gravações dos irmãos Young serão relançadas
AC/DC: biografia escrita por Mick Wall ganha edição em português
AC/DC: vídeo da jam de Brian Johnson com Billy Joel em NYC
Guitar World: 10 Álbuns clássicos essenciais do Metal
AC/DC: lançamento do barril da cerveja no Brasil
AC/DC: Phil Rudd é inocentado em tribunal na Nova Zelândia
AC/DC e 2Cellos: como "Thunderstruck" soaria alguns séculos atrás
Ultimate Classic Rock: as dez melhores duplas de guitarristas
AC/DC: Vedder, Springsteen e Tom Morello em "Highway To Hell"
AC/DC: novo álbum e tour mundial revelados por Brian Johnson
Carnaval com Rock: Bloco Cru e Filhos Of The Dark
AC/DC: estátua de Bon Scot vai atrasar um ano
Tributo: The AC/DC Lego Rock Concert

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Anderson Alves

Anderson Alves, nascido em 1990, é fã incondicional e apaixonado por rock and roll. O seu primeiro contato com o rock and roll foi quando conheceu o som de AC/DC, Ozzy Osbourne e Creeedence por volta do ano 2000 nos discos de vinis que encontrara em sua casa. Mais tarde conheceu a raíz do estilo, indo de Big Joe Turner, Hank Williams até Creedence e Elvis Presley. É também administrador, redator e editor de vídeos do fã site AC/DC Brasil.net, onde dedica uma parcela de seu tempo em tributo ao AC/DC e colaborador constante do site wiki brasileiro do rock e metal, Whiplash.net.

Mais matérias de Anderson Alves no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas